sexta-feira, 27 de novembro de 2009

"Os Opostos Atraem-se (?)"

Os opostos atraem-se.

Quantas vezes ao longo da tua vida já ouviste isto?

Eu já perdi a conta.

É um conceito que faz parte do senso comum... e com o qual grande parte das pessoas concordam.

Mas olhando atentamente para estas pessoas que defendem e concordam com este lindo conceito, rapidamente se observa que têm a mesma quantidade (ou mais) de problemas e insatisfação na sua vida amorosa.

Hum... porque será?

Porque será que o “os opostos atraem” não está a ajudar estas pessoas a ter uma vida amorosa extraordinária?

A ter a aventura romântica que realmente desejam?

A ter a relação íntima fantástica com o parceiro dos seus sonhos?

A resposta é super simples:

Porque “os opostos atraem-se” é apenas METADE da verdade.

E hoje, aqui e agora, eu vou-te explicar a segunda metade da verdade desse conceito!

The Cool Vibes way... ;)

Oh yeah!

Ainda nem comecei a explicar isto e já estou todo entusiasmado!

Eu ADORO o que faço!! =)

Voltando ao tema do post...

Sim, é verdade que os opostos se atraem...

Agora, aquilo que quase nunca ninguém diz, aquilo que muito provavelmente nunca ouviste, é que os opostos não se atraem em todas as situações. Não é bem assim que funciona...

Vou-te dar uns exemplos simples, repara bem nisto:

Uma pessoa optimista e uma pessoa pessimista. São opostos certo?

Certo ;)

Mas achas mesmo que se atraem? É que podes ter a certeza que não.


A pessoa optimista não se vai sentir atraída pela pessoa pessimista nem que os planetas se alinhem e as vacas comecem a voar e a cantar o “Bad” do Michael Jackson!

O pessimismo será sempre uma seca e desmotivação para a pessoa optimista, e isso só a irá repelir. É uma energia negativa de que ela não gosta... a que ela gosta, a qual adora, aquela pela qual vive a vida, é oposta a essa, é positiva. A pessoa positiva está diante da negativa, a interagir e só lhe vai apetecer fugir!

Agora, a pessoa negativa, ou pessimista, pode-se sentir atraída pela positiva/optimista... pois a sua energia é de facto estimulante, traz algo de especial ao mundo, contribui para melhores interacções, momentos e relações.

Mas não há atracção mútua... a positiva não se sente atraída pela negativa. E se és uma pessoa positiva e já lidaste com pessoas negativas tu sabes do que estou a falar. Já o sentiste.

Opostos? Sim. Atracção? Não.

Outro exemplo...

Uma pessoa confiante (A) e uma pessoa insegura (B).

Achas que há atracção mútua? Não.

Pois enquanto que (A) quer experimentar coisas novas, partir à aventura, arriscar, é espontânea, faz e diz sem hesitar... a (B) está sempre preocupada com as consequências, a pensar no que pode correr mal, a desmotivar, a bloquear energia criativa, a encravar momentos com a sua hesitação, etc.

A confiante não tem prazer em estar com a insegura pois assim não pode fazer livremente aquilo que adora, uma vez que a insegura tem medo de o fazer e a sua atitude é a de tentar convencer a confiante a não fazê-lo, encher-lhe a cabeça de cenários negativos e estragar a magia toda, a aventura, a beleza dos momentos. É uma encravadora de criatividade... faz tudo pelo seguro. Não há nada de extraordinário, muito menos evolução.

A insegura pode-se sentir atraída pela confiante... pelo seu carisma, por fazer coisas difíceis que a maioria não faz, por inspirá-la através das suas decisões e atitudes de coragem, etc.

Mas se és uma pessoa confiante e num determinado contexto lidaste com uma pessoa insegura, tu sabes de que estou a falar. Sentiste a diferença de energia... em ti algo de puxava em frente e para o novo, o desconhecido, o estimulante... enquanto que a insegura puxava para dentro do seguro, previsível, para trás, para dentro da armadura e do colete à prova de balas, com joelheiras, caneleiras e capacete de mota!

Opostos? Sim... Atracção? Não!

E o mesmo se verifica relativamente a uma pessoa honesta e outra desonesta... a uma pessoa íntegra e uma não-íntegra... uma interessante e outra desinteressante... uma cómica e outra aborrecida... uma autêntica e outra falsa... etc.

Verifica-se opostos... mas não há atracção mútua. Um dos lados até se pode sentir atraído pelo outro... (porque o outro tem a capacidade que ele não tem, ex: optimismo/confiança e pessimismo/insegurança – e a energia positiva que ele não tem) mas a atracção não é mútua.

Em certas relações de dependência isto dos opostos funciona... “bem, eu sou super lógico... e ela é emocional/artística, um lado que eu não tenho desenvolvido e que me dá jeito”.

Ok, eu sei que isto não é um processo mental e que as pessoas não o verbalizam assim na sua mente, mas tu percebeste a ideia.

Nas relações de dependência, de uma forma geral, é assim que funciona:

A pessoa (A) tem a capacidade “X”, que é oposta à capacidade “Y” da pessoa (B).

Logo (A) precisa de (B) porque não tem “Y”, e (B) precisa de (A) porque não tem “X”.

O exemplo mais simples de explicar aqui é mesmo o dos opostos emocional/lógico. Precisam um do outro pois um tem uma capacidade que o outro não tem, e sem essa capacidade a vida torna-se mais difícil. Com o parceiro que tem a capacidade em falta, a vida torna-se mais fácil.

Mas as relações não são supostas ser de dependência (atitude de obter), mas sim de interdependência... em que cada um é evoluído naquilo que precisa e está assim com alguém, não porque essa pessoa vem preencher um vazio ou falta de capacidade, mas para contribuir para a vida desse alguém, com um atitude de dar e partilhar momentos e intimidade.

“Ah, ela completa-me!”

Palavras bonitas a disfarçar uma dinâmica feia.

Não é suposto os outros completarem-nos... é suposto NÓS completarmo-nos a nós próprios, e a isso chama-se desenvolvimento humano.

Uma relação de dependência surge devido a um vazio, à falta de algo... logo nunca poderá haver nesta a grande intimidade e satisfação que existe numa relação interdependente em que cada um é independente e preenchido, e está com o outro por puro Amor, admiração e fascínio pelo Ser que o outro é, e com a intenção genuína de dar e contribuir para a sua vida, partilhando momentos juntos e uma intimidade profunda e com significado.

Sim, neste caso das relações de dependência – que em si não têm mal nenhum mas não são a forma mais elevada e evoluída, logo não trazem os momentos e a intimidade extraordinária que é possível – os opostos atraem-se... e é uma atracção mútua.

Mas será que é mesmo esse tipo de atracção que queres?

Uma atracção “negativa” pois falta algo a ambos, que um precisa de preencher ao outro...?

Eu acho que não.

Só há 1 caso em que de facto os opostos se atraem naturalmente:

Na polaridade masculino/feminino.

Todos os seres humanos têm em si energia masculina e energia feminina. São energias opostas, mas com o mesmo valor. A ideia é ter as duas equilibradas em nós, para que usemos cada uma no contexto certo. Porque se só tivermos uma das energias... lá vem a relação de dependência. Pois o parceiro feminino vai precisar da masculinidade do outro e o masculino vai precisar da femininidade do outro.

No contexto das relações e interacções, quando o homem é masculino e a mulher feminina, gera-se naturalmente entre ambos uma atracção, uma energia, que leva a sua ligação numa direcção íntima e física.

Quando se diz que os opostos se atraem, é disto que na verdade se está a falar: do masculino e feminino, do Yang e do Yin.

Não é do optimismo/pessimismo.

Não é do confiante/inseguro.

Não é do aventureiro/caseiro.

Não é do científico/artístico.

Não é do mental/emocional.

É sim do Masculino e do Feminino.

Porque nos outros casos, ou só um dos lados sente atracção, ou a atracção que sentem é por um motivo negativo de falta de alguma capacidade importante, que leva a relações de dependência.

Infelizmente circulam na sociedade todo o tipo de mitos da atracção que as pessoas sem ter a culpa seguem, e que só os mantêm frustradas na sua vida amorosa e social.

Basta um conceito errado ou incompleto, uma pequena peça estragada, para que a grande máquina funcione mal ou não funcione de todo.

Antes de 2004 eu costumava seguir as grandes regras, leis e dicas da sociedade. O que o senso comum dizia para fazer e dizer. O que amigos e familiares partilhavam. O que ouvia nas músicas e nos filmes. O que lia em livros de fantasia. As minhas conclusões do meu nível de consciência da altura...

O resultado?

ZERO!

A minha vida simplesmente não era como eu gostaria que fosse. As emoções do dia-a-dia eram a maior parte do tempo negativas. Não me sentia satisfeito a um nível profundo... sentia a agonia de faltar algo essencial. A vida era uma tortura diária, parecia um labirinto de chamas sem saída (inferno...?) que me queimava sempre que pensava, dizia ou fazia algo sem sucesso. Não experienciava o que desejava... apesar de ter as minhas qualidades e ser boa pessoa.

Tu não queres seguir o senso comum... porque o senso comum leva a uma vida comum. E a vida comum é a vida de sofrimento que a maioria dos seres humanos tem. Sem significado, sem magia, sem beleza, sem inspiração, sem Amor, sem Intimidade, sem poder, sem Felicidade...

E isso é completamente desnecessário.

Não é assim que se contribui para o mundo.

São poucos aqueles que de facto rompem com o normal, com o senso comum, e seguem um novo caminho de descoberta e evolução, no qual desvendam os grandes mistérios da vida.

Como de facto as coisas funcionam... a versão correcta e completa da Verdade. E não apenas a do senso comum...

Como criar momentos extraordinários... em vez de meramente consumir entretenimento temporário e vazio de significado, que depois deixa a sua vida na mesma.

Como SER... em vez de apenas pensar, fazer, dizer... e até sentir.

Como mudar interiormente e criar a realidade exterior... em vez de ficar numa mentalidade de vítima que pensa que não tem escolha, a quem as coisas simplesmente e misteriosamente acontecem.

Isto é MESMO importante, e basta um passo em falso para se criar algo que nos vai retirar energia e prejudicar para sempre.

Seja a profissão errada, a relação errada, os hábitos errados, as amizades erradas, o local de trabalho errado, a zona de habitação errada, as crenças erradas, os princípios e valores errados...

Como saber o que é errado e certo? Como saber o que te vai prejudicar e o que te vai de facto ajudar?

