AMOR

"Ensina só Amor, pois é isso que tu és"

quarta-feira, 29 de julho de 2015

"Como Ter Mais Qualidade de Vida e de Relações Através de Melhores Escolhas e Afirmações"

"Como Ter Mais Qualidade de Vida e Melhores Relações Através de Melhores Escolhas e Afirmações"


Pergunta de leitor 1:

"... deixa de perder tempo com coisas inúteis e intensifica a tua dedicação."

Me dedico à leitura e pesquisa dos assuntos que me interessam diariamente, mas tem dias em que o ambiente por causa de brigas/discussões torna-se quase insuportável e nem sempre posso sair ou tenho lugar para ir, então fiz alguns perfis em 4 sites de relacionamentos diferentes, onde tenho conhecido várias mulheres no qual 90% das vezes que decido encontrar a mulher pessoalmente resulta em curtes/ficas (como chamamos aqui no Brasil). Passar meu tempo fazendo isso seria uma dessas coisas inúteis nesse momento que estou atravessando?

"Isso inclui sermos mais selectivos com tudo..."

Às vezes me ocorre encontrar e conhecer mulheres das quais eu observo serem negativas por causa de suas conversas/inseguranças/frustrações/decepções e sei que fazendo selecção consciente esse seria o tipo a ser evitado. O fato é que as vezes fico em busca de qualquer lugar para ir, para poder sair de casa, e ocorre vez ou outra alguma dessas mulheres me fazerem convites para sair ou ir na casa delas, mas fico receoso por achar que não vou me sentir bem com a pessoa visto que não me senti bem no primeiro ou nos primeiros encontros. Devo aceitar os convites mesmo não tendo intenção alguma de relacionar-me com a pessoa?

"Tirar um curso superior é uma experiência de vida de 3 a 5 anos que só se tem assim, e que molda a pessoa."

Então amigo, esse é um sonho a ser realizado. Uma meta que estabeleci para mim. Não tive educação no meu ambiente familiar e isso atrasou/atrapalhou meus estudos. Tive que instruir a mim mesmo e com muito esforço e dedicação concluir o ensino médio em escolas públicas e ir em busca de emprego. Tenho tentado e me esforçado o quanto posso para ingressar em uma faculdade pública e ainda não obtive êxito, mas persistirei até conseguir. Quando começo a conhecer uma mulher e sinto confiança/segurança conto todo o necessário sobre mim. Quem sou, onde estou, o que faço e o que busco. Falo abertamente e de maneira clara. E de início isso não é nenhum obstáculo para as mulheres que citei no comentário anterior, mas depois que a coisa se intensifica e passamos a ter mais intimidade, surgem essas cobranças o que me leva a um afastamento da pessoa na maioria das vezes. Creio eu que o amor cobre todas essas coisas. Quando gostamos de fato de alguém não colocamos obstáculos ou dificuldades. Por amor fazemos o que podemos para tornar as coisas melhores ou para aliviar o sofrimento dos que nos rodeiam.

"Só tens encontros esporádicos com quem quiseres, mas se elas só te procuram para isso..."

Um exemplo prático : Estou saindo com uma garota que conheci ano passado. Uma mulher muito atraente e inteligente. Bem humorada. Tem 6 anos a mais que eu. Não tem filhos e mora com a mãe. Tivemos uns dois encontros com beijos e abraços e por aí ficou e ambos seguimos nossos caminhos. Um ano se passou e ela tornou a me procurar. Ela já concluiu duas faculdades, e está na conclusão da terceira. Tem carro próprio e um bom emprego. Ela já sabe bastante sobre mim, já me levou para conhecer a mãe dela e aos poucos outros familiares, mas sempre me apresenta como amigo. Observo o carinho e entusiasmo dela por mim, sempre me beija em todos os lugares, reclama quando não seguro a mão dela ao caminhar na rua, já fui à igreja dela com ela sempre segurando minha mão na presença da mãe e me beijando de maneira espontânea. Estamos em contacto todos os dias. Já tivemos relações sexuais e quando estou na casa dela, noto que tenta me agradar de todas as formas. 
Mas uma vez ou outra ela me cobra não ter faculdade e noto que ela exige exclusividade e fidelidade de minha parte. Já expus minha situação para ela. Gosto dela. Mas ela diz que estamos apenas nos conhecendo. Já que temos incompatibilidades devo findar o que ainda nem começou? Pois ela me cativa em tudo e a cada dia que passo me apego mais a ela. Tenho receio de me magoar.


