quarta-feira, 15 de agosto de 2012

"5 Formas de Transcender o Desejo"


"5 Formas de Transcender o Desejo"


Introdução:



E finalmente chegamos aos 3 níveis de consciência mais elevados do ego: Desejo, Raiva e Orgulho. Nestes níveis a vida torna-se mais agradável, pois a pessoa tem mais energia, sente-se melhor e consegue entrar em acção e fazer coisas acontecer, tendo assim mais coisas na vida e conseguindo satisfazer o ego mais vezes.



Mas uma vez que ainda não se alcançou a Integridade, estes níveis são perigosos, digamos assim. Pois facilmente a pessoa acredita já ser algo que não é, uma vez que o ego tem ainda mais energia para criar ilusões. Quando a pessoa passa do medo para o desejo/orgulho, geralmente acredita já ter evoluído tudo (lol) engana-se a si própria, e lentamente entra num processo de auto-destruição subtil do qual só se apercebe tarde demais, quando o sofrimento é atroz. Mas porque orgulho é a sua prioridade, não admite estar errada. Ter razão é tudo para ela, e o problema é atribuído a algo exterior. Sempre.



Nestes níveis desejo é confundido com Amor, raiva com coragem e orgulho com confiança (lol), é onde as ilusões são mais convincentes e saborosas, pois de facto a pessoa sente-se bastante melhor do que no medo e nos níveis inferiores, e os desejos do ego vão sendo satisfeitos. A forma de funcionar continua a ser narcisista, só que as intenções narcisistas são espertamente escondidas e justificadas pelo ego. A pessoa engana-se a si própria, e vai atrair todo o tipo de pessoas e experiências desagradáveis. O problema destes 3 níveis é que são muito frágeis, e facilmente a pessoa desce novamente para o medo, tristeza, apatia, culpa e vergonha.



É praticamente impossível convencer alguém que está nestes níveis a evoluir e a alcançar a Integridade, devido a estes níveis até saberem bem e a pessoa sentir-se a maior e achar que já sabe tudo (lol). Só quando estes níveis trazem sofrimento suficiente (como os anteriores), é que a pessoa fica disposta a largar as suas ilusões egocêntricas e o que tem vindo a ganhar com elas, para alcançar a Integridade e chegar a níveis onde nos sentimos mesmo, mas mesmo bem, independentemente das circunstâncias exteriores, e onde a magia e os milagres acontecem… as mais fantásticas coisas e extraordinários momentos, as pessoas mais Bonitas, e onde está o verdadeiro Amor, Alegria, Paz e Felicidade interior.





5 Formas de Transcender o Desejo:



Uma pequena lista para ajudar a ultrapassar o estado de desejo. Estes 5 princípios têm de ser aplicados diariamente para que se dê uma mudança e subida de nível de consciência real e permanente.







Por nenhuma ordem em especial:



1 – Sente-te confortável com o tédio e o aborrecimento, e procura menos a excitação. Deixa-te sentir aborrecido, porque depois do aborrecimento, se o deixas acontecer, descobrirás que virá uma tranquilidade e que afinal aquilo que desejas não é essencial para te sentires bem. Descobrirás que podes-te sentir bem sem as coisas que imaginas precisares para te sentires bem. E isso é um grande alívio e liberdade, acredita.



2 – Aceita a ideia do comum. Aceita a ideia do ser comum, e larga a fantasia do ser especial, glamoroso e superior. Aqueles que todos admiram e adoram! Lol é uma ilusão, pois não há nada como uma vida simples, normal, comum, agradável e bonita. Uma vida alinhada com o Espírito e a sua alegria e paz, e não uma vida de conflito e caça constante por ser mais que os outros, e fazer/ter aquilo que se acredita ser um símbolo de superioridade, glamor e ser especial. O primeiro estilo de vida traz tranquilidade e alegria, o segundo traz stress, conflito e frustração.



