AMOR

"Ensina só Amor, pois é isso que tu és"

quinta-feira, 7 de agosto de 2014

"Como Se Tornar Numa Pessoa Mais Poderosa"

"Como Se Tornar Numa Pessoa Mais Poderosa"

Para comemorar o 7º aniversário do Cool Vibes, aqui está o mais épico e escandaloso áudio do Cool Vibes sobre verdadeira evolução espiritual.

Nem todos estão prontos para a Verdade... mas isso é problema deles =)

"Como Se Tornar Numa Pessoa Mais Poderosa"

Temas:

Os defeitos comuns que nos impedem de sermos mais felizes, e como transcendê-los.

Como aumentar a nossa auto-estima.

Os estados de integridade (níveis de consciência) que surgem antes dos estados espirituais.

As fases pelas quais passamos ao aumentar a nossa consciência.

Como temos que ser, e o que temos que fazer, antes de podermos evoluir espiritualmente.

“Pedro, como podemos lidar com as preocupações? Existem casos que acontecem connosco que fica difícil não se pensar ou se preocupar com algo ou com alguém. Como resolvemos isso?”

“Obrigada por teres respondido sobre aquela questão, fez-me sentir muito melhor xd Pedro, se a mulher está muito indecisa em se deve estar/continuar com um homem ou não, é porque ela na verdade não quer e é apenas o seu ego/mente a tentarem "salvar o seu lugar" para continuar a obter validação, ou pode ser o ego a arranjar justificações para evitar que ela tenha intimidade com essa pessoa? São coisas diferentes não é?”



40 comentários:

Orion disse...

A introdução desse áudio foi intensa demais, arrepiei aqui, você pode me dizer de onde tirou isso ? O>O

Obrigado por mais um audio

Fábio disse...

E quando chegamos á final, ganhamos por 5-0 eheheh :)

Adorei o áudio, temas muito apelativos para mim!

Os meus parabéns ao COOLVIBES :) e Obrigado por tudo.

Miguel disse...

Hoje é dia de não fazer perguntas:)

Muitos Parabéns ao Coolvibes por estes 7 anos de muita ajuda não só para mim mas para todos os que segue-no e também parabéns ao Pedro por ter tido esta brilhante ideia de criar o Coolvibes em 2004 e de ter procurado seguir um caminho que agora serve de inspiração e de exemplo para muitos de nós.
Gostava de fazer uma dedicatória mas a verdade é que nunca tive muito jeito para isso, mas posso dizer um Grande Obrigado porque eu posso não ser integro nem ser um Don Juan com as mulheres, mas a verdade é que o Coolvibes e o Pedro fez-me ver que há um caminho para uma vida melhor e que é possível alcança-lo,e também estou feliz comigo próprio por em 2008 ter procurado por essas informações, depois desse dia nunca mais quis largar esses temas, apesar de andar a passo de caracol e numa montanha russa onde há muitos altos e baixos, mas como disse uma amigo meu um dia "ergue-te nunca te baixes a vida ainda há muito para descobrir" e é isso que faço cair e me levantar (acho que estou a falar muito de mim lol.)
Pedro agora parece que estás muito mais selectivo com as pessoas que por aqui passam e até me dá medo eu a ouvir-te penso "será que ele baixou de nível de consciência?", até fazes-me lembrar um pouco o Niki Lauda com a sua frieza, mas depois percebo que não somos o que dizemos mas o que fazemos e tens ajudado tantas pessoas e não há duvidas que a melhor forma de ensinar é dando o exemplo.
OBRIGADO, OBRIGADO E OBRIGADO:)
E que o CoolVibes dure até haver uma percentagem de 90% de pessoas integras no planeta:)

Orion disse...

Olá Pedro novamente eu, agora estou concorrendo ao perguntador do ano do cool vibes kkkk.

É verdade que as melhores decisões que tomamos é aquela em que sentimos no momento presente e não aquelas que resolvemos pensar ? acontece que várias vezes percebo quando resolvo pensar em algum assunto e depois quando estou vivendo o que eu estava pensando, as opiniões são diferentes.

Por exemplo como os ensinamentos que ainda não vivenciamos com uma pessoa, quando estamos com uma pessoa e nos sentimos bem, mas nosso ego, (acredito eu) pega algum defeito ou algo do tipo e ficamos pensando "devo me afastar".

Quando estamos presentes acabamos por "sentir" o que queremos, e não no pensamento que pegamos defeitos das pessoas e resolvemos tomar uma decisão. Venho percebendo isso pois me afastei de amigos de infância por não me sentir bem perto deles, das atitudes,pensamentos, etc. Aovezes de pensar no que eles tinham de errado e me afastar apenas pelo pensar.