Há um primeiro passo de coragem a dar... pois é necessário aprender e fazer algo novo que muitas vezes é o oposto do que a sociedade e todas as pessoas que conheces te dizem para fazer.

Mas é o caminho certo, é o caminho da felicidade. E é o caminho que depois te vai permitir, de uma forma directa ou indirecta, ajudar essas mesmas pessoas que não te o queriam deixar começar a percorrer.

Primeiro de tudo, Humildade. Aceitar que há algo que não se sabe, que o que se sabe pode estar errado, e que há capacidades e consciência a desenvolver.

Em segundo lugar, Auto-Honestidade. Descobrir e admitir-se a si próprio o que não se sabe, onde se está errado, e quais são as capacidades que precisam de ser desenvolvidas.

Em terceiro lugar, Coragem. Dar o primeiro passo de Coragem em direcção à Verdade. Começar a aprender e a fazer tudo o que é preciso para que se passe a saber o que não se sabia, para que se passe a saber o que está certo, e para que se desenvolva as capacidades que antes não estavam desenvolvidas.

Desenvolvimento Humano é a minha grande paixão e é o meu caminho na vida. É por isso que criei o Cool Vibes, é por isso que estes posts existem, é por isso que todos os dias ajudo alguém de alguma forma, seja por email, seja pessoalmente.

Porque eu sei que quantas mais pessoas souberem sobre estes temas e aplicarem os conceitos na sua vida, melhor o mundo vai ficar.

Mas atenção: Nós não estamos cá para mudar o mundo... nós SOMOS o mundo. Logo é mudando-nos a nós próprios interiormente, a nossa consciência, que o mundo irá mudar automaticamente. Mudar o mundo não é algo que se faz exteriormente. Exteriormente consegue-se alívios temporários, remendar algo durante algum tempo.

Mas depois é apenas uma questão de tempo até voltar a ficar tudo na mesma.

A verdadeira origem de tudo é interior... logo se esse “tudo” não satisfaz é porque vem de um interior que não está suficientemente evoluído. A ideia não é mudar a criação... mas sim o criador, para que este passe a criar naturalmente algo diferente e melhor para si e para os outros.

Será que isto se aplica à nossa própria vida?

Podes ter a certeza que sim.

Humildade, Auto-Honestidade, Coragem... é assim que as verdadeiras e extraordinárias mudanças interiores e de vida começam. E eu passei por isso pessoalmente.

Se estás mesmo interessado numa mudança interior extraordinária, numa mudança fantástica de vida, em desenvolver-te interiormente de uma forma autêntica e permanente, então eu tenho algo que criei especialmente para ti...

Chama-se Workshop Cool Vibes LifeStyle.


23 de Janeiro (Sábado) de 2010
15h – 19h45m
Aparthotel VIP Suítes do Marquês
Lisboa


Temas Gerais:


* Princípios para desenvolver uma linguagem corporal mais saudável, que nos traga melhores emoções, interacções e relações!

* Como encher o corpo de energia e descontracção, para o trabalho e a diversão!

* Como ser uma pessoa mais positiva e optimista!

* Como definir e alcançar com sucesso o que se deseja na vida!


* Como usar o nosso potencial adormecido e ver-se livre de energia negativa!

* Como seleccionar eficazmente o que traz e mantém a nossa qualidade de vida!

* Como começar a transcender o Ego e assim ver-se livre das suas limitações e sofrimento!

* Como ter uma vida prática mais espiritual, na qual evoluímos e contribuimos mais facilmente, atraímos e criamos mais momentos extraordinários, e de facto somos Felizes!


Depois deste workshop saberás como evoluir de uma forma simples e prática em todas as tuas 4 dimensões humanas (corpo, mente, emoções e espírito), para que possas lidar de uma forma saudável e eficaz com as surpresas da vida, e alcançar a satisfação interior, o sucesso, a realização pessoal e a Felicidade que mais desejas em qualquer área!


Para mais detalhes pede-me agora o PDF grátis. Envia-me um email para CoolVibesClub@hotmail.com com o assunto "Workshop LifeStyle - informações" e recebe todas as informações, os temas em detalhe e como te podes inscrever já, e garantir o teu lugar na workshop de desenvolvimento humano mais *completa* a que já foste na vida!


AGORA é a altura certa para aprenderes e fazeres o que é necessário para seres Feliz. Começa 2010 com o que de facto te vai fazer desenvolver as capacidades e a consciência que vão mudar a tua vida de uma forma autêntica e permanente!


“Quando o Pedro diz, nos seus anúncios, que no dia seguinte pensarás diferente, sentirás diferente e agirás diferente, ele não está a exagerar.”
-- Hugo Roque, Aveiro
Mais testemunhos:


Vais FAZER exercícios práticos simples, poderosos e divertidos, que te vão fazer mexer e entrar em acção, e ajudar a compreender melhor os conteúdos e conceitos que vou partilhar, assim como te vão fazer desenvolver as 4 dimensões humanas no dia-a-dia!

Vais SABER e aprender como funcionam as 4 dimensões humanas, como as usar e criar o que desejas com elas, como se muda a vida, como se evolui como ser humano e como se vive um estilo de vida de Felicidade!

Vais SENTIR emoções positivas a percorrerem-te o corpo, devido à energia gerada por todos os participantes, às conversas, aos exercícios, ao fascínio de descobrires algo novo que te vai ajudar e transformar...

Vais SER no final uma pessoa mais consciente, mais inspirada, mais motivada, mais confiante, mais descontraída e mais alegre relativamente a si própria e à sua vida. E essencialmente ser uma pessoa com maior capacidade de contribuição!


Envia-me agora um email para CoolVibesClub@hotmail.com com o assunto "Workshop LifeStyle - informações", e recebe grátis o PDF com todas as informações!


Vem descobrir como criar uma vida extraordinária!

Segue as tuas paixões,
Pedro Constantino
The Cool Vibes Man

"As 4 Dimensões da Felicidade"

Como é que se cria uma vida extraordinária?

Como é que se torna feliz?

Descobre neste espectacular áudio quais são as 4 dimensões da felicidade, e qual é o caminho que tens de percorrer para seres Feliz!

Clica no play ;)





AGORA é a altura certa para aprenderes e fazeres o que é necessário para seres Feliz. Começa 2010 com o que de facto te vai fazer desenvolver as capacidades e a consciência que vão mudar a tua vida de uma forma autêntica e permanente!

Para mais detalhes pede-me agora o PDF grátis. Envia-me um email para CoolVibesClub@hotmail.com com o assunto "Workshop LifeStyle" e recebe todas as informações, os temas em detalhe e como te podes inscrever já, e garantir o teu lugar na workshop de desenvolvimento humano mais *completa* a que já foste na vida!

Segue as tuas paixões,
Pedro Constantino
Criador do Cool Vibes

"Curso Online Arte Social - Participa e Descobre Como Conhecer Mulheres em Qualquer Lado, a Qualquer Momento, de Uma Forma Natural e Autêntica!"

AVISO: Este curso faz agora parte do novo "pack" Atracção Natural + Arte Social, chamado Curso Online Como Atrair e Conhecer Mulheres.


“ANUNCIANDO: A Arte Social, O Programa De Atracção Natural Do Cool Vibes Que Te Tornará Capaz De Conhecer Mulheres E De Iniciar Conversas Estimulantes Com Elas Em Qualquer Lado, A Qualquer Momento!”



"Depois do Cool Vibes chego a conhecer 10 mulheres por semana! E todas elas atraentes para mim!"
- R. Dantas, Brasil

A Tua Vida Social Nunca Mais Será A Mesma... Depois Deste Programa Saberás Sempre O Que Dizer E Fazer, E Terás Sempre Várias Mulheres Com Quem Sair!


Hey, tudo fixe?

Certamente já viste num local público uma mulher pela qual te sentiste atraído e quiseste-a conhecer... mas nada fizeste e nada aconteceu.

Faltou-te coragem, não sabias o que dizer ou fazer para conseguires ter uma conversa com ela. Hey, não és o único e a culpa não é tua. E há uma solução...

Nessa situação a maioria dos homens questionam-se: “Como é que eu a conheço? O que é que eu digo??” Estas são questões normais de se fazer, mas a sua resposta é óbvia: conhece-se uma pessoa conversando-se com ela. Portanto essa não é a verdadeira dúvida que os impede de ir falar com aquela mulher pela qual se sentem atraídos.

A sua verdadeira dúvida é esta:“Como é que eu vou lá falar com ela sem ela me rejeitar? Como é que eu vou lá falar com ela de forma a obter uma reacção positiva dela??” E obviamente estas são as perguntas erradas a fazer-se. Não só porque têm como origem a baixa auto-estima, como também porque a sua resposta será sempre a mesma: através de manipulação.

Querer conhecer uma mulher é uma coisa... querer obter algo dela é outra.

Não é com truques e mentiras que se conhece uma mulher... Manipulação é uma ferramenta usada por homens de baixa auto-estima que querem evitar ser rejeitados e assim obter validação de uma mulher. Mas conhecer mulheres não é um processo de manipulação, é um processo de selecção através do qual se cria uma ligação verdadeira com a mulher.

As perguntas que deves fazer a ti próprio ao veres uma mulher pela qual te sentes atraído e que queres conhecer são estas:“Será que eu vou gostar dela? Como será ela, será que ela é fixe? Será que ela me merece?” Pois o teu objectivo não é obter validação dela, é descobrir como ela é. Um homem a sério não se aproxima de uma mulher com truques de manipulação com medo de (e para evitar) ser rejeitado.

Ele aproxima-se de uma mulher com a Verdade, e apenas para descobrir que tipo de pessoa ela é, e se gosta dela.

E é essa a atitude que te permitirá conhecer mulheres em qualquer lado, a qualquer momento, de uma forma natural e autêntica.
Conhecer mulheres de facto não é fácil. Não é fácil um homem aproximar-se de uma mulher que não conhece de lado nenhum e criar naturalmente uma interacção estimulante e uma ligação verdadeira com ela. Mas é possível. E porque é possível pode-se aprender a fazê-lo. E tudo sem mentiras, truques ou manipulação.

Para aprender aquilo que vou partilhar contigo neste programa muita coisa teve de acontecer... Houve claro uma parte teórica de estudo... mas foi a parte prática que de facto fez a diferença na minha vida. Tive de arriscar muito e de me desafiar. Tive de sozinho ultrapassar aquela barreira e obstáculo que me paralizavam quando queria iniciar uma conversa com uma mulher pela qual me sentia atraído.

