AMOR

"Ensina só Amor, pois é isso que tu és"

quarta-feira, 14 de setembro de 2016

"Afirmações Positivas Para Uma Vida Mais Feliz"

O melhor ainda está para vir.

Eu sou capaz de lidar com tudo o que a vida me trouxer.

No fim fica sempre tudo bem.

Eu vivo grato por tudo o que tenho de bom na vida.

A vida é só um sonho do qual um dia vou acordar.

Eu aceito os desafios da vida pois eles existem para o meu bem.

Eu sou impecável na minha autenticidade e implacável na minha selecção.

Eu só alimento aquilo que quero que cresça.

Eu vivo de forma cuidadosa, inteligente e alegre.

Eu sou independente e livre, e isso traz-me paz e entusiasmo.

Eu aprendo o que é preciso quando é preciso, e faço o que é preciso quando é preciso.

Na vida não existem problemas, apenas coisas que precisam de ser feitas ou de ser tratadas.

Eu dou o meu melhor em tudo o que faço na vida.

Eu sou selectivo. Só me interessa o que é positivo e só faz parte da minha vida quem eu admiro e quem me respeita.

Eu consigo fazer o que está certo, mesmo quando sinto uma emoção negativa.

Todas as emoções negativas são temporárias. Eu não acredito nelas, e não preciso de fazer nada para que elas desapareçam.

É sempre possível que tudo corra bem.

Eu sigo o meu caminho e vivo como eu quero.

Eu aceito-me como sou e integro a minha essência na minha vida de forma positiva e com humor.

Eu aceito as minhas limitações, pois sou humano e não há nada de errado em ser humano.

Todo o medo é ilusão. Eu sinto o medo e vou em frente à mesma.

Eu quero saber do que me faz sentir bem e feliz, e não do que os outros pensam de mim, ou acham que eu devia fazer ou como deveria ser.

A minha felicidade depende do que eu sou e das minhas escolhas e não das opiniões dos outros.

Eu perdoo aqueles que me atacam, gozam e julgam, pois isso apenas revela como eles são e não como eu sou.

Eu sigo princípios, e não emoções negativas ou o ego dos outros.

Odiar é beber o veneno e esperar que o outro morra, por isso eu perdoo e sinto-me em paz.

Eu rio-me dos pensamentos negativos e agradeço os pensamentos positivos.

Eu tenho um corpo, mas não sou o corpo. Aquilo que sou não precisa de corpo para existir, mesmo que eu não tenha consciência disso.

Aquilo que eu realmente sou nunca deixa de existir, logo eu estou sempre protegido, seguro e a salvo.

Eu tenho emoções, mas não sou as emoções. As emoções negativas não são minhas, são do ego. Eu apenas tenho consciência delas.

Eu tenho pensamentos, mas não sou os pensamentos. Os pensamentos negativos não são meus, são do ego. Eu apenas tenho consciência deles.

Eu aceito completamente e sem senãos a vida, destino, karma e desafios do meu pequeno eu individual, e por isso existo tranquilo e em paz.

Eu aceito os altos e baixos da vida como normais na vida humana. Desfruto os altos com gratidão, e espero que os baixos passem pois na vida tudo é temporário.

Eu desfruto o momento em paz e com alegria, não tento agarrar nem controlar nada.

Eu faço o que amo e respeito os amores dos outros.

Eu apenas dou atenção e energia aquilo que gosto. Aquilo que não gosto ignoro e esqueço.

Eu sou uma alma livre.

Eu não tento mudar nem controlar os outros, eu deixo-os serem como querem ser, pois a minha felicidade só depende de como eu sou, e os outros são livres de serem como querem ser.

Eu simplifico e optimizo a vida. Eu apenas me ligo ao que é positivo.

Eu vivo uma vida de coragem e humildade, e tudo vai melhorando aos poucos.

Eu rodeio-me do que expressa optimismo, entusiasmo, paz, alegria, amor, esperança, perdão, sucesso, transcendência e confiança.

Eu sou confiante e vou em frente independentemente das circunstâncias.

Eu sinto-me bem independentemente do que acontece à minha volta.

