quarta-feira, 11 de janeiro de 2012

“Como Ter a Intenção Certa Para Conhecer, Atrair e Amar Mulheres Bonitas”

Pergunta de leitor:



“Simplesmente perfeito este post Pedro! Excelente! O de maior qualidade do ano de 2011! :D Gostaria agora de saber, como manifestar a nossa Intenção de maneira verdadeira. Tu dizes somente o que não devemos fazer, que é enganar e mentir. Devemos expressar nossa intenção verbalmente? Falar para mulher: "Olha, o que eu quero com você é só fazer amor..." e brincar com isso, ou não? E como descobrir se as intenções dela são as mesmas que as minhas? Tudo isso descobre-se através das saídas que temos com elas, só pelas conversas, sem pressa, sem forçar nada, não é? Afinal... isso é algo que se sente ok? Apenas intuição? Um grande abraço”



Resposta, comentários:



Obrigado senhor! :)



Porque há o ego e o Espírito, e não existe meio termo, a maior parte das vezes não estamos conscientes da nossa intenção. Ou seja, não sabemos porque realmente fazemos o que fazemos.



Assim sendo, com humildade nos tornamos vigilantes relativamente a porque fazemos o que fazemos. Será que estamos a fazer o que fazemos pela razão que acreditamos?



Podemos estar a fazer algo, a pensar que estamos a fazer por uma razão, e na verdade a razão é outra. O cérebro diz que estamos a fazer algo pela razão “A”, quando na verdade estamos a fazer isso pela razão “S”.



Temos de primeiro ganhar consciência da nossa intenção verdadeira, e estar atentos à falsa razão que o ego nos dá, para esconder o que realmente se passa dentro de nós.



Antes de entrarmos em acção questionamo-nos: porque vou fazer isto? O que realmente quero desta situação? Qual é a razão porque quero isto? Qual é a minha verdadeira intenção aqui? O que realmente estou a sentir agora?



Temos de purificar as nossas intenções. Temos de estar vigilantes e atentos, ganhar consciência da verdadeira razão pela qual fazemos as coisas ou queremos fazê-las. Se a intenção for egocêntrica, então paramos e não avançamos. Ao mesmo tempo escolhemos o caminho de alinhamento com o Espírito, e escolhemos fazer as coisas com a intenção de transcendermos o ego e de nos tornarmos Amor. Definimos a nossa intenção, alinhando-a com algo mais elevado e bonito. Começamos a fazer tudo pelo nosso aumento de consciência, e essa não é uma intenção egocêntrica. É precisamente o que desfaz o ego aos poucos, e não algo que o serve e satisfaz a custo dos outros ou de algo exterior.



E qual é a intenção certa com as mulheres?



Achas que se eu soubesse ainda era virgem? :D



A intenção certa com as mulheres depende claro do contexto em que nos encontramos com elas. Ter consciência do contexto no momento (contemplar, estar presente no momento) é tudo o que é necessário para “sabermos” qual é a intenção certa.



A intenção certa não é algo que se define mentalmente, temos de estar alinhados com os princípios certos, e Ser assim. É algo que nos temos de tornar. Mas enquanto não chegamos lá, há coisas que podemos fazer e escolher para facilitar esse caminho de transformação.



Então antes de podermos expressar à mulher qual é a nossa intenção verdadeira, nós temos de primeiro saber qual é a nossa intenção verdadeira lol pois ela raramente é aquela que pensamos ser.



Por exemplo, o homem pode pensar que vai meter conversa com uma mulher porque a quer conhecer. Ele acha que a intenção é querer conhecê-la, obter informação sobre aquela pessoa do sexo feminino, ouvindo-a e passando tempo com ela. A verdade é que raramente essa é a verdadeira intenção lol



Um homem mais consciente sabe que a sua primeira intenção é sempre sexo :D



Depois, dependendo do seu nível de consciência, essa pode ser a sua única intenção, ou tornar-se rapidamente numa intenção secundária sem grande importância… mas ainda existente.



Então primeiro o homem quer sexo, e se ele não tiver consciência disso, ele vai inventar mentalmente que vai falar com a mulher porque quer contribuir para a sua vida lol



Não.



