segunda-feira, 6 de janeiro de 2014

What a Wonderful World - Louis Armstrong



What a Wonderful World
Louis Armstrong



2 comentários:

Raoni Dantas disse...

Olá Pedro ! Tudo fixe ?


Ter intimidade é não ter segredos entre os parceiros. Mas, e a questão da privacidade de cada um ? Como fica ?

Em relação a que assuntos principais por exemplo, não deve-se ter segredos ? E que assuntos não são relevantes ou não interessa compartilhar ?

Por exemplo: Se cada um dos parceiros decidem compartilhar as senhas do Facebook, isso é intimidade ou é invasão da privacidade do outro ?

Qual é a fronteira entre a intimidade e a privacidade de um casal que está namorando ?

Devemos falar sobre Espiritualidade ou não, com a nossa namorada ?

Muito obrigado desde já.

Abraço

Pedro C. disse...

"Ter intimidade é não ter segredos entre os parceiros. Mas, e a questão da privacidade de cada um?"

Quando digo não haver segredos entre os parceiros quero dizer que se partilha aquilo que se está a pensar e sentir, o que nos vai na Alma, digamos assim. Partilhamos o nosso interior, aquilo que é invisível, a nossa essência. Em vez de escondermos pensamentos e emoções, partilhamo-nos e assim tornamo-nos um com o outro (pois ele sabe exactamente o que vai em nós interiormente).

Dar a password do Facebook e coisas do género é simplesmente estúpido lol vem de falta de confiança e do secreto desejo de controlar o outro. É irrelevante, muitos casais dão todas as passwords um ao outro mas não têm intimidade pois escondem o que realmente estão a pensar, sentir e as suas intenções de cada escolha.