3 – Não tenhas medo de perder algo ou de não conseguir ter algo, ou fazer com que algo aconteça. E se não ganhares, e depois? E se não obteres, e depois? E se não conquistares, e depois? Aquilo que és mantém-se igual, nada de novo precisa na verdade de ser adicionado a ti ou à tua vida. Já estás completo e preenchido. A ideia de que precisas de algo novo para te sentires bem é falsa, é uma ilusão. E se deixares alguém afastar-se, ou deixares algo não acontecer, ou deixares acontecer perderes algo, irás descobrir depois que afinal não era assim tão importante e essencial como imaginavas, e irás sentir-te tranquilo. Deixa ir, e descobre como agora já estás bem sem isso. Sempre que desejares algo, experimenta não o fazer ou tentar ter. Deixa-o ir, deixa-o passar. E progressivamente irás descobrir a liberdade e preenchimento que sempre tiveste, e foste.



4 – Não tenhas medo de te sentir frustrado. Não vejas isso como mau ou algo a evitar. É uma emoção passageira se não a alimentares com pensamentos. Larga o almejar e o suspirar por algo… deixa-te sentir frustrado por não teres algo ou não acontecer algo, porque essa é uma emoção temporária, e precisas de aprender a lidar com ela (contemplando-a) se te queres libertar do desejo. A passagem para a liberdade e tranquilidade pode parecer dolorosa, mas não é tanto como pensas, e é algo pelo qual terás de passar para acederes a um novo nível de Poder e Beleza na vida.



5 – Em vez de pensares “tenho de ter!” e dar ao desejado uma importância absoluta, essencial e maior que o Universo (lol), quase como se fosse um caso de vida ou de morte (lolol), pensa antes “eu preferia”. Pensa mais em preferências e larga os “tenho de ter!”. Se preferires algo, reconheces e admites que gostas de algo, mas ao mesmo tempo reconheces e admites que estás bem sem isso. Assim não sofres quando não tens algo ou algo não te acontece. Assim não sofres enquanto não o tens ou não te acontece. Por exemplo, “Eu preferia ter namorada” é muito mais agradável de experienciar do que o “Eu tenho de ter namorada!” :D isto não significa que não vais entrar em acção para teres namorada. Simplesmente significa que entrarás em acção com outra atitude e intenção, mais tranquilo e bem disposto, num estado mais agradável para ti e para as mulheres a quem fores dizer olá para as conheceres, e as mulheres com quem sais. O “tenho de ter!” deixa-te num estado de pressão, sério e preocupado que é precisamente o que te impede de experienciar o que preferes. Já estás bem, por isso se acontecer óptimo, se não acontecer, óptimo =)

-

Queres deixar de ser controlado pelo desejo de uma vez por todas?
Interessado numa educação mais avançada e detalhada sobre como ser atraente, iniciar conversas, conhecer mulheres, experienciar intimidade, namorar, tornar-se Amor e espiritualizar a vida para alcançar Alegria e felicidade? Dá uma vista de olhos aos cursos do Cool Vibes:

COMO ATRAIR E CONHECER MULHERES
CURSO ONLINE NÍVEL 1


«Como Ser Naturalmente Atraente, Iniciar Conversas e Conhecer Mulheres»

14 ebooks + 6 meses de email coaching personalizado

Mais informações em:

http://coolvibesblog.blogspot.com/2011/04/curso-online-como-atrair-e-conhecer.html

* * * * *

COMO TER UMA VIDA AMOROSA ALEGRE
CURSO ONLINE NÍVEL 2


«Espiritualidade / Aumento de Consciência / Como Atrair, Conhecer e Amar a Mulher dos teus Sonhos / Intimidade e Relação Amorosa / Vida Social / Afirmações, Visualizações, Meditação, Contemplação e Exercícios»

8 áudios / 9 horas de mp3 + 6 meses de email coaching personalizado

Mais informações em:

http://coolvibesblog.blogspot.com/2011/06/como-ter-uma-vida-amorosa-alegre-curso.html

25 comentários:

João F. disse...

Estou a adorar estes artigos.

Obrigado por os postares :)

Miguel disse...

Grande post.
Grande abraço.