Primeiro o homem tem de estar consciente de que se tem vontade de ir falar com uma mulher, é porque o seu primeiro impulso é sexual. Ele quer sexo. Só quando o homem está consciente desse facto, é que pode começar a transcender o desejo. Começa a vê-lo como algo engraçado e vê-o com humor. Sente-se confortável com essa intenção, ou seja, caso a mulher lhe pergunte, ele não tem vergonha ou medo de admitir que sim, “ acho-te linda e quero fazer amor contigo” :D



O sinal de que estamos livres do desejo, não é que ele desaparece para sempre lol ele existe para sempre, a nossa percepção dele é que muda, eleva-se. Logo o sinal é de que nos sentimos confortáveis com os outros saberem que somos um ser sexual, e que a mulher à nossa frente sabe isso. E, principalmente, quando esse desejo não é satisfeito… não há frustração nenhuma! A alegria mantém-se :) Não há um querer agarrar ou conseguir algo, mas sim um querer experienciar alegria e oferecer algo.



Há afirmações que te podem ajudar neste processo.



Deixa o desejo sexual fluir, contempla-o, ganha consciência dele, e diariamente, sempre que te apetecer, diz a seguinte afirmação:



“Eu vou falar com mulheres bonitas porque amo a minha vida!”



Ou então:



“Eu vou falar com mulheres bonitas para experienciar e expressar alegria!”



Ou ainda:



“Eu vou falar com mulheres bonitas apenas para lhes dar algo e experienciar alegria, pois amo a minha vida.”



Simples.



Estas afirmações irão aos poucos desfazer as intenções egocêntricas que possas ter. Mas tens de entrar em acção através delas. Tens mesmo de te aproximar de uma mulher bonita e dar-lhe algo, como já disse em vários posts anteriores. Só depois, e com persistência, é que começas a purificar as tuas intenções e tudo começa a correr melhor.



Para te libertares do ego tens de fazer exactamente o oposto daquilo que ele te diz para fazer, e principalmente quando é mais difícil para ti fazê-lo.



A intenção deve ser sempre dar algo ou experienciar algo temporário. E nunca tentar obter algo ou agarrar algo, tentando prolongá-lo. O Espírito é livre de necessidades e desejos, logo ele “dá” Liberdade para a vida ser como for.



Nós expressamos as nossas intenções à mulher verbalmente ou através de acções. Verbalmente é válido, mas pode deixar a mulher na dúvida. Mentir é fácil lol portanto expressamos a nossa intenção sendo a nossa intenção. Dizemos à mulher qual é, se ela perguntar, e demonstramos qual é através das nossas escolhas e acções no momento.



Se nos sentirmos confortáveis com as nossas intenções, vamos naturalmente e espontaneamente brincar com elas com humor e elevado nível de energia. Esse será um comportamento natural caso esse conforto seja real, e não algo que devemos ou não fazer, que pensamos em antecipação em fazer porque por alguma razão achamos que o devemos fazer, pois nos vai trazer resultados desejados.



Podemos sempre perguntar à mulher qual é a sua intenção, mas mais natural que isso é avançarmos com a nossa intenção, e se a dela for igual ou semelhante ela deixará as coisas acontecer. Se não for, ela vai dizer que não, vai “rejeitar” ou colocar alguma espécie de travão no desenrolar das situações.



Exemplo prático:



O homem quer beijar a mulher pois uma das suas intenções é experienciar intimidade com ela, pois acha-a bonita e querida. Então o homem simplesmente avança para beijar a mulher. Se ela tiver como intenção ter intimidade com o homem, ela vai deixar o homem dar-lhe o beijo e vai retribuir de alguma forma. Se não tiver, ela vai afastar a cara, parar o homem com as mãos ou simplesmente dizer que não.



É simples =)



Então resumindo:



Nós nem sempre estamos conscientes das nossas verdadeiras intenções. Temos de ganhar consciência delas e espiritualizá-las, escolhendo alinharmo-nos com o Espírito e tornarmo-nos Amor.



Usar afirmações e fazer as coisas por razões diferentes daquelas pelas quais temos feito (fazendo o oposto daquilo que o ego nos diz), ajuda a desfazer o ego e liberta-nos, dando-nos mais energia, consciência, poder e Amor.



Temos de estar conscientes e confortáveis com as nossas intenções, e expressá-las conforme o contexto em que nos encontramos com a mulher. Se ela perguntar dizemos, e mais natural, avançamos activamente. Avançando activamente vamos ter a certeza de qual é a intenção da mulher, se esta é semelhante à nossa ou não.



Uma coisa é verdade, se tivermos boa vontade perante as mulheres, seja qual for o contexto, é tudo muito mais agradável. A nossa boa vontade genuína descontrai a mulher, pois ela não se tem de defender de nada. Deixamos de ser um caçador egocêntrico esperto e passamos a ser um cavalheiro alegre e atencioso. Inocentes, mas não parvos. Parvoíce vem da inconsciência do ego, inocência vem da consciência do Espírito.



