AMOR

"Ensina só Amor, pois é isso que tu és"

sexta-feira, 27 de fevereiro de 2015

"Como Ser Mais Masculino e Atraente Para As Mulheres"

"Como Ser Mais Masculino e Atraente Para As Mulheres"


Pergunta de leitor:

"Olá Pedro. Como me posso tornar mais masculino? Reparo que atraio raparigas não muito femininas, o que pode querer dizer que eu também não sou lá muito masculino, certo? Quais são as qualidade que posso desenvolver? E como? (Agradecia que referisses exercícios práticos). Uma das coisas que aprendi recentemente foi a aumentar a vibração da minha voz, ter uma voz mais grossa, e neste momento estou a fazer exercícios bioenergéticos (alongamentos, aprender a respirar melhor) para me ajudar. Qual é a tua opinião nisso? Obrigado, abraço"


Resposta, comentários:

O guerreiro dos alongamentos! =)

Aquilo que estás a fazer pode-te vir a ajudar a desenvolver uma aparência mais masculina, mas uma coisa é uma aparência masculina, outra coisa é uma essência masculina. Os exercícios bioenergéticos, e o resto que andas a fazer, podem ser uma interessante manipulação da tua aparência, e podem ter a sua validade em termos de te libertar de alguns bloqueios e resistências que te podem estar a impedir de começar a verdadeira transformação interior e evolução de essência. Dependendo do nível de consciência em que estamos, ter em atenção a nossa linguagem corporal e fazer um esforço diário para a corrigir para, por exemplo, parecermos mais confiantes, pode ser útil na nossa evolução. Temos de começar por algum lado, e para os menos experientes e mais inseguros, esse trabalho de linguagem corporal ajuda a começar a aceitar outras escolhas que têm de ser feitas para permitir a evolução de consciência/essência, escolhas essas que lidam com o invisível, não linear e ilógico da realidade. Esse trabalho de linguagem corporal pode ajudar a pessoa a habituar-se a experimentar coisas novas, e a desenvolver a disciplina e dedicação que o caminho de transformação interior exige. Pela minha experiência pode ser, sem dúvida, um bom treino para o trabalho espiritual a sério. Portanto, se estás entusiasmado a fazer o que estás a fazer agora, a trabalhar a tua voz e os exercícios bioenergéticos, e te tens sentido bem, ou melhor com isso, então não há razão nenhuma para não o fazeres. Continua, pois pelo menos é um bom treino para o que vem a seguir. E claro, ajuda a ter a curto prazo experiências novas e diferentes. Experiências breves, mas pequenas alegrias, o que pode ajudar em termos de motivação para o resto, apesar de estares apenas a esforçar-te em termos de aparência.

"Como me posso tornar mais masculino?"

"Quais são as qualidade que posso desenvolver? E como? (Agradecia que referisses exercícios práticos)."

Primeiro de tudo, ter o lado feminino desenvolvido não é um problema, e é algo que não deve ser invalidado. A intenção é ter-se acesso a ambas as energias e maneiras de ser, para que contexto a contexto, consigamos fazer as melhores escolhas. Certos contextos exigem ser-se masculino, e outros feminino. A evolução espiritual leva-nos ao equilíbrio perfeito entre ambos, sem se pensar nisso. Ser masculino ou ser feminino são apenas conceptualizações da mente humana, palavras para identificar algo na realidade linear física, não correspondem à realidade do que se está a passar, pois masculino e feminino são, na verdade, a mesma coisa: o Espírito. Só que são o Espírito a expressar-se espontaneamente, de forma linearmente diferente, em contextos diferentes, segundo a limitada percepção da mente humana. O problema de muitos homens é terem um lado feminino fraco, não desenvolvido. Isto leva a que tenham dificuldade em compreender as mulheres, e chegam até a odiar a sua "estranha" e aparentemente "irracional" maneira de ser, que tanto os irrita, e que tentam mudar com as suas limitadas lógicas. Depois também são os piores seres em termos de empatia, nunca percebem o que o outro está a sentir lol e são altamente desinteressantes em termos de conversa pois estão limitados por temas meramente lógicos e físicos/materiais/descritivos. Há portanto que desenvolver os dois, e não desvalorizar nenhum, pois ambos são igualmente poderosos e essenciais.

