AMOR

"Ensina só Amor, pois é isso que tu és"

sexta-feira, 13 de novembro de 2015

"Soluções e Esclarecimentos Espirituais Para a Vida Pessoal"






11 comentários:

Angelo disse...

Olá Pedro, tudo bem. Aquí estoy de volta con una subida que tengo mas antes de nada quero agradecerte pelos audios que tens publicado. obrigado por partilhares o teu tempo comnosco ( nao sei se é assim que se escreve).
É sobre una mulher (que extranho). Tengo andado a sair com uma mulher do meu trabalho por quem me sinto atraido desde Julho. Já saimos umas 7 vezes e a verdade é que sempre foram saidas bastante romanticas. Ir a parques e tal. Ela tem 10 anos mais que eu mas isso não impede a atracçao. Como sou timido e me falta experiencia com as mulheres nunca houve realmente algo físico. Mas noto que de saída a saída a coisa fica mais alegre. No entanto esta situação ta me a começar a fazer sofrer porque eu quero intimidade com ela mas é me difícil avançar. Custa-me muito. Fui abusado sexualmente de pequeno pelo meu pai adoptivo e acho que tenho muitos bloqueios a nível sexual. Sempre penso que as mulheres só querem a minha atenção e custa-me confiar nelas. Mas estou decidido a fazer algo pela minha vida amorosa e já tou farto de perder o meu tempo com mulheres de quem gosto sem que passe nada. Ela convidou-me a jantar na sua casa na próxima sexta e penso que é o momento de dizer ou fazer algo pois quero saber se há também atracçao pela parte dela, pois quero avançar com a minha vida amorosa de maneira concreta e deixar-me de historias. Pedro qual seria a melhor maneira de faze-lo uma vez que trabalha comigo e terei que ve-la no meu dia-a-dia? Por um lado tenho vontade de dizer que não ao jantar e tentar esquecer a coisa, por outro lado não quero ser covarde, pois sei que há medo da minha parte de me abrir e "tentar" algo. Obrigado Pedro, Que a força esteja contigo!

Angelo disse...

Otra coisa. Ela na primeira saída mencionou que nao faria sexo com companheiros de trabalho mas sempre me convida para sair e aceita os meu convites e na última saída até houve um pouco de contacto físico.

Romário Belarmino disse...

Pedro, acho que quando o homem decide entrar num relacionamento com uma mulher que tem filhos, a relação tem que ser, obrigatóriamente, entre ele, a mulher e os seus respectivos filhos. Ou seja, a relação deixa de ser a dois e passa a ser a três, quatro ou cinco, consoante o número de filhos que a mulher tiver. Daí que o homem tem que estar, devidamente, "preparado" para saber lidar com um relacionamento desse tipo. Caso contrário, a relação vai ser uma dor de cabeça constante, sobretudo, se o homem não estiver disposto a engolir alguns "sapos", tanto da parte dos filhos como, também, da mulher.

Romário Belarmino disse...

Pedro, existem mulheres de quem é melhor se desconfiar. Por exemplo, já me aconteceu interessar-se numa dita cuja que eu acabei de conhecer num festival, uma vez que eu a achava muito bonita, pois, tem um rabo de fazer inveja às outras mulheres e cria "água na boca" a muitos homens. Pura ilusão e engano meu, pois ela não tinha nada para além da sua aparência física. Ou seja, primeiro oferecí-lhe uma bebida, depois mais uma e assim consecutivamente até eu perder a conta. Mas, ela não consumía, apenas, bebida. Também, tinha comido de tudo o que lhe apetecia, à minha custa, claro. Entretanto, quando se fartou e ficou bem saciada, disse-me que eu a aguardasse já que tinha que ir à casa de banho, mas só que, para a minha surpresa, ela foi e nunca mais voltou. Agora, a conclusão a que cheguei é de que ela é do tipo que tem o hábito de tirar o máximo proveito possível do homem com quem convive e nada mais do que isso. Ou seja, ela é daquelas mulheres que usam e abusam do homem a seu belo prazer e com interesses, puramente, narcisistas.