Queria saber sua opnião

Obrigado

ricardo ferreira disse...

Olá Pedro fizestes este áudio no mesmo dia dos meus anos :D.

Venho fazer uma crítica, como podes afirmar que uma pessoa nasce bonita ou feia por merecimento kármico?

O que não falta ai é gente bonita com um grande vazio interior e com atitudes para o mesmo caminho...
Até porque se é essência que conta, o que importa ser bonito? Gerar mais atracão no sexo oposto lol? É isso que deus quer? Ou puramente para tirar as lições de ai advém?

Quantas mulheres bonitas suicidam-se? Quantas mulheres usam a sua imagem para se aproveitar dos homens? Quantos ser humanos dizem a si mesmos (mesmo sendo bonitos em termos visuais) que nunca vão atrair ninguém porque são feios?

Quem garante a nós mesmos se não fomos nós que pedimos para nascer com um corpo com "x" características?

Bruno Cotrim disse...

Boas, ainda não tinha sentido a necessidade de comentar nenhum video em especial mas este well...

Honestamente, eu era para te criticar por seres um pouco arrogante neste audio mas ao escrever senti a compreensão do que dizes e o porque de o dizeres ( apesar de que não o sento actualmente )... Sinto pena que no fim da estrada se chegue a conclusão que quem não vale a pena não vale mesmo a pena, eu ainda alimento a ilusão de que posso de alguma maneira "ajudar" os outros a evoluir, no entanto ao mesmo tempo tenho a compreensão que as pessoas só mudam quando elas próprias querem mudar... Um contradição que acredito nasça do meu ego ou talvez arrogância de querer "melhorar" o mundo.

Pessoalmente, compreendo a ideia de viver no presente, já não é a primeira vez que oiço falar disso, é na verdade um tema bastante recorrente, mas eu sempre fui muito ligado ao futuro, as minhas motivações são relacionadas com objectivos ou algo que eu quero alcançar. No entanto eu compreendo que ao viver desta forma nunca vou ser feliz com o que tenho actualmente porque quando alcanço uma meta já existe outra meta ainda maior para alcançar, ainda assim, tenho-me perguntado se essas metas e o caminho que percorro só por si não seja já a felicidade, principalmente porque é a minha compreensão, correcta ou errada, que a felicidade é algo relativo ao individuo e não uma verdade absoluta.

É algo pretensioso da minha parte discutir os tópicos a cima porque como tu dizes há situações e realidades pelas quais eu tenho que passar que na realidade ainda não passei, nomeadamente, no trabalho e nas relações com o sexo oposto, à alguns anos teria discutido que era possível extrapolar o entendimento a partir da imaginação e intuição, mas nos meses mais recentes, há algo em mim que diz exactamente o que tu dizes neste audio, imaginar e extrapolar não é o suficiente para estas situações, tem que se viver para compreender realmente o seu significado ( e talvez mais tarde deixar de lhes dar valor ou deixar de ter necessidade delas como tu referes). Sendo esta a razão que me fez procurar originalmente ao teu blog.

Sobre a integridade, não sei se tenho sorte mas para mim isso sempre foi natural, nunca tive necessidade de me adaptar aos outros para me "integrar", sempre fui muito fiel aos meus valores, talvez por ter romantizado e idealizado o cavalheiro integro dos séculos XVIII e XIX, sendo esse um dos valores chave que essas personagens adoptam. Não vou mentir a dizer que não procurei ( ou talvez procuro ) a validação, mas sempre achei que esta era um resultado da integridade e que não tinha valor se fosse baseada numa aparência externa. Se formos pela tua ideia então não serei integro na mesma porque a motivação não deixa de ser errada ( inclui a procura de validação ) mas ao mesmo tempo não deixa de ser integridade nem os valores em si deixam de existir, um contradição interessante pergunto-me como lês isto...

Já agora na integridade tenho uma pergunta a fazer-te que já me debato a algum tempo, existiram situações em que fui procurado para ajudar uma relação entre duas pessoas, sendo que as duas me procuraram independentemente e é um valor meu, que quando falo com alguém tento pensar na mais correcta forma de agir para essa mesma pessoa, no entanto nos casos a cima referidos, as formas correctas de agir, eram opostas para cada um deles ou seja, era minha opinião que no contexto de cada um deles, apesar do meu conhecimento de ambos os lados, deveria dar concelhos que eram opostos e que levariam a fricção, eu dei esses concelhos opostos, mas pergunto-me se isso foi correcto ou não, a minha intenção era a melhor para ambos, até porque era necessário encontrarem o meio termo ou equilibro da relação mas mesmo assim pergunto-me se foi "moralmente" correcto.