Não foi fácil nem rápido... Comecei a sair e a passear sozinho, principalmente à noite. Comecei a ir sozinho noites inteiras para bares e discotecas... fui empurrado por mulheres e ameaçado por homens. E sabes o que aconteceu? Na semana seguinte estava lá outra vez. E outra vez, e outra vez...

Nem sempre foi agradável ou divertido. Mas punha-me a mexer e voltava... Sempre a desafiar-me e a procurar evoluir e aprender aquilo que procurava finalmente descobrir:Como conhecer mulheres. Ao participares neste programa irás poupar-te a todas estas dificuldades desagradáveis que eu encontrei para poder aprender tudo isto que te quero ensinar.
Porque é este programa importante?
Porque se queres estar numa relação íntima de qualidade com uma mulher de qualidade tens de primeiro conhecer essa mulher. Ou melhor, várias. Porque só tendo opções é que poderás depois seleccionar a melhor para ti. Conhecer mulheres e sair com elas é apenas uma fase... não é o final do processo. É um passo intermédio necessário que te permitirá depois criar e ter uma relação íntima com uma mulher de qualidade.

Tens várias formas de conhecer mulheres:
1) Através dos teus amigos – o que é muito limitado e não te permite controlar a tua vida amorosa;
2) No teu local de trabalho, faculdade ou ginásio – também limitado;
3) Pela internet (como ensino no meu programa Atracção Online);
4) Em qualquer lado a qualquer momento.

E é a 4ª opção que te dará um número colossal de opções e que te permitirá ter a vida amorosa que desejas, pois a sua qualidade só dependerá de ti... a qualquer momento, estejas tu onde estiveres, poderás conhecer uma mulher e assim ter mais uma mulher com quem sair. Só que para poderes viver através da 4ª opção tens de primeiro aprender tudo aquilo que eu quero partilhar contigo neste meu programa da Arte Social, pois há muita coisa específica e complexa a assimilar, aplicar e desenvolver.

Vamos agora fazer um importante exercício mental:

Imagina-te sentado numa esplanada espectacular. Está um dia brutal... o sol brilha e sentes um calor agradável. Há uma mulher que se senta numa mesa perto da tua. Ao olhares para ela sentes-te atraído por ela... e queres conhecê-la. Vocês trocam um olhar.Só que não sabes o que dizer ou fazer... não tens confiança para lá ir. E então manténs-te sentado, a pensar nela. Trocas vários olhares com ela... mas nada fazes. Até que ela se vai embora, e tu sentes-te frustrado. Mais uma oportunidade destruída para sempre.

Vamos agora imaginar outro cenário:

Imagina-te sentado numa esplanada espectacular. Está um dia brutal... o sol brilha e sentes um calor agradável. Há uma mulher que se senta numa mesa perto da tua. Ao olhares para ela sentes-te atraído por ela... e queres conhecê-la. Vocês trocam um olhar.De imediato pões-te a mexer pois sabes o que dizer, sentes-te confiante, e então aproximas-te dela e inicias uma pequena mas agradável conversa com ela. Até a fazes rir um bocado e tudo. No final ficas com o contacto dela e uns dias depois sais com ela. E continuas depois a sair com ela regularmente.

Agora compara a emoção de frustração do primeiro cenário com a emoção de satisfação do segundo cenário. Não sei porquê, mas acho que deves preferir o 2º cenário...

Agora imagina o 1º cenário a repetir-se constantemente... imagina a frustração acumulada, imagina essa insatisfação a contaminar as outras áreas da tua vida, porque vives insatisfeito sabendo que não consegues falar com mulheres desconhecidas pelas quais te sentes atraído.

Vamos agora experimentar outra coisa: Imagina o 2º cenário a repetir-se constantemente... imagina a satisfação acumulada, imagina essa satisfação a deixar-te mais motivado para todas as outras áreas da tua vida, a deixar-te orgulhoso de ti próprio, porque vives feliz sabendo que consegues falar com mulheres desconhecidas pelas quais te sentes atraído, e estás regularmente a conhecer uma mulher nova e a sair com todas elas.

É por isto, e por muitas outras coisas, que evolução pessoal é a minha grande paixão. Ela permite-nos alcançar este tipo de realização pessoal que para 99% das pessoas parece inacreditável, ou mesmo impossível.E foi por isso também que criei este programa da Arte Social: para que tu também possas ter este nível de satisfação... e que a tua vida seja como o 2º cenário que imaginaste.

Então o que é afinal o programa A Arte Social?

Pelo que é ele composto? A Arte Social é um programa de online coaching, de atracção natural, que te ensinará como conhecer mulheres em qualquer lado, a qualquer momento, de uma forma natural e autêntica. É composto por 10 eBooks (3 deles são bónus), 11 áudios e 5 semanas de online coaching via MSN.

O 1º eBook chama-se A Arte Social
Neste eBook irás aprender tudo desde o que precisas de saber sobre o mundo social e dinâmicas sociais, como te preparares mentalmente, como criar coisas para dizer e desenvolver um diálogo, tudo o que tem a ver com a 1ª interacção, projecção social, como lidar com rejeição, como convidar uma mulher para sair, o que fazer nas saídas ou como devem elas ser, etc.

O 2º eBook chama-se Arte Social – Advanced
Neste eBook irás saber mais ainda sobre como criar perguntas ou comentários para iniciares interacções em locais específicos, como agir em situações específicas, e terás acesso a 8 “armas secretas” honestas, que te ajudarão imenso em todo este processo, que 90% dos homens não conhecem e 90% das mulheres vão adorar...

O 3º eBook chama-se Arte Social – Special Report
Neste eBook irás ter mais conceitos importantes para assimilar e vários exercícios poderosos para fazer.

O 4º eBook chama-se A Arte da Selecção
Neste eBook irás saber exactamente, e em detalhe, como detectar e seleccionar uma mulher de qualidade. É um eBook único sobre selecção que não encontrarás em mais lado nenhum. O poder da selecção é o que de facto te irá permitir conhecer mulheres em qualquer lado a qualquer momento, e ter uma relação íntima com uma mulher de qualidade. A Arte Social, assim como a Vida, é um processo de selecção...

O 5º eBook chama-se Projecção (Linguagem Corporal)
Através dele irás aprender como desenvolver uma imagem e linguagem corporal naturalmente atraente para as mulheres, e assim serás capaz de gerar atracção natural à distância.

O 6º eBook chama-se Segredos do Feminino
Através dele irás finalmente compreender as mulheres, saber como elas pensam e funcionam, e conhecer a sua essência. E assim saberás o que dizer ou fazer, pois saberás como comunicar e lidar com a natureza do feminino.

O 7º eBook chama-se Atracção Online
Este é o meu programa completo da Atracção Online, no qual descobrirás todos os segredos de como conhecer mulheres pela internet facilmente, regularmente e de uma forma autêntica!


O 1º audio chama-se Onde Conhecer Mulheres
Nele irás descobrir quais são os melhores locais para se conhecer mulheres.

O 2º audio chama-se A Vida de Uma Mulher Atraente
Descobre como é o dia-a-dia de uma mulher atraente e como usar esse conhecimento de uma forma autêntica para as conheceres.

O 3º audio chama-se Estilo de Vida
Descobre como desenvolver um estilo de vida naturalmente atraente para as mulheres.

O 4º audio chama-se Selecção Social
Aprende como detectar e seleccionar uma mulher de qualidade – à distância, ao interagir e ao sair com ela.

O 5º audio chama-se Os 4 Cs da Arte Social
Descobre quais são e como desenvolver as 4 qualidades que te permitirão iniciar e desenvolver conversas com mulheres em qualquer lado a qualquer momento, sem esforço.

O 6º audio chama-se Identidade Social
Aprende como desenvolver uma 1ª impressão social naturalmente atraente para as mulheres.

O 7º audio chama-se Mais Sobre Selecção Social
Descobre mais ainda sobre como detectar uma mulher de qualidade.

O 8º audio chama-se Arte da Expressão
Descobre como criar os teus temas de conversa para iniciares interacções com mulheres e teres diálogos estimulantes com elas. Este é o poderoso processo criativo que os artistas-plásticos usam!

O 9º audio chama-se A 1ª Interacção
Aprende conceitos e pontos importantes sobre a primeira conversa que tens com uma mulher.

O 10º audio chama-se A 1ª Interacção (parte 2)
Aprende mais conceitos e pontos preciosos sobre a primeira conversa que tens com uma mulher.

O 11º audio chama-se Sair Com Mulheres
Descobre tudo o que precisas de saber sobre como convidar mulheres para sair e como sair com elas com sucesso.

As 5 semanas de online coaching funcionam da seguinte forma:
Irá haver uma sessão por semana de 90 minutos cada. Obterás uma solução e resposta para qualquer obstáculo que tenhas relacionado com conhecer mulheres e sair com elas. É extremamente importante teres as sessões de orientação pois é natural que te surjam dúvidas e obstáculos, e para que haja evolução e resultados práticos é necessário que haja uma dedicação regular e constante. E ao falares semanalmente comigo sobre estes temas irás criar uma rotina preciosa que te ajudará a alcançar mais facilmente a evolução e os resultados que pretendes.
Depois deste programa:

. A tua vida social, amorosa e pessoal vai mudar;

. Irás conhecer mulheres regularmente;
. Vais-te ver livre da sensação desagradável e frustrante de não conseguir ir falar com uma mulher desconhecida pela qual te sentes atraído;
. Irás ter sempre várias mulheres com quem sair;
. Irás conhecer as amigas das mulheres com quem andares a sair;
. Terás opções na tua vida amorosa e assim poderás escolher a melhor para ti;
. Saberás o que NUNCA deves fazer para conseguires conhecer mulheres em locais públicos;. Saberás SEMPRE o que dizer e fazer para iniciar conversas com as mulheres pelas quais te sentes atraído;
. Irás gerar e criar atracção natural à distância através da tua linguagem corporal e 1ª impressão social;
. Conseguiras criar naturalmente interacções estimulantes;
. Saberás como detectar e seleccionar uma mulher de qualidade;
. Irás aumentar e melhorar o teu círculo social de amigos e amigas;
. Terás uma vida social estimulante e divertida;
. Terás histórias incríveis para contar sobre as tuas experiências com mulheres – nas quais poucos irão conseguir acreditar;
. Saberás como te preparar mentalmente, motivar e ganhar confiança para ires falar com quem queres ir falar;
. Irás saber coisas sobre o terreno social e dinâmicas sociais que quase nenhum homem sabe;. Saberás como convidar uma mulher para sair e como criar saídas estimulantes;
. Saberás tudo o que precisas de saber sobre a interacção inicial que tens com uma mulher (objectivos, atitude, anatomia, princípios, etc);
. Saberás como lidar com rejeição de forma a saires beneficiado a longo prazo;
. Saberás quais são os melhores locais para se conhecer mulheres;
. Saberás como é a vida de uma mulher atraente;
. Saberás como desenvolver um estilo de vida naturalmente atraente para as mulheres... entre muitas outras coisas...

