AMOR

"Ensina só Amor, pois é isso que tu és"

sexta-feira, 29 de abril de 2016

"Como Não Estragar Aquilo Que Tinha Tudo Para Dar Certo"

Como Não Estragar Aquilo Que Tinha Tudo Para Dar Certo


Subscreve o novo canal de Youtube do Cool Vibes em:



Pergunta de leitor:

Olá Pedro, no meu caso, o medo de ir falar com mulheres por quem eu me sinto atraído já não me incomoda tanto. E, não é por acaso que, últimamente, não me tem faltado mulheres com quem tenho feito amizades ou algo mais, tudo fruto das minhas interações com elas. Coisa que, anos atrás, era, práticamente, impossível, por causa da minha timidez da altura. Agora, o meu maior problema, é que tenho feito coisas com alguma precipitação acabando mesmo por estragar tudo aquilo que tinha tudo para dar certo.“

Obrigado pelo teu comentário.

Segue o que Amas,
Pedro C.

7 comentários:

Duarte Santos disse...

Boas Pedro tudo bem?
Em primeiro lugar gosto da maneira como explicas tudo sobre todos os temas que te ouvi falar nos audios. Todos os esclarecimentos e todos os livros e filmes que recomendas (adoro mesmo o "9 semanas e meia") são realmente muito bons, digo isto não para ser simpático mas porque quem procura sobre estes temas como namorar, etc não encontra ninguém ou plataforma a dizer-lhe: Não, não meu filho tu tens de evoluir para poderes pensar em partilhar algo bonito pela mulher que gostas (Samurai style xD). Isto para mim foi mindblow na altura em que descobri o Coolvibes.
Em segundo lugar, tenho de dar também os parabéns para uma das vozes do Coolvibes que me identifico muito, uma vez que parece ter mais ou menos a mesma idade que eu, pelo tipo de questões e dúvidas que te faz. Por ter coragem em te fazer as perguntas, a ele também um obrigado.
Em terceiro lugar, gostava que me esclarecesses as minhas dúvidas e enunciasses o caminho para a solução das minhas actuais limitações. Infelizmente já fiz o teste, olhar para a parede e o que me veio à cabeça foi realmente mau. Mesmo com o brincar com esse tipo de pensamentos, não me aguentei muito tempo e tive de fazer outra coisa qualquer. Conclusão sou imperfeito. E tu a ler isto deves estar a pensar: Uau que conclusão!
Em quarto lugar, as minhas dúvidas. Se vires que já foram respondidas, por favor desde já as minhas desculpas. Bom a minha primeira pergunta:
- Estarei a estragar o trabalho de evolução que foi desenvolvido numa vida passada quando decido abraçar os pensamentos do ego (jogar em vez de estudar) ou simplesmente estou no mesmo nível de consciência, e o que estou é a mergulhar mais no ego? Queria que falasses uma vez mais sobre este tema. A minha segunda questão é mais sobre as pessoas e mulheres. Eu já percebi que num estado de espirito de alegria, consigo fazer quase tudo, ir falar com mulheres, pensar perceber como se sentem etc, ser carinhoso etc, mas...à sempre um mas, não consigo tocar-lhes. É ridículo, eu sei mas não consigo. A minha família gosta muito de mim mas não é dada a muitos afectos no campo corporal. Em síntese não sei quando, como e o que é apropriado fazer com uma mulher. Isto tem cura?! I hope so! xD
Eu saio com as minhas amigas, com as pessoas que estou interessado, mas se não lhes toco, ao fim de uns 3 ou 4 encontros já levam outros amigos, porque provavelmente não avancei fisicamente. Enfim, pelo menos já compreendi que comunicar a atração que sentimos, pela mulher não me leva a lado nenhum, "antes de avançar fisicamente". Este conhecimento já me tem poupado algum sofrimento, e tudo graças a si/ti desde já um obrigado.
E por agora é melhor ficar por aqui que já te roubei muito do teu tempo que sei bem que não serve só para servir os homens como eu (desesperados por respostas) mas também para servir as mulheres ;)
Ainda tenho outras perguntas que quero estruturar mais à frente, ou possam ser respondidas noutros audios.
Muito obrigado por teres lido as minhas perguntas. Reforço que o Coolvibes muda mentalidades não a curto prazo mas a longo prazo, e é por isto que o leio com regularidade mas também porque lê-lo destrói o software imperfeito que está em todos nós.
PS: Graças a ti há uma frase que digo todos os dias: Obrigado Ego por te preocupares comigo. Quando vejo uma mulher bonita.
Um abraço,
Duarte Santo

Tiago Santos disse...

Olá Pedro, tudo bem?
Em alguns áudios tens dito que há pessoas que conseguem algo por mérito karmico, que outras não o conseguem por não merecerem karmicamente (como por exemplo não conseguirem evoluir) e que outras têm mau karma. O que queres dizer com isto? Acho que ainda não percebo muito bem o conceito de karma.
Já agora, achas que músicas do tipo house e trance são músicas integras? Já li que a música trance proporciona um estado de libertação espiritual a quem a ouve. Gosto bastante destes dois géneros de música mas não sei se serão uma boa escolha. Obrigado.

rgde eger disse...