Para se desenvolver masculinidade, na verdade, não existem simples exercícios práticos. Temos que enfrentar a vida. Não há nada que possamos fazer regularmente no conforto da nossa casa. A experiência tem de ser real, ou a transformação não é real. Em essência, masculinidade é confiança, e é essa a qualidade base que se tem de desenvolver. Então como se desenvolve confiança?

Através de escolhas de coragem. E fazem-se escolhas de coragem enfrentando medos, ou por outras palavras, desafios. É no momento em que sentimos medo, que temos de avançar, que temos de fazer o que está certo. Simples medos como o de ir dizer olá a uma mulher bonita desconhecida, como o de lhe dizer que a achamos bonita e que queremos a sua companhia para sair, como o de nos aproximar-mos da sua cara para lhe dar um beijo. Enfrentar o medo da rejeição é talvez ainda mais difícil para um homem do que enfrentar o medo da morte. Muitos são aqueles que se alistam e estão prontos a combater e a morrer, mas poucos são aqueles que verdadeiramente aprendem a amar uma mulher.

Hmm...

lol

Nesta "nossa" raça de milhares de anos, imensos foram, e são, aqueles que estão prontos a morrer no campo de batalha, e assim enfrentar o medo de morrer (depende da intenção com que o façam, podem ir para lá e não enfrentar nada e não evoluir nada), mas poucos são aqueles que estão dispostos a enfrentar o medo da rejeição para poderem aprender a amar devidamente as mulheres. Isto faz todo o sentido pois não é novidade que o ego prefere morrer a admitir que está errado lol há níveis de coragem, portanto.

Seja como for, podemos usar a vida social e amorosa como oportunidades para nos tornarmos mais confiantes. Muitos são os medos, e portanto desafios não nos faltam. Honestidade é a coragem de dizer a verdade, independentemente das consequências. Agora, não é dizer a verdade à padeiro, sem qualquer sensibilidade ou consideração pelos outros lol nem é dizer "a verdade" para os atacar, ofender ou tramar :D é dizer a verdade sobre nós. Sobre a nossa intenção, o que estamos a sentir, etc. Revelar aquilo que nos deixa embaraçados. Este é o tipo de coragem que o ego faz tudo para evitar devido ao seu medo de descobrir que não é tão espectacular como imaginava, e de perder a sua falsa auto-imagem de perfeição, e associado falso orgulho. O ego tem um medo atroz de ser gozado, rejeitado e humilhado.

E depois? :D

Com Humildade somos imunes a tudo isso, pois com humildade vemos as nossas limitações não através dos olhos do orgulho ("sou inferior", "não presto", "não mereço", "não tenho valor", etc) mas através dos olhos da compaixão, que vêem a inocência por detrás dos erros, que as limitações não são o que somos, que como qualquer outro ser humano apenas estamos na nossa fase de evolução (é um processo e não uma identidade), e que na verdade as limitações levam a humor. É como observar o nosso animal de estimação a fazer os seus disparates. O gato ou o cão, a fazerem as suas inocentes trapalhices. O ser humano, com o seu ego, é apenas um inocente trapalhão na realidade ilusória da vida. Os seus disparates e erros não são fonte de ódio ou vergonha, mas de humor ^_^

Então com experiência de vida irás passar por muitos tipos de experiências, e isso irá trazer-te confiança, e tornar-te mais masculino. Em essência o masculino é o caçador e o guerreiro, que enfrenta o mundo sem hesitação, que faz o que é preciso fazer, o que é certo fazer, independentemente do que sente e das consequências. E quando a essência é masculina, a aparência torna-se automaticamente masculina. A essência influencia e modifica espontâneamente e naturalmente a aparência. Quando a essência é masculina e confiante, a pose, a voz, a linguagem corporal, o olhar, até a vitalidade do corpo, se transformam. O mais poderoso é sem dúvida o olhar confiante, em contemplação, prolongado, olhos nos olhos. É aí que o homem mostra o que vale, é aí que, de forma invisível e silenciosa, o homem transfere toda a sua experiência de vida à mulher, a sua aura, nível de consciência, energia, essência. É aí que se expressa uma presença gentil mas sólida, pois tem os pés na Verdade, e o apoio do Espírito, em vez de os pés em falsas bases de ilusões e o controlo/limitações do ego.