Resposta, comentários:

"Passar meu tempo fazendo isso seria uma dessas coisas inúteis nesse momento que estou atravessando?"

É útil pois estás a fazer algo pela tua vida amorosa. Quando falo em algo inútil, falo por exemplo passar o tempo a ouvir música negativa tipo heavy metal e a ver filmes de terror. Perder tempo com entretenimento negativo e não íntegro. Útil é por exemplo ouvir áudios do David Hawkins, ou Tony Robbins se preferires; ouvir música bonita como Celtic Woman; ver filmes inspiradores como o Braveheart, etc. Se o ambiente em casa estiver mais negativo, fecha-te no quarto, põe uns phones nos ouvidos e ouve áudios positivos e inspiradores, de mestres de espiritualidade e desenvolvimento pessoal. Ou sai de casa e vai dar uma volta a pé a contemplar. Tudo isso será útil para ti.


"Devo aceitar os convites mesmo não tendo intenção alguma de relacionar-me com a pessoa?"

No teu caso deves recusar sempre os convites de alguém com quem não te sentiste bem nos primeiros dois encontros. Se não gostaste da sua companhia e presença, esquece a pessoa. Podes sair sozinho de casa e ir para um café ler um livro, não precisas de companhia para fazer isso. A liberdade de sair sozinho é um estado de poder inegável, nunca mais serás o mesmo, e nunca mais perderás tempo com quem te faz sentir mal ou não te respeita. E passarás apenas a estar com quem realmente vale a pena estar, pois irás passar a apreciar as pessoas como elas realmente são, e a aceitá-las por isso, e deixarás de estar com elas por necessidade ou falta de coragem para as largares, por medo da sua reacção ou medo de estares sozinho.

"...mas depois que a coisa se intensifica e passamos a ter mais intimidade, surgem essas cobranças o que me leva a um afastamento da pessoa na maioria das vezes."

Isso é sinal de incompatibilidade e parece-me que fazes bem em te afastar. Se te estás a dedicar a isso então é apenas uma questão de tempo até teres formação superior. Para já não tens e essas mulheres não são para ti, digamos assim. Desfruta as saídas e curtes, e um dia mais tarde irás desfrutar uma relação duradoura. É importante aceitarmos o que vem naturalmente na nossa direcção, e apreciarmos isso com gratidão. As mulheres geralmente, mas nem sempre, querem casar e ter filhos, e isso exige disponibilidade financeira, que geralmente se associa a formação superior. Pode ser esta, ou não, a razão, mas seja como for, desfruta com gratidão o que de bom tens agora na vida, sê paciente e dedicado, e quando tiveres a tua formação superior novas opções surgirão, entre elas, relações mais longas.

"Mas uma vez ou outra ela me cobra não ter faculdade e noto que ela exige exclusividade e fidelidade de minha parte. Já expus minha situação para ela. Gosto dela. Mas ela diz que estamos apenas nos conhecendo. Já que temos incompatibilidades devo findar o que ainda nem começou? Pois ela me cativa em tudo e a cada dia que passo me apego mais a ela. Tenho receio de me magoar."

Primeiro de tudo, ou escolhes seguir o medo de te magoares, ou escolhes seguir o amor que tens por ela. Depois, se ela te cativa em tudo, não há razões para acabares seja o que for. Vocês apenas se estão a conhecer, segundo ela, mas repara: vocês já estão a fazer tudo o que um casal de namorados faz lol não há mais nada para além do que vocês já fazem. Se já saem juntos, se há beijos e sexo, se gostam um do outro, se dão a mão, se vais ter com a família dela... quando começarem a namorar será mais disso, não vão começar a voar, nem a teletransportar-se nem vão ficar instantaneamente Iluminados, haha! Portanto na prática já estás a namorar com ela. Agora, ela cobra-te não teres faculdade, mas tu estás a tentar, estás a dedicar-te para teres faculdade, logo ela se gosta de ti só tem é de esperar =) se ela quer exclusividade e fidelidade da tua parte, dás-lhe isso se quiseres. Mas antes de dares tens de ter uma conversa honesta com ela sobre a questão da formação superior e carro: isso incomoda-a assim tanto? É assim tão importante para ela? Porquê? Porque na prática não lhe chega a pessoa que és? O que se passa? O que ela sente e pensa em relação a isso, exactamente e claramente? É que isso até pode na verdade ser irrelevante para ela, mas ela não consegue resistir à tentação do ego de te julgar por não teres essas coisas. Esperemos que ela escolha o amor que tem por ti em vez de o amor que tem pelo seu ego ^_^

