AMOR

"Ensina só Amor, pois é isso que tu és"

terça-feira, 1 de março de 2016

“Quando Falar Sobre Sexo Com a Mulher”

“Quando Falar Sobre Sexo Com a Mulher”



Pergunta de leitor:


“As conversas com conteúdo sexual só devem ser feitas se houver intimidade com a mulher? Não se pode falar no primeiro encontro, mas já se pode no segundo ou terceiro? Qual é a altura ideal? Para além da linguagem corporal, a forma como se está vestido também tem importância?”



Resposta, comentários:


Não é uma questão de altura ideal. O tempo é uma ilusão, e seguir ilusões leva-nos na direcção errada. É uma questão de em que estado estamos. Se é apenas de desejo e atracção sexual, ou medo e desconforto, então não é apropriado falar de conteúdos sexuais pois não vai ter a mulher em consideração e teremos uma visão do sexo que é desagradável.

Dizer piadas sexuais é sempre apropriado quando no estado certo. Humor e Amor em relação à sexualidade, juntamente com Inocência e Humildade, farão a mulher descontrair-se em relação ao sexo pois fará vê-lo pelo que ele é: algo divertido e normal que pode ser feito a qualquer altura a qualquer momento em contexto apropriado, sem necessidade de arrependimentos, vergonhas ou culpas, antes, durante ou depois de se o fazer :)

Regra geral é bom esperar que seja a mulher a trazer primeiro à conversa o tema do sexo. É um sinal de que ela se sente confortável o suficiente connosco para falar sobre isso, e muito provavelmente que quer que a ligação tome esse rumo.

Linguagem corporal e roupa fazem parte da aparência. São importantes, mas não são tudo. São consequência natural da nossa essência (nível de consciência). A ideia é evoluirmos a nossa essência para que a nossa aparência seja autenticamente agradável e não apenas um truque de actor. Devemos alinhar a nossa aparência com a nossa essência, mas primeiro alinhar a nossa essência com princípios mais elevados.

Estar bem vestido e bonito é importante pois é agradável de observar aos olhos da mulher. Não implica roupas caras ou de marca, implica roupa bonita e simples que nos fique bem. É uma questão de consciência e não de dinheiro.

Obrigado pela tua pergunta.

Segue o que Amas,

Pedro C.

Sem comentários: