terça-feira, 1 de novembro de 2016

Doctor Strange - Filme Inspirador da Semana


Doctor Strange

-

Filme Inspirador da Semana






3 comentários:

Rui Filipe disse...

Hey Pedro! Espero que esteja tudo bem contigo. Antes da minha dúvida, gostaria de te felicitar pelo cool vibes. É extremamente contagiante! Obrigado pela sua existência =) .
Bom, vamos lá à dúvida. Eu já li o livro do poder da atração há algum tempo e regularmente tenho medo que o poder da atração se manifeste de forma negativa derivado dos meus pensamentos negarivos... Eu há algum tempo perdi um membro da minha familia, e tenho medo que a causa da sua morte seja o facto de eu me imaginar sem essa pessoa, ou imaginá-la doente( parece um pouco estranho), com isso, tenho medo de perder pessoas mais próximas devido a esses pensamentos de morte. Ás vezes penso se ser ignorante, e não andar a par de nada seria melhor... Porque talvez não teria estes pensamentos. Obrigado e gostaria que me pudesses esclarecer. Abraço e tudo de bom =)

Outlets e companhia disse...

Assisti a esse incrível filme no dia seguinte ao post, caro Pedro. E digo que vi nele tuas palavras - as tais verdades universais. De arrepiar e extasiante.
Depois desse filme, não sei como se deram os caminhos, mas acabei sendo levada a iniciar estudos sobre os princípios da psicanálise e eis que estou a me aprofundar nisso agora. Já assisti a um vídeo que revela várias visões diferentes sobre o mesmo tema, não deixando dúvidas de que não há uma verdade única. Porém, muito do que Freud descobriu, e outros cientistas, coincide com comentários seus daqui do blog. De arrepiar!
Abraços!
Ana

Pedro C. disse...

Ana Outlets:

Olá! O filme é uma boa introdução à realidade espiritual, e partilha de forma bem clara alguns princípios espirituais e atitudes de integridade. O próprio Doctor Strange tem uma evolução e transformação de essência que é uma lição, começando por um nível de orgulho em que só quer saber dele e do seu sucesso e estatuto, ao mesmo tempo que é um céptico em relação à existência do espírito, de outras dimensões e à energia pela qual tudo é composto - o que é uma boa representação de grande parte das pessoas, haha! - até se tornar num herói que aceita a sua responsabilidade e quer saber dos outros, e é assim que se torna feliz e completo. Claro que o filme tem muita fantasia e imaginação, mas contém também bastante verdade, e muito humor! Fiquei impressionado. Já tinha desconfiado que a "salvação" do cinema seriam os filmes de super-heróis, pois para além de atraírem muita gente e também grande quantidade de um público mais jovem, são histórias sobre heróis que transcendem obstáculos exteriores e interiores, e que ajudam, protegem e salvam outras pessoas. Isto para não falar que são filmes que contêm quase sempre bom humor e picos de energia. São filmes que nunca podem descer muito em termos de nível de consciência e energia devido ao seu tema principal, e ainda podem ir muito mais além se inspirarem-se mais em obras primas do cinema inspirador como o 2001: A Space Odyssey, The Big Blue, etc.

Há uma verdade única, a verdade é só uma, haha! Há é várias formas de a expressar. E cada nível de consciência tem o seu nível de verdade. Todos acabam por dizer o mesmo, pois não é algo que se cria, é algo que se descobre :)