Seja como for parece-me que estás no caminho certo. As fazes más têm grandes lições escondidas e trazem depois fases magníficas de mais paz, alegria e poder na nossa vida. Tudo é temporário, incluindo o negativo e os baixos da vida. Por isso mantém-te dedicado e activo, e recusa as interpretações negativas do ego em relação a ti e à tua vida, e vai apreciando e desfrutando com gratidão tudo o que vais experienciando de bom, bonito e positivo.


Pergunta de leitor 2:

"Hey Pedro!
Espero que estejas bem...

Acerca das afirmações positivas, sempre soube que eram uma ferramenta poderosa, mas nunca dei grande importância... até agora. Quero começar a incutir em mim afirmações positivas para obter aquilo que desejo na minha vida em todos os níveis.

Mas tenho algumas dúvidas... será que vale a pena? Podias relatar a tua experiência com afirmações. Obtiveste os resultados que pretendias? Quanto tempo demoraram a fazer efeito?

Em relação ao número de afirmações, devem ser poucas e amplas, ou muitas e especificas? Até porque se escolher muitas fica muito chato estar a dizê-las todas várias vezes ao dia...

Pronto, é isto. Obrigado pelos conteúdos que tens disponibilizado!
Abraço."


Resposta, comentários:


"Quero começar a incutir em mim afirmações positivas para obter aquilo que desejo na minha vida em todos os níveis.
Mas tenho algumas dúvidas... será que vale a pena? Podias relatar a tua experiência com afirmações."

Vale a pena, sem dúvida. É uma ferramenta de evolução e transformação poderosa e eficaz. Aquilo que mantemos em mente tende a manifestar-se na nossa vida. Um número imenso de pessoas que já usaram afirmações confirmam esta verdade, pois as afirmações e visualizações que usaram tornaram-se realidade. A afirmação em si anula a ilusão e pensamento negativo que nos impedem de experienciar o melhor que a vida tem para oferecer. Usando e repetindo afirmações positivas sobre nós e a nossa vida, ajuda-nos a aceitar as fantásticas possibilidades a que temos acesso na nossa vida humana. Em vez de pensarmos, "bah não vale a pena", "eu nunca conseguirei ser/fazer/ter xyz", "é impossível", etc, passamos a pensar que é possível e isso vai-nos direccionar a consciência para os contextos e escolhas que irão potenciar aquilo que preferimos e pretendemos para nós e para a nossa vida. Se pensarmos negativamente que não é possível, nunca iremos ver as possibilidades nem reparar nas oportunidades, mesmo que estejam à nossa frente e que alguém nos diga no momento que é boa ideia e para irmos em frente lol as afirmações nem sempre acontecem igual a como as escrevemos, mas experienciamos a mesma essência ou uma essência semelhante, o que é indiferente na prática pois a experiência e sensação de felicidade estará presente à mesma. Podem acontecer de forma directa ou indirecta, e quanto mais íntegras forem (ou quanto menos narcisistas forem), mais rápido irão acontecer. Regra geral, se as afirmações forem egoístas e narcisistas, podem não se tornar realidade pois estamos a usar força, a retirar energia aos outros e ao mundo, e isso traz contra-força e defesa ao nosso redor. Depois, é a realização dessas afirmações que nos fará verdadeiramente felizes. Podem trazer prazer e satisfação a curto prazo, mas isso não é o mesmo que felicidade. Temos de saber o que realmente nos faz felizes, e isso é uma questão interior de essência e consciência. Ter um carro novo, ganhar mais dinheiro ou ter uma pornstar diferente todos os dias para fazer sexo, vai trazer um prazer a curto prazo, mas por ser narcisista não trará felicidade e irá convidar ataques, sabotagens ou mesmo bloquear algo de acontecer naturalmente como ganhar mais dinheiro. A minha sugestão é escrever afirmações que tenham a ver com a nossa transformação interior e experiência da vida no dia-a-dia.

Como queres ser?

Como te queres sentir todos os dias?