Anónimo disse...

Excelente :)

Anónimo disse...

Quais o(s) audio(s) fala da cena da visualização?

Longe disse...

Pedro, ás vezes, logo que faço estes "exercicios" p transcender níveis de consciencia, sinto um alivio muito grande do "obter". E neste alívio, sinto um grande prazer, quase como uma "vibração" por dentro. É isto uma pequena amostra de amor? Ou oq é? Sei que é muito bom.

Felipe disse...

Pedro, ás vezes, logo que faço estes "exercicios" p transcender níveis de consciencia, sinto um alivio muito grande do "obter". E neste alívio, sinto um grande prazer, quase como uma "vibração" por dentro. É isto uma pequena amostra de amor? Ou oq é? Sei que é muito bom.

ronaldo disse...

Oi.
Pedro, os meus pais estão muito mal e acho que se estão a pensar em separar. Isto está a custar-me muito e de vez em quando vem-me uma amargura ao meu coração.

O que e que hei-de fazer?

abraços do brasil

João C. Fonseca disse...

Olá! :)
Fiquei com uma dúvida depois de ouvir este áudio: Tu dizes lá que devemos sair para sair. No entanto, noutros áudios dizes que devemos sair para experenciar e expressar alegria :)

Quando saio para experenciar e expressar alegria sinto-me sempre muito bem. (ainda não experimentei sair para sair, porque so ouvi o áudio de hoje).

Podes explicar-me a diferença entre os dois e, afinal, qual é mesmo o objetivo de sair? :)

Abraços,
João Fonseca

Telmo - Guarda disse...

Pedro podes explicar o que é um naive? Nem sei se é assim que se escreve, devo ser um naive :D
Obrigado!

Anónimo disse...

Olá! Como vai?

Pedro, estou com um pouco de dificuldade em saber como agir em conversas com as mulheres. Eu sei ser tímido e sei ser extrovertido, mas não sei como agir em cada contexto, situação.

Tu recomendas que devemos sempre avançar quando possível, mas não diz em qual momento devemos 'ser tímidos' ou 'ser extrovertidos'. Homens que são muito extrovertidos parecem ser femininos, pois falam muito, mas por outro lado eles sabem se expressar, são alegres, tem mais coragem.

O homem silencioso é mais masculino, e o homem sociável é masculino e feminino ao mesmo tempo. O que quero dizer é o seguinte:

Homem extrovertido = homem muito feminino, porém ele é ALEGRE e sociável

Homem introvertido/tímido = homem masculino, mas não tem alegria, é muito sério

O homem que conversa mais é mais atraente que um homem tímido?

Como um homem pode expressar seus sentimentos, sem parecer feminino? Quanto mais expressemos nossos sentimentos nos tornamos mais humanos, porém mais emotivos, e quanto mais usamos a razão nos tornamos mais frios, insensíveis. Como resolver isso?

O homem masculino deve expressar seus sentimentos, mas sem parecer muito feminino, uma vez que as emoções só tem energia feminina.

Estou muito confuso. :/

Ajuda-me.


Obrigado

Anónimo disse...

Ando a pensar em comprar um livro que é "Os homens são de marte, as mulheres são de venus".

Aconselhas este livro? Ou não vai com o estilo coolvibes?

Anónimo disse...

Olá Pedro!

Tudo bem?

Esses posts de 5 formas de transcender, você mesmo que escreve e faz, ou você tira do livro do Hawkins "Transcendendo os níveis de consciência"?

São muito úteis, já sinto a diferença a cada dia.

Muito obrigado pelo que tu és.

Anónimo disse...

Pedro, eu comecei a fazer o exercício de Contemplação e algo muito estranho começou a acontecer comigo. Depois que eu praticava o exercício, os momentos que eu presenciava contemplando, ficavam voltavam a minha mente como se fossem flashbacks e/ou fotografias, como se eu tivesse registrado eles de uma forma muito forte na minha mente. fico lembrando sem querer de muitos momentos em que eu contemplei, de uma forma muito real. Isso é normal acontecer?

