sexta-feira, 16 de outubro de 2009

"Como Detectar e Evitar o Tipo Errado de Homem a Tempo, parte 2"

Lê a *espectacular* 1ª parte aqui:
http://coolvibesblog.blogspot.com/2009/10/como-detectar-e-evitar-o-tipo-errado-de.html

Só com homens masculinos de um nível de consciência mais elevado é que podes ter verdadeira satisfação na tua vida amorosa, sem acabares enganada, traída, abandonada, manipulada e consequentemente magoada.

Porquê?

Porque nos níveis etnocêntrico e mundocêntrico o homem, apesar de também ter as suas necessidades e desejos pessoais do eu separado (ego)... não é controlado por eles. Uma vez comprometido, ele pode encontrar outra mulher que o atrai sexualmente, que até se pode atirar a ele, e ele simplesmente recusa ter algo físico com ela. Mesmo que se sinta excitado.

Estes homens, chamemos-lhe de Masculino Consciente, têm esta capacidade de tomar uma decisão para além do que sentem no momento. Não vivem controlados pelo ego, e têm uma verdadeira capacidade de consideração pelos outros. Jamais farão algo que irá magoar alguém. Jamais irão magoar uma mulher, pois têm-na sempre em consideração. Estes homens têm compaixão por todas as mulheres e respeitam-nas a todas, pois são espiritualmente evoluídos o suficiente para isso.

Eles sentem-se sexualmente atraídos como os outros. Eles desejam ter intimidade física como os outros. Mas isso não controla as suas decisões, logo jamais irão magoar uma mulher por causa de uma aventura sexual com uma desconhecida. Isso para eles até é ridículo... pois na verdade é uma forma altamente imatura de estar no mundo. Ser uma marioneta dos desejos/necessidades do corpo e mente (ego) não é uma qualidade. Não é poder. Viver escravo de impulsos do corpo e da mente não é poder... e ainda pior é quando esses impulsos levam a pessoa a criar uma vida que não a satisfaz, e a magoar alguém.

O Masculino Consciente vai estar contigo pelo Ser que és, e não apenas por uma parte de ti. Ele jamais irá estar com uma mulher apenas porque ela é bonita. Ele jamais irá ter algo físico com uma mulher apenas porque ela é bonita. Sim ele também gosta de mulheres bonitas e de sexo, mas mesmo que não haja sexo ele continua a gostar da mulher, a ser fixe para ela e a sair com ela. Ele nunca faz jogos ou brinca com as emoções dela, ele tem um verdadeiro fascínio e consideração por ela, pelo Ser que ela é.

A maior diferença é que o Ego Masculino está com a mulher para obter algo dela, e o Masculino Consciente está com a mulher para partilhar algo com ela. O primeiro está apenas a pensar nele próprio e como a pode usar para se sentir bem. O segundo pensa em como contribuir para a vida da mulher e ser uma presença de valor na sua vida.

Mesmo que ela o rejeite... ele continua a Amá-la. É a sua forma de caminhar pela vida. Se obtém algo dela ou não é-lhe irrelevante, pois o seu objectivo é dar, partilhar e contribuir. Sim ele gostaria de ter algo com ela, intimidade de qualidade é sempre algo extraordinário de experienciar na vida, mas mesmo que isso não aconteça, ele continua a ser bom para ela, ele continua a Amá-la.
Ele não fica chateado nem faz birra – tipo criança – porque uma mulher não quis ter sexo com ele ou ter uma relação íntima com ele. Ele fica com pena, mas ele sabe que a sua missão é fazer as mulheres felizes, e ele vive isso. E se ele sentir que se entregou ao máximo à sua missão, que de facto contribuiu para a vida de uma mulher, então ele sente-se bem e satisfeito.

O que o faz sentir-se bem não é o obter algo de uma mulher. É o dar-lhe algo. Se ele conseguiu contribuir, então está tudo bem. Mesmo que não chegue a haver intimidade física entre ambos, ou uma relação. Seria fantástico se houvesse, mas não havendo e apesar de ficar com pena, ele Ama a mulher e por isso dá-lhe a liberdade de voar na direcção que mais a fizer feliz. E se ele não estiver incluído nessa direcção, paciência. O importante é a felicidade da mulher. E mesmo que ele perceba que a direcção que ela escolheu não é a melhor para ela, ele deixa-a voar nessa direcção, pois Amor é Liberdade e é assim que funciona naturalmente. Ele nunca procura controlar ou prender a si uma mulher. Ele surge na sua vida, tem a ligação que é possível ter com ela, está com ela quando for possível e partilha com ela o que for possível.