Se deixarmos a nossa Luz brilhar através de actos de bondade, seremos nesse momento o Amor porque todos procuram. Amar é ser Amado. Não pela mulher, mas porque ao Amarmos estamos a Ser Amor, e isso é a única coisa que nos pode fazer sentir Amados: Ser Amor. A mulher pode amplificar essa sensação, pode amplificar a alegria ou felicidade que já experienciamos sozinhos pelo nosso nível de consciência. Com a mulher podemos experienciar intimidade, sexo, a vida a dois não por envolvimento mas por alinhamento. Podemos com a mulher aprender a Amar e aumentar o nosso nível de consciência.



Se a nossa intenção em todos os contextos for voltar a Ser o Espírito, aquilo que nos impede de experienciar todas aquelas coisas bonitas com as mulheres desaparece aos poucos :) é como tirar da frente aquilo que nos impede de levar com a Luz do Sol.



Se a nossa intenção for mais elevada, vamos estar a ir ter com a mulher por algo que já nos liga e a Ama. É tão simples! Lol Se nos esquecermos de nós (ego) e sairmos da frente, vamos deixar o Espírito interagir com a mulher… e aí é sempre perfeito, mesmo que ela “rejeite”. Ela não pode rejeitar o Espírito assim como não podemos matar o céu com uma bala :D



Quando nos tornamos, nem que por breves momentos, o campo de energia que rodeia a mulher e a Ama… é sempre perfeito. O nosso preenchimento, satisfazção, prazer, felicidade, etc, não vem da mulher nos aceitar querer fazer coisas connosco… vem precisamente e apenas de a Amarmos, diluindo a pessoa individual que acreditamos ser (ego). Tornarmo-nos Amor não é uma forma de obtermos algo do mundo, é uma forma de sermos algo no mundo. Nesse estado ou nível nada é necessário, e tudo está bem. Não há um ser individual a satisfazer… não há um eu a precisar de algo ou a querer algo. Há apenas um campo de energia infinito no qual esse eu anda a boiar e a experienciar o que de melhor é possível. Não sempre, mas mais vezes que o chamado normal :)



Define como tua intenção sair da frente e deixar o Espírito entrar em acção por ti, em todas as situações. Tens deixado ser o ego fazer isso, e algo me diz que já sabes o resultado lol porque não experimentares aquilo que de facto te pode fazer feliz? Para quê 1001 dúvidas e frustrações, quando podem haver histórias de coisas incríveis que te aconteceram?



Deixa de confiar no eu e na mente, e passa a confiar no Silêncio do momento. Contempla a vida e deixa acontecer em vez de tentares controlar o que acontece. Deixa de comentar mentalmente o que acontece e deixa a mente silenciar-se (não andes à pesca de pensamentos lol). Segue a intuição e o impulso no silêncio, e entra em acção. Através de experiência irás aprender tudo o que precisas de aprender, pois aos poucos irás tornar-te naquilo que tudo sabe.



Por isso hoje à noite vai sair, entra no espaço da diversão, mantém-te atento a ti próprio, sorri ao ego, deixa a tua boa vontade florescer, deixa a alegria subir, larga as rédeas da tua existência, deixa acontecer, e quando chegar o momento em que vires aquela mulher bonita por quem sentes desejo, deixa o desejo brincar e vai lá oferecer-lhe uma bebida! Ou um elogio, não faz mal, o Espírito não se importa :)



Obrigado pela tua pergunta!

* * * * *

Interessado numa educação mais avançada e detalhada sobre como ser atraente, iniciar conversas, conhecer mulheres, experienciar intimidade, namorar, tornar-se Amor e espiritualizar a vida para alcançar Alegria e felicidade? Dá uma vista de olhos aos cursos do Cool Vibes:

COMO ATRAIR E CONHECER MULHERES
CURSO ONLINE NÍVEL 1


«Como Ser Naturalmente Atraente, Iniciar Conversas e Conhecer Mulheres»

14 ebooks + 6 meses de email coaching personalizado )

Mais informações em http://coolvibesblog.blogspot.com/2011/04/curso-online-como-atrair-e-conhecer.html

* * * * *

COMO TER UMA VIDA AMOROSA ALEGRE
CURSO ONLINE NÍVEL 2


«Espiritualidade / Aumento de Consciência / Como Atrair, Conhecer e Amar a Mulher dos teus Sonhos / Intimidade e Relação Amorosa / Vida Social / Afirmações, Visualizações, Meditação, Contemplação e Exercícios»

( 8 áudios / 9 horas de mp3 + 6 meses de email coaching personalizado )

Mais informações em http://coolvibesblog.blogspot.com/2011/06/como-ter-uma-vida-amorosa-alegre-curso.html


8 comentários:

raonidantas disse...