Eu sinto-me grato e contente por todos os meus pequenos avanços e sucessos na vida.

Eu estou relaxado na minha própria existência.

Eu existo, logo celebro.

É grátis pensar positivo e viver com alegria, e a única razão de que preciso é porque sim.

As minhas limitações entretêm-me.

Eu não sou imparável, mas vou em frente à mesma.

Eu não sou imbatível, mas sigo aquilo em que acredito até às últimas consequências.

Eu não sou perfeito, mas divirto-me com isso.

Tudo acontece automaticamente e espontaneamente por si só, eu apenas testemunho o filme da vida do pequeno eu individual.

O pessimismo é cómico e dá-me vontade de rir à gargalhada.

Cada vez estou mais consciente da realidade do momento, logo cada vez faço mais escolhas certas.

A verdade é mais importante para mim que a validação dos outros.

Não há motivos reais para sentir vergonha. Lá porque tenho um lado negativo não quer dizer que não tenha um positivo. Ser humano é ser limitado, e isso é normal. Tenho o mesmo valor que todos os outros, e ser humano é de grande valor.

Eu perdoo-me os meus erros, pois inocentemente e inconscientemente apenas fiz aquilo que me parecia uma boa ideia na altura. Sinto-me arrependido mas porque valorizo a minha vida farei todo o esforço necessário para não voltar a cometer os mesmos erros.

A vida vale sempre o esforço, e o esforço vale sempre a pena. Faz sempre sentido ter esperança pois só com esperança é que tudo avança, é que tudo pode ficar melhor. Sem esperança nunca se tenta, e fica-se na mesma.

Eu sou feliz, pois tudo o que preciso para isso está apenas em mim. A tristeza nada mais é que a ilusão de que se perdeu algo essencial sem o qual não se consegue ser feliz. Mas a verdade é que se consegue ser sempre feliz.

Eu fico contente quando consigo satisfazer os meus desejos, mas quando não consigo fico contente à mesma pois a minha alegria é independente de condições exteriores, apenas depende de como sou. Tudo o que preciso para ser feliz está em mim. É um nível de consciência, e não um nível de posse ou um nível de resultado.

Eu sinto-me bem e completo agora, e nada mais é necessário.

Eu sigo o que amo.

Pedro C.

11 comentários:

Pedro Ribeiro disse...

Obrigado por este post Pedro, já estava à espera à algum tempo que mandasses umas afirmações deste tipo para o pessoal!
Abraço

P.S: Ficou engraçado a parte final. Eu sigo o que amo (Segue o que Amas)! Ahaha =)

Outlets e companhia disse...

Muito bom Pedro, obrigada!
Algumas frases são úteis para quando nos abate algum desânimo ou descrença sobre a vida e o motivo de permanecermos aqui neste mundo repleto de loucura.
Sabes que tenho sentido falta de ter com quem compartilhar, por exemplo, momentos em que me sinto feliz ou de alguma conquista. É mais aceitável neste mundo ser infeliz. Ser feliz, bem sucedido, e demonstrar isso desperta inveja, ódio, etc.
O Stephen Hawking diz que o mundo elevou a sua energia nas últimas décadas - você crê nisso? Achas que de fato evoluímos no caminho da integridade? Ler o que as "pessoas comuns" escrevem como comentários em redes sociais com mensagens repletas de ódio e violência, comentários esses feitos por comuns quero dizer pessoas próximas a mim, a avó ou o avô de um amigo, o meu tio, colegas do trabalho... chega-se a ameaçar o outro de morte por motivos banais. É assustador!
As redes sociais, me parece, são uma forma de trazer para fora o que há de pior e que antes ficava oculto - a sombra. Não sei se por isso, por ver tantas mensagens assim, sinto uma opressão enorme, muito ódio é destilado. Antes, achava que esse ódio era algo menos distribuído, concentrava-se em pessoas que eram psicopatas, sociopatas, assassinos, etc. Mas as vezes parece que todos são, basta que faças algo como simplesmente se sentir bem consigo mesmo.
Na sua opinião a humanidade já foi pior do que isso?
Grande abraço, Pedro!
Ana

Pedro C. disse...