Tu podes confiar neste tipo de homem, e sim ele existe. Mas para ele aparecer na tua vida são necessários certos requisitos mínimos.

O primeiro deles é sem dúvida viveres o teu dia-a-dia a acreditar que este tipo de homem existe e que é apenas uma questão de tempo até ele surgir na tua vida e fazer parte dela.

Qualquer pensamento de “é bom demais para ser verdade” só te vai sabotar e prejudicar.

Se queres mesmo conhecer um homem deste tipo, Masculino Consciente, tens mesmo de pensar e acreditar que é possível. Qualquer conclusão ou mentalidade negativa só te vai afastar cada vez mais dele, e fazer surgir na tua vida o tipo errado de homem.

O segundo requisito é teres espaço para este tipo de homem poder surgir e manter-se na tua vida.
E o que isso quer dizer é que libertas tempo e energia deixando de estar com o tipo errado de homem. Ou seja, aprendes a detectar o Ego Masculino, e mesmo que te sintas atraída a um nível sexual, tomas a decisão de te afastares. Custe o que custar. Enquanto andares em relações ou curtes com o Ego Masculino, o Masculino Consciente não tem como entrar na tua vida, pois não há espaço para ele.

É importante que percebas que lá porque um homem te beija isso não garante que de facto goste de ti. Ele pode estar-te a beijar não porque gosta de ti como Ser, como pessoa, mas apenas porque gosta do teu corpo/aparência, se sente físicamente atraído por ti e quer obter prazer físico.

Não confundas “querer obter prazer físico beijando-te” com “gostar de ti”. Sim ele pode beijar-te porque gosta de ti, porque te Ama, e ao mesmo tempo porque se sente físicamente atraído por ti e deseja partilhar intimidade física contigo. Mas só o beijo em si não garante nada. É o que se passa antes e depois do beijo que te vai dar a resposta.

O Masculino Consciente vai-te beijar por te apreciar como Ser completo. Não apenas por causa da tua aparência. E tu vais perceber isso quando o olhares nos olhos conscientemente... porque ele vai estar a olhar-te nos olhos como se não existisse mais nada nem ninguém no mundo. A vossa ligação, antes e depois do beijo, é próxima. Tudo se foi desenvolvendo naturalmente. As vossas conversas e saídas são estimulantes. Tu sentes que não se trata apenas de curtes, pois há muito mais para além disso.

Outro requisito super importante é a tua atitude. Se te fazes de difícil, se o tentas manipular, se te finges desinteressada, o Masculino Consciente simplesmente desaparece da tua vida.

Repara bem nisto:

O Ego Masculino vive em carência, controlado por impulsos de necessidade e carência. Ele quer obter algo de ti que está relacionado com esses impulsos, e por isso quando te fazes de difícil ou te finges desinteressada, ele vai atrás de ti.

Só que o Masculino Consciente não quer obter nada de ti. Logo se te fazes de difícil ou te finges desinteressada, ele não sente a motivação de ir atrás de ti pois os seus impulsos não o controlam. Simplesmente chega à conclusão de que é melhor afastar-se pois não pode partilhar momentos e intimidade física contigo. Ele passa a outra, mas deixando sempre a porta aberta para ti.

A atitude que atrai e mantém por perto o Masculino Consciente é diferente da atitude que atrai e mantém por perto o Ego Masculino.

Se te fazes de difícil ou desinteressada, só irás atrair e manter na tua vida egos masculinos – o tipo errado de homem.

Se fores autêntica, se procurares partilhar momentos e intimidade, irás atrair e manter na tua vida masculinos conscientes – o tipo certo de homem em quem podes confiar e com quem te podes sentir bem, tendo paixão e romance na vida.

O Masculino Consciente não sente qualquer satisfação relativamente a jogos imaturos de manipulação. Ele não vive nessa realidade. Ele não vive em carências e medos...

Ou há partilha de momentos juntos, ou há abertura, ou há estímulo, ou se está a aproveitar a vida com alguém, ou há intimidade física, ou ele simplesmente não está interessado. Tem pena mas segue o seu caminho. Parte para outra com quem possa experienciar o tipo de momentos e intimidade que deseja.

Ele tem opções e cria-as naturalmente, ele sente-se completo e satisfeito consigo próprio, ele procura dar e partilhar... logo não há como o manipular ou controlar para se obter seja o que for dele ou para o manter por perto.

Então o que tens de fazer concretamente?