Um abraço e obrigado

Erunámo Núnatani disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.
Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.
Anónimo disse...

Qual o e-mail que eu uso para te mandar uma pergunta?

:)

Pedro C. disse...

Telmo:

Naive é ser ignorante.

Pedro C. disse...

Não estar consciente da verdade que nos rodeia e fazer as coisas por percepções erradas. O ego é naive e ignorante, nos níveis mais baixos. Nos mais altos é esperto, mas isso também não é lá grande coisa lol porque ainda não é estar consciente da verdade sobre si e sobre o que o rodeia.

Pedro C. disse...

João Fonseca:

O "objectivo" de sair não existe. O que existe é uma intenção de experienciar algo. E essa intenção depende do nível de consciência em que estás e que queres alcançar.

Podes sair para experienciar e expressar alegria, isso é óptimo. Continua com essa intenção.

Mas agora já sabes que há um nível a seguir, o sair para sair. Quando não há desejo, não há limitações para o que possa acontecer. Sair para sair é apenas sair num estado de paz e preenchimento sem precisar de nada, nem mesmo de alegria. Claro que neste estado é impossível não se experienciar depois alegria e vai-nos acontecer coisas fantásticas.

A lição é nunca andar à caça de nada, nem mesmo de Amor. Porque isso é o ego a tentar controlar e agarrar, através de um estado de desejo, e esse estado impede-nos de evoluir e experienciar o melhor e mais elevado que é possível.

É bom ter a intenção de querer experienciar alegria e tornar-se Amor, mas a intenção define-se no início e depois é esquecida, largamo-la e deixamos as coisas acontecer, procurando apenas estar num estado de contemplação enquanto participamos no mundo, e saimos para sair, e fazemos as coisas apenas para as fazer, e não para obter algo com elas ou para satisfazer um desejo do ego.

Pedro C. disse...

Ronaldo:

Não precisas de fazer nada. Simplesmente contempla a emoção sem pensamentos e não a tentes controlar ou eliminar, ela passará se não pensares nela.

As coisas acontecem porque temos lições a aprender, por isso aprende a aceitar o que acontece e a não tentar controlar a vida e os outros. Se não resistires e não tiveres uma aversão ao que acontece, não sofrerás e aprenderás a lição.

Por vezes é melhor as pessoas se separarem, pois juntas estão num estado negativo desagradável que também não deixa os outros à volta estarem bem. As relações começam e acabam, nem todas duram até ao fim da vida, e depois? Temos de evoluir e acordar para a verdade de que a felicidade não está nos outros, lá fora, mas apenas dentro de nós, no Espírito. E assim em vez de andarmos sempre a precisar dos outros e a consumir-lhes energia, vamos ter capacidade para os Amar, dar liberdade, respeitar a sua tranquilidade e servi-los apropriadamente.

Pedro C. disse...

Felipe:

É a energia do Espírito. Bom trabalho, continua!

Pedro C. disse...

Quando contemplas correctamente estás acordado, logo experiencias a realidade de forma mais pura e directa, sentes mais a realidade, de forma mais clara. Logo as memórias serão mais vivas e fortes. Pareces estar a fazer um bom trabalho, por isso continua!

Pedro C. disse...

Eu nunca li esse livro, e as coisas que partilho e descrevo no Cool Vibes acontecem-me à mesma lol se queres experimentar experimenta, mas parece-me haver uma sabedoria mais elevada sobre o tema do que a que irás encontrar no livro.

Pedro C. disse...

A questão é, onde foi o David Hawkins buscar a informação...?

A Fonte de Sabedoria é a mesma: o Espírito. Cada um acede-a e expressa a Sabedoria conforme o seu nível de consciência. É claro que estes posts sobre transcender os níveis de consciência são inspirados no livro do David Hawkins, mas eu faço-o e escrevo-o à minha maneira, tendo como base a minha experiência e sabedoria.

Não, não estou a copiar o David Hawkins para parecer evoluído e fixe :D

Anónimo disse...

Cara na boa eu amo vc