Já agora vou me queixar de nunca me teres respondido com informações sobre o COACM, qual é o email que devo utilizar para te contactar?

ricardo ferreira disse...

Outro desabafo Pedro
Falas de homens trapalhões mas o que queres dizer com isso? O que mal tem isso?

Também não há mulheres assim... Sobretudo quando estão atraídas por um homem não sabem o quer fazer...
É que dás muito foco no ego masculino...

Depois vemos livros com "50 sombras de Grey" a serem vendidos como "pãezinhos quentes”, e a imagem do masculino que se projeta e o protótipo de homem ou de "macho men" a vender milhões e milhões.

Não sei porque isto faz-me lembrar "cantores" como o "zé Cabra" toda a gente gozava e dizia mal mas aquilo vendia.

Pedro C. disse...

Miguel: "agora parece que estás muito mais selectivo com as pessoas que por aqui passam"

Obrigado pelas tuas palavras Miguel. Sim, estou mais selectivo e sei que agora pareço arrogante mas um dia irão perceber que não tem nada a ver, e eu já expliquei a essência da minha atitude: o ego é persistente e as suas ilusões são convincentes, e se não formos duros e implacáveis da sua denúncia fica-se na mesma, não há evolução. A verdade sobre o ego não é bonita, e este está sempre a tentar destruir o que há de bom e bonito, sempre contra o Espírito. Logo a atitude normal é ser-se selectivo e duro com ele e as suas ilusões. E quem não denuncia a falta de integridade não se torna íntegro.

Pedro C. disse...

Orion: "A introdução desse áudio foi intensa demais"

Tirei deste vídeo que encontrei no Youtube:

https://www.youtube.com/watch?v=vVLTLw0Gdtc

Pedro C. disse...

Orion: "É verdade que as melhores decisões que tomamos é aquela em que sentimos no momento presente e não aquelas que resolvemos pensar?"

É quando estamos presentes no momento (contemplação) que ganhamos consciência da realidade (verdade), logo só assim é que podemos fazer as escolhas certas, baseadas na realidade. Não é através da imaginação e ilusões do ego que percebemos como é a essência de alguém, mas sim através de discernimento, que é uma espécie de "informação" ou certeza silenciosa que o Espírito nos dá.

Pedro C. disse...

Ricardo Ferreira: "Até porque se é essência que conta, o que importa ser bonito?"

A nossa aparência natural é consequência da nossa essência. O nosso karma é a mesma coisa que o nosso nível de consciência, que é o mesmo que a nossa essência, que é o que nós Somos.

Se ouvires o áudio novamente mas com atenção irás perceber que eu explico que pode-se nascer bonito por mérito kármico, mas nessa vida em que se nasce bonito pode-se ser não íntegro. Isto porque o ego vai logo usar a aparência para satisfazer os seus desejos lol

Tudo é karma na vida, e Deus, ou Espírito, deseja para nós felicidade a todos os níveis. Quem nasce bonito tem facilidades que os feios não têm, sendo atracção uma delas. Uma pessoa bonita é sexualmente mais apelativa para mais pessoas do que uma feia, acho que não é preciso explicar porquê :) e Deus, ou Espírito, deseja esse nível de felicidade para nós.

Lá porque há idiotas que usam a aparência de forma narcisista, isso não quer dizer que ser-se bonito é mau ou irrelevante. A nossa aparência é definida pelo nosso karma, depois o que fazemos com ela depende das nossas escolhas e se caímos nas seduções e ilusões do ego. Há quem nasça feio e nessa vida se torne íntegro, e há quem seja bonito não porque tem o corpo mais sexualmente apelativo, mas porque tem uma energia ou Luz que emana deste, tornando-o saudável e limpo, cuidado e agradável, e tem um brilho nos olhos lindo, devido ao seu nível de consciência/karma.

Pedro C. disse...

Ricardo Ferreira: "Falas de homens trapalhões mas o que queres dizer com isso? O que mal tem isso?"

Nada tem mal, mas aqui estás num contexto de evolução, logo aquilo que é uma limitação ou impedimento à evolução é denunciado como tal. O que interessa a quem realmente quer evoluir.

