sexta-feira, 11 de março de 2016

“Devemos Expressar a Nossa Intenção de Namorar Antes de Beijar a Mulher?”

Devemos Expressar a Nossa Intenção de Namorar Antes de Beijar a Mulher?”


Pergunta de leitor:


Olá Pedro e acompanhantes do Cool Vibes. Pelas mensagens e áudios anteriores, entendo que uma possível resposta à questão que te farei, seria justamente o contrário do que coloco, ou não dizer nenhuma palavra (porque silêncio é poder), pelo maior valor de energia e nível de consciência. A minha dúvida reside na questão de se devemos expressar verbalmente e claramente com palavras a nossa intenção de ter um relacionamento mais íntimo, por exemplo de namoro, com a mulher antes de qualquer envolvimento físico (beijo, por exemplo)? Não seria mais educado e confortável para a mulher? E íntegro para o homem? Desde já agradeço e te parabenizo pelo óptimo trabalho que a mim, e penso que a muita gente, está a ajudar imenso. Um Grande Abraço. Obrigado!”


Resposta, comentários:

Não, não compreendes e estás a baralhar tudo. A tua pergunta prova que ainda não experienciaste Silêncio interior, por isso ainda não sabes o que o Silêncio do Espírito é.

Não, só expressas que queres um relacionamento mais íntimo depois do beijo. Não seria mais educado nem confortável para a mulher, nem serio íntegro para o homem. Como sabes que queres ter um relacionamento mais íntimo com a mulher, e namorar com ela, se ainda não a beijaste nem te envolveste fisicamente com ela? A atracção mútua e a compatibilidade sexual são o início, é a primeira fase, se não sabes se há compatibilidade sexual como podes saber que queres namorar com a mulher? :D

Numa relação amorosa a intimidade é a todos os níveis: físico, emocional e mental, tudo envolvido pelo Espírito. Tens a crença errada de que dar um beijo a uma mulher é uma falta de educação. Não é, podes deitar fora essa ideia porque é inútil. Recicla isso homem! Haha! É a intenção com que dás um beijo a uma mulher que define se é boa ou má educação.

Se a intenção com que dás o beijo é de apreciação, expressão do teu amor por ela, e gostas da mulher como pessoa, e não a estás a beijar apenas por desejo sexual, luxúria e por busca por validação ("Comi mais uma!"), então podes beijar à vontade. Desde que o beijo tenha inocência, humildade e pureza de intenção, está tudo bem.

Queres uma mulher ou uma criança? Se a mulher se sente muito desconfortável com um beijo isso não é bom sinal, pois é uma prova de que ela tem uma aversão a intimidade e sexualidade.

Não é íntegro para o homem pois expressar a intenção de namoro antes do beijo pode apenas ser uma táctica do homem para fugir ao acto de coragem de dar um beijo à mulher, sabendo que pode ser rejeitado. Pode ser uma estratégia do ego de seguir o medo e evitar ser rejeitado, para manter a sua falsa auto-imagem orgulhosa de perfeição.

Expressamos a nossa intenção depois do beijo, depois do envolvimento físico, pois aí faz sentido. Pois aí já sabemos se gostamos da mulher a esse nível, e se somos compatíveis com ela a esse nível sexual. E claro, ficamos também a saber se ela gosta de nós a esse nível ou não. Pois para uma relação ser íntegra é necessário intimidade a todos os níveis: sexual, emocional e mental. É uma ligação completa de compatibilidade sexual e pessoal. Não é só uma, nem só a outra, são as duas igualmente.

E enquanto não beijamos a mulher e não temos algo físico com ela, não sabemos se é apropriado estar com ela num tipo de relação que envolve intimidade física e sexual. Muitos casais cometem esse erro e depois vivem em frustração sexual, e a sua relação nada mais é que uma mera amizade assexuada, o que é doentio uma vez que não é a essência da relação amorosa e não tem qualquer alegria, pois os dois não se estão a expressar completamente como seres humanos, e estão a reprimir a sua sexualidade.

E nada é mais claro para uma mulher que um beijo dado com amor, com a intenção de apreciação. Se ela não perceber esse acto claro, se ela for demasiado insegura e desconfiada, esquece-a, pois ela não está pronta para intimidade nem relações.

Obrigado pela tua pergunta.

Segue o que Amas,

Pedro C.

Sem comentários: