AMOR

"Ensina só Amor, pois é isso que tu és"

terça-feira, 24 de abril de 2012

“Como Ter Um Relacionamento Íntimo Com Uma Mulher Sem Medo, Atitude Egocêntrica ou Segundas Intenções”


Pergunta de leitor:



“Tem uma garota na faculdade, em que eu realmente me senti interessado, bonita, simpática, conversei um pouco com ela, mas também já pensei muito, e acabei pensando até em namorar ela, sendo que nem conversei tanto assim, e muitas vezes eu não consigo ir falar com ela, então pelo jeito estou já estou com segundas intenções, agora as perguntas são as seguintes: Como posso ter um relacionamento mais íntimo com uma mulher que eu gostei, ou que eu possa gostar, sem que haja esse medo, atitude egocêntrica ou segundas intenções da minha parte?”



Resposta, comentários:



Olá! :)



Então sentiste-te realmente interessado, pensaste em namorar com ela, mas conversaste pouco com ela (e chegas mesmo a dizer, que nem conversaste tanto assim), e ainda por cima muitas vezes não consegues ir falar com ela?



Não faz sentido =D



É o clássico caso de confusão entre Amor e atracção. Sentiste-te atraído por ela, mas como te sentes desconfortável com a sexualidade e essa atracção, não conseguiste avançar nessa direcção e nada aconteceu. Se uma mulher bonita nos mete medo, então só podemos ter problemas graves e sérios! Lol



É uma situação comum, e a solução é transcender o desejo (atracção), como já expliquei em posts anteriores.



“Como posso ter um relacionamento mais íntimo com uma mulher que eu gostei, ou que eu possa gostar, sem que haja esse medo, atitude egocêntrica ou segundas intenções da minha parte?”



Há sempre uma percentagem de medo… porque até ao final do caminho há um ego =D não dá para se ter uma relação amorosa com uma mulher sem haver alguma porção de coragem. Sem Coragem não há Amor. Há que ir em frente e arriscar, ponto final.



Por outro lado, por se ir em frente e arriscar, vai-se reduzindo esse medo e transcendendo-o, uma vez que ele é sempre baseado no hipotético, e o hipotético é fabricado pela nossa mente, logo é uma ilusão e não é realidade. Se temos medo de beijar uma mulher, então é precisamente isso que temos de fazer: beijá-la! =D esse medo vem de orgulho, o medo da rejeição significa o medo de perder o orgulho, que é a coisa mais preciosa para o ego. Mas ou escolhemos o ego ou o Amor… e por Amor estamos dispostos a deixar o nosso orgulho morrer, ficando livres assim das suas limitações, como por exemplo, de nos impedir de ir falar com uma mulher bonita ou de lhe dar um beijo no contexto apropriado. Sem beijo não há namoro real, pois o beijo é uma expressão física de Amor e apreciação, e se não apreciamos a outra pessoa na sua totalidade (corpo, mente, emoções e espírito), então não a estamos a Amar e a relação será sempre incompleta e assombrada pelos medos e orgulhos do ego. O Espírito Ama tudo na sua totalidade.



O Espírito beija alegremente, ou em paz, num estado de plenitude e preenchimento, não vindo de desejo sexual/atracção, mas sim de Amor e apreciação (daí eu já ter dito que nós DAMOS um beijo a uma mulher, não estamos a tentar sacar-lhe, roubar-lhe ou tirar-lhe um beijo lol é algo que damos – Amor – e não algo que tentamos obter – apenas atracção sexual/ego).



A atitude egocêntrica é uma escolha. O ego vai-nos sempre trazer essa opção, e nós ou a aceitamos e seguimos, ou recusamos e tentamos alinharmo-nos com algo mais elevado no momento.



Quanto às segundas intenções, basta definirmos as nossas intenções conscientemente e declará-las às pessoas. No teu caso seria dizer à garota da faculdade que na verdade a achas bonita e queres sair com ela, passar mais tempo com ela e conhecê-la melhor, e que não estás interessado em apenas amizade. Isso eliminaria qualquer possibilidade de segundas intenções. Uma segunda intenção é por exemplo o homem querer algo físico com a mulher, e fazer-lhe/dizer-lhe/dar-lhe coisas para ela pensar que é apenas amizade lol ele faz isso tudo por atracção sexual, e não por amizade, e isso é ter uma segunda intenção. O que não é íntegro, pois a aparência (comportamento) não está alinhada com a essência (intenção).



Na primeira conversa tudo se descobre… e se há atracção sexual então é possível que haja beijo, que façam amor e se dê um namoro, ou relacionamento íntimo. Mas para essa atracção sexual passar de potencial a realidade, tem de haver conforto com essa atracção sexual/sexualidade para que esta não seja impedida de funcionar. Porque no fundo nada temos de criar, apenas temos de deixar as coisas acontecer.



Sem essa atracção física mútua, e sem o conforto com esta, nada acontece a esse nível e apenas se verifica uma amizade.



Ainda na primeira conversa, descobre-se se à compatibilidade pessoal. Se houver, então haverá uma ligação próxima entre o homem e a mulher, e é esta compatibilidade que lhes vai trazer as saídas, conversas e convívios regulares e naturais. Sem isto só haveria a parte física e sexual, mas com esta compatibilidade e a atracção, existe tudo para um namoro. Woohoo!! =D



Só compatibilidade pessoal, só amizade. Atracção + compatibilidade = namoro :)



Nada disto se fabrica, é um processo de descoberta e deixar acontecer. Basta sermos nós próprios e vivermos a vida com alegria e consideração genuína pelos outros, tentando alinharmo-nos com princípios mais elevados.



