sexta-feira, 26 de junho de 2015

"nunca me senti tão bem por expressar o que sinto sem problemas com o fecho da situação."


Testemunho inspirador:


"Hey Pedro!

Venho aqui relatar que hoje fui corajoso e disse o que realmente sentia pela rapariga por quem estou atraído, fui directo e sincero. Não falei num tom sério, mas sim num tom de brincadeira cheguei até a dizer-lhe coisas que nunca na vida pensei em dizer, por orgulho e por medo... tais como "Acho que estou apaixonado por ti... estou a falar a sério! :D", "Rita és linda, dá-me um beijinho na boca", "Não gosto nada de estar apaixonado, nunca sei o que dizer, não tenho jeito nenhum para isto" (sinceridade, porque a verdade é que não tenho mesmo, daí nunca ter tido qualquer namorada). Disse-lhe coisas que se calhar não devia ter dito, mas fui totalmente sincero e enfrentei os meus medos e ignorei o orgulho. No final ela disse que já tinha namorado, mas pareceu-me que estava a mentir. De qualquer das maneiras acho que a reacção dela é o que menos importa, visto que a minha intenção era enfrentar os medos (rejeição) e ignorar o orgulho e a falsa imagem de perfeição que tinha.

Queria agradecer-te a ti, pois nunca me senti tão bem por expressar o que sinto sem problemas com o fecho da situação.

Obrigado Cool Vibes! Longos anos de vida! Estarei aqui para ver! =D
Abraços para todos os guerreiros que se desafiam no dia-a-dia.
Não desistam, porque vale a dedicação!"


Resposta, comentários:


Excelente!

De nada, foi uma honra ^_^

Vês como compensa largar o medo e o orgulho?

Vês como a felicidade é interior e não exterior?

Sente-se a tua satisfação no texto, sente-se o teu entusiasmo e sensação de libertação. Sente-se a tua alegria, a tua felicidade. Não porque aconteceu algo com essa mulher, mas porque fizeste uma escolha interior rumo à tua felicidade. Autenticidade é felicidade. Liberta-te e traz-te mais energia! E tu sentiste isso. Agora é continuares com essa atitude, pois nem todas têm namorado, e é apenas uma questão de tempo até encontrares uma mulher que goste de ti como és.

"Não falei num tom sério, mas sim num tom de brincadeira"

Excelente!

"Disse-lhe coisas que se calhar não devia ter dito, mas fui totalmente sincero e enfrentei os meus medos e ignorei o orgulho."

Disseste exactamente aquilo que lhe devias ter dito, dentro do contexto da tua fase de evolução e intenção. Não houve nenhum erro da tua parte, acredita. Com mais experiência irás claro tornar-te mais sofisticado e elegante a revelar o que sentes, queres, pensas e és, com sinceridade e humor, mas não deixes o ego atacar-te com esse sentimento de culpa de "disse-lhe coisas que se calhar não devia ter dito". É assim que o ego nos apanha depois de termos feito algo útil para a nossa evolução que nos liberta mais um pouco dele. Obviamente que não a ofendeste nem humilhaste, pois essa não era a tua intenção. Tu sabes a tua intenção, era enfrentar o teu medo de rejeição e ignorar o orgulho, logo relaxa pois está tudo bem.

"No final ela disse que já tinha namorado, mas pareceu-me que estava a mentir."

E como disseste bem, a reacção dela (validar-te ou não te validar) é o que menos importa aqui. Regra geral, qualquer mulher que te diga que tem namorado, não se qualifica como futura namorada e é apropriado deixares de falar e sair com ela. Se ela na verdade tem namorado, as razões são óbvias. Se está a mentir, bom, queres uma mulher mentirosa? O dizer que tem namorado e ser mentira geralmente é um estilo de rejeição. A mulher que gosta mesmo de ti não se mete com essas tretas só para te manter por perto como "amigo" por questões de companhia e validação. Ela é sincera relativamente ao seu interesse por ti. Portanto sempre que uma mulher diz "tenho namorado", seja verdade ou mentira, acabou-se. Despede-te com elegância e segue o teu caminho, continuando a tua busca.

Vês como a rejeição é uma ilusão? Toda a tua felicidade veio de dentro, por teres sido sincero, e não por ela te querer como namorado ou querer fazer sexo contigo. Continua! Agora que descobriste como o carro anda e onde está o acelerador, podes deixar o "Immortan Joe" lá atrás a comer poeira, sem hipóteses de limitar e sabotar a tua alegria na vida e com as mulheres.

Parabéns! E obrigado pelo teu testemunho.


6 comentários:

José Valdez disse...

