quarta-feira, 14 de novembro de 2012

Sobre Comentários e Perguntas a Posts do Cool Vibes

Olá! :)
 
Agradeço a todos por virem ao Cool Vibes ler estas "maluqueiras" da subida de nível de consciência, e por usarem o vosso tempo e energia para escreverem comentários e perguntas aos posts.
 
Ultimamente tenho recebido mais comentários e perguntas que o costume, e está-se a tornar difícil responder a todos de uma forma útil e completa. Por isso decidi deixar de responder a todos os comentários e perguntas a posts.
 
Irei escolher as perguntas mais pertinentes e relevantes, e responderei às seleccionadas em áudio, em futuros programas do Cool Vibes que publicarei gratuitamente aqui no blog. Assim as respostas serão mais apropriadas, completas e úteis.
 
Obrigado a todos!
 
Coragem e Alegria,
 
Pedro Constantino

15 comentários:

Anónimo disse...

E verdade que tens andado a pensar em acabar com o Coolvibes?

Anónimo disse...

Pedro , gostaria de saber tua opinião sobre algo. Eu vejo coisas que ainda não aconteceram. Quase que constantemente.
Porém não vejo o que quero ver. Vejo apenas o que me é mostrado. Eu estou vivendo hoje dia após dia detalhadamente
o que vi a dois anos atrás em detalhes minuciosos. Mas existe algo que não compreendo: Nunca pode ser alterado o que
me foi mostrado, como acidentes, mortes ou coisas desagradáveis. Eu sou um homem muito calmo, sereno e tranquilo
passo muito tempo meditando e lendo e orando. Mas me considero como um nada. Como alguém esquecido do mundo.
O que pode me dizer a respeito ?

Anónimo disse...

Nós que agradecemos Pedro, por partilhar seu conhecimento e seu tempo para nos ajudar.

Obrigado mesmo.

Anónimo disse...

Pedro, compreendo, perfeitamente, a tua decisão de não poder responder, por escrito, as perguntas enviadas para os teus posts. Agora, gostaria de poder ouvir a tua opinião, mesmo que for em áudio, sobre o seguinte: No meu caso, não tenho muita dificuldade em conseguir uma mulher por uns minutos, umas horas ou mesmo por um dia. Mas, já estou cansado desta rotina, pelo que gostaria de poder conseguir uma mulher por muito mais tempo e, que não seja coisa passageira. Pedro, gostaria de poder obter a tua ajuda, pelo que queria que me dissesses como poderei aceder ao curso "Como ter uma vida amorosa alegre", ou seja, o custo, a forma de pagamento, etc. Desde já, devo dizer-te que resido em Cabo Verde.

Anónimo disse...

Pedro, eu vi este video:

http://www.youtube.com/watch?v=ZdiwCygCiD0

E matei-me a rir. Achei super directo e engraçado.

No entanto, isto não tem Amor, pelo menos eu não o vi lol.

O que é que tu achas de fazermos isto com as mulheres? Chegarmos ao pé delas e dizermo-lhes isto.. será apropriado?

Anónimo disse...

Pedro qual é o curso que fizeste ha uns anos atras que saiste de la transformado onde é que é? e quem é o formador.

Greg disse...

Pedro estive a analisar esta frase que escreves-te num dos teus audios " Tudo o que observam é bonito, que há uma luz em tudo que parece que vem de dentro, tudo parece luminoso e surreal, como um sonho" Esta frase define algo que tanto vivi quando em criança e que perdi algures na minha vida, mas sinto agora mais do que nunca que este estado nunca me deixou, que todos os dias ou quase todos vivo e sinto exactamente aquilo que descreves cada vez mais vivo e intenso e esta a essencia do momento presente? ou mais do que isso? obrigado pela tão inspiradora frase Pedro! tudo de bom para ti :D

Orion disse...

Olá Pedro, estou interessado em uma mulher mais velha, aproximadamente 6 anos de diferença, quero conhecer ela , me relacionar com ela, mas nao penso em casar tao cedo, apenas namorar, como devo proceder quanto a isso ? sendo q ela ja tem qse 30 anos.