Clica no link abaixo e descobre os resultados fantásticos de quem já participou em cursos do Cool Vibes:
http://coolvibesblog.blogspot.com/2009/02/testemunhos-de-quem-ja-aplicou-os.html

E outra coisa, ao te registares agora neste programa irás receber todos estes 5 BÓNUS GRÁTIS:

Bónus nº1 – eBook “Os 23 Maiores Erros Que Os Homens Cometem Com As Mulheres”. Aprende com este eBook o que nunca deves fazer para te tornares mais atraente para as mulheres e evitares emoções negativas repelentes desnecessárias.

Bónus nº2 – eBook “Mindset Challenge”. Este é surpresa, só quem se registar é que saberá o que isto é. Mas trata-se de um desafio de 3 dias que mudará para sempre a tua mentalidade e te permitirá controlar naturalmente o que sentes. O que dá MUITO jeito para quem quer andar a conhecer mulheres e precisa de se motivar e de confiança para o fazer...

Bónus nº3 – eBook “As 10 Coisas Que Nunca Deves Fazer Ao Conhecer Mulheres Pela Internet”. Descobre o que nunca deves fazer para que mais facilmente consigas conhecer mulheres pela internet.

Bónus nº4 – 1 hora de online private coaching (OPC) na qual podes falar comigo sobre o que quiseres, não tendo de ter a ver com o programa da Arte Social – pode ser sobre qualquer coisa relacionada com as mulheres, atracção natural, evolução pessoal, obstáculos que tenhas na tua vida pessoal, etc.

Bónus nº5 – ok, este bónus é a loucura total e eu ainda não acredito que vou fazer isto... porque ao participares no online coaching da Arte Social terás acesso à minha super especial Noite do Guerreiro Social (NGS)!! Eu aconselho-te a que vás ao blog do Cool Vibes e que leias o post sobre a NGS... porque isto vai-te de certeza interessar: A NGS é um live coaching no qual eu pessoalmente vou sair à noite contigo e te explico e ensino como conhecer mulheres. É uma noite longa de 6 a 7 horas, nas quais eu te explico tudo o que precisas de saber, dizer e fazer para iniciares conversas com mulheres, conheceres mulheres e desenvolveres o que precisas para que depois sozinho também o consigas fazer. Ao te registares no programa A Arte Social não és de forma alguma obrigado a participar na NGS. Mas digo-te que é uma experiência única, pois já vi coisas fantásticas a acontecer aos que participaram e já aconteceram mudanças profundas da noite para o dia.

Vamos então resumir isto tudo...

Isto é o que obterás ao te registares no programa ARTE SOCIAL:

. 10 eBooks com informação preciosa sobre os temas de como conhecer mulheres, atracção natural e selecção, que poderás consultar para o resto da tua vida sempre que quiseres.
. 11 espectaculares áudios nos quais falo sobre tudo o que tem a ver com como conhecer mulheres, que poderás ouvir para o resto da tua vida sempre que quiseres.
. 5 semanas de sessões online de orientação personalizada nas quais todas as tuas dúvidas serão esclarecidas e obterás soluções e ajuda para todos os teus obstáculos na tua vida pessoal e amorosa.
. Acesso à fantástica Noite do Guerreiro Social.
. 1 hora de online private coaching na qual ajudo-te naquilo que quiseres.

. Orientação personalizada e específica por email para sempre!

Aqui está como te podes registar agora...

Para descobrires como te podes registar e participar, envia-me agora um email para CoolVibes_Coaching@hotmail.com, assunto: "info COACM"

Assunto: ARTE SOCIAL – Registo
Mensagem: Primeiro e último nome, mais idade.


Nota importante: a tua informação jamais será partilhada, seja de que forma for. Apenas a peço para saber quem és e para te poder ajudar da melhor forma possível.

Depois, num prazo de 24 horas, receberás um email meu com um PDF com todos os detalhes finais.

Espero falar contigo na tua 1ª sessão de coaching!

Segue as tuas paixões e faz as mulheres felizes,
Pedro Constantino
Criador do Cool Vibes


P.S. Se tiveres alguma dúvida ou pergunta, envia-me um email para: CoolVibes_Coaching@hotmail.com e eu entrarei em contacto contigo com uma resposta.

AVISO: Este curso faz agora parte do novo "pack" Atracção Natural + Arte Social, chamado Curso Online Como Atrair e Conhecer Mulheres.

segunda-feira, 23 de novembro de 2009

“O Que Interessa é o Interior ou o Exterior?”


Certamente, e relativamente ao tema das relações amorosas, já ouviste muitas vezes esta pergunta ao longo da tua vida:

“Mas afinal o que interessa, o interior ou o exterior da pessoa?!”

A pergunta que eu faço é...

Mas em relação a quê? Para quê?

Qual é o contexto?

Por isso hoje decidi desmistificar esta dúvida de uma vez por todas... the Cool Vibes way! ;)

E a resposta é simples...

Tanto o interior como o exterior da pessoa importam. Ambos são factores que estão sempre presentes, e que têm um impacto na realidade, vida, mundo... e nos outros.

Agora... também depende do contexto.

Se a intenção de alguém é apenas ter uma ligação física, ter um encontro sexual ou daquelas relações de apenas encontros sexuais, então é o exterior que interessa.

E isso não tem mal nenhum.

Só que essa pessoa nunca irá sentir a satisfação interior extraordinária que vem de uma relação na qual existe verdadeira intimidade, e não apenas uns orgasmos vazios de significado.

Sexo sem intimidade é masturbação dentro de outro ser humano ;)

Para esse tipo de relação mais evoluída, estimulante e consciente – porque sejamos sinceros, até as girafas, os hipópotamos e os babuínos são capazes de “encontros sexuais” – interessa também o interior (personalidade, capacidades e nível de consciência), e não apenas o exterior (corpo, aparência, visual, estilo...).

Circula também a ideia de que dizer que o exterior também é importante é uma forma de discriminação perante aqueles que não tiveram a “sorte” de nascer bonitos...

E agora é que vem a parte fixe do post... oh yeah!

Então e não será também discriminação dizer que o interior é que conta, perante aqueles que nunca desenvolveram o seu interior, ou não tiveram a “sorte” de nascer com facilidade em desenvolver essas capacidades interiores...?

É tão giro quando o ego manda lógicas para o ar para se defender a si próprio sem pensar nos outros...

Para mim é boa comédia.

A Verdade é que NUNCA é discriminação, e não tem absolutamente nada a ver com isso.

A vida não é suposto ser uma dinâmica de validação exterior para nos sentirmos melhor com nós próprios, mas sim uma oportunidade para fazermos algo pelos outros e pelo mundo.
Para ajudarmos o Todo a subir de nível de consciência, reduzindo a quantidade e intensidade de sofrimento humano, e aumentando a quantidade e intensidade de Felicidade humana.

Tanto o interior como o exterior têm a sua importância, e ponto final. Um não é mais importante que o outro, ambos têm exactamente o mesmo valor. Agora, claro que não servem para a mesma coisa, para o mesmo fim.

Uma pessoa que não tenha um corpo e cara bonitos, não está a ser discriminada porque não atrai tanto os outros do sexo oposto. Simplesmente é assim que a Natureza funciona. Ou a dimensão está desenvolvida, ou não estimula, não atrai.

Claro que a pessoa não tem a culpa de ser assim... mas tem a responsabilidade de dar um rumo diferente à sua vida. Ninguém a está a castigar por ser assim, simplesmente a sua aparência não cria naturalmente nos outros do sexo oposto as emoções positivas que os fariam sentir-se atraídos a esse nível.

Agora dois pontos importantes:

A pessoa pode ser menos bonita que a maioria mas, seja um homem ou uma mulher, muitas vezes (e eu verifico isto vezes sem conta no meu dia-a-dia) basta uma mudança em temos de linguagem corporal, de postura, de estilo e visual, uma melhor higiene, e algum exercício físico, para ficar logo com uma aparência muito mais agradável e atraente.

E todos podem instalar em si estas pequenas e simples mudanças... se não viverem na mentalidade da vítima.

Claro que estas pequenas mudanças pouco fazem pela aparência de casos extremos, infelizmente esta é a realidade. Mas também, isto não se trata de uma corrida para obter algo do exterior (“sou bonita/o e os outros dão-me atenção”), mas sim de um caminho de desenvolvimento humano para DAR algo ao exterior... aos outros, ao mundo, ao Todo.

A pessoa pode nunca atrair a nível físico... mas isso não a impede de atrair a outros níveis. Não a impede de evoluir interiormente e de se tornar numa companhia mais estimulante e agradável.

Seja qual for a nossa aparência, somos sempre bonitos para alguém. O ego não consegue “engolir” este conceito pois não tem capacidade real para o compreender, sentir e ser... mas esta é a Verdade.

As pessoas menos bonitas (se é que faz algum sentido dizer isto) só não atraem ninguém se juntamente com a sua aparência menos atraente, tiverem uma personalidade desagradável.

Lembra-te sempre disto:

É a energia do momento presente que define tudo.

A tua energia!

Por isso se no momento presente tiveres a energia certa, tudo é possível. Independentemente da tua aparência, do teu lado material, da tua dimensão física.

E se as coisas não estão a correr bem, ou como desejarias... é porque o lado interior, a energia, não está a ser devidamente desenvolvido.

Ser sexy não é algo que vem apenas da nossa aparência... mas sim, e principalmente, da nossa forma de ser. Da nossa atitude, mentalidade... da nossa ENERGIA.

Uma vez que esteja presente a energia erótica/sensual e a polaridade masculino/feminino, haverá sempre atracção sexual. É assim que funciona. Claro que infelizmente há os tais casos extremos... mas lá porque podem não conseguir a satisfação que desejam nessa área da vida, não quer dizer que não consigam noutras e que tenham de ser uns infelizes depressivos.

Para fazer algo pelo mundo qualquer área serve, qualquer dimensão serve. O ego é que não está para aí virado...