Pedro Ribeiro disse...

Olá Pedro!
Espero que estejas feliz.
Estive à pouco a ler os teus primeiros posts e deparei-me com um chamado "Como ser Naturalmente Atraente" que no final do mesmo, referias a existência de 20 qualidades dividida em 3 grupos.
Isso ainda existe?
Será possível disponibilizares?

Tenho contemplado todos os dias de modo a fazer disso um esilo de vida e posso dizer que estou a começar a sentir resultados.
Obrigado por tudo, grande abraço!

Pedro C. disse...

O ebook das 20 Qualidades faz parte do curso online de nível 1.

Angelo disse...

Olá Pedro. Fui ao jantar na sexta feira e nao aconteceu nada. Quando fui para cada tava triste e chateado pois dei-me conta que afinal aquela mulher que eu "gostava" nao existe e que me perdi todo este tempo numa grande fantasia. O bom é que me dei conta do engano. Entretanto voltei a sair com outras mulheres e noto que começo a sentir carinho real por elas, algo novo para mim. A ideia de "servir e amar as mulheres" começa a fazer sentido. O teu blog é uma grande ajuda para mim. Um grande abrazo. Afinal o caminho continua e vai-se tornando mais agradavél :-)!

Pedro Ribeiro disse...

Tenho tido alguma dificuldade a contemplar, reparo que por exemplo, enquanto estou no autocarro sentado, procuro estar sempre a contemplar, mas muitas vezes quando dou por mim, estou a dormir. Como posso melhorar e evitar adormecer?

nelson goncalves disse...

Pedro estou a ouvir novamente o áudio sair sozinho a noite disseste no áudio que saíste durante 5 anos uma vez por semana e por vezes ficavas 2 a 3 dias na mesma discoteca.
O sair a noite durante esses 5 anos apenas uma vez por semana transformou-te completamente? Subiu-te o nível de consciência. Começam acontecer coisas naturalmente sem qualquer tipo de esforço. Esse é o beneficio de sair a noite sozinho.

Vaz Stress disse...

Olá Pedro! Bom, estou a namorar a uns dois anos, e recentemente minha namorada tem me cobrado muito. A situação é a seguinte: Eu finalmente consegui entrar para a faculdade que eu queria, depois de tentar P três anos, e devido ao horário do meu curso ( período da tarde) fica difícil arrumar um emprego de verdade, o máximo que consegui foi um estágio lá msm, só que o pagamento é escasso. Ela me cobra porque não tenho carro e nem um emprego de verdade. Eu já trabalhei por um tempo numa empresa e também na lavoura(roça) não sei como se chama em Portugal, mas queria mt um curso para ter condições melhores de vida! Ela tem até tirado sarro de mim pq não tenho um emprego bom como o dela. O único jeito seria abandonar o meu curso, mas essa é a melhor chance Q tenho de ter um futuro melhor (financeiramente falando). Deveria eu terminar com ela, visto Q ela não terá paciência até que eu termine, e faltam 3 anos, ou devo continuar pq a alguma lição a aprender com ela Q eu não consigo enxergar. Fico muito triste e em baixa quando ela me cobra dizendo que não tenho nada.
Claro que tenho medo de perdê-la, ela é minha primeira namorada. Afinal não sou a pessoa mais bonita do mundo. Tenho cicatrizes no rosto por causa de uma doença.
Abraços Pedro!
Obrigado!

Ricardo Salas disse...

Olá Pedro, espero que esteja tudo bem contigo :) tenho uma dúvida, o ressentimento que nós sentimos em relação ás nossas ações passadas é uma espécie de "tática" do ego para nos controlar? como podemos lidar com o ressentimento? Fico á espera da tua resposta ;)