Pedro C. disse...

Catalisadores do Daniel Sá Nogueira (We Create).

Na altura foi um curso que me ajudou muito, apropriado para o meu nível de consciência da altura e fase de evolução em que me encontrava.

Pedro C. disse...

lol não. O Cool Vibes vai continuar enquanto for possível, tendo fases diferentes, umas mais de textos, outras mais de áudios, outras mais ao vivo, outras menos ao vivo, outras mais activas, outras menos activas.

Pedro C. disse...

De facto o vídeo não está alinhado com Amor.

É uma brincadeira de um programa de TV, um contexto muito específico, mas com a intenção apenas de ter algo para mostrar às pessoas em casa que lhes traga mais audiências - não tem em consideração as mulheres a quem os beijos são pedidos.

Num contexto normal é absurdo, é narcisista. "Dá-me um beijo", é a velha canção do "eu, eu,eu e o que eu quero" do ego. Não é apropriado, há uma forma bem mais elevada e bonita de abordar e conhecer mulheres, e beijá-las. Bem melhor do que pedir um beijo, nem que seja na brincadeira, é procurar servir a mulher sem a conhecer. Isso sim é um verdadeiro acto de coragem e ajuda-nos a desfazer karma negativo e a subir de nível de consciência.

É fácil querer um beijo de uma mulher mínimamente atraente. O difícil é colocarmo-nos numa posição vulnerável e inocente em que o ego pode sair com o orgulho ferido. Mas o orgulho tem de morrer para podermos experienciar o Amor de uma boa mulher - temos de levar com muitas rejeições até a nossa coragem, Amor e humildade serem reais.

Anónimo disse...

Pedro, gostaria de ter a tua opinião sobre o seguinte: Numa das minhas saídas para as discotecas, cheguei a encontrar uma mulher com quem tive alguma interação, mas só que foi sol de pouca dura, como se costuma dizer. Ou seja,conversamos, tomamos uma bebidas, dançamos e tal. Ora, volta e meia, ela me disse para eu pagar bebidas para as duas amigas delas e, logo de seguida, ela me pediu licença porque precisava de ter conversas a sós com as suas amigas. Até aí tudo bem. Ora, só que minutos depois, ela voltou para junto de mim e disse-me para que eu não me aproximasse muito dela, porque o cunhado dela se encontrava na discoteca. Pronto, nesse instante, afastei-me dela sem lhe dizer absolutamente nada. Minutos depois, ela aproximou-se de mim, fingindo querer dançar comigo mas, só que o objectivo dela era outro, ou seja, conseguir bebida tanto para ela como para as amigas. Fiquei decepcionado com o comportamento dela porque, se, por um lado, me pedia bebiba e, nesse caso, não havia nenhum problema em estarmos juntos, por outro lado, queria me ver bem longe dela, alegando que o cunhado estaria na discoteca. Sendo assim, acabei por abandonar a discoteca sem mesmo dispedir-me dela. Pedro, posso dizer que ela é uma mulher narcisista ou tenho que tratar do meu orgulho?

Anónimo disse...

ola Pedro!

Assisti Forrest Gump pela primeira vez hoje. Agora compreendo muitas coisas que tu dizias e que pra mim não faziam sentido, como não ter segundas intenções ao fazeres as coisas.

Obrigado por ter recomendado o filme em uns posts.

Anónimo disse...

Boa noite Pedro,

Obrigada pelo post exclusivamente dedicado as mulheres. Sigo os teus post desde o início e já estava ansiosa em encontrar algo dedicado à nós mulheres.

Quando vi o título tive de o ler duas ou três vezes pois pensei que estava enganada :)

Seja como for, agradeço-te do fundo do coração pela tua dedicação e tua preciosa ajuda.Continua que vais bem ; )

Beijo do tamanho do Mundo

Maria

Pedro C. disse...

Sim, tratava-se de uma mulher narcisista e também tens de tratar do teu orgulho.