AMOR

"Ensina só Amor, pois é isso que tu és"

quarta-feira, 26 de dezembro de 2012

Novo Programa Áudio Cool Vibes! "Integridade e Intimidade" 2013


Olá!

 

Espero que tenhas passado um Natal bonito e alegre.

 

Em Janeiro de 2013 irei lançar um novo programa áudio do Cool Vibes chamado “Integridade e Intimidade”. Este programa áudio é composto por 10 perguntas enviadas por leitores do Cool Vibes, às quais eu respondo. Antes do lançamento do programa, aqui tens as 10 perguntas que seleccionei para responder no áudio, com algumas correcções de erros ortográficos e de português no geral, perguntas estas que achei mais pertinentes, relevantes e interessantes entre todas as que tenho recebido.

 

 

1. Olá Pedro, estou interessado numa mulher mais velha, aproximadamente 6 anos de diferença, quero conhecê-la, me relacionar com ela, mas não penso em casar tão cedo, apenas namorar, como devo proceder quanto a isso ? Sendo que ela já tem quase 30 anos.

 

2. Concordo com o sosse aí em cima!! As mulheres ficam mais íntegras. Uma dúvida: nós, homens, devemos *servir* os homens também? Eu gosto mais de servir as mulheres, acho mais bonito e elas são muito mais simpáticas (ficam todas contentes), o que me dá mais vontade de servi-las. Os homens já não me dá muita vontade de os servir (excepto os velhotes). Devemos também servir os homens ou só as mulheres?

 

3. Pedro, uma dúvida que está me matando, você diz que atraímos pessoas compatíveis a nós mas diz para termos experiências, mas tenho conhecido mulheres que com o tempo me desanimam ter algo com elas, porque estão muito dominadas pelo ego, emoções, e não ter percepção disso, e aí acabo me afastando sem quase ter um envolvimento, isso significa que provavelmente não vou ter experiências até subir de nível de consciência? Porque realmente eu não avanço porque percebo muita coisa errada na pessoa e vejo que não vai dar certo, mas eu mesmo assim deveria tentar algo, vendo que a pessoa tem vários problemas negativos? Gostaria de uma resposta. Obrigado.

 

4. Boas Pedro, tenho uma pergunta a fazer-te. O que achas dos homens que embarcam em navios e que têm que passar meses a trabalhar no mar sem poder vir à terra? Estes homens podem ter uma companheira na vida deles? Ou torna-se difícil devido à falta da presença da pessoa em ambas as vidas, o que pode levar à ruptura da relação? Qual é a tua opinião acerca da vida destes homens?

 

5. Pedro, gostaria de saber tua opinião sobre algo. Eu vejo coisas que ainda não aconteceram. Quase que constantemente. Porém não vejo o que quero ver. Vejo apenas o que me é mostrado. Eu estou vivendo hoje dia após dia detalhadamente o que vi à dois anos atrás em detalhes minuciosos. Mas existe algo que não compreendo: Nunca pode ser alterado o que me foi mostrado, como acidentes, mortes ou coisas desagradáveis. Eu sou um homem muito calmo, sereno e tranquilo, passo muito tempo meditando, lendo e orando. Mas me considero como um nada. Como alguém esquecido do mundo. O que pode me dizer a respeito?

 

6. Pedro estive a analisar esta frase que escreveste num dos teus áudios: " Tudo o que observam é bonito, que há uma luz em tudo que parece que vem de dentro, tudo parece luminoso e surreal, como um sonho". Esta frase define algo que tanto vivi quando em criança e que perdi algures na minha vida, mas sinto agora mais do que nunca que este estado nunca me deixou, que todos os dias ou quase todos vivo e sinto exactamente aquilo que descreves cada vez mais vivo e intenso. É esta a essência do momento presente? Ou mais do que isso? Obrigado pela tão inspiradora frase Pedro! Tudo de bom para ti :D

 

7. O que dizer quando uma mulher diz "Eu não sou bonita?". Devemos dizer que sim, tu és bonita? Ou fazer uma piada com isso?

 

8. Olá Pedro! Como devemos reagir perante uma mulher que nos trate com preconceito e desrespeito? Gostaria, humildemente, de poder ouvir a tua opinião.

