quinta-feira, 20 de outubro de 2011

"Morrem de mãos dadas ao fim de 72 anos de casamento"

"A história de amor dos americanos Gordon e Norma Yeager não deixou ninguém indiferente, mesmo no fim das suas vidas. O casal, de 94 e 90 anos, respectivamente, eram casados há 72 anos e morreram de mãos dadas, no hospital em Iowa, nos Estados Unidos, depois de terem sofrido um acidente de carro, noticia o «Daily News».

A caminho de Marshalltown, o veículo do casal bateu conta outro e os dois foram internados no hospital da cidade e acabaram por falecer.

Gordon e Norma conheceram-se na faculdade, apaixonaram-se e nunca mais se largaram um do outro. Casaram-se a 26 de Maio de 1939, tiveram quatro filhos, 14 netos, 29 bisnetos e um trineto.

Os filhos garantem: os pais eram um casal realmente apaixonado. «Um não iria conseguir viver sem o outro. Era um romance à moda antiga», afirma o filho mais novo, Dennis Yeager.

Depois do acidente, e já no hospital, o casal segurava a mão um do outro quando Gordon acabou por falecer. Norma morreu uma hora mais tarde.

Os familiares estavam presentes quando Gordon começou a perder os sinais vitais e emocionaram-se com o momento.

O mais «curioso» é que não se aperceberam realmente que Gordon tinha morrido porque o coração ainda batia no computador monitorizado. A explicação chegou mais tarde: por estarem de mãos dadas os batimentos de Norma, ainda viva, foram captados pelo monitor cardíaco do marido.

O funeral foi realizado com os caixões ao lado um do outro e os filhos fizeram questão de manter as mãos dos pais unidas. Os corpos foram cremados e mais tarde as cinzas foram misturadas.

A família fez um vídeo sobre o casal e colocou-o no Youtube para perpetuar no tempo o amor dos Yeager."




3 comentários:

pfcdo disse...

O amor é o que realmente vale a pena! :))

pfcdo disse...

O amor é a única coisa que vale a pena!

raonidantas disse...

Qual sua opinião sobre isso Pedro?

Porque esse casamento durou tanto tempo?

Um abraço.