De nada, é uma honra. A parte final foi intencional haha!

Pedro C. disse...

Ana Outlets:

Obrigado Ana! De nada, é uma honra.

"É mais aceitável neste mundo ser infeliz. Ser feliz, bem sucedido, e demonstrar isso desperta inveja, ódio, etc."

Sim hahaha! O ego odeia tudo o que tenha a ver com amor e ataca-o. E é mesmo isso, desperta inveja, ódio e vontade de matar hahaha! É muito primitivo, e é inteligente ser-se cuidadoso.

"O Stephen Hawking diz que o mundo elevou a sua energia nas últimas décadas - você crê nisso? Achas que de fato evoluímos no caminho da integridade?"

O David Hawkins também falou nisso. Parece-me que sim, faz sentido. Há coisas não íntegras que no geral a sociedade já não tolera e que condena. No passado quem mandava no mundo eram os não íntegros, através de força, violência e manipulação; agora quem manda são os íntegros, e isso está a frustrar os não íntegros lol um sintoma disso é o nível negativo a que o entretenimento no geral está (música, filmes, livros, séries, jogos, e até comediantes lol). É a única forma que os não íntegros têm de "contra-atacar" a integridade, e fazem-no por inveja, claro :D no passado era ao contrário: os não íntegros mandavam, e os íntegros faziam obras de arte como representação de um mundo melhor. É por isso que a arte e o entretenimento do passado eram muito mais positivos, optimistas, cheios de beleza e esperança, e inspiradores (pintura, cinema, música, livros, etc).

Quanto às mensagens e comentários de ódio nas redes sociais e youtube, sim mostram como as pessoas realmente são e o que lhes vai na essência. Porquê? Porque as pessoas aí não se contêm e não fingem haha e porque não se contêm e não fingem? Porque não há consequências. Qualquer idiota cobarde pode escrever o comentário mais odioso irracional e inútil, com o seu nome verdadeiro, ou falso, ou anonimamente, e não há qualquer consequência :D woohoo!! É um paraíso para o ego, e uma "arma secreta" do Espírito para discernimento ;) as pessoas só se contêm no dia-a-dia pois têm medo de ser rejeitadas, têm medo de perder os empregos e têm medo de levar um murro no focinho ou de serem mortas, ou de serem presas haha é o lado animal primitivo em acção :) e tudo bem. Mas na internet, nas redes sociais e comentários, dizem o que realmente querem dizer pois não há consequências, e assim expressam o que realmente são.

A maior parte das pessoas não são íntegras, este é o planeta do ego, o negativo é estimado, seguido e expresso, não há novidades nem surpresas :D a humanidade parece-me estar um pouco melhor, pelo menos em aparência. Pois antes nem haviam consequências na vida real lol um grupo de sosses totó zés pegava em machados e tochas, pilhava uma aldeia, matava toda a gente, violava as mulheres, e... nada. Não haviam consequências para além da capacidade de reacção e defesa da aldeia :D bons tempos hein? lol o ego quer fazer e dizer as suas tretas sem consequências, esse é o "paraíso" para o ego. Online parece não haver, mas o karma nunca dorme, e os não íntegros desses comentários de ódio caem sempre pela própria mão, pois sem saberem estão numa espiral descendente de auto-destruição.

Portanto guarda a tua felicidade, sucessos e o que tens de bom para ti, pois só existem porque os mereces (mérito karmico), e existem para o teu bem e para os experienciares subjectivamente. Revelar isso aos outros? Meh!... hahaha não é boa ideia pois surge logo inveja e vontade de sabotar a tua felicidade (há excepção de meia dúzia de pessoas com quem foste selectiva). Não há nada como ser independente e livre! :)

Outlets e companhia disse...

Perdoe-me Pedro, a frase é do David Hawkins mesmo - aposto como você imaginou que eu troquei os Hawkinxxxs e foi elegante em não apontar a falha.

