sexta-feira, 10 de julho de 2015

"Uma Lição Chamada Relação Amorosa - Curso Online, Parte 5"


"Uma Lição Chamada Relação Amorosa"


Parte 5 do curso online do Cool Vibes, "Como Ter Uma Vida Amorosa Alegre".


Como ter melhores relações amorosas e namoros com mulheres. Princípios e dicas.







Faz as tuas perguntas na secção de comentários do blogue.


Para a semana:



"Um Mergulho Profundo no Silêncio da Verdade"

4 comentários:

nelson goncalves disse...

Olá Pedro falaste no áudio sobre o sorriso a importância que ele tem na vida social.
Quais os filmes ou vídeos que recomendas para sorrir?

Pedro C. disse...

Nélson Gonçalves: "falaste no áudio sobre o sorriso a importância que ele tem na vida social.
Quais os filmes ou vídeos que recomendas para sorrir?"

Precisas de ver vídeos para saber como sorrir? Isso é grave lol não sabes sorrir? Não há nenhum truque ou forma especial de o fazer. Sorrir é sorrir.

Mas se queres um exemplo de sorrir, e de linguagem corporal masculina no geral, tens a personagem John do filme "9 1/2 Weeks". Pode ser uma boa inspiração para ti.

AlexAbres disse...

Olá Pedro.
Tudo bem?

Antes de mais, apresento-me, chamo-me Alex tenho 24 anos vi este teu vídeo e ja tenho seguido este blog há algum tempo. Na minha vida "amorosa" importa salientar que nunca namorei, mas já curti com algumas raparigas algo muito passageiro mas nada de sério e assumido.



Trabalho há 3 anos num supermercado em que sou operador de caixa, tendo sempre o acompanhamento e interacção de 3 supervisoras.



Vou falar-te da Joana, a supervisora que faz o meu turno e com quem lido mais e tenho muita confiança. Ela tem 29 anos trabalha no supermercado também há 3 anos como eu, mas só desde janeiro é que passou a fazer o mesmo horário do que eu e por isso mesmo desde esse tempo que nos temos aproximado, se bem que antes já tinha uma boa relação com ela.



O que se passa é que me sinto mesmo apaixonado por ela e cada dia que passa sinto amor por ela, cada história das nossas vidas que confidenciamos um ao outro, faz-me ficar mais fascinado por ela e em querer servi-la e ama-la!



Como te disse anteriormente ela tem 29 anos, sei já namorou com um rapaz e faz brevemente um ano que ela está sem ninguém. Ela é uma pessoa extremamente meiga, trabalhadora, sincera, correcta com bons princípios, tem muito bom humor e revejo-me muito com ela na sua maneira de ser mas em questões de vida amorosa é tímida e por mais que confiamos um no outro a verdade é que nunca falamos do nosso passado amoroso (da minha parte também nunca puxei assunto) digo-te também que o facto dela ter 29 anos não me causa nenhum entrave em termos moralistas gosto dela e isso é o que interessa.

Existem comportamentos que não entendo nela, como por exemplo: há uns tempos fomos jantar fora com mais umas 3 colegas e eu era o único rapaz e ela ja sabia que só iria eu como presença masculina, e ela vestiu-se de uma forma mais provocadora...será que foi para se exibir/mostrar para mim, ou terá sido simplesmente para se diferenciar das outras colegas?

Como achas que eu deveria assumir-lhe/demonstrar-lhe de que realmente estou interessado nela e que quero estar com ela e ama-la?

Obrigado e um abraço!

Pedro C. disse...

AlexAbres: "Como achas que eu deveria assumir-lhe/demonstrar-lhe de que realmente estou interessado nela e que quero estar com ela e amá-la?"

O problema é que na verdade não a queres servir e amar. Se o quisesses realmente fazer já o terias feito :) o que tu queres é outra coisa: queres ser aceite por ela. Queres validação. Sentes-te atraído por ela, sentes desejo, e estás a fantasiar através do que sentes. É normal, o ego é assim, mas assim sofre-se e não se consegue fazer nada.

Quando eu quero servir e amar uma mulher não preciso que ela me dê autorização assinando um contracto de namoro lol eu decido que a quero amar e servir, e vou ter com ela. Se ela não quer falar comigo, tudo bem. Se ela me achar um parvo fraco, tudo bem. Se ela quiser falar comigo mas eu nunca mais a ver, tudo bem. Se ela quiser sair comigo depois, tudo bem. Se ela quiser curtir comigo e/ou ir para a cama comigo, tudo bem. Se ela quiser depois namorar comigo, tudo bem.

Tudo bem porquê? Porque eu sou tudo bem :) aquilo que tu és ninguém pode mudar sem a tua permissão. Eu estou bem e quero partilhar esse bem, tenho essa intenção, e se ela não o quiser eu fico bem na mesma pois já estava bem antes. Não fui à caça de nada, fui com a intenção de partilhar.

Sem coragem não há amor. Tens medo de ser rejeitado e por isso ainda não foste mais directo com ela. É essencial haver conversas e brincadeiras entre ambos, no trabalho e fora dele (pelo Facebook e/ou telemóvel, por exemplo, e depois saídas apenas entre ambos). E é essencial que lhe digas que a achas bonita e que gostarias da sua companhia para algo (jantar, cinema, praia, jardim, café, copo, etc). É numa dessas saídas que a beijas e logo descobres o que ela realmente sente, e depois dá no que der e tens de ficar tranquilo em relação a isso. No amor não há medo, por isso ou decides seguir o medo de seres rejeitado, ou segues o potencial amor que dizes sentir por ela, e dizes ou fazes alguma coisa em relação a isso. Se ela recusar dar-te o contacto ou sair contigo, é certo que não está interessada em ti. A única forma de saberes se ela se vestiu de forma mais provocadora por ti era teres-lhe perguntado isso meio na brincadeira durante o jantar :) ou dizeres-lhe que ela estava linda e que ías tentar controlar o macho que há em ti e portares-te bem :D humor vem de amor, não de medo.

Ela provavelmente, por estar solteira, vestiu-se assim para ir jantar fora com vocês pois assim vestida a probabilidade de chamar à atenção dos homens e de conhecer algum é maior.