Estás certo Pedro.

É exatamente assim que você descreveu.

Obrigado pela tua resposta.

Um abraço.

Luígi disse...

Boas questões que partilhas :)
Tenho uma dúvida:
Se substituísses a palavra "ego" por "zona de conforto", em termos práticos, que diferenças haveriam nos resultados?

Abraço

Daniel disse...

Mulheres e bisexualidade...
Pedro as vezes sinto q as mulheres não precisam de nós(homens) ahuahue LOL. parece q elas se dão por elas mesmas... ou seja, não "dependem" de nós para ter e partilhar intimidade, sexo etc...
Sei lá... quando vejo uma mulher se sentindo atraida por outra(trocando olhares) isso me machuca pois eu penso "pra que sirvo então?" lol. Quando fico nesse estado, passa por minha cabeça q elas nos querem(homens) apenas para cosntruir uma familia, se casar e etc...

o que vc acha??

lol

um abração

Daniel

Brasil

Pedro C. disse...

Luigi:

Resultados desastrosos lol

Zona de conforto não revela qual é o único problema em tudo e causa de sofrimento: ego :D

Desencaminha-nos a acreditar que tudo o que é necessário é fazermos coisas que não estamos habituados a fazer, quando a verdade é que há muito mais a ter em atenção.

Ego não é apenas uma palavra, é uma falsa realidade em que vivemos, e tem de ser desfeita. Temos de ir ao centro da questão, directamente e claramente, se queremos mesmo aumentar a nossa consciência.

Zona de conforto pode ter a sua utilidade até certo ponto, mas sem consciência do ego, fica-se preso nele para sempre. E é ele próprio quem garante isso :D faz-te andar às voltas e engana-te com ilusões de evolução lol

Pedro C. disse...

Daniel:

Isso é falso. Há mulheres que gostam de mulheres, e depois? lol Há homens com namoradas e a fazer sexo com estranhas... tanto umas como as outras são mulheres! :D

Tens é de entrar em acção e pensar menos.

Tu não serves para nada, aqui o factor numa relação não é o de utilidade lol o propósito de uma relação é aprendermos a amar, experienciarmos intimidade e sexo, e vivermos a vida a dois. Nada tem a ver com utilidade, não é uma conclusão lógica a que se chega, "ah sim, ele é útil!" lol

Há aqueles que se relacionam por interesse, mas essa não é a intenção aqui.

Quando voltares a ver uma mulher a se sentir atraída por outra e a trocarem olhares, vai lá oferecer-lhes uma bebida com um sorriso na cara! Isso é muito mais útil para ti e para a tua vida amorosa e aumento de consciência do que pensamentos paranóicos :D

Miss disse...

Selectividade a mais,é mau certo?

Há mais d 3 anos senão me engano, eu seguia muito este blog, e fiava-me em tudo o que aqui dizia...erro enorme.
Encontrei o amor há 2 anos e 10 meses, e sou uma mulher feliz, optimista dentro do possível, segundo ainda me disseram há 2 dias sou uma pessoa que nunca vêem triste e sempre bem disposta. E lembrei-me nsta altura deste blog, que me irritou tanto e o deixei de frequentar por causa de um post sobre casamento, o qual eu sou totalmente a favor.
Eu lembrei-me deste blog novamente por causa d eum amigo, que conheci através do hi5 que tinhamos em comum isto. Actualmente ele ainda se encontra soinho passado tantos anos, sente-se infeliz por isso mas tenta disfarçar. Ele é demasiado selectivo, e na ultima conversa que tivemos ele disse-me que queria frequentar um psicólogo, porque achava que não era normal ser tão exigente num relacionamento com uma mulher.
Ora, eu aconselhe-o a ir, até porque na altura que eu frequentava isto, antes uns meses de arranjar namorado tbm frequentei um, e foi muito bom para eu me perdoar a mim e aos outros e assim estar preparada para um novo amor.
O que queria sugerir, é que dês um conselho através de um post sobre não desesperar na loucura de ser obsessivo por selectividade da mulher perfeita, talvez isso ajude o meu amigo, que também sei que é um teu amigo pessoal segundo sei. Ajuda-o porque foste tu que lhe ensinaste isso da selectividade a mais e isso levou-o À vida que tem hoje.cumprimentos

Pedro C. disse...