Que bom ler a sua opinião, a de que os íntegros é que mandam e já não toleram tanto as ações não íntegras. As vezes me dá a impressão de que é o contrário - talvez pelo momento abjecto pelo qual está passando o meu país. Quando leio uma notícia, as vezes eu lia os comentários, e é impressionante: centenas de comentários perturbadores. Tenho evitado desde então. Mas mete medo, fica-se mal impressionado com tanto ódio sem aparente motivo. Também imagino o que não é a cabeça de uma pessoa com tanta perturbação mental a ponto de escrever aquelas palavras que não se vê a não ser em filmes de terror com alto grau de violência.

Obrigada e abraços!

Ana

Alessandro Freitas disse...

Oi Pedro, tudo bem com você?


Aqui é o Alessandro, uma vez eu relatei a você sobre meus surtos e como minha mente silenciou no ultimo deles, de um ano pra cá vim notando meus impulsos sexuais também silenciando e com isso vim percebendo a facilidade em conhecer mulheres, porém agora já não é tão mais atraente a idéia de fazer sexo, apesar deu não a rejeitar caso venha a ficar numa situação real de amor entre eu e uma mulher.
Uma vez Pedro, você falou sobre a passividade no homem e estou sentindo isso em mim, o Cool Vibes me ajuda tanto a entender como eu sou, pois os surtos me confundiram muito, vivi anos achando se e sendo tratado como doente, e você possibilitou através dos princípios a minha libertação.
No momento gostaria que falasse sobre a passividade no homem e como funciona uma relação homem e mulher a esse nível, tenho muita sensação de impotência sexual, parece que meu corpo não funciona, sei que é por conta da falta de impulsos, mas é aí? E depois? Se você poder falar algo sei que vou avançar com mais segurança, obrigado Pedro.

Pedro C. disse...

Ana Outlets:

Eu desconfiei que quisesses dizer David Hawkins, mas não tinha a certeza, portanto referi aquilo que sabia. Estás perdoada haha

O melhor mesmo é não ler os comentários, é uma perda de tempo a partir do momento que já sabes qual é a sua energia no geral: parece uma guerra de trincheiras haha

De nada, é uma honra.

Pedro C. disse...

Alessandro Freitas:

"de um ano pra cá vim notando meus impulsos sexuais também silenciando e com isso vim percebendo a facilidade em conhecer mulheres"

Sim, pois é o desejo que nos deixa nervosos e incapazes de conhecer mulheres. Esse estado deixa-nos sérios e impacientes, o que não permite boas e descontraídas interacções com humor e interesse na mulher como pessoa, que façam a mulher sentir-se bem e descontraída na nossa presença. Estás mais independente do impulso sexual, e isso é bom.

"tenho muita sensação de impotência sexual, parece que meu corpo não funciona"

A contemplação não anula os impulsos, torna-nos mais conscientes deles o que nos permite não ser controlados por eles. O estado de atracção e o apetite sexual continuam, mas não nos controlam, passam a ser uma escolha nossa, e não algo que seguimos inconscientemente e irracionalmente, chegando a desrespeitar as mulheres e a ter todo o tipo de atitudes inapropriadas e desconfortáveis para elas. Portanto se sentes isso, a minha sugestão é que procures perceber se tens algum problema a nível físico. Vai a um médico e explica-lhe isso que disseste aqui. Se ele disser que não tens nada, então o problema pode ser a nível emocional, por seres demasiado tenso e nervoso, preocupado, etc.

Lá porque andas menos à caça de mulheres e sexo não quer dizer que sejas passivo haha quer dizer que estás mais equilibrado, pois a vida de um homem com maturidade não gira à volta de mulheres e sexo apenas, ele faz outras coisas na vida com entusiasmo e mestria, e é independente das mulheres e do sexo.

Alessandro Freitas disse...

Obrigado mais uma vez Pedro.


Sua resposta me fez enxergar melhor o que se passa comigo e retirar- me das falsas idéias, é isso mesmo, estou consciente e não mais tão controlado, obrigado.

Alessandro Freitas disse...

P.s relendo sua resposta de fato entendi bem, novamente obrigado.

Pedro C. disse...

De nada, é uma honra.