Um dos primeiros sinais de evolução é deixar de ser trapalhão. Porque temos mais consciência da realidade, passamos a fazer tudo cada vez melhor, com excelência. Então no contexto da evolução excelência é bom sinal, trapalhice não é. Isto é igual nos homens e nas mulheres, mas como sou homem e não mulher, seria arrogante estar aqui a falar para as mulheres a nível mais profundo e específico quando não tenho a experiência de ser mulher.

85% das pessoas não são íntegras, logo são idiotas (pela falta de autenticidade e consciência da realidade). Logo qualquer "artista" idiota, independentemente da aparência das suas obras seja em que estilo ou área for, vai vender pois a maioria é idiota e aprecia o nível de ideias desse artista não íntegro. Obras sem princípios espirituais de moral e integridade como os filmes do Tarantino e o Game of Thrones vendem e são um sucesso apenas porque 85% das pessoas não são íntegras e na verdade não querem saber desses princípios. Quem realmente quer saber de integridade não tolera a sua ausência pois não há qualquer interesse em algo que não é íntegro. É aborrecido, desinteressante, mal intencionado, não ensina nada de útil, é genuínamente feio e desmotivante. No fundo promove o narcisismo e tudo o que o mundo tem de mau, o que é estúpido.

Pedro C. disse...

Bruno Cotrim: "Honestamente, eu era para te criticar por seres um pouco arrogante neste audio mas ao escrever senti a compreensão do que dizes e o porque de o dizeres"

É porque na verdade não estou a ser arrogante, apenas sincero em relação ao que é discernido como idiota =) se a parede é verde, então é verde... não é branca. Se o cavalo é rápido, então é rápido... não é lento. Se uma mulher é mentirosa, então é mentirosa... não é honesta. Se alguém é idiota, então é idiota... não é espectacular (como quer acreditar que é lol). É apenas chamar as coisas pelo nome, não querendo saber se o ego fica incomodado, triste, irritado ou chocado, porque o ego em si é para ser transcendido, e não é ponto de referência para nada. Os princípios espirituais são o ponto de referência, o ego só atrapalha. Ser sincero, duro e implacável com o ego enxota os falsos interessados na Verdade. Ao me colocar à luz do Sol afasto os vampiros apenas interessados na sombra e ajudo por inspiração/exemplo aqueles que querem também a luz do sol, mas que têm medo da retaliação dos vampiros.

Parece-me que estás a começar a compreender pontos importantes. A meu ver não fizeste nada de errado, a tua intenção foi boa. Só podemos ser aquilo que somos, começa-se por autenticidade, qualidades e erros, e assim ganha-se consciência das nossas limitações e com a aplicação de princípios e técnicas espirituais transcendemos essas limitações e começamos a evoluir. Desfruta o que mais gostas na vida e sê tu próprio, mas tenho de te alertar para teres cuidado com a busca por validação pois essa é uma intenção narcisista e ser-se íntegro é o início de largar o narcisismo. É-se íntegro pela satisfação em si de se ser íntegro, e não para se obter algo dos outros. A energia espiritual a que temos acesso sendo íntegros (porque largamos as ilusões do ego que a bloqueiam) preenche-nos e deixamos de precisar da validação dos outros.

O mundo não precisa de mudar pois é uma escola de almas na qual todos os níveis de consciência animais e humanos tentam aprender as lições espirituais para o transcender. Como escola de almas é perfeito, se não houvesse a hipótese de karma negativo e emoções negativas (exemplo: odiar os maus) não haveria mérito karmico. Podes sempre ajudar dando o exemplo, inspirando. Mas para isso tens de te tornar em alguém que tem um exemplo de transformação extraordinário a dar, que tem uma forma de ser alinhada com princípios elevados que fazem a diferença na vida das pessoas, que as fazem ver as coisas de forma diferente e mais real, etc.

Assim como há diferentes níveis de consciência há diferentes níveis de felicidade. Há quem se sinta feliz, ou satisfeito, odiando os outros e prejudicando-os. Mas a verdade é que sempre que se evolui deixa-se de ficar interessado na felicidade no nível anterior, e apenas se quer mais do novo nível. Porquê? Porque tem-se mais energia e consciência, o que influencia as nossas escolhas e qualidade de vida para melhor. A felicidade é maior quanto mais elevado for o nosso nível de consciência, e isso é um facto. Todo o esforço para evoluir é compensado para além da nossa imaginação, quase como que magia.

Quanto ao COACM não sei o que se passou, não me lembro de receber um email teu, pode ter ido parar à lixeira ou spam (por vezes acontece). Seja como for este é o email: CoolVibes_Coaching@hotmail.com

ricardo ferreira disse...

