segunda-feira, 3 de agosto de 2015

"The New World - Filme Íntegro da Semana"


The New World

-

Filme íntegro da semana








Belo.


Contemplativo.


Não Linear.


Transcendente.


É mais uma experiência que uma história.


Se este tipo de filme te agrada, eu sugiro que vejas a versão alargada de 172 minutos.



8 comentários:

Gregorij Branco disse...

Olá Amigo Pedro boa noite!

Na minha vida tudo parece funcionar, tenho um bom trabalho, um bom relacionamento com os meus pais e amigos, mas há algo que acho que não está a funcionar muito bem, tem haver com, mulheres. Saio a noite com regularidade, já falei com imensas mulheres, mas nunca até agora consegui nada, digamos mais intimo com elas. Não percebo o que que se passa comigo. Sou considerado pela sociedade digamos assim, como um homem bonito seguindo esses padrões, mas não compreendo o porque de ver por exemplo homens que costumam sair com mulheres e que conseguem envolverem-se com ela e eu…nada. Não considero por exemplo estar dominado por desejo, pois não sinto aquele desespero de arranjar mulheres, sinto apenas curiosidade e um enorme fascínio pela beleza que elas tem, pela maneira como andam, olham, comem etc… há algo de inexplicavelmente belo nelas, e tenho pena de não conseguir digamos ter algo mais profundo com elas se é que me entendes.
Como me podes ajudar? Um abraço Pedro , bem-haja!

Romário Belarmino disse...

Pedro, tenho constatado que muitas pessoas, sobretudo, as mulheres, entram num relacionamento por uma questão económica e não porque amam, verdadeiramente, os sujeitos com quem se relacionam. Ou seja, muito difícilmente, uma mulher vai se casar com um homem cujo o rendimento mensal é inferior ao dela. É claro que a mulher, jamais, vai revelar ao homem, com quem ela vai se casar, os motivos que a levou a casar-se com ele. Contudo, cedo ou tarde, as coisas acabarão por vir à tona e tudo ficará claro para ambos. Não sei se estou a fazer uma análise correta da situação, mas, pelo menos, é a impressão com que se fica.

Romário Belarmino disse...

Pedro, acho que é, extremamente, importante analisarmos, sempre, a linguagem corporal das pessoas com quem estarmos a interagir, principalmente, as mulheres já que, só desta forma, vamos poder saber a real intenção e essência da pessoa. Dias atrás, estava num supermercado a fazer compras e, de repente, deparei-me com uma rapariga muito linda, com uma beleza mesmo de tirar o fôlego, como se costuma dizer. Então, fui-me aproximando, lentamente, dela e, quando, já estava mesmo próximo, olhei-a nos olhos e ela, por sua vez, olhou para mim e deu aquele sorriso mesmo com um ar de desprezo. Ou seja, a dita cuja acabara de me julgar pela negativa. Mas, como eu estava no momento presente, aquilo nem me afetou assim tanto, pelo que desviei o meu olhar, imediatamente, dela e continuei andando pelo supermercado à procura dos artigos que eu queria.

Pedro C. disse...

Romário Belarmino: "e ela, por sua vez, olhou para mim e deu aquele sorriso mesmo com um ar de desprezo. Ou seja, a dita cuja acabara de me julgar pela negativa."

Ela não te julgou pela negativa, simplesmente não estava interessada em ti, não estava interessada na tua presença, não estava interessada em falar contigo, e fez o que tinha a fazer para se ver livre de ti o mais rápido possível. Se ela era muito linda, de beleza de tirar o fôlego, é quase certo que muitos são os homens que se aproximam, e ela já está saturada e farta de ser incomodada, desrespeitado e pressionada, logo já não tem tolerância para quem não está mesmo interessada. Esquece a situação e segue com a tua vida.

Pedro C. disse...

Romário Belarmino: "tenho constatado que muitas pessoas, sobretudo, as mulheres, entram num relacionamento por uma questão económica e não porque amam, verdadeiramente, os sujeitos com quem se relacionam."

Precisas de mais experiência e de perderes menos tempo em constatações. :)

Sim, há mulheres materialistas e interesseiras, e depois? Só tens alguma coisa com elas se quiseres.

Por outro lado, porque irá uma mulher amar um homem que não tem qualidades suficientes para ter dinheiro suficiente para ter uma vida normal? Amar verdadeiramente alguém é apreciar a sua essência, e a sua essência inclui características humanas, qualidades e personalidade. Inclui qualidades práticas para a vida, e é uma qualidade conseguir ganhar a vida e estar-se confortável em termos de dinheiro. Está tudo ligado, a nossa vida é apenas uma consequência natural e não-linear da nossa essência, karma e nível de consciência.

Ricardo Gonçalves disse...

Boa tarde Pedro.

Espero que te encontres bem. Queria dar-te os parabéns assim como ao Cool Vibes por mais um ano de vida. Que contem muitos e muitos mais! Sei que venho atrasado mas acredito que mais vale tarde do que nunca.

Em relação a mim, tenho muitas coisas para aprender e cada vez vejo que ainda tenho muito que evoluir mas estou a escrever-te para te agradecer, por tudo o que fazes e já fizeste por mim! Acredito que este sentimento é partilhado por muitas mais pessoas. É fantástico o conhecimento que me passas sempre que cá venho ao blog e aquilo que já aprendi contigo. É a primeira vez que faço qualquer tipo de comentário mas acho que vale a pena registar-me e dizer-te o que penso. Aprendi muito com o Cool Vibes e acredito que se sou quem sou hoje, é também graças a ti.

Todos somos diferentes é certo, mas identifico-me bastante com a tua história e com aquilo que disseste muitas vezes. A diferença é que o teu nível de consciência é muito superior assim como o conhecimento que tens. Mas se o tens é porque "trabalhaste" para isso como já referiste várias vezes. Mas o facto de partilhares o que sabes com as pessoas, para mim, é espectacular. Para mim tens sido um professor/mestre de vida ja há alguns anos e especialmente agora que tenho vivido fora. Estou muito grato por ter encontrado o Cool vibes e por te ter, de alguma maneira, na minha vida. Muito obrigado e espero um dia ter a oportunidade de te conhecer.

Com os melhores cumprimentos,

Ricardo

Pedro C. disse...

Obrigado Ricardo, é uma honra poder partilhar o que tem contribuído para a minha felicidade e paz de espírito.

Felicidades e coragem para o teu caminho. :)

Telmo Monteiro disse...

Grande sugestão de filme! É daqueles que puxa as lágrimas :)