Boas,recentemente, combinei um encontro com uma rapariga do badooo, no qual resultou em algo mais íntimo, no entanto não tive um desempenho de que me orgulhe, na altura ela foi compreensiva e no final do encontro até me pediu para lhe ligar e etc.. mas desde ai que tenho sido ignorado por ela, o que resultou em desistir de manter contacto com ela, mas hj penso, será que foi pelo meu mau desempenho durante o acto ou ela demonstou um baixo nível de consciência usando-me apenas para satisfazer o seu ego? gostaria de ouvir a tua opinião num áudio e possivelmente ouvir a tua opinião sobre o badoo, blind dates e experiências tuas caso tenhas e queiras compartilhar. P. S: sou subscrito e ouvinte assíduo do cool vibes adoro o teu trabalho! :-D

Romário Belarmino disse...

Olá Pedro, mais uma vez, um muito obrigado pela resposta e pelo áudio. Agora, tenho uma outra questão relacionada com o ambiente e o comportamento de determinadas mulheres nas discotecas. Acho que é normal uma mulher não querer dançar com o homem nas discotecas e ela tem todo esse direito. Entretanto, o que eu não acho normal e até deselegante, é a mulher pedir uma bebida a um homem e recusar em dançar com o mesmo e, depois, resolver ir dançar com um outro sujeito que, nem, sequer, chegou a pedir nada antes. Pedro, muito, sinceramente, acho isso "fantástico". Pedro, o que achas que anda na cabeça dessas mulheres? Porquê é que elas têm esse tipo de comportamento? Será que elas fazem isso para se sentirem rainhas da noite e assim poderem se destacar perante as outras mulheres, nas discotecas, chamando a atenção de tudo e de todos? Isto é sinal de que elas possuem baixa auto-estima e que pertencem ao rol de pessoas com energias negativas? Será que são pessoas, socialmente, frustradas e que não sabem do que gostam e querem na vida? Acho que já tinhas respondido perguntas do teor, mas gostaria de poder ouvir, novamente, as suas explicações a esse respeito, se possível.

Pedro C. disse...

RGDE EGER:

Obrigado por acompanhares o Cool Vibes.

O teu ego está a tentar usar a mente para perceber o que fez mal e recuperar a situação. Esquece! :D não foi por causa de algo que fizeste, mas sim pelo que és. Assim que algo não resulta com uma mulher, esquece-a para sempre e avança com a tua vida. Não fiques preso em pensamentos sobre ela, é uma armadilha do ego para te impedir de te focares na realidade onde estão mais mulheres e mais experiências. Não vais aprender nada a assim. Se ela te ignora é tudo o que precisas de saber: ela não está interessada, podes esquecê-la. O teu orgulho masculino não pode estar em jogo, aceita a rejeição com humildade. Não eras homem para ela, mas serás para outra um dia. Precisas é de largar esses pensamentos e de ter mais experiências com mulheres. É isso que te vai tornar melhor na intimidade, não na mera acção e performance, mas na tua essência e consciência, que é o que determina como funcionas espontaneamente com uma mulher.

Pedro C. disse...

Romário B.: "que achas que anda na cabeça dessas mulheres?"

Parece-me que não há esperança para ti. A tua atitude de julgamento em relação às mulheres e às suas escolhas é a mesma. Nada do que eu explique vai mudar isso pois é óbvio que não estás disposto a largar essa tua mentalidade. Perante o mesmo tipo de contexto cais sempre na mesma atitude e dúvidas. Assim nunca serás feliz com as mulheres, isso é garantido. As mulheres não se metem com um homem da mesma forma que os homens se metem com as mulheres. Elas são indirectas e discretas. Pedir uma bebida pode ser uma forma de se aproximar de um homem que a deixou curiosa e de o conhecer. Depois conforme isso correr, ela pode continuar a sentir-se curiosa ou não e ir-se embora. É uma forma de descobrir como o homem é. Assim como convidar um homem para dançar: descobre como ele é, e pode continuar interessada ou não. Se ele for um idiota inseguro, ela não vai continuar interessada, isso é garantido. E não vai continuar ao pé dele a falar com ele, só porque o menino não aguenta o "apocalipse" de ser rejeitado :D por outro lado, mesmo que a intenção dela seja aproveitar-se, a mulher só consegue fazer aquilo que o homem deixar (e ele deixa por ser fraco, inseguro, um falhado). O homem pode recusar pagar-lhe uma bebida, e pode recusar dançar com ela. E se aceitar, não tem de ter a atitude manhosa de esperar algo em troca da mulher. Uma bebida é apenas uma bebida, uma dança é apenas uma dança. E se a mulher pede algo, pode-se sempre brincar com isso dizendo alegremente "só se me deres um beijo na boca" :D

Romário Belarmino disse...

Pedro, mais uma vez, muito obrigado. Acho que deve ser uma questão de compatibilidade. Ou seja, com umas consigo ter experiências bastantes agradáveis, que vão desde um simples beijo até sexo, própriamente, dito. Com outras, nem tanto. Como costumas dizer, continuo a ser a mesma pessoa de sempre.