O ego é o ÚNICO que não está para aí virado.

Há sempre um desenvolvimento interior a fazer, e é possível para todos. E todos que o façam irão depois sair beneficiados, a longo prazo.

Quanto aos outros que são bonitos... é óbvio que só isso não chega. Já todos sabemos isso (espero eu...).

Uma pessoa pode ser bonita, mas ser uma seca como companhia.

Pode ser bonita e ser extremamente pessimista, consumindo a energia toda às galáxias mais próximas, até ao tempo dos dinossauros. Fica tudo seco!

Pode ser bonita e ter baixa auto-estima... ser insegura... ser desonesta... ser infiél... ser falsa... ser uma desgraça emocionalmente, ou intelectualmente ou *gulp!* espiritualmente.

Agora, será que lá porque uma pessoa é bonita quer dizer que o seu interior é sempre uma desgraça? Claro que não.

O conceito de “as mulheres bonitas são burras” é dos mais imaturos e inconscientes que circulam. Claro que as mulheres bonitas são inteligentes... e pela minha experiência pessoal são também divertidas, interessantes, criativas, artísticas, carinhosas e até espirituais!

E hey, eu também vivo no planeta Terra! E não estou a falar do futuro...

Tanto há pessoas bonitas burras como há inteligentes.

Assim como ser-se “feio” não garante que se seja interiormente desenvolvido (era bom era...).

A mera aparência física à modelo não garante nada. É fixe em si, e deve ser apreciada e celebrada pelo que é, mas não garante nada para além de si (interiormente).

Nem o interior nem o exterior devem ser desvalorizados ou demasiado idolatrados... nem um nem o outro devem ser reprimidos ou combatidos. Ambos são extremamente importantes, cada um no seu contexto. Porque ambos fazem parte da Grande Aventura!

E agora, para acabar o post, um daqueles conceitos super loucos mesmo à Cool Vibes que te fazem a cabeça andar à roda!

A sabedoria espiritual partilha que a aparência física de um ser humano é consequência do que ele fez na vida passada.

Ou seja... se na vida passada ele evoluiu interiormente, espiritualmente, e fez algo pelo mundo... a sua aparência física molda-se na vida seguinte à beleza da sua energia.

Será Verdade? Não há como o provar...

Mas por aquilo que eu já estudei e experienciei espiritualmente, faz todo o sentido para mim. E eu nunca iria partilhar algo contigo aqui no Cool Vibes se sentisse que não tivesse o mínimo de Verdade e Valor.

Um bom princípio para se seguir na vida é então o de se procurar evoluir interiormente e espiritualmente, independentemente da nossa aparência (exterior).

Pensarmos que somos feios, ou questionarmo-nos se somos bonitos ou feios é uma perda de tempo. Há pequenas coisas que se pode fazer para melhorar a nossa aparência como partilhei em cima neste post, e és livre de fazer as operações e cirurgias plásticas que quiseres. Mas é muito mais útil usar o incrível potencial criativo da nossa mente pensando antes no que podemos fazer pelo mundo e como podemos evoluir como ser humano.

Silicone ou um nariz novo até podem trazer algumas “alegrias” materiais nesta vida... mas se ao mesmo tempo não houver um desenvolvimento interior, o mais provável é na próxima vida ter-se de voltar ao silicone e ao nariz novo. Quanto a ti não sei... mas para mim isso não é um bom investimento.

E porquê?

Porque o sofrimento continua presente, uma vez que a sua verdadeira origem e fonte continua também presente: identificação com a dimensão material (corpo).

Embelezar a capa do livro não o torna mais bem escrito. Mas por outro lado a capa também faz parte do livro... logo tudo é importante. Interior e exterior.
A ideia é aceitar e abraçar tudo. Trabalhar com tudo. Ser tudo.

Faz as mulheres felizes... mesmo que não obtenhas nada em troca, e sem quereres obter nada delas.
Pedro Constantino
:: Cool Vibes ::
Perguntas:
** Junta-te à comunidade online do Cool Vibes em http://coolvibes.ning.com/ conhece pessoas interessadas em desenvolvimento humano e recebe as principais novidades em 1ª mão! **

Workshop Cool Vibes LIFESTYLE a 23 de Janeiro de 2010! FLYER



Mais informações (PDF e vídeo) brevemente!

Fica atento ao blog e ao email... ;)

Pedro Constantino

“Porque Há Homens Que Conseguem Atrair e Conhecer Mulheres Com a Mentalidade de Caça”

Este é um pequeno post no qual respondo a uma pergunta que me fizeram relativamente ao post “O Que Dizer a Uma Mulher Bonita Para Iniciar Uma Conversa Com Ela de Uma Forma Autêntica”

Para o leres agora, clica aqui http://coolvibesblog.blogspot.com/2009/11/o-que-dizer-uma-mulher-bonita-para.html

AVISO: linguagem forte ;)

Pergunta:

«Pedro, vê se consegues me entender. Eu entendo bem quando você fala que o que mais atrapalha os homens a obter um resultado bom, quero dizer, uma interatividade legal com as mulheres, é justamente a mentalidade de 'caça'. Mas conheço muitos homens, que saem a noite apenas pra caçar mesmo, 'pegar' as mulheres mais bonitas, nada além do que isso, vão confiante, se aproximam delas com o mesmo espírito de apenas atração sexual, e na grande maioria esmagadora das vezes conseguem. Não quero julgar aqui se isso é algo de um nível de consciencia baixo ou nao, apenas quero pôr em questão o que eu acredito a respeito da mentalidade. Acho que ir pra balada com a mentalidade que você nos ensina (que acho a mais natural e evoluída), tem um grande efeito tranquilizador para pessoas com baixo auto-estima..mas para quem não tem, independente da mentalidade, elas sempre vão conseguir. Não sei se deixei claro. Abração.»
Resposta:

Primeiro de tudo, eu já tinha dito que a balada (discoteca) é o pior sítio para se conhecer mulheres. A mentalidade da caça é sim egocêntrica, logo é de um nível de consciência mais baixo. Consegue-se atrair e conhecer mulheres em qualquer nível de consciência... mas apenas atraímos e conhecemos aquelas que também estão no nosso nível.

Logo se queremos ter algo extraordinário com uma mulher, ela tem de ser de um nível mais elevado... e para a conhecermos e atrairmos, para a mantermos na nossa vida, nós também temos de estar nesse nível de consciência mais elevado.

A atitude da caça serve bem para homens que só querem saber do corpo da mulher e levá-la para a cama nessa mesma noite (ou o mais rapidamente possível), e depois das duas uma: ou a abandonam logo a seguir, ou a abandonam assim que conseguirem outra.

Eu partilho a forma mais elevada conhecida de o fazer, para que haja de facto evolução no homem, ele possa atrair, conhecer e manter na sua vida uma mulher de um nível mais elevado (que não seja egocêntrico e não-íntegro), e possa fazer algo por ela e pelo mundo. O resto não faz parte da filosofia do Cool Vibes.

Isto é DESENVOLVIMENTO humano, não é "como levar para a cama mulheres bonitas". No 2º caso não interessa se há evolução ou integridade (respeito pela mulher, sinceridade, compaixão, etc)... só interessa que haja o resultado. Ou seja, que o homem consiga o que quer - levá-la para a cama.

Mas o mundo já está cheio de "macacos", trolhós e "javalis"... da atitude da caça. E não é disso que precisa.

O Cool Vibes não é para todos. Está aberto a todos, mas nem todos o vão compreender ou conseguir viver o que partilho aqui. Trata-se de evolução interior autêntica e permanente... de evolução espiritual... e isso leva tempo, é difícil, muitas vezes nem é estimulante e não alimenta o ego. Bem pelo contrário... "mata-o". E ele não gosta nada disso... ele prefere andar atrás das mulheres, à caça, para as tentar "conhecer". Tradução: obter algo delas, seja sexo ou validação emocional.

Os da atitude da caça que conseguem ir falar e ter algo físico com elas... só têm com mulheres do seu nível (egocêntrico). São relações da treta, superficiais, com joguinhos e guerras de poder, na qual cada um puxa para o seu lado para obter o que quer do outro. Não há Amor nem Intimidade... é simplesmente uma perda de tempo.

Mulheres de um nível de consciência mais elevado não se sentem atraídas pelos trolhós da caça. É que eles nem as conseguem conhecer... simplesmente porque nem nunca as chegam a ver ao longo da sua vida. São quase realidades diferentes... e mesmo que se cruzem com uma, primeiro não têm a capacidade para perceber que ela é de um nível mais elevado... e depois mesmo que falem com ela e que até haja alguma atracção, não têm a capacidade de a manter interessada... porque o nível egocêntrico não-íntegro simplesmente repele-as. A energia desse nível é quase como comida estragada com moscas à volta... é desagradável. Diga o que o homem disser, faça ele o que fizer, tenha ele o que tiver, seja ele bonito ou não... a sua energia é essa e esse tipo de mulher sente-a e quer é sair dali o mais rápidamente possível!

É como um macaco estar a tentar convencer uma mulher a ir viver com ele e fazer sexo com ele... em troca de uma banana, simpatias, conversa esperta, joguinhos, etc. Não funciona... porque ela desde o primeiro segundo que viu que ele é um macaco da floresta e simplesmente não está interessada em viver numa árvore, a comer bananas e a ter sexo com um animal.

Nós nunca nos apercebemos do nosso nível de consciência actual, porque estamos nele. Só dos que estão abaixo. Mas desses apercebemo-nos logo, instantâneamente. Logo a mulher de consciência mais elevada, com quem é possível os melhores momentos, ligação, relação, conversas, brincadeiras e intimidade, topa logo o "homem-caçador egocêntrico não-íntegro adolescente excitado".

Só o nível mais elevado conhecido interessa aqui no Cool Vibes, isto nunca foi ou será uma questão de apenas o resultado pelo resultado. É a evolução e a contribuição. É prestar mais atenção ao nosso interior e ao que estamos a dar ao mundo... e depois disso aquilo que mais nos satisfaz a um nível profundo virá até nós naturalmente, e irá manter-se na nossa vida sem qualquer esforço da nossa parte. Atracção é uma consequência NATURAL do nosso desenvolvimento, crescimento e evolução.

Obrigado pela tua pergunta!

