AMOR

"Ensina só Amor, pois é isso que tu és"

quarta-feira, 10 de fevereiro de 2016

“Como Perder a Timidez, Ser Social e Conhecer Pessoas”

“Como Perder a Timidez, Ser Social e Conhecer Pessoas”


Pergunta de leitor:

“Boa noite Pedro. Tenho 26 anos e ainda não tive uma relação amorosa e contacto mais íntimo com uma mulher devido a timidez e medo. Não tenho conversas de jeito com mulheres, digo "Olá", "Tudo bem?", "Trabalhas?", "Quais são os teus hobbies?". Quero prolongar a conversa, mas chega a uma altura que fico engatado e fico a pensar "o que vou dizer agora?". Isto falo pela Internet, agora cá fora observo as pessoas, digo poucas palavras e fico calado. Os meus colegas falam dos relacionamentos que tiveram, falam mais a nível sexual, e eu para não ficar mal visto também falo do relacionamento que já tive ou actualmente tenho (minto). Não lhes digo a verdade porque tenho medo de ser gozado, humilhado e depois fazem comentários.”


Resposta, comentários:

Primeiro, tens de ser honesto contigo próprio e perceber que não tem mal nenhum não teres tido nenhum tipo de relacionamento com mulheres. Não há nada de errado nisso, não há absolutamente razão nenhuma para sentires vergonha com isso. Simplesmente ainda não estás pronto para isso, e ainda não descobriste uma mulher compatível o suficiente contigo para teres uma relação amorosa, ou outro tipo de experiência mais íntima e sexual.

Segundo, vais parar de mentir. Ou não dizes nada ou dizes que nunca tiveste relacionamentos. Sei que referiste os teus colegas, mas se os teus “amigos” aproveitarem isso para gozarem contigo, então não são teus amigos verdadeiros e na tua situação o melhor é começares a evitá-los. O verdadeiro amigo irá ajudar-te a conhecer mulheres e a relacionares-te com elas, não te vai gozar por causa da tua incapacidade. E outra coisa, há uma grande probabilidade desses “amigos” também estarem a mentir em relação às experiências espectaculares que têm com mulheres. É comum isso acontecer, é comum os homens mentirem uns aos outros, ou exagerarem o que realmente aconteceu, para ficarem mais bem vistos perante os amigos. Regra geral a maior parte dos homens são uns falhados e frustrados com as mulheres, mas por orgulho não o admitem e querem parecer melhor do que o que são para obterem a aprovação e validação daqueles que os conhecem.

Terceiro, provavelmente precisas de começar a dinamizar a tua vida social. Começa a pesquisar que locais e eventos existem na tua zona e começa a frequentá-los regularmente. Descobre quais são os teus locais e eventos favoritos frequentando vários diferentes de vez em quando. Parte à aventura! E se fores sozinho melhor ainda, pois será um desafio que te irá tornar progressivamente mais confiante e falador. Mete conversa com quem trabalha nesses sítios fazendo perguntas simples sobre o contexto, como por exemplo “Qual é o melhor dia para cá vir?”, “Já cá trabalhas há muito tempo?”, “Que me recomendas para beber/comer?”. Lembra-te que não é meramente o que dizes que importa, mas sim como o dizes. É a energia por detrás das tuas palavras que importa, é o teu estado interior quando falas com as pessoas que importa (intenção e essência), e não apenas o que dizes em si (aparência, conteúdo).

Eu perdi a minha timidez decidindo fazer o oposto que ela me sugeria, que era isolar-me e estar calado :D tens de avançar mesmo quando sentes o medo, só assim vais deixar de ser tímido, perder a timidez, e tornar-te num homem socialmente alegre que fala com quem realmente quer e tem facilidade em conhecer pessoas.

Enfrenta os teus medos sociais, sai de casa regularmente e mete conversa de forma simples, com humor se conseguires. Descobre em ti a curiosidade e satisfação em saber mais sobre as pessoas, sobre o que elas fazem e sobre o que elas gostam, e quando deres por ti és capaz de ter uma conversa agradável e estimulante com qualquer pessoa.

Obrigado pela tua pergunta.

Segue o que Amas,

Pedro C.

1 comentário:

Outlets e companhia disse...

Oi Pedro!
Lendo vários comentários aqui e eu assisti uma vez aos vídeos do Dr. Angelo Gaiarsa (já falecido), conhecido psiquiatra especialista na área comportamental e do sexo. Coloco o link aqui embaixo, pois esta série que ele fez me mostrou que ao contrário do que eu pensava, a cultura machista faz como grande vítima não apenas a mulher, mas tambem ao homem - em mesma escala ao meu ver, pois leva os dois para o caminho da infelicidade. Lendo esse post e o depoimento não só desse rapaz, mas de muitos outros, me parece que insegurança e timidez está mascarada pela necessidade de se autoafirmar perante a sociedade, que nos condena em tudo. O Dr. Angelo fala muito sobre o sofrimento do homem durante o período de transição e até chegar a perda da virgindade, e como esse ato é traumatizante a ponto de interferir na vida inteira do homem. Do homem!!! Cresci ouvindo que as mulheres são as maiores vítimas de traumas. Eu felizmente não o fui, talvez porque conforme já expus aqui, segui o meu coração, não acato as regras impostas, procuro ser quem sou. Pago o preço de ainda não conseguir me "encontrar" no meio dessa loucura toda, mas sou feliz, genuinamente. Não o tempo todo, mas boa parte do tempo.
Conversei com um amigo meu com quem tenho imensa intimidade nos detalhes que o Dr. Gaiarsa dá, e ele confirmou tudo. Quem sabe você ache interessante o que ele diz, e se for, que o dissemine. Vivemos num mundo de ilusão completa, total. Nos criaram para sermos infelizes. Espero que encontremos a felicidade, todos nós!
Grata por tudo sempre!

https://www.youtube.com/watch?v=xauKkrXD5Tw&list=PL09785E9A74922F2D