 

9. Pedro, compreendo, perfeitamente, a tua decisão de não poder responder, por escrito, às perguntas enviadas para os teus posts. Agora, gostaria de poder ouvir a tua opinião, mesmo que seja em áudio, sobre o seguinte: No meu caso, não tenho muita dificuldade em conseguir uma mulher por uns minutos, umas horas ou mesmo por um dia. Mas, já estou cansado desta rotina, pelo que gostaria de poder conseguir uma mulher por muito mais tempo e, que não seja coisa passageira.

 

10. Pedro, o que fazer quando não se consegue evoluir? Tenta-se aplicar tudo durante o dia, mas tenta-se e tenta-se e sempre se tem a recaída. Como podemos sair desse ciclo de tentativas e falhas? Eu estou tendo muita dificuldade em aplicar as coisas, às vezes consigo e às vezes não, mas sempre volto no estado de antes, e sinto que não evoluí quase nada, o que posso fazer? Obrigado.

 

Este áudio irá acabar com uma lista de 10 princípios da Integridade, a que eu divertidamente chamei de Top 10 da Integridade. A minha intenção é deixar-te princípios claros e práticos que te possam ajudar a distinguir melhor o que é integridade, e a saber que escolhas fazer para te tornares íntegro.

 

Obrigado pela tua presença aqui, e espero que tenhas um Bom Ano Novo, de Alegria, Revelação, Transformação e Amor!

13 comentários:

Anónimo disse...

Esperando o audio...venha ele!

Enquanto isso queria desejar-te umas boas festas e um ano cheio de Luz no teu caminho.

Obrigada por tudo ;)

Anónimo disse...

Pedro, já reparaste que os posts do blog deixaram de aparecer nos leitores RSS?

No meu Google Reader o ultimo post que aparece é o "5 formas de transcender o orgulho", já de à bastante tempo...

Já cancelei e voltei a subscrever, mas nunca aparece mais posts depois dessa data.

Como acompanho vários blogs, uso o Google Reader para agregar todos os blogs, facilita-me a vida...
Como nunca mais vi posts teus pensei que tinhas deixado de escrever, mas por acaso agora vim ao teu blog e reparei que continuas a actualiza o blog com frequência.

João F. disse...

Que áudio bombástico que para aí vem!! :D

Anónimo disse...

ola pedro, bom post. podias fazer um áudio sobre as mudanças que ocorrem na vida de um homem solteiro para um homem comprometido - podias falar também em como é o melhor tipo de relação (casamento, encontros, viver juntos, etc/outra).

Giuliano disse...

feliz ano novo Pedro e parabens pelo site que no ano que passou me ajudou muito.
Pois no ultimo dia do ano terminei com minha namorada a quem amo muito...mas sentia algo de diferente nela uns 6meses antes.
Perguntei se havia outro e me disse näo.Gentilmente e com respeito que tinha com ela insisti nas perguntas ...e confessou me que havia outro mas que gosta de mim entäo estava meio perdida.
Mesmo ao terminar tratei com mesmo carinho de sempre e ela chorava sem parar dizendo que sabia tinha de escolher mas que näo queria me ferir pois sabia que eu a amo(a presença dela me dava mais alegria que o de sempre).Depois disse lhe que assim era melhor para nos pois continuava indesisa.
E por ultimo disse que para ser feliz devemos ser sincero e honesto com quem a ama(mesmo o outro)mesmo que machuque...chorou mais ainda se desculpando e perguntando porque continuava a tratar gentilmente.
Depois de 6 anos sei que ela não é má pessoa, espero que seja mais integra depois disso tudo.
Já eu estou muito triste mais escolhi o melhor para mim com ajuda deste site
obrigado

Anónimo disse...

Existe alguma espécie de "manual" do Cavalheirismo? É que eu precisa de aprender algumas regras.

Anónimo disse...

Feliz ano novo Pedro!

Leonardo de Barros disse...