Pedro Constantino

Perguntas:
CoolVibesClub@hotmail.com

** Junta-te à comunidade online do Cool Vibes em http://coolvibes.ning.com/ conhece pessoas interessadas em desenvolvimento humano e recebe as principais novidades em 1ª mão! **

segunda-feira, 16 de novembro de 2009

“O Que Dizer, Fazer e Ser em Qualquer Contexto Com Qualquer Pessoa do Sexo Oposto Para a Atrair Naturalmente”

Muitas vezes recebo mensagens de homens e mulheres, que acompanham o Cool Vibes ou que o acabaram de descobrir, em que me perguntam coisas do género:

O que digo a uma mulher nesta situação?

O que faço para atrair um homem?

Qual é a melhor atitude a ter?

Resumindo, perguntam-me o que dizer, fazer e ser para atrair alguém especial naturalmente... ou para pelo menos numa determinada situação gerarem uma energia estimulante com alguém de quem gostam.

Acontece que, seja qual for o contexto, seja quem for a pessoa do sexo oposto... o que se diz, faz e é, é sempre o MESMO.

A resposta é sempre a mesma para todas as situações, para todas as pessoas do sexo oposto.

Este é provavelmente um dos posts mais pequenos e importantes do Cool Vibes, pois as melhores e mais conscientes respostas são muitas vezes as mais simples, curtas e directas.

Então o que se diz, faz e é?

O que se diz...?

A verdade.

Seja quem for a pessoa ou o contexto, se te questionas sobre o que dizer... a resposta é: diz a verdade!

Sempre que te façam uma pergunta... responde a verdade.

Sempre que estás a falar sobre algo, sobre ti... diz a verdade.

Se estás numa situação em que não te vem nada à cabeça para dizer e há um silêncio (o que é natural, e deves aprender a apreciar e usar esses silêncios, pois intensificam a intimidade e a ligação entre ambos), simplesmente diz a verdade: “Hey, não faço a mínima ideia do que dizer agora...”.

A única coisa que pode impedir um ser humano de dizer a verdade é o MEDO. Medo das consequências.

Mas medo não é uma desculpa real para nada. Há que transcender esse medo enfrentando-o regularmente... e é mais importante dizermos sempre a verdade do que seguirmos o medo que sentimos.

Medo é o oposto de Amor...

Logo, medo = mentira, amor = verdade.

É super simples.

Diz a verdade sobre o que sentes, sobre quais são as tuas intenções. Sobre o que gostas e o que não gostas. As tuas preferências e opiniões. Os teus objectivos e estilo de vida.

Se disseres sempre a verdade saberás sempre o que dizer a uma mulher, ou a um homem. Porque a única coisa que realmente interessa dizer é a verdade. Ser honesto e sincero.

A verdade pode ser que estás curioso e tens uma dúvida... e então fazes uma pergunta.

“O que é que eu lhe digo para iniciar uma conversa e para a conhecer?”

A verdade.

“O que lhe digo durante uma saída?”

A verdade.

Então e o que deves fazer em qualquer contexto, com qualquer pessoa do sexo oposto...?

O que se faz...?

Ama-se incondicionalmente!


Isto é o extremo oposto de querer obter algo e de manipular.

É aceitar o momento tal como ele é... e continuar a partilhar. É continuar de coração aberto mesmo diante da rejeição ou da crítica... ou da traição... é dar sem precisar de nada em troca, pelo puro prazer de contribuir para a vida da pessoa.

Portanto, se a pessoa telefona ou não, se manda email, sms ou não... se responde no MSN ou não... se aceita um convite para sair ou não... se quer namorar contigo ou não... se te quer beijar ou não... se quer ir para a cama contigo ou não... fazes sempre o mesmo: amas incondicionalmente.

Amar incondicionalmente é uma energia muito mais importante para o mundo do que aquilo que obtemos individualmente para nós próprios.

Mais uma vez, é super simples.

Se te surgir a dúvida, “o que faço agora em relação a esta pessoa? Qual é a melhor coisa a fazer?”, a resposta é sempre a mesma: ama incondicionalmente.

Vem de uma energia de dar... e não te obter. De partilhar, de oferecer, de contribuir com algo... que pode ser material, mental, emocional ou espiritual.

Estas perguntas geralmente surgem porque a pessoa quer obter algo... e então ela questiona-se “O que tenho de dizer ou fazer para obter isto que quero desta pessoa...?”

Completamente ERRADO!!

A pergunta deve ser: “Como posso dar algo a esta pessoa que lhe melhore a vida de alguma forma? Que lhe traga momentos, experiências e emoções que a façam amar mais a vida, e andar mais alegre e sorridente?”

“O que posso dar?”

“Como o posso dar?”

“Quando o posso dar?”

“Onde o posso dar?”

Estas são as perguntas de quem Ama Incondicionalmente.

E se pensas que quem faz isto não obtém nada em troca porque não está a pensar nisso, então estás muito enganado...

Só que isto NUNCA funciona como um truque... é uma energia que ou está desenvolvida e presente em nós, ou nada feito. O mero acto físico e visível de dar nada significa em si. É bom e positivo mas é a energia que está por detrás dele que define tudo. E se por detrás do acto de dar estiver a intenção ou a energia carente de obter... esquece.

E o que se deve ser? Qual é a atitude certa?

O que se é?

Autêntico!

Deves ser sempre tu próprio. Claro que se como és agora não te está a permitir criar a vida e relações que desejas, então tens de passar por um processo de subida de nível de consciência em vários aspectos e áreas... assim como desenvolver certas capacidades... mas nada nesse processo de mudança é falso. Todos os passos desse caminho de evolução são autênticos, e em cada um deles és sempre tu próprio.

A ideia é nunca fingires ser algo ou alguém que não és... Gostar de coisas de que não gostas... Ir onde não gostas de ir... Fazer o que não gostas de fazer... para atrair alguém, ou para despertar o seu interesse em ti.

Há muitas pessoas que fazem isto, e é um ERRO. Ao início “resulta”... mas depois porque não és essa pessoa, a outra pessoa acaba por descobrir e é vergonhoso. Típico de um nível de consciência muito baixo e egocêntrico.

Aquilo a que a famosa dupla de extraterrestres do Cool Vibes costuma chamar de “macacos” ;)

Só sendo tu próprio irás atrair e manter na tua vida pessoas semelhantes a ti, com quem podes ter as melhores relações e ligações.

Duas pessoas muito diferentes remam em direcções diferentes e o barco da relação fica parado, e os parceiros frustrados. E isso não tem nada a ver com uma relação íntima extraordinária.

As pessoas, os parceiros, têm de ser semelhantes e compatíveis. Não é iguais, é semelhantes e compatíveis.

E agora um pequeno extra ao que se deve ser...

Curioso!

Curiosidade genuína gera perguntas e tema de conversa. Faz-nos pensar na outra pessoa, no Ser que está à nossa frente, como ele é, o que sente, do que gosta, os seus sonhos e paixões, o seu passado e história... faz-nos mergulhar na outra pessoa e ter verdadeira consideração por ela. Faz-nos ir para além da aparência física, da ligação superficial, e faz-nos de facto gerar e ter intimidade com ela.

O engraçado é que, ou se está a pensar na pessoa, ou se está a pensar naquilo que se quer obter dela, e em como o conseguir obter.

No fundo, ou se é genuínamente curioso ou se é egocêntrico. A curiosidade genuína em relação a outra pessoa, só surge a partir do nível de consciência etnocêntrico.

Podia dizer muito mais, mas na verdade tudo isto é super simples de compreender. Já desenvolver é outra história...

Dizer a Verdade (Honestidade & Sinceridade)

Amar Incondicionalmente (“O que lhe posso dar?”)

Ser Autêntico e Curioso – Seres sempre tu próprio, e teres prazer em descobrir mais sobre o Ser que está à tua frente.

O post é pequeno, mas não penses que te escapas sem um pequeno trabalho de casa...

Mesmo como na escola ;)

Vais pensar em alguém que:

Ou gostavas de conhecer...

Ou que já conheces, de quem gostas e com quem andas a sair...

Ou com quem estás numa relação...

E vais pensar de que forma aplicar os conceitos deste post na ligação que tens com essa pessoa.

Como aplicar o conceito de dizer a Verdade?

Como aplicar o conceito de Amar essa pessoa Incondicionalmente? O que lhe posso dar? O que posso partilhar com ela sem querer nada em troca? Sem querer saber de resultados?

Como aplicar o conceito de ser eu próprio, e de querer saber mais sobre ela? O que lhe posso perguntar sobre ela e a sua existência?

Pensa, escreve... faz o que te ajudar mais. Mas faz este exercício... pois se o fizeres correctamente e aplicares correctamente estes conceitos, garanto-te que vais mudar a tua vida.

Há muitas perguntas que se as fizermos nos ajudam a evoluir e a mudar a nossa vida. Para acabar este post, deixo-te uma das minhas favoritas:

“O que estou a fazer pelo mundo?”


Faz as mulheres felizes... mesmo que não obtenhas nada em troca, e sem quereres obter nada delas.
~ Pedro Constantino
:: Cool Vibes ::

Perguntas:
CoolVibesClub@hotmail.com

** Junta-te à comunidade online do Cool Vibes em http://coolvibes.ning.com/ conhece pessoas interessadas em desenvolvimento humano e recebe as principais novidades em 1ª mão! **

segunda-feira, 9 de novembro de 2009

“O Que Dizer a Uma Mulher Bonita Para Iniciar Uma Conversa Com Ela de Uma Forma Autêntica”

Recebi por email uma pergunta sobre o tema de conhecer mulheres de uma forma autêntica, que toca em pontos super importantes que te vão de certeza interessar e ajudar.

Lê a pergunta que me enviaram e depois lê a minha resposta.

Pergunta:

«
Pedro, o primeiro estímulo que me faz ter vontade de ir falar com uma mulher é o facto de ela ser atraente. Parece-me bastante válido que eu queira partilhar a minha vida com uma mulher bonita (pelo menos para mim), embora não seja essa a única “qualidade” mas será a primeira. Naturalmente que um homem sente-se mais motivado a aproximar-se de uma mulher bonita do que se não for. Eu só devo interagir com uma mulher atraente, se honestamente tiver algum assunto que me interesse verdadeiramente? Porque me parece muito difícil que um homem diga algo a uma mulher atraente mas desconhecida pela vontade de saber algo ou comentar algo genuinamente. Imaginemos que eu vou para a discoteca, observo as mulheres que lá estão, alguma atrai-me, por mais íntegro que eu queira ser eu vou pensar em algo para lhe dizer não por curiosidade pura e simples de saber a resposta mas sim para me aproximar. A curiosidade mais honesta que me surge sobre qualquer mulher é saber como é a personalidade dela. Resumindo, se eu quero conhecer mulheres para seleccionar alguma para ser minha companheira eu só vou querer conhecer mulheres atraentes, logo qualquer assunto que eu utilize nunca será sincero porque a minha verdadeira motivação para falar com ela é ela ser atraente. Se puderes comentar, agradeço.»