Primeiro de tudo, não podes estar à espera que seja um homem a fazer-te sentir bem contigo própria. És tu quem o tem de fazer. Tens de resolver a relação que tens contigo própria, e fazes isso dedicando-te conforme puderes ao teu desenvolvimento como ser humano e mulher.

Depois de conheceres um homem, de teres o seu contacto (tlm, msn, etc) e de sentires que gostas dele, não podes estar sempre numa de passiva, à espera que seja ele a iniciar tudo, a demonstrar o interesse, a fazer elogios, a convidar-te para sair, a iniciar as conversas, para que assim te sintas desejada e bonita.

Ele irá fazer isso tudo à mesma, mas tens de ser mais acertiva e assumir mais a responsabilidade pela tua vida amorosa, pois isso é sexy numa mulher.

Porque do outro lado, surpresa! Também está um SER HUMANO!!

Se nunca lhe dizes nada, se nunca o convidas para sair, se nunca demonstras nenhum interesse e estás sempre à espera que seja ele a manter viva a ligação, ele irá pensar “Ela não me convida para sair, ela não me diz nada... é porque não está interessada e lhe é indiferente se faço parte da vida dela ou não”.

O Ego Masculino vai a correr atrás de ti para te caçar a atenção – pois o pobre desgraçado vive sempre em carência.

Mas o Masculino Consciente vai-se apenas afastar e procurar alguém com quem possa ter a ligação que deseja, alguém que também contribua para a relação e para a intimidade.

E agora podes estar a pensar:

“Mas se eu demonstrar interesse, se eu o convidar para sair, ele vai pensar que sou fácil, que estou garantida e vai afastar-se, vou perdê-lo...”

E tens razão, porque...

O EGO MASCULINO FUNCIONA ASSIM!

Mas para que raio é que tu queres na tua vida um Ego Masculino que não te sabe apreciar como mulher, nem apreciar o que sentes e fazes por ele?

É simples... para NADA!

Está na altura de começares a ter um sério e sólido auto-respeito por ti.

É que é completamente absurdo e ridículo... uma das maiores anedotas de todos os tempos.

Pensa bem nisto:

Tu gostas de chocolate porque não estás a comer cholocate, ou porque no momento em que estás a comer chocolate gostas do seu sabor e o aprecias ao máximo?

É óbvio que gostas de chocolate pelo que sentes no momento em que o estás a comer.

Então para quê o ridículo de fazer saudades?!

Porque queres um *pateta* que só te sabe “apreciar” porque não estás com ele? Ou porque te fazes de difícil? Ou porque te fazes de desinteressada?

Quando não há ligação, saídas, conversas, partilha e intimidade... surpresa! Não há NADA!! Lol

Evitar isso pode aumentar o desejo de o ter... mas tu não deves querer um homem imaturo que precisa disso para “gostar” de ti. Mas sim um homem evoluído que saiba apreciar todos os segundos que está contigo, que te sabe apreciar, que aprecia a ligação que vocês têm, que partilha contigo experiências, que aprecia a intimidade que vocês têm... pelo que é e no momento em que está a acontecer.

Por existir... e não por ainda não o ter conseguido. Porque se o objectivo é conseguir e não é experienciar algo contigo pelo experienciar em si (apreciar), depois de o conseguir ele vai sempre sentir que cumpriu a sua "missão" (obteve o que queria) e vai-te abandonar, trair, etc.

Depois da caça... o caçador vai-se sempre embora.

E tu não queres um caçador... tu queres um homem a sério que te saiba dar valor e apreciar, mesmo que esteja contigo todos os dias – porque te Ama, porque vive os momentos contigo pelos momentos em si.

Ele busca por sentir a experiência que tu és e proporcionas.

E os jogos dos *gulp!* ciúmes...

Há uma coisa que tens de perceber:

Lá porque um homem tem ciúmes isso não quer dizer que goste de ti. Apenas significa que precisa (de obter algo) de ti, e que está com MEDO de te perder.

Medo é o extremo oposto de AMOR.


Logo quando um homem tem ciúmes e reage negativamente a isso, só quer dizer na verdade que não te ama, que não tem capacidade para isso.

Pois quando um homem te Ama ele dá-te liberdade para fazeres tudo o que quiseres sem te julgar, criticar ou tentar controlar. Mesmo que esse algo seja rejeitá-lo ou trocá-lo por outro.

Sim, ele também sente algo. Ele fica com pena... mas ele Ama-te e quer-te feliz, e se a tua nova decisão é que te faz sentir melhor, então ele deixa-te sempre seguir nessa direcção.