Sim, não estou a dizer que ser bonito é sinal de ser má pessoa, simplesmente há muitas visões espirituais em livros ou internet dessa questão.

Porque se tivestes na vida anterior um bom nível kármico ou seja devias desenvolver esta mais rapidamente (consciência) nesta nova vida, por menos a meu ver.

Se há vantagens em ser bonito claro que há, assim como há o seu lado negro como sabes.

Por experiência própria as mulheres que senti atraído eram bonitas (ups), no fundo sabia isso eram bonitas faltava as conhecer como pessoas, mas na verdade eu era um manipulador não porque queria o mal delas mas simplesmente tinha uma imagem de mim negativa, então criava uma imagem de perfeição.
O problema delas é que realmente tinham muita validação dos homens e até sentia que usavam eles com uma questão de segurança emocional claro que só vejo isto actualmente, mas lá não sei como conseguia atraia las mas no momento da verdade o que acontecia?
Auto sabotagem lol, ou porque o meu "amigo" estava interessado, esse "amigo" até ficava irritado de algum homem sair com ela, ou porque ela tinha x de defeitos, ou porque como dizes no audio era orgulho misturado com medo LOL.
È realmente estúpido porque no fim não fazes favor a ninguém, pois ficas triste, elas ficam tristes, há muita confusão, muito jogo psicológico, e no fim perguntas se tivesses a coragem de fazer e ter as atitudes certas, como seria?
E meu corpo ressentiu se disso :), mas no fundo aprendes sempre algo acabei com muitas "amizades" e tive de me rever como pessoa e ser humano.

Mas é uma questão muito interessante para mim assim como outros exemplos de mulheres bonitas na hora de sair com as "amigas" á noite elas as excluíam do grupo lol, e até pode ser irónico mas algumas terem dificuldades em encontrar um homem para falar com elas.

Samuel Miranda disse...

pedro, no video, quando falas que uma pessoa antes de evoluir tem que ter experiências com o sexo oposto e não ser mais virgem..eu tenho me relacionado com uma moça de 18 anos..ela é virgem, diz que nunca teve namorado mas que gostava de estar num relacionamento sério ... ela é muito bonita e uma pessoa agradável de estar com, e fico a pergunta-lhe o porque de ela ainda ser virgem e que se ela soubesse o quanto era bom não teria esperado tanto tempo...ela parece que ficou meio triste e levou a mal..o.o ontem foi a 2ª vez que tivemos juntos e fizemos anal...mas so facto dela ainda ser virgem aos 18 significa que ela é anormal?

Samuel Miranda disse...

e muito obrigada pelo video, Parabennss ao coolvibes! c;

Daniela santos disse...

Olá pedro, sim a duvida que surge normalmente é depois do primeiro/segundo encontro e é depois de se ter intimidade com a pessoa mas começo-me a aperceber que deve ser isso, apenas a algo na pessoa que me afasta normalmente quando quero mesmo não surge duvidas, é isso, obrigada por responderes e vou ver se não fico a filosofar tanto xD

e Muitos Parabéns para estes 7 anos do coolvibes :d

Daniela santos disse...

pedro, quando estou a sair com algum homem normalmente gostam de ficar a falar por mensagens nos dias em que não nos vemos, mas eu não gosto muito, porque me tira um bocado de tempo estar a escrever e as vezes fala-se de coisas irrelevantes do dia a dia, prefiro ter um conversa com a pessoa cara a cara...e nos momentos em que não estamos juntos, estar a dedicar-me a outras coisas apesar de sentir que estamos um pouco + "distantes" um do outro...mas será que isso tem algum problema?

Pedro C. disse...

Samuel Miranda: "mas só o facto dela ainda ser virgem aos 18 significa que ela é anormal?"

Não, nada disso. Não tem nada a ver com ser anormal. O que eu disse é que para se evoluir espiritualmente primeiro temos que nos aperfeiçoar como seres humanos, em tudo o que é normal fazer-se como ser humano. Relacionar-se com o sexo oposto é uma dessas coisas normais, logo ao nos aperfeiçoar-mos nessa área vamos inevitavelmente perder a virgindade pois vamos-nos envolver com pessoas do sexo oposto, e entre outras coisas aprender a escolher parceiro, a ser bom parceiro amoroso, etc.

Não é quando se perder a virgindade que importa, e não tem nada a ver com ser-se anormal. Perde-se quando se quiser, ou conseguir, e vai-se evoluindo ao mesmo tempo convivendo com o sexo oposto.

