terça-feira, 17 de maio de 2011

"Como Ter Uma Relação Amorosa Íntegra"

"Como Ter Uma Relação Amorosa Íntegra"


Pergunta de leitor:

"Caro Pedro, Aprendi no cool vibes a arte de como iniciar um relacionamento de forma íntegra, sem truques de sedução. Agora já estou namorando e gosto muito dela. E ela é minha primeira namorada, então se vc pudesse fazer um post ou comentar algo sobre a relação seria ótimo. Desde já te agradeço! Abraços"


Resposta:

A tua pergunta será como ter uma relação amorosa íntegra, ou como ser íntegro numa relação amorosa?

Não faz mal, eu respondo às duas :D

Para que uma relação amorosa possa ser íntegra, é necessário que ambos os parceiros sejam íntegros. Se ambos não forem íntegros não há nada a fazer...

As relações amorosas servem para aprendermos a Amar.

Eu vou escrever outra vez:

AS RELAÇÕES AMOROSAS SERVEM PARA APRENDERMOS A AMAR.

O que quer isto dizer?

Quer dizer que qualquer parceiro serve para aprendermos a Amar. Seja ele íntegro ou não-íntegro. O ego nunca quer ser incomodado pela falta de integridade dos outros, mas o ego em si é para ser desfeito e largado para sempre, logo não é o guia ou sistema de orientação certo. Ele nem sequer existe, é uma ideia falsa daquilo que somos.

Então não vale a pena vivermos preocupados em termos uma relação íntegra. Sem dúvida que uma relação íntegra é mais agradável do que uma não-íntegra, mas mais importante que isso é aprendermos a Amar. E como eu já disse, qualquer parceiro serve para aprendermos a Amar. Seja ele íntegro ou não-íntegro.

Agora, como ser íntegro numa relação amorosa?

Más notícias: já se tem de ser íntegro ANTES da relação amorosa começar :D

Integridade não tem a ver com dicas ou pontos de orientação do que fazer e dizer, ou não fazer e não dizer.

Integridade é uma forma natural de Ser.

Evoluindo espiritualmente tornamo-nos íntegros. Se deixarmos de seguir o que o ego nos diz, já estamos a ir na direcção certa. Ele pode falar à vontade e fazer-nos sentir o que quiser. Nós só fazemos o que ele quer, se nós assim o escolhermos.

Se seguirmos o ego e as suas ideias absurdas de auto-satisfação, vamos ser egocêntricos. Se seguirmos o espírito, vamos ser íntegros.

E o que nos diz o espírito?

(se tiveres saldo no telemóvel ele vai-te dizer:)

Ama. Sente-te em Paz. Alegra-te. Experiencia, expressa e partilha toda essa energia/poder/vida que tens em ti!

Então é isso que se faz numa relação amorosa... e em tudo o resto na vida.

A pessoa íntegra nunca faz algo em que depois alguém vai ficar a perder. Logo o seu parceiro amoroso nunca fica a perder, nunca sai prejudicado. O seu parceiro é assim então, Amado.

A pessoa íntegra nunca pensa apenas em si. O eu (ego) é aborrecido, pois é falso. Nem sequer existe! :D

A ideia de um eu separado dos outros é uma ilusão. É a ilusão daquele que se identifica com o corpo e acredita que é um corpo. E que os outros são também apenas um corpo. O ego divide e individualiza, o espírito une e harmoniza.

Só recebemos aquilo que damos. Logo Ama e serás Amado. A questão é: será que aquilo que tens sido e feito é mesmo Amor...? É que pode não ser :D

Uma vez numa relação amorosa pensa apenas em como servir e Amar o parceiro. Isso será suficiente. Como trazer amor, paz e alegria ao parceiro. Do que gosta ele? O que o faz vibrar? O que o entusiasma? E sê vigilante pois o ego odeia o Amor e o serviço íntegro aos outros. Ele vai atacar... como aqueles zombies do Resident Evil que só páram se levarem um tiro na cabeça :D

Neste caso o tiro na cabeça que podes dar ao Ego é... Amá-lo. Pois ao Amá-lo vais deixar de te identificar com ele, e uma vez que essa identificação desapareça, irás te aperceber que o ego nem sequer existe, que é falso, que é absurdo seguir as suas ideias/emoções por muito convincentes que pareçam no momento. E quanto menos o seguires e mais seguires o espírito, mais irás desfazer o ego. Até que te libertas de todo o sofrimento e tornas-te Amor, Paz e Alegria :)

Obrigado pela tua pergunta.