Resposta:

“o primeiro estímulo que me faz ter vontade de ir falar com uma mulher é o facto de ela ser atraente. Parece-me bastante válido que eu queira partilhar a minha vida com uma mulher bonita (pelo menos para mim), embora não seja essa a única “qualidade” mas será a primeira.”

É perfeitamente válido que a beleza física de uma mulher seja o primeiro estímulo que te dê vontade de ir falar com ela. Não há nada de errado nisso, nem em teres como preferência ter uma namorada físicamente atraente, uma vez que também tens em conta que há outros factores mais importantes. Há sempre um Ser por detrás da beleza física... e é no Ser que deves focar a tua atenção, e não meramente na sua beleza física.

“Naturalmente que um homem sente-se mais motivado a aproximar-se de uma mulher bonita do que se não for.”

Isto também é verdade... mas será que a dimensão física da mulher é a única coisa que se pode apreciar à distância sem a conhecer...? Claro que não. Mais à frente esclareço este ponto...

“Eu só devo interagir com uma mulher atraente, se honestamente tiver algum assunto que me interesse verdadeiramente? Porque me parece muito difícil que um homem diga algo a uma mulher atraente mas desconhecida pela vontade de saber algo ou comentar algo genuinamente.”

Sim, só deves interagir com uma mulher, seja atraente ou não, se honestamente tiveres algum assunto que te interesse verdadeiramente. Porque se assim não for nunca irás criar uma ligação com ela, não a irás de facto conhecer nem gerar naturalmente a energia e emoções que a farão querer voltar a ver-te. Serás apenas mais um mero escravo dos desejos do corpo que não tem capacidade para apreciar outras coisas que não apenas o corpo da mulher.

É difícil que um homem diga algo a uma mulher desconhecida, seja atraente ou não, pela vontade de saber algo ou comentar algo genuínamente se ele não tiver o nível de consciência elevado o suficiente para isso.

Repara bem nisto:

Conhecer mulheres não é uma actividade em si.


É algo que acontece naturalmente enquanto o homem vive, despreocupadamente e sem pensar nisso, a sua vida e dia-a-dia.

E claro, se ele tiver a energia, nível de consciência e qualidades para isso.

Ele não sabe o que dizer, ou não tem algo genuíno para perguntar ou comentar porque não está absolutamente a fazer nada. Anda apenas à caça de mulheres. Logo o único tema e texto que lhe surge na cabeça ao ver uma mulher bonita é “ela é bonita”.

As mulheres têm de apanhar o homem a fazer algo que ele adora fazer. A ligação será criada através dessa actividade ou tema, irá surgir naturalmente uma conversa que tem a ver com o ambiente em que ambos se encontram, e esse será o elo de ligação entre ambos.

Tens de eliminar a mentalidade de “quero uma mulher bonita como namorada” pois isso dá-te uma energia de caça (necessidade e desejo), que vai condicionar tudo o que sentes, pensas e fazes quando sais porta fora. Queres algo, logo vais andar atrás desse algo.

Tens de ter uma mentalidade de “sinto-me preenchido”. Isso só surge quando evoluis espiritualmente, quando meditas regularmente. Enquanto isso não acontecer és mais um caçador de mulheres, e nem sequer dás por isso. Tens de pensar mais em como criar o estilo de vida que gostarias de ter e menos em como conhecer mulheres (meter ou prender mulheres a ti ou à tua vida).

Uma coisa é desafiares-te e praticares. Aí vais falar com as mulheres que achas bonitas e ponto final. Perguntas algo simples pelo desafio de falar com uma desconhecida por quem te sentes atraído, e para ganhares experiência a fazer isso. Mas esta actividade do desafio/prática é o nível mais baixo de todos na arte social de conhecer mulheres naturalmente. NATURALMENTE. Isto significa que, no nível mais elevado, mesmo que ela seja super atraente, se não for natural... não o fazes. Mesmo que tenhas as capacidades sociais para o fazer.

O nível do desafio/prática é o que vem logo a seguir ao “eu não sou capaz e não faço nada”. É apenas o primeiro passo... não é o fim da “corrida”. É super importante, mas não é para ficar nele eternamente. É apenas ir do “não faço nada” para o “faço algo”.

Ao mesmo tempo que te desafias e tens interacções só pela experiência e pela prática, procuras desenvolver-te INTERIORMENTE, e criar um estilo de vida, ou vida social que te agrade e apaixone. Procuras fazer o que mais gostas, independentemente das mulheres. Um homem a sério não anda à caça de mulheres... ele é independente das mulheres. Pois só assim se desenvolve a um nível em que de facto pode trazer algo único e especial a uma mulher. E isto é o que significa Atracção Natural.

Não é andar atrás de todas as mulheres bonitas sempre que vês uma. Não é persegui-las pensando no que dizer para as tentares conhecer... é desenvolveres a tua consciência, estares em sintonia com a tendência natural do Todo, para SERES um homem que tem capacidade de Amar na sua forma feminina e masculina, o guerreiro que faz o que é preciso fazer sejam quais forem as consequências. Desenvolver o interior e a consciência é o que traz naturalmente as melhores experiências do mundo exterior material.

Mas primeiro tens de meditar muito, tens de escrever afirmações, tens de imaginar a realidade que queres viver. Há muito trabalho interior a fazer.

Claro que podes aproximar-te de uma mulher e dizer-lhe “hey estava ali ao fundo e reparei em ti, e quando vejo uma mulher bonita fico curioso por descobrir mais sobre ela...”. Desta forma estás a ser autêntico dentro do teu nível de consciência actual. Só que se dizes isto com a energia de preciso/quero (necessidade/desejo), ela vai-se sentir repelida e defender-se de ti como puder. Porque inconscientemente vai sentir que lhe querem tirar algo. Essa é a energia do obter. Se disseres com uma energia de dar, de Amor, de compaixão, de partilha de um momento sem estar à espera de qualquer resultado ou de obter seja o que for com aquela conversa, então aí sim a magia vai acontecer.

Mas o nível de consciência continua a não ser o mais elevado possível. Andar de mulher em mulher, a iniciar conversas, só porque ela é bonita físicamente é um pouco atitude de adolescente excitado em busca de prazer físico e validação emocional (“sou um grande homem porque tenho muitas interessadas em mim”).

A forma mais consciente de fazer isto é desenvolver um estilo de vida, sem pensar em mulheres. Um estilo de vida no qual fazes o que gostas, vais onde gostas, e no qual tens sempre algo genuíno para comentar ou perguntar. Algo que não tem apenas a ver com a beleza física delas, ou com o conseguir conhecer mulheres e ter finalmente a namorada bonita, mas que existe independentemente delas. Assim irás criar ligações naturalmente.

É que te estás a esquecer completamente que do outro lado está um ser humano, e não apenas um corpo humano. Eu sei que procuras outras qualidades, mas não te estás a focar nisso no momento das conversas... porque se estivesses já saberias melhor o que dizer e perguntar. E se já estivesses a fazer algo que adoras fazer, terias logo sobre o que falar.

“Imaginemos que eu vou para a discoteca, observo as mulheres que lá estão, alguma atrai-me, por mais íntegro que eu queira ser eu vou pensar em algo para lhe dizer não por curiosidade pura e simples de saber a resposta mas sim para me aproximar. A curiosidade mais honesta que me surge sobre qualquer mulher é saber como é a personalidade dela.”

Primeiro de tudo, a discoteca é o pior local para se conhecer mulheres. É excelente para te desafiares muito, praticares iniciar conversas e ter interacções, mas onde deves conhecer mulheres é onde já vais naturalmente no dia-a-dia fazer algo que gostas.

Gostas mesmo de discotecas ou vais lá apenas para ver se consegues conhecer alguém?

Estás lá porque esse ambiente de festa te fascina e estimula ou vais lá apenas para ver se consegues conhecer alguém?

Estás lá por causa de uma festa específica que te interessou, para estares com os teus amigos, por causa da música, para experimentar uma bebida nova, ou vais lá apenas para ver se consegues conhecer alguém?

A discoteca é apenas para desafio e prática, nada mais. A não ser que tenhas mesmo um fascínio pela noite e por esses ambientes, e que sejas naturalmente sociável. Aí sim, estarás a fazer algo que de facto gostas, e não estás a perseguir as mulheres, a tentar obter a namorada bonita que desejas.

Integridade não é algo que se tenta ser através de algo que se diz ou faz num determinado momento. Isso é simular Integridade, não é ser-se íntegro. Para se ser íntegro tem-se de evoluir espiritualmente, tem-se de meditar muito. E isso é algo que tens mesmo de começar a fazer a sério.

Se vais perguntar algo não por curiosidade de saber a resposta mas apenas para te aproximares então sim, não estás a ser autêntico e nunca o deves fazer. Tens de te tornar primeiro no homem que já está a fazer algo que gosta, e que gosta de falar com as pessoas pelo prazer de falar com as pessoas. Alguém que é naturalmente conversador e sociável, que adora pessoas e comunicar. Aí sim, terás sempre temas e será sempre autêntico. Andar a meter conversa, mulher a mulher, sendo a motivação exterior (beleza física dela) e não interior (quem eu sou), esse é o grande problema aqui. Estás a tentar simular ser alguém naturalmente conversador com estranhos e desconhecidos, em vez de de facto te tornares nesse tipo de homem e desenvolveres esse estilo de vida real.

Se para ti a curiosidade mais honesta que te surge é descobrires como é a sua personalidade, então é esse o tema de conversa que deves usar. “Hey estava ali ao fundo e reparei em ti... e quando vejo uma mulher bonita fica sempre curioso por descobrir como é a sua personalidade... o que mais gostas de fazer na vida?”

Só perguntas sobre música se de facto fores um interessado em música e tiveres essa paixão.

Só perguntas sobre bebidas se de facto fores um interessado em bebidas e tiveres o prazer de descobrir novas bebidas, ou a curiosidade de saber o que as pessoas em determinados sítios costumam beber.

Não confundas desafio/prática (fase de aprendizagem) com o acto natural e autêntico de conhecer uma mulher.

