AMOR

"Ensina só Amor, pois é isso que tu és"

sábado, 13 de junho de 2015

"Como Escolher Uma Área Que Traga Satisfação Pessoal a Longo Prazo"

"Como Escolher Uma Área Que Traga Satisfação Pessoal a Longo Prazo"


Pergunta de leitor:

"Olá Pedro :) , coloquei uma dúvida em anónimo por engano, mas aqui vai novamente. Eu tenho tido várias interrogações sobre o meu futuro, ou seja, eu não sei o que realmente me vai fazer ter satisfação pessoal a longo prazo. Tenho medo de tomar uma decisão e depois a longo prazo vir a arrepender-me dessa decisão. E os anos vão passando e as interrogações são cada vez mais pelo que deveria ser o oposto (penso que em parte se deva ao nosso grande amigo ego ahah). Eu cada vez que vejo algo "motivante" fico motivado a fazer isso e a seguir essa área, mas o problema é que é algo a curto prazo. Será que me poderias dar algumas sugestões para que eu abrace o meu futuro com satisfação?"


Resposta, comentários:

Satisfação pessoal e felicidade dependem directamente do nosso nível de consciência. Ou seja, no fundo nenhuma área da vida, só por si, o pode garantir. A felicidade é interior, e pode estar presente escolhas tu que área escolheres. Parece-me que estás a falar de carreira profissional, se assim é eu não estou qualificado para te ajudar nisso em detalhe. O que posso fazer é dar-te as minhas sugestões em relação à tua atitude perante a tua situação.

"Tenho medo de tomar uma decisão e depois a longo prazo vir a arrepender-me dessa decisão"

Estás a bloquear-te a ti próprio. Não podemos controlar o futuro, nem a vida, na verdade. Tudo acontece automaticamente e espontaneamente por si só, e o que acontece depende do nosso nível de consciência/energia.

O que gostas de fazer? Segue isso. Se não gostas de nada em concreto, arrisca e segue qualquer coisa. Como já disse, a tua satisfação pessoal não vem de um trabalho ou área em específico, vem de como és. Podes ser feliz a fazer qualquer coisa, amando aquilo que estás a fazer, aceitando que o estás a fazer porque precisas de o fazer, e precisas de o fazer pois tens lições a aprender na vida.

Na vida tudo são lições, é o único propósito. Seguir a área "A" ou "B" acaba por ser irrelevante pois podes ser sempre infeliz, escolhas a área que escolheres, mudes de área as vezes que mudares. É o mesmo com as mulheres: o ego vem com imaginações inúteis do futuro e nunca nos atiramos de cabeça a nenhuma... e porque nunca nos entregamos a nenhuma, e nunca decidimos realmente amar uma, nada acontece.

Este é um esquema perfeito do ego para evitar amor, e resulta sempre lol No teu caso parece-me que estás a seguir o medo de meter-te numa área que te impeça de ser feliz. Nenhuma área te garante felicidade, assim como nenhuma mulher te garante felicidade. Tens de arriscar. Temos de nos render ao que a vida nos traz, temos de nos render a como a vida é, e lidar com o que for surgindo, tendo sempre a intenção de aceitar que se algo nos acontece é porque o Espírito sabe que é isso que nos tem de acontecer para aprendermos as lições que precisamos de aprender, para evoluirmos e sermos mais felizes.

Repara, diz-se Ser Feliz, Ser! É algo que temos de Ser, é interior.

Tens de estar disposto a arriscar a 1ª área que te entusiasme, ignorando as imaginações do futuro do ego, que depois te trazem dúvida e paralisam, impedindo de andar para a frente com coragem e viver a vida. Só vivendo a vida é que ganharás experiência, é que te conhecerás melhor, e que saberás melhor o que realmente te satisfaz fazer. Não é antes de arriscares, é depois de arriscares que sabes se o que escolheste foi boa ideia ou não. Tens de estar disposto a arriscar, e isso significa estares disposto a escolher coragem, e a estar disposto a ter de lidar com as consequências das tuas escolhas, aconteça o que acontecer. O que for, será! Seja o que for.

A escolha certa é fazer uma escolha e ir em frente. Tens de arriscar ou ficas no nada e os anos passam... o que já sabes que não resulta pois essa atitude prende-te cada vez mais nesse estado de dúvida em que vives.

Não sei se já tens trabalho/emprego ou se estás à procura do teu primeiro trabalho/emprego, mas uma vez que parece que não sabes o que gostas de fazer, e que seja qual for a área que escolheres isso não te garante felicidade, a minha sugestão é que arrisques e escolhas a próxima área que te interessar. A vida é um caminho de aprendizagem, nada te garante felicidade a longo prazo, a não ser a tua atitude de aceitares que a vida terá sempre um lado positivo e um lado negativo, e que seja o que for que escolhas, o importante é escolheres e ires em frente, para que tenhas experiência de vida e para que possas aprender o que precisas, e potenciar o acontecer de coisas boas. Não é o que fazes que te traz felicidade, o que fazes só te pode estimular como ser humano, é a tua atitude ao fazeres o que fazes que te pode manter feliz, e é com a gratidão de poderes ganhar a vida e a humildade de aceitares onde trabalhas e o que te acontece lá, que poderás ser feliz na tua vida profissional. Pois como já disse, vai haver sempre um lado positivo e um lado negativo, escolhas tu seguir seja que área for, isso é garantido. Mesmo que saibas o que te estimula fazer como ser humano, essa área terá também o seu lado negativo. O que vai fazer a diferença é aceitares a essência evolutiva da vida, através da qual qualquer área serve, e depois o que tiver de acontecer, acontecerá, e é sempre perfeito pois apenas nos acontece aquilo que tem de acontecer para aprendermos uma lição que precisamos de aprender. É o Espírito que sabe, e não nós (ego).

"Tenho medo de tomar uma decisão e depois a longo prazo vir a arrepender-me dessa decisão."

Repara, se te arrependeres da tua decisão, podes sempre mudar de área. É a coisa mais normal do mundo, muitas pessoas o fazem. E qual é a origem desse arrependimento? Se é porque a área tem um lado negativo, bom, todas têm, logo problema resolvido ^_^ pensa em como te queres sentir no dia-a-dia, independentemente do que fazes ou do que te acontece. No fundo tudo se resume a paz. Se te conseguires sentir em paz com os altos e baixos da vida, é impossível não seres feliz. Mas para isso tens de aceitar a essência evolutiva da vida, e que isso traz-te todo o tipo de surpresas que não podes controlar, e que a felicidade está na intenção com que fazes as coisas (aceitação, humildade, gratidão, etc), e não propriamente nas coisas que fazes. Mas se a área tiver um lado negativo demasiado baixo para ti, podes sempre mudar. És sempre livre de ser feliz! Nenhuma prisão é real, apenas na imaginação do ego.

Não corras para o campo de batalha porque achas que vais ganhar e sair de lá um herói... pois isso pode não acontecer e não depende de ti, não há como o controlar. Corre para o campo de batalha disposto a dares a tua vida pelo que importa, por um bem maior, e aí é impossível não seres feliz :)


Obrigado pela tua pergunta.

1 comentário:

Luan Mota disse...

Minha timidez me impede de adaptar as situacoes.