Oi! :D

Aproveitando a onda de Coragem que se está a levantar no Cool Vibes, hoje também finalmente consegui ir meter conversa, de dia (à noite tinha mais facilidade), a umas mulheres (Alemãs :D), com o intuito de apenas elogiar a sua beleza. Depois mantive uma conversa de cerca 3-5 minutos com uma delas e despedi-me educadamente. A sensação de após ter finalmente conseguido fazer isto foi muito boa. :)

Esta semana abri os olhos (por posts do CoolVibes e outros sites), e penso que até aqui tenho levado a evolução espiritual de um modo narcisista (querer subir à força de nivel de consciencia tipo "somar pontos à Super Mário"). Agora vejo que esta forma não só é narcisista como também me estava a prejudicar (apesar de me ter ajudado no passado), pois eu colocava imensa pressão em mim mesmo para ir falar com mulheres o que gerava uma auto-bloqueação. Como eu vi num site: "How destructive it is for folks to hate their egos and try to get rid of them!". É um assunto interessante para desenvolveres Pedro (está difuso em muitos posts, mas acho que não existe um post concreto que trate isto), porque o "eliminar o ego" pode gerar confusão no modo como o devemos fazer. Claro que eventualmente também as pessoas podem começar de uma forma mais errada e depois gradualmente voltarem-se para a direcção certa.

Obrigado pela ajuda :)

nelson goncalves disse...

Boa noite.
No trabalho tenho visto uma mulher que para mim é atraente , ela não pertence ao meu grupo de trabalho está noutra secção. Tenho visto ela a falar com uma colega e por vezes com duas a hora do almoço na rua. Há uns tempos atras eu fui ao bar aquecer a comida no micro-ondas e deparei-me com ela estávamos lado a lado , eu queria olhar para ela mas não o consegui fazer ,comecei a ficar nervoso , até tinha a garganta seca , a respiração não era relaxada , por mais que pensasse "estou calmo , estou calmo, descontrai ou noutra coisa parecida" não acontecia nada daquilo que pretendia.
Uma pessoa ao se sentir tensa e nervosa o corpo muda.
Uma altura ia sair para trabalhar ela veio pelas escadas do corredor (esta no piso de cima) ela abriu a porta e disse " olá bom dia eu respondi bom dia".
Há uns dias atras fui dar uma volta a rua ao pé da baia , despois fui para o trabalho de longe consegui ver ela até aí tudo bem. vi ela a falar com as amigas a medida que ia subindo ficava mais perto. Punha a cabeça inclinada ligeiramente para baixo , ou olhava para os lados.
Eu tenho vontade de ir dizer és bonita e olhar nos olhos mas não consigo fazer.
Sei que ao dizer uma simples frase como esta , não tem mal nenhum.
Não sei se é casada e se ela for já viste que barraca.
Ouvi o teu vídeo e lembro-me de teres dito há mulheres que não receberam um elogio destes porque os homens não dizem e elas até gostam.

Pedro C. disse...

De nada José, é uma honra.

Pedro C. disse...

Nélson Gonçalves: "por mais que pensasse "estou calmo , estou calmo, descontrai ou noutra coisa parecida" não acontecia nada daquilo que pretendia."

Claro que não. Pensamentos não se curam com pensamentos, mas com o Silêncio do Espírito ( = Amor), ao qual só temos acesso através de contemplação.

Rui Filipe disse...

Olá Pedro :), quero esclarecer uma coisa que me anda a afectar à alguns dias... É assim, sou um rapaz no inicio da idade adulta, ou seja, ainda sou estudante e estou descobrindo as minhas paixões. Uma das minhas paixões é viajar, e deparei-me com a oportunidade de viajar para um sitio a mais de 600 km da minha residência com um amigo que segue, tal como eu, o caminha da integridade. A minha mãe não quer aceitar que eu vá viajar porque diz que não tem assunto nenhum, que não vou lá para ver um festival ou algo do género e acrescentando diz que sou um rapaz mimado que não sei o que estou a fazer e que sou influenciado pelos outros... Eu respondi-lhe que aceitava com todo o respeito a opinião dela sendo que a minha seria diferente, ou seja, ser feliz a fazer uma das minhas paixões, conhecer coisas novas e partilhar grandes experiências ! Não quis criar mais assunto porque ela não iria compreender, seguidamente ela começou a chorar e deixou-me um pouco revoltado... Eu tenho largado tudo e todos para continuar o meu caminho e a minha mãe referiu isso, ou seja, que eu me estava afastando das pessoas que gostavam de mim mas no meu ver são pessoas que me influenciam negativamente e é claro que afastei-me. Queria saber qual a tua opinião e se me poderias dar alguns conselhos ou algo do género. Abraço :)

nelson goncalves disse...

Menos pensamento mais meditação e contemplação.