Nunca deves sair de casa com a intenção de conheceres mulheres, nem nunca deves pensar que é possível conhecer todas as mulheres... ou que deves iniciar uma conversa com todas as mulheres bonitas que vês independentemente do contexto.

Se não for natural, não o faças. Forçar ou procurar uma forma esperta/engenhosa de o conseguir fazer é ser o típico adolescente imaturo excitado em busca de mero prazer físico (mulher como corpo humano e não como ser humano) e validação, para quem vale tudo para o conseguir (mentir e manipular incluído). E isso é o extremo oposto de um homem a sério.

Claro que estes adolescentes imaturos vão conhecer e atrair mulheres... que estão ao seu nível. Não as de um nível de consciência mais elevado, com as quais os melhores momentos e relações são possíveis.

Não ponhas os pés numa discoteca se isso não for uma paixão para ti. Apenas numa fase inicial para treinares, aprenderes e desenvolveres o que for preciso... para que depois, durante o teu dia-a-dia normal, o consigas fazer.

A ideia nunca é seres uma espécia de máquina de conhecer mulheres que sai com uma diferente todos os dias. A ideia aqui sempre foi desenvolver o que é preciso para que tenhas a escolha. Para que se vires alguém que realmente te interessa teres a capacidade de ir falar com essa pessoa e teres uma presença estimulante, criando ao mesmo tempo uma ligação com ela se ambos forem compatíveis. E voltando-a a ver tendo como base essa ligação.

Não é para andar à caça armado em campeão da sedução que se gaba depois aos amigos.

É para se tornar e Ser um homem que naturalmente Ama todas as mulheres e traz algo especial às suas vidas. Porque quando mais dói, ele mantém-se firme no seu caminho e paixão. Quando a tempestade é mais forte ele está lá para enfrentar os trovões até ao último suspiro. Seja o que for que aconteça, ele mantém-se no seu caminho de contribuição, de fazer algo por algo que vai muito além dele próprio.

Achas que um guerreiro espartano tinha alguma dificuldade em conhecer e atrair uma mulher?

Só em anedotas.

Não porque eram espiritualmente evoluídos, não creio que o fossem, mas pela sua coragem e atitude. Eles, garanto-te, não andavam atrás das mulheres como um adolescente emocionalmente carente...

É um exemplo extremo claro, mas aquilo que eles faziam físicamente, nós devemos fazer emocionalmente e espiritualmente (e mentalmente também, se quiseres). A atitude de viver uma vida de coragem, de fazer algo único e valioso pelos outros, de nos mantermos no nosso caminho independentemente das consequências... isso é o que faz uma mulher admirar um homem.

Quando ele está a fazer algo de valor pelo mundo, e as consequências podem ser negativas para ele. Essa é a verdadeira coragem, esse é o verdadeiro guerreiro que inspira. Ele está disposto a morrer pela sua paixão, pelo Todo. E essa infinita capacidade de Amar é uma energia tão poderosa que a maioria não a consegue compreender, apenas temer. O homem que não pode ser manipulado ou controlado. O homem que diz sempre a verdade. O homem que se mantém de coração aberto perante a rejeição e o desafio. O homem que não é controlado pelos impulsos de desejo e necessidade do seu eu separado (ego, ou mente/corpo), e que os satisfaz equilibradamente. O homem consciente que tem verdadeiro fascínio e consideração pela mulher que está à sua frente. O homem que lhe dá a liberdade para ela ser quem é, e para seguir o caminho que mais deseja, mesmo que ele não faça parte desse caminho.

Há um interior e estilo de vida a desenvolver primeiro.

O nível de consciência mais elevado de conhecer mulheres é este:

Seja qual for o sítio onde vais regularmente, encontras lá sempre pessoas (entre elas mulheres bonitas) que já conheces. Muitas vezes nem reparas nelas porque estás focado nos teus amigos e no que estás a fazer, e são elas que vão ter contigo, e muitas vezes com o seu grupo de amigas...

Nunca mais terás de voltar a iniciar uma conversa com nenhuma mulher.

Esta é uma vida social tão extraordinária que nem nunca foi retratada em filmes, pois nenhum realizador ou argumentista teve o nível de consciência para poder imaginar algo assim... para pensar que algo assim fosse possível. Mas é. Só que para se chegar aqui é preciso primeiro evoluir interiormente, espiritualmente e desenvolver um estilo de vida que te agrade e o permita acontecer naturalmente.

Primeiro tens de atravessar o deserto... só depois vem o paraíso. O processo de criação do paraíso chama-se desafio, enfrentar o Medo. Viver através da energia do Amor. E não é rápido nem fácil.

“Resumindo, se eu quero conhecer mulheres para seleccionar alguma para ser minha companheira eu só vou querer conhecer mulheres atraentes, logo qualquer assunto que eu utilize nunca será sincero porque a minha verdadeira motivação para falar com ela é ela ser atraente.”

O assunto será sincero, nesse caso, se for sobre a beleza da mulher com quem queres ir falar. Mas essa não tem de ser a única coisa que te motiva a ir com uma mulher que não conheces. Há muitas outras coisas autênticas sobre as quais falar. Muito provavelmente quando vês essas mulheres bonitas não estás a fazer algo que gostes, não estás onde gostas mesmo, não consegues apreciar outros aspectos da vida nesse momento que não apenas a beleza física da mulher.

Não tem mal nenhum, mas não é o que mais te vai ajudar. Quando começamos a evoluir espiritualmente deixamos de nos relacionar com as mulheres através de uma energia de carência ou desejo (obter), mas com uma de partilha e compaixão (dar). Assim como nos tornamos capazes de sentir a energia da mulher. Se é positiva ou negativa, se é íntegra ou não íntegra, só de olhar para ela à distância. A beleza física continua a ser uma dimensão que apreciamos na mulher, mas deixa de ser a única. Logo daí surge algo diferente para comentar/perguntar quando ainda não conhecemos a mulher: “Hey tens uma energia muito agradável, fazes yoga?”. E a motivação para falar com ela também já não tem apenas a ver com a sua beleza.

Tens de também perceber outra coisa. É que seja qual for o tema que uses para iniciar a conversa, a mulher sente e percebe que de certa forma há um outro motivo silencioso que muuuuito provavelmente é o facto de a achares bonita. Não se trata de não seres autêntico ou de estares a esconder seja o que for... trata-se de iniciares uma conversa com algo que é o mais natural possível dentro do contexto em que ambos se encontram, e com algo que te permite criar uma ligação com a mulher, se for possível. É assim que as pessoas criam uma ligação naturalmente: falando sobre algo que têm em comum, algo que as liga. E isso pode ser algo que observas no momento presente, tendo em conta o contexto em que ambos se encontram (actividade, local, etc).

E outro conceito importante: se as únicas pessoas desconhecidas com quem te sentes motivado a falar são mulheres bonitas, então estás tramado. Porque a ideia é falares com todas as pessoas: quem trabalha nos locais que frequentas, homens, mulheres, velhotes, crianças, dinossauros, tudo. Só assim te irás tornar no homem sociável que tem sempre algo autêntico para dizer, pois está sempre a fazer algo que tem a ver consigo: falar com estranhos sobre o que está a acontecer no momento por puro prazer e diversão.

Pessoalmente eu nem gosto muito da fase de andar a conhecer mulheres. Conversas e ligações superficiais não me fazem sentir realizado. Se dentro do contexto não é natural falar com a mulher, eu simplesmente não falo. Prefiro ligações profundas, intimidade, algo com significado. Relativamente a esta área de conhecer mulheres a minha intenção nunca foi gerar quantidade e viver nessa quantidade constante, mas sim ter a escolha. Para que nunca mais sentisse a frustração de, tendo as melhores das intenções, não conseguir falar e conhecer quem queria. O meu objectivo sempre foi ter a compreensão e capacidade para que em momentos especiais e únicos, em que sendo solteiro vejo alguém que realmente me interessa, conseguisse de uma forma natural e autêntica ir falar com ela. Quantidade não significa nada para mim nem me atrai. Sou homem de uma só mulher. Mas sei que para chegar a essa mulher especial primeiro tive de conhecer outras até a descobrir. É necessário ter essa capacidade social e interpessoal, e é esse o conceito que procuro partilhar aqui no Cool Vibes.

Não se trata de andar à caça de validação, sexo ou de outra coisa qualquer. Não se trata de andar de mulher em mulher a tentar obter algo. Não se trata de andar com muitas à garanhão.

Trata-se de desenvolver a compreensão e a capacidade necessárias para se ter a escolha. Para se falar, de uma forma natural e autêntica com quem se deseja. Tornar-se num conversador natural – e não apenas em alguém que decide abrir a boca apenas porque, e quando, ela é bonita. Ter como paixão a vida social e desenvolver um estilo de vida em que as ligações são criadas super naturalmente e facilmente, e já encontras pessoas que conheces onde vais, e conheces pessoas através de quem já conheces...

Não fizeste nada de errado, estás no caminho certo pois como poucos buscas por fazer o que desejas da forma mais autêntica possível, e isso tem todo o valor. Acho que talvez confundiste um pouco a fase inicial de desafio/prática que para quem está a começar é super importante. Acho também que precisas de te sentar e pensar no teu estilo de vida social, como gostarias que ele fosse. Tens de começar (isto se ainda não o fazes) a falar mais com estranhos, sejam mulheres que te interessam ou não. Começa por perguntar coisas a quem trabalha nos locais onde gostas de ir. E o mais importante de tudo: começa a meditar diáriamente. 5 minutos por dia já vão fazer uma grande diferença.

E quando deres por ti, a magia já está a acontecer...

Obrigado pela tua pergunta!

* * * * *


COMO ATRAIR E CONHECER MULHERES

CURSO ONLINE NÍVEL 1

«Como Ser Naturalmente Atraente, Iniciar Conversas e Conhecer Mulheres»

14 ebooks + 6 meses de email coaching personalizado )

Mais informações em http://coolvibesblog.blogspot.com/2011/04/curso-online-como-atrair-e-conhecer.html


* * * * *

COMO TER UMA VIDA AMOROSA ALEGRE

CURSO ONLINE NÍVEL 2

«Espiritualidade / Aumento de Consciência / Como Atrair, Conhecer e Amar a Mulher dos teus Sonhos / Intimidade e Relação Amorosa / Vida Social / Afirmações, Visualizações, Meditação, Contemplação e Exercícios»

( 8 áudios / 9 horas de mp3 + 6 meses de email coaching personalizado )

Mais informações em http://coolvibesblog.blogspot.com/2011/06/como-ter-uma-vida-amorosa-alegre-curso.html