Pedro C. disse...

Daniela Santos: "prefiro ter um conversa com a pessoa cara a cara"

Não tem mal nenhum, é apenas uma questão de preferências. Há homens que preferem o mesmo que tu, não estar todos os dias a trocar mensagens. A única coisa que tens de fazer é ser sincera com os homens que te contactam e dizeres-lhes aquilo que me disseste aqui, explicares-lhes a tua preferência. Certamente irás encontrar algum homem que te irá compreender e ter a mesma preferência e maneira de ser relativamente à comunicação à distância.

É possível que quando tiveres namorado e uma ligação mais próxima, íntima e querida com ele já gostes de trocar mais mensagens, isso parece-me normal pois geralmente nessa ligação próxima de intimidade há sempre "tema", ou seja, não é o "tema" ou conteúdo que importa, é assim a aproximação e interacção porque ambos se querem sentir próximos um do outro, logo o "tema" ou conteúdo é apenas um pretexto para trocarem algumas mensagens. Há casais que trocam mais mensagens que outros, mas é normal que quando mal conheces um homem e ainda só estás a sair com ele não sintas grande motivação em trocar mensagens só por trocar mensagens.

Greg disse...

Obrigado Pedro, por tudo!

Um abraço amigo.

Greg Branco

Raoni Dantas disse...

Parabéns pelos 7 anos do Cool Vibes!

7 anos ensinando a nós homens a:

"Como Não Ser Um Urso" hahaha |o|

Devíamos ter o Post de Humor toda Semana !

Este deveria ser o primeiro!

"Como Não Ser Um Urso" hahaha

Forte abraço Pedro!

Pedro C. disse...

Obrigado a todos aqueles que têm acompanhado o Cool Vibes, seja durante o tempo que tenha sido, e aqueles que tiveram e têm a humildade, honestidade e coragem para se dedicarem à Integridade, seja aqui no Cool Vibes, seja onde for. São os princípios em si que importam, e não quem fala deles, nem onde os aprendemos.

Leonardo Mose disse...

Oi Pedro. Estou a sair com uma mulher que estou gostando bastante, entretanto, recentemente (mais ou menos um mês) ela terminou um namoro que teve a duração de três anos e meio. Perguntei se ela ainda gosta do ex-namorado dela, e me disse que sim, pois foi um longo tempo de namoro, porém, a relação deles se desgastou muito com o tempo e por isso os dois romperam com o namoro. Conversamos sempre pelo facebook e estamos marcando de sair de vez em quando, mas sei que ela também conversa bastante com o ex-namorado dela por facebook, já que ele mora à quatro horas de distância da casa dela. Pedro, já é a 2° vez seguida que me acontece de uma mulher pela qual estou saindo ainda gostar de uma pessoa com quem teve um relacionamento no passado. Quando isso acontece, é um mal sinal? O que fazer nesse caso? Perguntamos a intenção da outra pessoa conosco?

Outra pergunta Pedro, revelar que queremos um relacionamento sério, afasta pessoas de nossas vidas que não estão disponíveis para isto?

Abraços!

Fábio disse...

Olá :)

Pedro, é possível uma mulher estar interessada e até ansiosa para voltar a sair com o homem, combinar a saída, chegar ao dia e uma hora antes dizer que não pode, e inventar uma desculpa só para testar o homem e ver do que ele é feito?...

Já é a segunda vez que isto acontece com esta mulher... Devo voltar a convida-la mais vezes mesmo que esta volte a inventar desculpas? Será que ela é muito insegura ou narcisista? Devo insistir? Eu só sai uma vez com ela e foi fantástico.

Obrigado

Cláudia Nóbrega disse...

Muitos Parabéns ao Cool Vibes pelos seus 7 aninhos :)

Não podia deixar passar a ocasião sem deixar o meu testemunho e expressar a minha mais profunda gratidão pela existência deste espaço que impulsionou-me a seguir um caminho que está em perfeita consonância com a minha mais pura essência.

Foi em 2008 que ao fazer uma pesquisa no google cheguei a este blog. As palavras mágicas foram: "Lei da Atracção".

Nesse ponto da minha existência o Cool Vibes "abriu-me as portas" para esse caminho designado de evolução pessoal que não é mais do que fazer um percurso pela vida mais consciente e, consequentemente, mais integro.

Ante o desenvolvimento da consciência abre-se um mundo de possibilidades ao longo do percurso...