São as afirmações que responderem a essas perguntas que mais te irão ajudar e tornar feliz. As respostas podem, por exemplo, ser algo do género: "Eu sou um homem confiante, entusiasmado e que faz o que ama"; "Eu sinto-me em paz e satisfeito todos os dias, independentemente do que faço, do que tenho e do que me acontece". Se te tornares assim irás ter qualidades que te vão ajudar em tudo na vida, seja a conhecer mulheres, seja a ter mais sucesso e a fazer mais dinheiro. É pensar na origem real das coisas boas, e não apenas em ter as coisas e nos prazeres da vida.

"Obtiveste os resultados que pretendias? Quanto tempo demoraram a fazer efeito?"

Sim, obtive os resultados que pretendi, e tive experiências e coisas que me aconteceram que nunca tinha imaginado sequer. Umas levaram semanas a acontecer, outras meses, algumas anos. Tornei-me como queria ser, e tenho a vida que queria ter, portanto agora estou completamente satisfeito e a desfrutar e apreciar os frutos de todo o meu esforço diário, fases más e sacrifícios (para o ego foram sacrifícios, mas na verdade não o foram lol).

"Em relação ao número de afirmações, devem ser poucas e amplas, ou muitas e especificas? Até porque se escolher muitas fica muito chato estar a dizê-las todas várias vezes ao dia..."

Não há número certo ou errado de afirmações. Sim, torna-se exaustivo se forem muitas e não é necessário. A minha sugestão é ter pelo menos 5 afirmações, claras e detalhadas, de apenas 1 linha, ou 2 no máximo, que tenham a ver com como queres ser, como te queres sentir, e como gostarias que fosse a tua vida, mantendo a sua essência inocente, pura, íntegra, humilde e realista - transformares-te num dragão estão fora de questão lol Pela minha experiência basta escreveres as afirmações  1 vez por dia durante os primeiros 3 dias, e depois lê-las 2 ou 3 vezes por dia nos próximos 7 dias. Isto não tem que ser assim, é apenas um exemplo de orientação para começar. No fundo basta ter em mente a nossa intenção em relação a como queremos ser e como nos queremos sentir na vida. Depois virão até nós experiências e oportunidades que nos permitirão transformar e viver então a vida que preferimos ter.

Obrigado pelas perguntas.


17 comentários:

Fábio disse...

Olá Mr. Pedro :)


Então basta ler as afirmações todos os dias uma vez por dia sem haver necessidade de as escrever?

É que tenho as escrito todos os dias, e depois de as escrever ainda as leio a seguir... :) e todos os Domingos á noite faço as frases da gratidão baseadas na semana toda

Abraços


Romário Belarmino disse...

Olá Pedro,
Como se livrar daqueles homens intrusos que não perdem a oportunidade de se intrometer numa conversa onde não foram chamados? Ou seja, já me aconteceu estar numa praia a conversar com uma rapariga que eu acabei de conhecer e, de repente, apareceu um individúo tentando empatar a nossa conversa. Pois, o dito cujo sentou-se mesmo ao lado da mulher com quem eu estava a conversar e começou a meter conversa com ela como se a rapariga não estivesse a dialogar com ninguém. Entretanto, eu acho esta atitude uma grande falta de respeito, pois, não deixa de ser uma invasão do espaço alheio.

Alex sis disse...

OLá PEdro!

Qual o problema em escutar Heavy Metal?? Bandas como Iron Maiden, Saxon, Motorhead etc são integras, legais!

Agora se você se refere ao Black metal e Death metal que falam de coisas negativas como morte, satanismo... eu concordo!

Abraços fraternos!

José Coelho disse...

Olá Pedro
O que é que as mulheres realmente querem dizer com os clássicos do tipo ..."Gosto de ti como amigo..." ou "Agora quero apenas amizade..." isto além de representar insegurança e falta de atracção por parte delas, não poderá ser um mecanismo de defesa feminino, uma forma de pedir mais tempo para ver... :) Tem-me acontecido estas situações com alguma regularidade e eu esmoreço, fico logo desmotivado e passo logo à frente, esqueçendo-as. Isto não poderá ser demasiado radical da minha parte? Agradeço o esclarecimento.
Saudações.

Pedro C. disse...

Fábio: "Então basta ler as afirmações todos os dias uma vez por dia sem haver necessidade de as escrever?"

Em termos de necessidade, basta escrever nos primeiros dias e depois apenas ler. Mas tu fazes como preferires. Se aprecias o processo como fazes, não há razão nenhuma para fazeres diferente.

Pedro C. disse...