"Reparo que atraio raparigas não muito femininas, o que pode querer dizer que eu também não sou lá muito masculino, certo?"

Sim, certo. Os opostos apenas se atraem no caso da polaridade masculino/feminino. Eu garanto-te que, por exemplo, uma pessoa honesta não se sente atraída por uma pessoa desonesta lol a não ser que a pessoa "honesta" na verdade não seja mesmo honesta, apesar de gostar de acreditar que é =)

Quanto mais masculino o homem é, mais femininas serão as mulheres a que ele terá acesso. Mas também não tem mal nenhum atraíres mulheres mais masculinas, elas também têm a sua beleza e graça. Podes estar saturado disso, o que é válido, e querer experienciar momentos com outros tipos de mulheres mais femininas. Assim sendo, se é mesmo isso que queres, terás mesmo de te tornar mais masculino. Como já disse, a intenção é ter ambas as energias desenvolvidas para uma expressão espontânea apropriada, conforme o contexto. Na intimidade o homem será mais masculino e a mulher será mais feminina (é esta a escolha certa na realidade, e é assim que funciona. Qualquer julgamento orgulhoso em relação a isto, de um ser superior ao outro, nada mais é que uma ilusão do ego), mas noutros contextos é essencial ser-se mais um, ou o outro, conforme necessário.

Agora, há diferentes níveis dentro do "ser-se masculino". Há uma masculinidade mais primitiva e narcisista, não íntegra, que basicamente não tem o outro em consideração, e cujos interesses são mais básicos, não tendo acesso à experiência da sofisticação dos estados mentais e espirituais mais elevados.

"Reparo que atraio raparigas não muito femininas"

A tua percepção pode estar correcta, e isso não está aqui em causa. Mas para te ajudar um pouco mais, quero trazer-te algo à consciência:

Serão essas raparigas apenas masculinas, ou serão do tipo masculino não íntegro? Ou mesmo do feminino não íntegro?

O ego facilmente confunde verdadeira coragem e confiança com arrogância e raiva, o que são estados que não têm nada a ver.

Nada. lol

E ele confunde-os pois não tem como experienciar verdadeira coragem e confiança, logo não tem ponto de referência para saber o que é o quê, e distinguir a diferença.

Por isso questiono: que queres concretamente dizer com "raparigas não muito femininas"?

São mandonas? São brutas? Não são carinhosas? São primitivas na maneira de falar? Gostam de mandar vir? De mandar abaixo? De mandar bocas?

É que estas coisas não significam apenas que elas não são lá muito femininas... são típicas expressões de narcisismo. São expressões comuns de arrogância e raiva, que são estados do ego. Portanto, mais do que não serem lá muito femininas, são sinais de que não são íntegras, ou seja, que são incapazes de verdadeiramente respeitar outra pessoa (mas podem fingi-lo por interesse, haha), o que as invalida automaticamente como boa escolha como namorada (mas não como escolha para curtires, haha!). Tu é que decides o que estás disposto a tolerar ou não, mas será útil para ti observares com atenção essas raparigas, ou lembrares-te delas o melhor possível contemplando essas memórias, e tentar perceber se elas simplesmente não eram lá muito femininas, ou se os seus comportamentos e atitudes eram afinal apenas expressões de narcisismo (arrogância e raiva, má educação, etc). O ponto de referência é simples: perante as suas atitudes, sentiste-te respeitado ou não? Porque ser-se masculino não é o mesmo que se ser desrespeitador. E daqui virá uma das escolhas mais poderosas em termos de evolução e confiança, a rejeição daqueles que não te respeitam (o que é diferente daqueles que não te validam).



Obrigado pela tua pergunta.

19 comentários:

Joao Henriques disse...

Olá Pedro tudo bem?
Antes de mais deixa-me agradecer-te, pois a minha vida atual não seria a mesma coisa se não fosses tu! Obrigado!
Pedro o que é que é presiso fazer para chegar a um namoro, ou até mesmo a uma relação mais intima? Qual é a poção mágica? :)Tenho me apercebido que não consigo passar da conversa com a mulher para o namoro, não sei o que fazer. Quando falo com as mulheres tento faze-las experênciar um momento agradável, onde posso contribuir para a vida delas. Contudo mesmo tendo uma conversa agradável não passa daí.
O que sugeres Pedro?