O caminho nem sempre é fácil, o ego nem sempre dá tréguas mas a aceitação é um bom ponto de partida como forma de olhar a realidade sem as lentes das "normais sociais" e das "imposições" ou "formatações" com que somos bombardeados todos os dias.

O medo, a ansiedade, o nervoso miudinho continua a existir mas não determina as decisões e, muito menos, as acções.

Muito obrigada pela incansável partilha de informação e, mais do que isso, de experiências.

Obrigada pela autenticidade com que presenteias os leitores "coolvibianos" e muito obrigada porque, graças, a este espaço fiz amizades significativas que mantém-se apesar da distância física. :)

Venham mais aniversários. :)

P.S. Este vídeo poderia chamar-se, alternativamente, "The CoolVibian Truth" embora o título esteja bastante poderoso. :D

Pedro C. disse...

Fábio: "Devo voltar a convida-la mais vezes mesmo que esta volte a inventar desculpas?"

É possível que ela te esteja a testar, concretamente a testar o teu nível de interesse. Geralmente quando o homem apenas se sente atraído e interessado no corpo da mulher (sexo), perde a paciência com a indisponibilidade da mulher para sair. Mas quando o homem realmente gosta da mulher como pessoa para além de se sentir atraído por ela, vai persistir e esses "hoje não posso" nem o incomodam muito, nem o fazem perder o interesse nela e desistir. A maior parte dos homens confundem atracção com apreciar a mulher como uma pessoa, e confundem a aprovação, aceitação e validação da mulher com qualidades humanas que ela não têm e que assim aos olhos do homem a tornam numa pessoa fantástica que ela não é. lol o homem sente-se bem pois está a ser validado pela mulher, mas em vez de reconhecer que está a ser validado, imagina e projecta qualidades para a mulher que esta não tem, pois se ele se sente bem perante ela (devido à validação) ela deve ser uma pessoa fantástica (e ter certas qualidades).

Sugiro que sejas sincero com ela. Diz-lhe o que sentes e queres (intenção), e explica-lhe que esta situação de dizer que não pode no próprio dia 1 hora antes do encontro não te agrada, e que te faz perder interesse nela.

Só uma saída é pouco, não prova nada em relação a ela como pessoa, nem à vossa potencial relação amorosa. É comum o primeiro encontro parecer fantástico e depois nunca haver um segundo encontro. Isto acontece porque a mulher na verdade não está interessada, ou não sabe o que o homem quer e isso deixa-a desconfortável para voltar a estar a sós com ele, e das duas uma: ou ela simplesmente não quer saber e passa a rejeitar os convites até o homem desistir, ou não disse a verdade ao homem porque não o quis magoar.

Coloca-a entre a espada e a verdade :) assim das duas uma: ou ela diz-te que não está interessada e deixas de ficar na dúvida podendo viver livremente, ou as coisas entre vocês avançam mais rapidamente com mais saídas e envolvimento físico.

Pedro C. disse...

Cláudia Nóbrega: "a aceitação é um bom ponto de partida como forma de olhar a realidade"

Obrigado Cláudia :) Ainda és do tempo em que haviam palestras do Cool Vibes lol

Espero que a vida te vá sendo como preferes e Coragem para o teu caminho!

"O medo, a ansiedade, o nervoso miudinho continua a existir mas não determina as decisões e, muito menos, as acções"

Esse é um "grande segredo", as emoções do ego (vergonha, culpa, depressão, tristeza, medo, desejo, raiva e orgulho) continuam a existir mas não têm de determinar as nossas escolhas.

Alex NTL disse...

Parabéns pelos 7 anos, que o Cool Vibes cresça cada vez mais.

Cláudia Nóbrega disse...

:D

É verdade, Pedro, ainda sou do tempo das míticas palestras do Cool Vibes. :)

Apenas tive o privilégio de participar numa que realizou-se numa das bases secretas (do domínio público) do Cool Vibes em Janeiro de 2009 e, devo dizer, que foi uma experiência muitíssimo interessante. :)

Também tive o pequeno (grande) privilégio de confraternizar com o "gang" coolvibiano em algumas saídas noturnas. Acho que desde essa altura nunca mais recuperei a "sanidade mental" de outrora (o que quer que isso seja). hehe

Só boas recordações! :D

A vida tem vindo a apresentar-me uns desafios jeitosos e irá continuar a apresenta-los mas cá estou eu para aceitá-los e vivencia-los da melhor forma que me é possível e, mais do que isso, aprender / evoluir com cada um deles :)

Obrigada Pedro. :)

Beijinhos. :)

Pedro C. disse...