Romário Belarmino: "Como se livrar daqueles homens intrusos que não perdem a oportunidade de se intrometer numa conversa onde não foram chamados?"

Porquê veres-te livre do homem intruso se te podes ver livre de toda a situação e emoções negativas associadas? :)

Eu desconfio que ele tenha feito de propósito. Algo me diz que ele viu-te a ir falar com a mulher, e sentiu que tinha de lá ir provar que é macho, melhor do que tu, à sedutor manipulador sem morais :D

Sim, é uma falta de respeito e invasão do espaço alheio. É desrespeito por ti e pela vossa interacção, a tentar roubar-te a mulher. É óbvio que se estavas a falar com a mulher, respeita-se isso e não se vai lá falar também. Isso é manhoso, e apenas incompreensível para os narcisistas. Especialmente os da manipulação e sedução, para quem tudo é uma questão de orgulho e ser o maior, sem morais e respeito pelas outras pessoas, sejam homens ou mulheres. É por isso que algo me diz que ele fez de propósito. O melhor que tens a fazer nesse momento é despedires-te da mulher e ires-te embora. Porquê? Achas mesmo que se explicares ao outro homem que o que ele está a fazer é falta de respeito ele vai-te dizer que sim, pedir desculpa e ir-se embora? haha quem faz essas coisas não quer saber nem compreende. Mandar vir com ele e ser agressivo também não o vai mudar nem fazer ver a verdade da situação e do seu comportamento, e pode levar-te a ter de andar aos murros com ele, o que é desnecessário - a não ser que gostes dessas experiências lol e depois, a mulher não é ninguém na tua vida, e há mais mulheres por todo o lado. Larga-se o que não interessa para dar espaço e tempo para o que interessa.

Pedro C. disse...

Alex Sis: "Qual o problema em escutar Heavy Metal??"

No contexto de evolução, há problema em ouvir Heavy Metal pois a sua essência e energia são negativas. As bandas que referiste têm mais energia que o Death Metal e Black Metal, são melhores em termos de essência, mas são à mesma negativas e não íntegras. Para quem tem uma dedicação a sério à sua evolução de consciência, e quer viver num nível de consciência e felicidade mais elevado, o Heavy Metal é uma limitação e tem de ser largado.

És livre de ouvir o que quiseres, e não tens de concordar com nada. Mas as coisas são como são. A essência do Heavy Metal no geral é agressividade, revolta, frustração, raiva, fúria, ódio, violência, etc. As letras podem não ter nada a ver com isso, mas a energia da música tem. O Black Metal e o Death Metal são mais óbvios pois expressam a sua essência através do conteúdo das suas letras. Mas em termos de influência o poder está na música em si, na sua energia, e não nas letras. O problema está portanto na energia de raiva das músicas de Heavy Metal, e não na conversa dos cantores.

A simbologia que as bandas de Heavy Metal geralmente usam até torna a sua essência bastante óbvia: caveiras, monstros, correntes, espinhos, lâminas, armas, cenas de violência, de destruição, terror, etc.

Metal pesado faz-nos ir para baixo, não nos eleva. :)

Rui Filipe disse...

Boas Pedro =) !
Deparei-me com uma certa situação que criou algumas dúvidas em mim. É assim, eu em muitas das vezes quero elogiar, servir de alguma forma uma mulher que acho atraente mas quando está em grupo torna-se difícil porque se vou elogiar uma mulher do grupo e não elogiar as outras acho uma falta de respeito, o que é que tu sugeres a quem se encontra nessa situação?
Obrigado e abraço !

Romário Belarmino disse...

Pedro, muito obrigado, pela resposta. Eu prefiro conversar com a mulher, pessoalmente, mas, já estou a ver que, dialogando com a mulher através das redes sociais, também, tem as suas vantagens. Pelo menos, fica-se longe dos intrusos. A desvantagem é o facto de não se ter a mulher com quem se está a conversar à nossa frente e assim poder ver a sua reação.

Pedro C. disse...

Rui Filipe: "mas quando está em grupo torna-se difícil porque se vou elogiar uma mulher do grupo e não elogiar as outras acho uma falta de respeito, o que é que tu sugeres a quem se encontra nessa situação?"

Não é uma falta de respeito. Só elogias quem queres, e o que queres, e quem estiver à volta tem de ter maturidade suficiente para se saber comportar perante outra pessoa ser elogiada e ela não. Portanto se o teu elogio é sincero e bem intencionado, elogia quem quiseres quando quiseres.