No teu caso sentiste-te atraído mas não sabias o que fazer porque tiveste medo dessa atracção. Parece-me que não falaste o suficiente com ela, ou então simplesmente não havia compatibilidade pessoal entre vocês e por isso é claro que não houve mais conversa e convívio, isto apesar de a achares bonita e simpática (o que não garante compatibilidade). Sentiste-te atraído por ela e querias que algo mais acontecesse, mas só isso não chega lol só quando o homem está pronto é que a mulher aparece.



Se houvesse atracção e compatibilidade entre vocês, e conforto com isso tudo, falariam todos os dias naturalmente sem terem de pensar no assunto, já a terias convidado para saírem só os dois, terias lhe dado um beijo e estariam agora a namorar. É simples, mas nada disto se faz com comportamentos decorados e repetidos tipo actor lol ou temos a consciência e energia suficientes no momento para que tudo nos aconteça espontaneamente, ou esquece =)


Obrigado pela tua pergunta!

* * * * *

Interessado numa educação mais avançada e detalhada sobre como ser atraente, iniciar conversas, conhecer mulheres, experienciar intimidade, namorar, tornar-se Amor e espiritualizar a vida para alcançar Alegria e felicidade? Dá uma vista de olhos aos cursos do Cool Vibes:

COMO ATRAIR E CONHECER MULHERES
CURSO ONLINE NÍVEL 1


«Como Ser Naturalmente Atraente, Iniciar Conversas e Conhecer Mulheres»

14 ebooks + 6 meses de email coaching personalizado )

Mais informações em:

http://coolvibesblog.blogspot.com/2011/04/curso-online-como-atrair-e-conhecer.html

* * * * *

COMO TER UMA VIDA AMOROSA ALEGRE
CURSO ONLINE NÍVEL 2


«Espiritualidade / Aumento de Consciência / Como Atrair, Conhecer e Amar a Mulher dos teus Sonhos / Intimidade e Relação Amorosa / Vida Social / Afirmações, Visualizações, Meditação, Contemplação e Exercícios»

( 8 áudios / 9 horas de mp3 + 6 meses de email coaching personalizado )

Mais informações em:

http://coolvibesblog.blogspot.com/2011/06/como-ter-uma-vida-amorosa-alegre-curso.html

9 comentários:

Anónimo disse...

Olha um hipotético ai gente baratinho baratinho. E você levando um hipotético leva inteiramente grátis uma suposição, só hoje,

hahahahahah muito lol .....

Paulo disse...

Olá Pedro muito interessante esse texto, mas agora e se não tinha essa intenção de ter algo físico antes ?, tu conhece alguém e não tem intenção de avançar mesmo achando bonita,mas depois ficam muito amigos, mas acontece do homem no caso, depois de um tempo sentir algo mais que amizade e tentar criar uma ligação com a mulher, porem ela essa diz que só quer amizade, mesmo achando o homem com muitas qualidades, porque isso acontece? e o que fazer nesse caso?

obrigado

Anónimo disse...

olá.

Podias fazer um post sobre sexualidade e atracão física.
Leio o que escreves sobre estar confortável com a nossa sexualidade, mas não entendo o que fazer na pratica.
É demasiado vago.
Eu também sinto esse medo ou então não sei como funcionar através da sexualidade quando estou com uma mulher, o que leva só a amizade.

Abraço

Pedro C. disse...

O que fazer na prática? É simples :)

Já o expliquei em outros posts do Cool Vibes e também o explico no curso online de nível 2.

O caminho mais directo para nos tornarmos sexualmente confortáveis é precisamente enfrentar esse medo :D se achas uma mulher bonita diz-lhe isso, e quando queres beijar uma mulher beija-a.

O medo transcende-se enfrentando-o :)

Pedro C. disse...

Agora que já sabes o que fazer, é só entrares em acção.

raonidantas disse...

Quando falas de compatibilidade (aquela necessária para ter um namoro) qual delas é?

A compatibilidade emocional, mental, física, ou a espiritual?

Qual delas é a mais importante para um namoro dar certo?

Seria a compatibilidade física (sexual) somente? Ou para um namoro dar certo e durar, o casal é preciso ser compatível em todas as esferas?

raonidantas disse...

Olá Pedro!

Tenho dificuldade em fazer amizades com homens e com mulheres.

Em namorar com as mulheres eu até que me saio bem.

Mas na hora de fazer uma amizade durar com homens e/ou com mulheres não vou bem. O que pode ser a causa disto? Quais conselhos você me daria para melhorar? Principalmente com homens. Porque será que tenho tanta dificuldade em encontrar homens compatíveis em amizade comigo?

Será que isso pode vir de uma crença errada que eu tenho, de que homens e mulheres não podem ser amigos?

É possível existir uma amizade sincera entre homem e mulher sem que haja atração? Ou sempre haverá aquela tensão sexual, visto que ambos são polos opostos, e por minimo que seja, haverá atração, mas não ao ponto de querer namorar. Certo?

Pedro C. disse...

Todas as compatibilidades são importantes. Mas sem a sexual não há namoro, apesar de poder haver a compatibilidade pessoal (que só por si apenas possibilita uma amizade). Sem parte física ou sexual não há namoro, ou abraçamos a totalidade da outra pessoa, ou a relação "amorosa" será deficiente =D

Pedro C. disse...

Uma amizade não se cria nem se força, acontece-nos. E acontece-nos quando as condições necessárias para tornar o potencial em realidade estão presentes. Para haver amizade tem de haver compatibilidade pessoal. Andar à caça de sexo, tal como andar á caça de mulheres, relações, amizades, saídas, etc, é a atitude não apropriada que nos impede de experienciar tudo isso de forma simples e natural.