Pedro Ribeiro disse...

Muito obrigado pela tua resposta, Pedro! Respondendo à tua questão, pouco femininas no sentido de serem desajeitadas, um bocado brutas e primitivas na maneira de falar e de se expressar... Não têm aquela delicadeza feminina.

Romário Belarmino disse...

Pedro, como lidar com as mulheres que são, extremamente, orgulhosas. Ou seja, aquelas com quem mal acabamos de iniciar uma conversa, começam, imediatamente, a elogiar a si mesmas, dizendo, por exemplo, que todo o mundo as acham muito simpáticas, humildes e de boas condutas. Em resumo, com isso, estão a querer dizer-nos que elas são perfeitas, diferentes das outras e que, por conseguinte, nós estamos a falar com a pessoa certa. Será que devemos fingir que tudo o que elas estão a dizer sobre elas mesmas é verdade, sem questionar? Ou devemos fazer com que elas coloquem os pés no chão e comecem a olhar para o mundo real?

Daniela santos disse...

Pedro, para ti, o que é perder a virgindade pelas razoes erradas? ou fazer amor pelas razoes certas?

se ainda não passou tempo suficiente para se ter a certeza primeiro que a outra pessoa nos merece ou não é errado estar a perder a virgindade certo?..ou mesmo que se goste da outra pessoa, e se tenha respeito e carinho pelo outro mas se ele está constantemente a pressionar para se fazer e a pessoa acaba por ceder a isso, é porque acaba por o fazer pelas razões erradas?

Daniela santos disse...

Adoro a maneira como vês e encaras esses tais erros e limitações (:

Daniela santos disse...

A alguma maneira de a mulher poder despertar o lado feminino do homem,em determinadas ocasiões, no contexto de ir estabelecendo uma ligação emocional? ou é algo que tem de ser mesmo o homem a fazer quando é apropriado?

Pedro C. disse...

Pedro Ribeiro: "pouco femininas no sentido de serem desajeitadas, um bocado brutas e primitivas na maneira de falar e de se expressar... Não têm aquela delicadeza feminina."

De nada Pedro. Pela descrição parece que são de uma femininidade primitiva.

Pedro C. disse...

Romário Belarmino: "como lidar com as mulheres que são, extremamente, orgulhosas"

É possível que elas digam isso sobre elas, e que até seja verdade. E que o digam pois gostam de ti e querem ser aceites por ti. Não é bem o "estás a falar com a pessoa certa", mas talvez mais um "eu sou boa escolha e valho a pena". O que tens a fazer é depois de elas dizerem isso, esperares e veres como elas realmente são, veres se te sentes bem na sua companhia, se te sentes respeitado e se elas são para ti uma companhia estimulante em termos de conversa, humor e diversão. Se não forem, e principalmente se não te sentires respeitado, afasta-te e esquece-as.

Com mulheres verdadeiramente arrogantes não se lida, evita-se essas mulheres. Não se lida com mulheres orgulhosas, afastamos-nos delas e esquecemos-las, pois são demasiado narcisistas para poderem ser boa companhia e boa namorada.

Pedro C. disse...

Obrigado Daniela :)

Pedro C. disse...

Daniela Santos: "o que é perder a virgindade pelas razões erradas?"

É, por exemplo, ter pressa em perdê-la por percepcioná-la como algo errado e motivo de vergonha, que nos coloca abaixo dos outros em estatuto, o que é falso. Esta percepção e atitude leva a pessoa a perdê-la por questões de orgulho, e não de amor. A virgindade nem sequer é um factor para se dar uma relação. Há atracção, há compatibilidade, e eventualmente os parceiros fazem amor. Ser virgem, ou não ser, não tem qualquer influência na prática.

"ou fazer amor pelas razões certas?"

Basta haver atracção, e fazer-se com alguém que nos respeita. A razão "certa" para fazer amor é... por amor :D

"se ainda não passou tempo suficiente para se ter a certeza primeiro que a outra pessoa nos merece ou não é errado estar a perder a virgindade certo?"