Pedro C. disse...

Romário Belarmino: "A desvantagem é o facto de não se ter a mulher com quem se está a conversar à nossa frente e assim poder ver a sua reacção."

É verdade. Mas conhecer mulheres pela internet não é obrigatório. Tem as suas vantagens mas acaba também por não ser para todos, pelas qualidades e tipo de personalidade que exige. Tem as suas vantagens, e é prático, mas não deixes de conhecer mulheres na tua vida social. Usa ambas as alternativas se quiseres.

Pedro C. disse...

José Coelho: «O que é que as mulheres realmente querem dizer com os clássicos do tipo ..."Gosto de ti como amigo..." ou "Agora quero apenas amizade..."»

Querem dizer que não estão interessadas no homem, nada mais. Não é insegurança nem mecanismo de defesa, nem uma forma de pedir mais tempo para ver, como o ego masculino quer acreditar para defender o seu orgulho (o mecanismo de defesa e insegurança são na verdade do homem na sua reacção à clara e simples rejeição da mulher, e é ele quem quer mais tempo para ver se a consegue forçar, convencer, manipular e controlar a aceitá-lo como ele deseja lol). Não é radical da tua parte, é a escolha apropriada nesse tipo de situação. Não fiques em falsas relações de amizade quando o que na verdade queres é outra coisa.

Romário Belarmino disse...

Olá Pedro,
Antes de mais reitero os meus sinceros agradecimentos por teres estado a despender o teu precioso tempo para responderes as minhas questões. Olha, semana passada, fui à uma das discotecas e lá estavam muitas mulheres e todas elas eram lindas e estavam bem caprichadas. Agora, o lado negativo, foi o facto de a maioria delas estavam de telemóvel em punho e a navegarem no facebook, por incrível que parece, uma vez que se encontravam numa discoteca e não numa praça digital. Daí, eu questionei para mim mesmo. Mas, o quê que elas vieram cá fazer? Seja como for, fica-se com a impressão de que elas não estavam, nem de perto e nem de longe, interessadas no ambiente da discoteca. Ou seja, deram preferência ao mundo virtual e esqueceram-se de que a vida real é muitíssimo mais importante. O que achas disto?

Pedro C. disse...

Romário Belarmino: "...o lado negativo, foi o facto de a maioria delas estavam de telemóvel em punho e a navegarem no facebook, por incrível que parece, uma vez que se encontravam numa discoteca e não numa praça digital."

De nada Romário, é uma honra.

Sim, pela descrição percebe-se que elas não estavam interessadas no ambiente da discoteca. Elas não estavam lá por isso. O ego usa tudo o que pode para satisfazer as suas necessidades e desejos de atenção e validação, e a discoteca, assim como o Facebook, são meios eficazes de o conseguir. O ego na verdade busca formas de se distrair da Realidade. E a mulher que passa muito tempo ao telemóvel no Facebook, ou noutros sites do género, quando está acompanhada num café ou discoteca, por exemplo, é uma mulher narcisista em busca de atenção, validação e distracção o mais constantes possível. É um mau sinal relativamente ao seu nível de consciência. Desfrutar o momento é essencial. Estar na vida social a apreciar a companhia e a vida social em si, sem estar agarrada ao telemóvel, é o mínimo dos mínimos lol

longinquo disse...

Olá Pedro
Tenho uma situação que tem vindo a repetir se constatemente. O que leva uma mulher a trocar numero de telemovel e face e depois quando chega a hora de combinarmos para nos vermos, elas ficam num impasse? Tenho 3 casos deste genéro neste momento, e apenas oiço da parte delas"temos que combinar...". Eu sou um homem que procura um resposta e não consigo obter. Uma é a minha vizinha que fomos almoçar uma vez e correu muito bem, no final até convidou para irmos a praia e que tinhamos que fazer isto mais vezes...até agora nada. Uma amiga de infancia que encontrei no face...começou tudo bem, mas encontrar me com ela nada. E por fim uma recentemente que conheci no tinder, deu me o numero e o face dela, ja falava para vermo nos e nada. Preciso de uma opinião tua Pedro porque isso acontece me muita vez.

flavio jose Santos disse...

Parabéns pelo teu trabalho esta ajudando muito, paz e integridade sempre abraço Pedro.

Pedro C. disse...

Obrigado Flávio, é uma honra.