segunda-feira, 30 de janeiro de 2012

“As Discotecas e o Aumento de Consciência”

“As Discotecas e o Aumento de Consciência”


Pergunta de leitor:



“Olá Pedro, Feliz Natal hou hou hou kkk, brincadeiras à parte vou mandar a pergunta. Indo directamente à pergunta, você diz para sair mais de casa, frequentar mais lugares, mas em alguns lugares o ego prevalece mais que em outros, como por exemplo, balada, alguns bares, em que as pessoas não vão lá apenas para se divertir e sim para ficar com alguém, e se começarmos a frequentar esse tipo de lugares isso não poderia nos influenciar ou até prejudicar nossa evolução? Sendo que seria muito difícil encontrar alguém com pouco ego nesses lugares? Mesmo que não vamos com tal intenção. O que pode dizer a respeito? Obrigado.”





Resposta, comentários:



Obrigado senhor! Bom Natal para ti também, apesar de estar a responder à tua pergunta no final de Janeiro! :D



E Bom Ano!



E Bom Carnaval! Que será o mais apropriado :D



O ego está em todo o lado lol e depois?



Está nos teus familiares, nos teus amigos, nas mulheres que conheces, na tua escola, no teu emprego, na rua… e depois?



:D



O “pior” local onde o podes encontrar é…



…em ti! :D



Não te preocupes com o ego dos outros, isso é responsabilidade deles e só te pode influenciar e prejudicar se tu quiseres. Preocupa-te com o teu e com o teu aumento de consciência.



Eu acredito que é importante ter uma vida social saudável e sair regularmente, seja sozinho ou acompanhado, mas não tem de ser só à noite e para discotecas lol



Temos primeiro de participar no mundo e aprender a sermos seres humanos, antes de podermos alcançar níveis de consciência mais elevados, ou considerados espirituais. A vida social, tal como qualquer outra área da vida, é perfeita para enfrentarmos os nossos medos e começarmos a transcender o ego aos poucos. E não importa muito onde vamos, mas sim qual é a nossa intenção ao ir a esses sítios. Sugiro sempre cautela, nada de locais perigosos e sem o mínimo de alegria.



É verdade que há locais mais egocêntricos e de baixa energia que outros, mas não tens de ir a nenhum deles. Quanto às discotecas, o que prevalece mais, no geral mas não na totalidade, é o orgulho e a luxúria. E depois? :D



Podes ir a discotecas à vontade, desde que a tua intenção não seja orgulho e luxúria. Se a tua intenção for ir experienciar e expressar alegria com quem lá estiver e aprender lições que te ajudem a transcender o ego, o que importa o que os outros lá vão fazer? Lol



A discoteca, tal como outras actividades e locais, são largados automaticamente quando atingimos determinado e elevado nível de consciência. Até lá não faz sentido deixar de ir. Se gostas de ir vai e diverte-te, se não gostas de ir não tens de ir. É simples.



“Sendo que seria muito difícil encontrar alguém com pouco ego nesses lugares?”



É difícil encontrar alguém de egocentrismo reduzido em todo o lado! Lol este é o mundo do ego lembras-te? E tanto tu como eu fazemos parte dele :D não te acredites já superior aos indesejáveis egocêntricos, és mais como eles do que consegues ver. Primeiro terás de passar pelas lições que eles te têm a ensinar, e apreciá-los pelo que são.



Amor não pensa “ah isto é tudo egocêntrico (inferior a mim lol)”. Amor avança e expressa-se. Só depois, por experiencia real e discernimento, ao realmente conhecer a pessoa, é que escolhe continuar com ela ou não. Não é um pensamento em antecipação. “Ah é tudo muito egocêntrico, tem tudo ego a mais para mim, ser superior cósmico que sabe tanto sobre isto e eles nada!” lol



Não, primeiro tens de entrar em acção e ir lá. Tens de conviver com a pessoa e experienciá-la. Apreciá-la pelo que ela é, e só depois tomas a tua decisão. Há muitas mulheres que vão a discotecas que têm muito para te ensinar lol Por isso sê humilde e vai-lhes prestar os seus serviços, partilha a tua alegria com elas, e não penses que vais encontrar uma mulher para a eternidade lol



Esquece isso, dentro e fora das discotecas, seja onde for, não existe uma mulher que garanta uma relação para sempre. Tudo é temporário na vida, e se não sabes apreciar apenas umas curtes ou noite de sexo, também não tens energia para uma relação a longo prazo com uma mulher de consciência mais elevada. Não se pode saltar níveis, tens de aprender tudo por ordem, por experiência e não por imaginação lol



Pensa menos e entra mais em acção. Participa mais no mundo e julga-o menos. Serve mais as mulheres e julga-as menos. Não tens de ir a discotecas se não gostas, mas se gostas de ir, vai à vontade, mas não exageres. Uma vez por semana ou menos é mais que suficiente! Define uma intenção pura e inocente, vai-te divertir e conviver com os amigos. Não vás para conhecer alguém lol isso não se planeia, acontece naturalmente quando estás no local (contexto) e no estado de consciência que permite isso. Vai para beber um copo, experienciar e expressar alegria. Vai porque amas a tua vida. Vai para aprenderes lições que te ajudem a aumentar a consciência. Sê humilde e apercebe-te de que todas as mulheres têm algo para te ensinar. Seja sexualmente, seja socialmente, seja em termos de intimidade e relações… muitas delas têm muito mais experiência nisso do que tu… mas ao longe parece-te que elas têm muito ego lol não sabes isso até ires lá e conviveres com elas. E mesmo que tenham, e depois? Aprecia-las pelo que são, e aprendes a Amar com elas.



Não há muito nem pouco ego, há ego apenas. Há níveis de consciência egocêntricos. Uns estão mais no orgulho, outros no ódio/raiva, outros no desejo/carência, outros no medo, outros na tristeza, etc. Onde os outros estão é da sua responsabilidade, o importante é tu descobrires as tuas imperfeições e defeitos e trabalhares diariamente para os transcenderes. Olha para dentro em vez de para fora. Desenvolve um estilo de vida de contemplação, mantém-te humilde e procura servir as mulheres que conheceres.



Tudo se encaminha conforme a tua intenção verdadeira e o nível de consciência que alcanças. Ama e sentir-te-ás amado. É simples.



Obrigado pela tua pergunta!