Olá Pedro, tudo bem? Tenho uma dúvida e gostaria muito que você me respondesse, por favor.
Em agosto do ano passado eu conheci uma garota que gosto muito. Ela tem 13 anos e eu tenho quase 18. Começamos sendo só amigos. Eu convidava ela para sair, mas ela sempre dizia que não gostava de sair, até que um dia ela acabou cedendo. Conversamos, rimos e eu a beijei. Desde então temos ficado juntos de vez em quando, só que ela não é muito disponível. Eu disse para ela que gostaria muito de a namorar, mas quis saber se ela seria presente no namoro. Ela disse que sim, mas que só ficaria junto comigo 1 vez por semana, e que para ela isso é até demais (detalhe: ela só vai ficar comigo em minha casa, porque não gosta de ir a outros lugares). Então eu perguntei se eu poderia passar de vez em quando em frente a escola dela depois da aula para passarmos um pouco do tempo juntos, e ela disse que não poderia, somente se fosse no caminhando para a casa, pois não poderia se atrasar. Eu cheguei a confessar para essa menina que não gostaria de me envolver nessa situação e pedi que fosse mais disponível, pois não me sentiria satisfeito desse jeito, e ela me respondeu que então não daria certo. Eu disse para ela que iria pensar por um tempo se queria mesmo namora-la e então diria a ela o que decidi. Ela disse o mesmo. Não sei bem o que faço Pedro. Não sei se estou sendo exigente/carente, ou então devo terminar com essa relação, ou tomar outra atitude.

Anónimo disse...

Pedro, tinha uma rapariga que conheci na internet e que nas sms era super querida e combinamos-se encontrar numa festa (conheci-a pelo facebook e ela parecia super simpática e queria conhece-la melhor.

Fui a festa com amigos e ela com amigos também e veio-me comprimentar com um beijinho e tal super simpática e eu disse que já nos viamos (porque estava a gostar de estar ali com os meus amigos).

Mando sms para irmos tomar um copo: nada. Convido-a para dançar e ela diz que não sabe dançar.

Pedro, estou muito chateado e perdi o interesse. Teve atitude de criancinha (porque eu tenho ideia de que foi de lhe ter dito que já nos viamos mais logo).

Se ela me disser alguma coisa estava a pensar em dizer algo como "tiveste o teu tempo e a tua oportunidade, desejo-te o melhor, adeus"

Como é a maneira íntegra e apropriada para lidar com estas situações?

Pedro C. disse...

Qualquer ensinamento íntegro de integridade e espiritualidade é um manual do cavalheirismo. Amar e servir são as bases de qualquer comportamento para se ser um cavalheiro. Ter em consideração a totalidade do Ser da mulher e de como a fazemos sentir, a experiência que proporcionamos com a nossa imagem, presença, companhia, escolhas, intenção, essência, etc. Só um homem íntegro tem consciência suficiente para ser um cavalheiro, logo se procurarmos aprender como ser íntegro, tornamo-nos automaticamente num cavalheiro com as mulheres :)

Pedro C. disse...

Leonardo de Barros:

Fizeste tudo bem, do princípio ao fim. Foste sincero, avançaste, persististe. Simplesmente ela não está interessada no mesmo que tu, e nesse caso o apropriado é largá-la e deixá-la. Faz parte das lições da vida deixarmos os outros para trás quando é apropriado. Se ela realmente gostasse de ti, vocês estariam a namorar normalmente. E ela achar que estar com o namorado 1 vez por semana é muito, não é nada bom sinal lol ela é muito nova, e parece-me demasiado narcisista ainda para estar pronta para o que tu realmente pretendes: intimidade.

Leonardo Mose disse...

Obrigado pela resposta Pedro! Conversei com ela, e então chegamos a conclusão que era melhor terminar. Ela queria ainda que fôssemos amigos, mas eu disse que não poderia por ainda me sentir atraído por ela e por não ser minha intenção. Ela até chegou a dizer que me ama, e que me amará para sempre, e que gostaria de namorar comigo, porém não vai porque não está preparada. Enfim, sendo o motivo que for, como você mesmo disse, ela não quer intimidade, então eu a deixei ir. Creio que foi o melhor para nós dois. Mais uma vez, obrigado pela resposta Pedro. :)

Pedro C. disse...

Leonardo Mose:

Parabéns pela tua atitude correcta e sincera, fizeste o que era certo fazer. E de facto não era apropriado continuar amigo dela devido precisamente ao que sentias e à tua intenção.

Continuação de uma vida feliz, e certamente não irá passar muito tempo até encontrares a tua próxima namorada. Abraço!