Obrigado Alex NTL.

Pedro C. disse...

Obrigado a todos pelos parabéns aos 7 anos do Cool Vibes.

Pedro C. disse...

Cláudia Nóbrega:

Eu lembro-me de pelo menos 1 dessas saídas! haha das raras em que tal grupo de diferentes amigos se juntou :) acabei a noite a fazer aviões de papel no Loft hahaha espectacular =D

Miguel Braga disse...

Sinceros Parabéns ao coolvibes.

E tudo, no meu caso, começou com uma procura de um wallpaper de "Cool Vibes" para o meu computador..

Um bem haja e Obrigado por toda a partilha de conhecimento.

Miguel Braga.

James Henrique disse...

Olá Pedro,
Parabéns pelos 7 anos de CoolVibes! :D

Como lidar com os familiares, quando os mesmos não querem evoluir? Minha família praticamente inteira é assim. Pedro, estou farto de morar em casa, o clima não está legal, há muitas discussões entre meus pais e já planejo morar sozinho.

- Como era o seu relacionamento com parentes e familiares durante o início de sua evolução pessoal?

- Sou do Brasil e como faço para adquirir as consultorias online, junto com os áudios e e-books?


Um grande abço!
Obrigado!

Pedro C. disse...

James Henrique: "Como lidar com os familiares, quando os mesmos não querem evoluir?"

- Seja no início ou depois, se não forem íntegros a atitude é a mesma que com as outras pessoas não íntegras. Neste contexto de real evolução espiritual, não importa o tipo de relação (familiar, amizade, amorosa, profissional, escolar, etc), nem o tempo/duração desta, mas sim a essência/nível de consciência da pessoa com quem temos a relação. Logo, primeiro tens de te desligar emocionalmente do familiar, depois evitá-lo ao máximo, evitar saídas, convívios e conversas, apenas interagir quando necessário, não partilhar a vida pessoal pois quanto menos eles souberem menos poderão ser um obstáculo à tua felicidade. Sendo familiar e ainda vivendo com o familiar não íntegro, há que manter uma atitude de respeito, simpatia e ajuda, mas sempre com o farol do auto-respeito ligado (atenção que auto-respeito não é arrogância, são atitudes com intenções diferentes).

Se puderes sai de casa, se não puderes sair de casa, arranja o teu espaço no qual estás constantemente a ler e a ver coisas íntegras e a trabalhar intensamente na tua evolução de consciência. Se estás com eles é por razões karmicas, logo eles são uma oportunidade para evoluíres, e há aí lições a aprender. Nesses casos a lição geralmente é "os familiares são como qualquer outra pessoa, e tenho de aprender a proteger a minha felicidade deles também".

- Só estão disponíveis para residentes em Portugal.

João Fonseca disse...

Apocalipse porno haha!

Pedro C. disse...

João Fonseca:

Pois, meu caro amigo... mas só comentaste isso porque no jantar eu na brincadeira disse que estava triste porque ninguém tinha dito nada relativamente a essa minha piada. Não sejas malandreco :D

James Henrique disse...

Obrigado pela resposta Pedro!
Estarei me mudando em breve. Percebi que é necessário no momento. Mas visitarei meus familiares regularmente.

Só uma dúvida...
Você participa da Nova Acrópole? É uma escola de Filosofia que aborda história, política, moral, estudo de religiões, psicologia e vários outros temas que ajudam na evolução pessoal, presente em 60 países. Eles acreditam que o crescimento está ligado principalmente ao Espírito, e praticamente tudo o que vejo por lá está dito aqui no CoolVibes e nos livros do Dr. Hawkins (de maneira mais simples).

Um grande abraço Pedro! :)

Pedro C. disse...

James Henrique: "Eles acreditam que o crescimento está ligado principalmente ao Espírito"

Sem Espírito, ou Deus, não há crescimento.

Não conheço a Nova Acrópole, mas a sua validade descobre-se aplicando os seus ensinamentos no dia-a-dia, e aí percebe-se se verdade e útil, ou não. Estar presente em 60 países não impressiona nada, nem garante integridade lol o narcisismo está presente em *TODOS* os países do mundo, e depois? :) portanto é a aplicação dos princípios e atitudes que partilha que vão ditar a sua utilidade e serviço à humanidade. E se for útil, e de facto aliviar sofrimento e ajudar as pessoas a experienciar estados mais elevados de felicidade, óptimo!

Eu escolhi o David Hawkins como o meu Mestre, e basta-me :)