Não é uma questão de tempo. Quanto tempo é certo esperar? 1 dia? 1 semana? 3 dias, 2 horas, 32 minutos e 29 segundos? lol quando passa do tempo certo exacto para o errado? Quando se espera precisamente menos de 4 dias, 3 horas, 17 minutos e 2 segundos? lol Não faz sentido, é uma ilusão. Não é quanto tempo se espera, mas sim a essência e intenção das pessoas envolvidas que importa.

"ou mesmo que se goste da outra pessoa, e se tenha respeito e carinho pelo outro mas se ele está constantemente a pressionar para se fazer e a pessoa acaba por ceder a isso, é porque acaba por o fazer pelas razões erradas?

Se o outro pressiona é porque está com pressa. E se está com pressa é porque está a ser limitado por um estado de desejo, que é narcisista. De certeza que depois de se satisfazer o interesse na outra pessoa desaparece, pois o "interesse" na pessoa nada mais era do que o interesse narcisista em satisfazer o seu desejo sexual. Então sim, é má ideia fazer amor com as pessoas que pressionam, pois essa atitude de pressionar vem de narcisismo.


Pedro C. disse...

Daniela Santos: "Há alguma maneira de a mulher poder despertar o lado feminino do homem"

Não. Esquece a ilusão do poder de mudar os outros. Os outros não se mudam, seleccionam-se. O homem ou já tem esse lado feminino desenvolvido, ou não tem. Não tendo, leva imenso tempo e esforço a desenvolvê-lo, e ele tem mesmo de o querer desenvolver. Qualquer chamada de atenção do género "tens de desenvolver mais o teu lado feminino", será apenas visto pelo ego como um ataque ao seu orgulho, pois se ele tem de mudar, para ele quer dizer que como está é errado, e ele quer validação custe o que custar. Perante essas chamadas de atenção, o ego apenas entra num estado defensivo, que pode ser directo ou subtil, para defender o seu orgulho. Sem humildade nada feito, o ego prefere o falso orgulho da ilusão à verdade da lição que o leva à evolução.

Por inspiração pode-se influenciar, mas se a pessoa não quer mudar nem quer ser como nós, nada feito. A verdade é que não há como mudar ou controlar os outros, só se eles quiserem. Logo mais vale procurar e escolher um homem com o lado feminino mínimamente desenvolvido. A ligação emocional também apenas se dá se o homem quiser. Ambos têm de querer e deixar acontecer, ou nada feito.

Alex sis disse...

"o ego faz tudo para evitar devido ao seu medo de descobrir que não é tão espectacular como imaginava, e de perder a sua falsa auto-imagem de perfeição, e associado falso orgulho. O ego tem um medo atroz de ser gozado, rejeitado e humilhado".

Olá Pedro! Sou tinido e percebo que a timidez de certa forma está ligada oa ego e orgulho! Gostaria d eme libertar! No fundo temos dificuldades em aceitar nossas limitações com humildade...

Angelo disse...

Olá Pedro finalmente decidi ser mais confiante, e comecei por ter tomado a decisao de dizer sempre a verdad. O que acontece e que sinto que isto afasta um pouco as pessoas. Tenho dito a verdade sobre mim, por ex: Se me perguntam porque nao sai para ir a um encontro em vez de mentir e dizer que estou ocupado digo que me dá um pouco de ansiadade estar com muitas pessoas, ou que estava antisocial etc. Acho que tambem sinto um pouco de orgulho quando digo a verdade. Será que é isso que afasta as pessoas? Qual é a melhor maneira de se dizer a verdade? Obrigado!

Pedro C. disse...

Ângelo: "Será que é isso que afasta as pessoas? Qual é a melhor maneira de se dizer a verdade?"

A melhor maneira de se dizer a verdade é tendo consideração pelos outros, sem deixar isso distorcer a mensagem. As pessoas afastam-se pois não estão a ser validadas lol estás simplesmente a descobrir que a maior parte das pessoas não quer saber da verdade para nada, não quer saber de qualidades como honestidade, coragem e humildade. Podem dizer e parecer que valorizam essas qualidades, mas na prática chega o momento da verdade e é óbvio que não querem saber disso para nada :D o que elas querem é satisfazer o seu nível de narcisismo. Querem ser aceitas, aprovadas e validadas. Querem o seu orgulho alimentado, a sua raiva e ódio justificado, o seu desejo satisfeito, etc. Ao dizeres a verdade estás a fazer a escolha certa, e essa é uma escolha que te vai ajudar a ver livre de falsos amigos e de todos aqueles não íntegros que apenas te puxam para baixo e contribuem para a tua presente infelicidade.

