domingo, 6 de março de 2016

“Quando e Como Fazer Uma Declaração de Amor a Uma Mulher e Ser Um Tigre Na Cama”

“Quando e Como Fazer Uma Declaração de Amor a Uma Mulher e Ser Um Tigre Na Cama”


Pergunta de leitor:

“Pedro, em outro post tinhas dito que devemos deixar bem claro à mulher por quem estamos interessados qual é a nossa intenção. Até aí, tudo bem. Agora, o problema é o timing. Ou seja, se devemos fazer essa declaração de amor logo no primeiro encontro ou se devemos esperar para os próximos encontros. Ora, tendo em conta aquilo que tens estado a dizer em outros posts que o futuro não existe e que é uma ilusão, então o melhor seria aproveitarmos o momento e fazermos essa declaração logo no primeiro encontro. Entretanto, às vezes, o medo de sermos rejeitados leva-nos a adiar essa tal declaração de amor à mulher por quem estamos interessados. Uma outra questão tem a ver com como devemos amar a mulher. Muitas mulheres se aproveitam do nosso tempo e dinheiro para nos fazer acreditar que estão interessadas em nós mas, é tudo falsidade. Aliás, como dizia o outro, as mulheres querem um tigre na cama, um jaguar na garagem e um burro para pagar as contas. Pedro, de entre estes três animais, preferiria ser tigre. Estou a brincar.”


Resposta, comentários:

Nem tigre, nem jaguar, nem burro… há um outro animal bem melhor para se ser com as mulheres. E esse animal chama-se homem ;) ou melhor, homem a sério.

Expressar a nossa intenção não é o mesmo que fazer uma declaração de amor. A típica declaração de amor nada mais é que apenas uma expressão de desejo e carência fantasiada, e nada tem a ver com Amor. O apropriado nem é dizer nada, mas sim dar um beijo à mulher. Ela assim percebe logo, sem sombra de dúvida, que estamos interessados nela a um nível sexual e não fica a pensar que é apenas amizade o que queremos. Depois do beijo conversa-se sobre o que se pretende, mas nunca antes.

Amor não se rege por lógica. "Como o futuro não existe, vou-lhe dizer já o que sinto". Não é assim que funciona. Amor não é linear e só quem o experiencia sabe o que acontece nesse estado. A expressão verbal é para quem ainda não consegue dar o beijo e quer aprender a ser autêntico, porque como já disse, o apropriado é dar um beijo, e depois continuar a sair com a mulher e ver o que acontece, pois pode haver atracção mas não haver compatibilidade a nível pessoal para uma relação. Depois do beijo conversa-se e esclarece-se o que se quer fazer, ou tentar fazer.

Esquece a ilusão da declaração de amor antes de dar o beijo. O medo é de desconforto sexual para beijar a mulher, e é o medo de ser rejeitado. O que sentes é atracção, não é Amor. E o Amor não se declara apenas verbalmente, é algo que se é e se expressa em tudo o que se faz, como por exemplo, ao dar um beijo na mulher. Não dá para imitarmos isto com comportamentos decorados em casa, é algo que nos temos de tornar, que temos de ser no momento da verdade, sem pensar nisso.

As mulheres só se aproveitam de um homem porque ele deixa que elas se aproveitem dele, e ele deixa isso acontecer porque o seu nível de consciência e energia é baixo. E porque é baixo ele não consegue ver a verdade à sua frente. Ele não consegue ver a verdade à sua frente de que a mulher está interessada apenas no seu dinheiro e não nele.

Este tipo de homem fraco e carente, desesperado por ser aprovado por uma mulher, vai aceitar a primeira mulher que parecer gostar dele, entrando em negação relativamente às verdadeiras intenções dela. Porque ele não é independente, a sua atitude não é de auto-respeito, “Será que ela me merece? Será que ela me vai respeitar? Será que ela me está a tentar usar? Será que ela gosta mesmo de mim ou está apenas interessada no meu dinheiro?”. A atitude do homem vai ser sim de carência e dependência, “Por favor gosta de mim!! Eu dou-te tudo o que quiseres!!”, sem ter a coragem de rejeitar a mulher mesmo que se aperceba que ela é interesseira, e que o está a usar e a enganar.

Isto porque este tipo de homem fraco de Espírito prefere a falsa validação e sexo pobre de uma mulher apenas interessada no seu dinheiro, a estar só e sem mulher. Porquê? Porque quando ele está solteiro ele não tem a confiança para ir falar com as mulheres por quem se sente atraído, e havendo atracção mútua não tem a confiança para avançar em termos sexuais e de intimidade. Uma vez solteiro ele sente-se perdido e sem soluções, e por isso vê a interesseira falsa como a sua única oportunidade e esperança de ter sexo e namorada, aceitando ser usado por ela só para a ter por perto e assim experienciar uma intimidade e amor ilusórios. É o melhor que ele consegue no seu nível de consciência.

Mas é apenas o homem a sério, independente e com auto-respeito (selectivo), e que rejeita as mulheres que não o respeitam, que é um tigre na cama. E ele é um tigre na cama pois vive a vida com coragem e autenticidade, não aceitando tretas de ninguém. Essa confiança depois expressa-se em tudo o que ele faz, e torna-o masculino e atraente para muitas mulheres devido à polaridade masculino/feminino.

Obrigado pela tua pergunta.

Segue o que Amas,

Pedro C.

Sem comentários: