AMOR

"Ensina só Amor, pois é isso que tu és"

quinta-feira, 5 de maio de 2011

"Evolução de Consciência - Entrevista Cool Vibes 2011, parte 10"

Uma entrevista que um amigo meu teve a ideia de me fazer. Ele foi um dos primeiros participantes em cursos do Cool Vibes, e a entrevista foi gravada no dia em que fez 3 anos que ele descobriu o Cool Vibes :)

Temas:

As diferenças entre o Cool Vibes do passado e do presente, desenvolvimento pessoal, evolução espiritual, como melhorar a vida amorosa e social e como lidar com o lado desagradável da vida (como por exemplo a crise económica).

4 comentários:

Telmo - Guarda disse...

Obrigado!
Já agora, há um tipo de pessoal bem disposto que se deixa rir com as piadas secas, e que gosta de as dizer, mas que nunca é atraente. Eu tinha (as vezes ainda vem acima) a mania das piadas secas, era capaz de me rir com coisas mínimas porque realmente achava piada, mas notava que isso não era nada atraente. Eu tenho um problema de humor, talvez porque não seja seguro com o que digo ou porque é para ter os outros a rir e ser aceite. Mas eu não sei fazer humor. É uma grande confusão. Podes-me falar um pouco disto? Eu não sei exactamente o que quero saber, só sei é que a maioria das pessoas goza as piadas secas e superioriza-se as pessoas que as dizem.
Mais uma vez obrigado!

Anónimo disse...

Olá Pedro.

o CoolVibes Rocks !!!!

Estou curioso sobre os próximos audios, mas lanço aqui uma ideia, criar um audio sobre "inner game" , isto é, para nós homens quando conhecemos ou estamos a começar a sair com uma mulher, que jogos mentais interiores nós podemos criar afim de superar o medo e a falta de confiança que os inícios das relações poderão criar, pois penso que ai reside a maior dificuldade em nós homens, sei que já tens muita matéria sobre isto, mas penso que criar um conjunto de videos sobre isto seria interessante.

cumprimentos
António

Anónimo disse...

ola Pedro!

Tenho visto umas Lectures do David Hawkins.
E quanto ele fala em contemplação fala em segurar uma verdade na mente ate descobrir o seu significado e/ou viver atravez dela.
Diz também que e uma constante observação da mente, a visão periférica e o que devemos juntar a isso?

Pois para transcender o Ego temos k tar conscientes dele, observa-lo certo?

De qualquer forma decidi perguntar como descreves a contemplação e se a relacionas com o que o Dr.Hawkins disse.

Quando contemplamos a visão periférica nesse momento contemplamos ao mesmo tempo o Ego e a mente?

Isso e que cria a tal distancia ente o nosso verdadeiro e o nosso falso Eu certo?

obrigado!

Joel

Don Conejo disse...

É ótimo ver vocÊ a falar sobre essas coisas novamente Pedro!
Os conceitos que tu me apresentaste à uns 2 ou 3 anos atrás através deste blog mudaram minha vida. Muito obrigado cara!
Ainda recebo raras visitas do Ego, mas a consciencia sobre isso faz com que a maioria das minhas atitudes sejam intrigas. A compaixão é a única forma de não ser reativo ao ego dos outros que vemos o tempo todo, e uma pessoa que me parece ter dominado essas coisas se chama Nelson Mandela, o qual estou a estudar.
Em relação a atração natural, levo a vida que sempre sonhei agora.
Grato mais uma vez Pedro por suas maravilhosas contribuições!