Miss:

Eu nunca ensinei selectividade a mais a ninguém, essa é apenas a tua percepção/interpretação do que eu realmente escrevi. Nós percepcionamos/interpretamos o mundo segundo o nosso nível de consciência predominante.

Tal como dizes logo ao início, está correcto, selectividade a mais é mau. Mas uma coisa é selectividade a mais, outra coisa é aquilo que eu partilhei chamado selecção consciente. Uma coisa é estarmos atentos à essência da pessoa que estamos a conhecer, outra coisa é sermos "demasiado selectivos" em busca da pessoa perfeita lol

Na verdade selectividade a mais não é o que realmente se passa. Essa é a superfície da questão. Andar em busca da pessoa perfeita pode ser uma boa desculpa/justificação lógica, mas ainda não toca na essência da questão. É sermos orgulhosos que nos mantém solteiros e sozinhos. O ego tem de ser transcendido ou nada feito. Enquanto que orgulho for mais importante do que amor, nada feito.

O psicólogo é apropriado para muitas pessoas, e se a pessoa acha que é essa a ajuda de que precisa, então é precisamente isso que deve fazer.

O Cool Vibes tem a porta aberta para todos, mas não é para todos. Nem todos estão prontos para o que aqui partilho, ou porque simplesmente não têm a coragem para fazer o que sugiro, ou porque não compreendem o que partilho e interpretam-no erradamente.

Eu sou totalmente a favor do amor, e de casamentos com amor. Não tenho nada contra casamentos, como erradamente percepcionaste. Mas sei que casamento não garante amor, e pode haver amor sem casamento. Quem quiser casar casa-se, quem não quer não se casa, é simples lol mas casamento não garante amor, e é para isso que queria alertar. Eu posso amar alguém quando a estou a conhecer, a sair com ela, e a namorar com ela, não é necessário casar-me com essa pessoa para a amar lol assim como também me posso casar com ela e continuar a amá-la :D é simples.

Não estou a ver que amigo é esse lol dos meus amigos que seguem o Cool Vibes, todos ou vão tendo namorada, ou vão conhecendo mulheres regularmente e tendo intimidade de vez em quando. Seja como for, a solução para o problema da "selectividade a mais", é a humildade. Aceitar as pessoas como elas são e procurar aprender a amar e a servir com elas. É isso que eu faço, pago coisas a estranhas, elogio o que realmente admiro nelas, demonstro o meu interesse, etc, e apesar de encontrar muita mulher arrogante e revoltada com os homens que seria o maior pesadelo daqueles que têm medo da rejeição lol eu continuo a ser o mesmo e vou encontrando mulheres de quem gosto e com quem passo bons momentos.

A ideia é em vez de se andar em busca da mulher perfeita, que tal se andar em busca de servir as mulheres que se vão cruzando connosco na vida? Que tal procurar dar algo em vez de andar à procura de algo para ter? :D

Cláudia Parreira disse...

Acho que a situação é bem mais simples do que se pinta :)

Faço o que faço para mim, por mim :) Sou eu que me sinto bem ao fazê-lo.. puro egoísmo ;) é de mim que se trata!

E quando acredito que preciso de ser de um determinado modo para conseguir seja lá o que for... ahh o inferno! Não posso ser quem não sou.. é impossível! Faço sempre o meu melhor, é só o que sei :)

E se estou num relacionamento é delicioso :) e só posso receber o que existe em mim! E estou com outra pessoa e estou comigo e a ida flui :)
E se estou solteira é delicioso também :) Tenho o tempo para me dedicar a 100%

Meus queridos, recentemente descobri uma coisa: O homem perfeito, com as características perfeitas simplesmente não existe ;)

Essas qualidades que tanto procuro no outro existem num lugar: em mim! Poderia eu ser o exemplo dessas características? ;)

E experimentem observar o que cada pessoa vos diz não com as palavras, sim com as ações!

E é ok que se estou com uma pessoa que me demonstra determinado tipo de comportamento e eu não me sinto confortável... simplesmente afasto-me :) é ok essa pessoa ser quem é, tal como é ok que eu queira afastar-me :) trata-se de mim!

E já agora, como é que posso estar num relacionamento com alguém quando quero que essa pessoa cumpra determinados requisitos que eu própria por vezes sinto dificuldade? :)

Sou o que sou e amo-me assim mesmo. E sei que tu serás sempre eu :)

Bom trabalho :) * Beijinhos