Se os outros ficam tristes, magoados ou chateados, isso é problema deles. A verdade sobre nós e as nossas intenções e emoções é para ser dita. Não como um ataque aos outros, mas apenas como a expressão pura do que realmente se passa. Com a experiência irás descobrir como dizer certas coisas, que são verdade, de forma a conforme a pessoa que está à tua frente, reduzes ao máximo o potencial desta sofrer sabendo o que tens a dizer. Mas isto sem deixar de dizer a verdade, e sem a distorcer, pois distorcê-la para alguém não ficar triste ou magoado seria o mesmo que não a dizer.

Romário Belarmino disse...

Pedro, de facto, é verdade. Muitas pessoas, como querem agradar a tudo e todos, preferem mentir do que dizer as coisas tal como elas são. Ou seja, acham que que se disserem a verdade, passarão a ser consideradas persona non grata e, sendo assim, poderão sofrer as consequências.

Joao Henriques disse...

Olá Pedro tudo bem?
Pedro à uns dias enviei-te uma pergunta sobre a forma de se entrar num relacionamento (era mais ou menos isto não recordo muito bem). Referi que só consigo falar com a mulher e que não passa disso. Não consigo nem sei o que fazer para avançar para o relacionamento,com aquela mulher em que estou interessado.
Reenvio-te a pergunta pois tive a ouvir o teu audio e voltaste a referir que não aceitas comentários sem identificação, e como eu não tenho a certeza se me identifiquei faço outra vez a pergunta. :)(Espero que agora já fique identificado no comentário mas por precaução eu sou o João Henriques, hjoao.henriques91@gmail.com). Obrigado!!!

Pedro C. disse...

João Henriques: "à uns dias enviei-te uma pergunta sobre a forma de se entrar num relacionamento"

A razão pela qual ainda não respondi à pergunta é devido a que estou a preparar um post como resposta. Em princípio publicarei esta semana.

Daniela santos disse...

okk (; ... a homens que é ate demais,a pessoa deixa claro que não quer e continua a dizer que não e continuam a insistir como se nada fosse...enfim.

Obrigada pelo esclarecimento (:

Outlets e companhia disse...

Oi Pedro, tudo bem? Sou brasileira, então espero que não estranhe muito a minha escrita.
Gostaria de saber o que é uma mulher feminina. Tenho lido seus posts, assim como as respostas para os comentários, e procurado absorver o que é possível, mas como você já explicou antes sua dedicação maior é para o universo masculino uma vez que é o que conhece melhor.

Mas, o que é ser feminina? Pode parecer até engraçada a minha pergunta, mas sou uma mulher criada em meio aos homens, que escolheu uma profissão tipicamente masculina, e que vive em um ambiente masculino e machista (infelizmente). Até bem pouco tempo atrás eu era machista, e agora venho me apercebendo disso. Também tinha dificuldades em aceitar que era uma mulher porque me parecia mais fácil ser um homem neste mundo. Talvez o seja, mas tenho minhas dúvidas hoje em dia. Acredito que o machismo não foi exatamente criado pelos homens, mas pelo "mal" que existe dentro deles, de todos nós. Porque o machismo não é bom para ninguém, embora pareça ser pior para as mulheres. Hoje eu adoro ser mulher, adoro o universo feminino, mas também adoro ser moleca, não limitar minhas ações e atividades dividindo-as em "coisas de homem" e "coisas de mulher". Adoro me sujar, gosto de pegar no pesado, mas também aprecio me maquiar e cuidar de mim, de cozinhar para alguém, do universo maternal e de ser uma cuidadora de outra pessoa. Ainda estou na fase de transição, ao meu ver, entre o extremo de antes ser demasiadamente masculinizada e mais recentemente em curtir quem eu sou e ser mulher.

Por isso, o que é ser feminina, ao seu ver? Como atingir a feminilidade, a exemplo do que você ensina sobre ser masculino?

Obrigada pelos seus ensinamentos. Sua sabedoria é impressionante. Um grande abraço e meus imensos agradecimentos.