Claro que se o que fizeres com essa liberdade não for íntegro, e se o traíres, prejudicares ou desrespeitares constantemente, ele tem o auto-respeito para te deixar.
O Amor não é cego, ele Vê tudo. É um nível de consciência elevado que tudo percepciona. O que é cego, ou o que cega as pessoas é a carência, necessidade e desejos – quando o ego as controla. Logo ele Ama-te, mas também se Ama a si próprio. Ele perdoa-te, mas falta de Integridade não lhe proporciona as experiências, momentos, ligação e intimidade que de facto o estimulam no nível de consciência em que ele vive.

Tens de pensar mais no que podes oferecer ao homem e fazê-lo sentir, e menos no que podes obter dele e em como o podes obter.

Voltando ao que tens de fazer concretamente...

Se tens o número dele... telefona-lhe!

Convida-o para sair. Faz-lhe surpresas. Elogia-o. Expressa livremente o que sentes por ele. Salta-lhe para cima!

Queres receber algo? Dá esse algo!

Se gostas mesmo dele então demonstra-lhe isso.

Não é para seres só tu a fazer tudo e a iniciar tudo, mas fá-lo quando te sentires motivada a fazê-lo.

Queres estar com ele mas ele ainda não te disse nada?

Telefona-lhe e convida-o para sair!

Não cometas o erro de lhe telefonar para lhe cobrar algo. Do género, ele ainda não te telefonou e tu telefonas-lhe a dizer “Yo! Então, não dizes nada mother fucker?!?!?”

Muito mais atraente do que atacar com energia negativa é criar com energia positiva.

Em vez de fazeres isso telefona-lhe para irem a um sítio fixe fazerem algo fixe.

Tens mesmo de perceber isto:

Estares sempre à espera que seja ele a dizer-te algo para que sintas que ele gosta de ti e para te sentires melhor contigo própria não garante nada nem é a atitude certa.

Uma relação íntima, uma ligação, é sempre um processo de criação constante a dois.

Se queres ter uma relação extraordinária tens de a criar. Não pode ser uma relação de dependência e carência, de alívios interiores. Tem de ser uma relação de partilha de momentos e intimidade, na qual a atitude é de dar, e não de obter por necessidade.

É natural que te surja o medo de ele pensar que és fácil ou de te magoares. Isso não tem mal nenhum, mas não podes deixar que esse medo te controle as decisões. Não o podes seguir. Se de facto gostas do homem, então segue a vontade que tens de estar com ele e de fazer com ele o que desejas. Se não gostas dele então não voltes a estar com ele.

Se é agradável conversar e sair com ele, se gostas de o beijar, então faz isso. Se conversar e sair com ele não é estimulante, então não fales mais com ele nem saias mais com ele. Se não o desejas beijar então não o beijes.

Agora, se gostas dele, não te ponhas com jogos, “pé atrás”, fazer de difícil ou de desinteressada numa tentativa de o prender ou manter interessado/por perto pois essa atitude só resulta com egos masculinos. Essa atitude só atrai, mantém por perto e “interessado” o Ego Masculino – que é precisamente o que não te interessa.

Sim ele pode pensar que és fácil e até se pode afastar – mas é o Ego Masculino, deixa-o pensar o que quiser, deixa-o desaparecer e afastar-se. Ele não te interessa. Tu és uma mulher fantástica à mesma, independentemente do que ele possa pensar de ti, de ele se afastar ou não.

Com essa nova atitude irás aos poucos fazer desaparecer da tua vida os egos masculinos, e criar espaço para o Masculino Consciente poder aparecer e fazer parte da tua vida.

Outro ponto importante é perceberes que assim como há um ego masculino, há um ego feminino. Isto significa que enquanto não transcenderes o teu próprio ego feminino e deixares de ser controlada pelos seus impulsos, muito dificilmente perceberás se está um ego masculino ou um Masculino Consciente à tua frente.

O Masculino Consciente pode beijar-te, estar a olhar-te nos olhos e a dizer-te que te Ama, e tu não vais perceber que ele é um Masculino Consciente. Irás percepcioná-lo como mais um ego masculino, irás tratá-lo como mais um ego masculino, e farás com quem o Masculino Consciente se afaste (com pena), mas sem poder fazer nada. Ele irá sempre manter a porta aberta para ti, mas sem o aceitares, sem demonstrares interesse, sem partilhares momentos e intimidade com ele, ele não tem como fazer parte da tua vida. Poderias ter começado a experienciar a intimidade e a ligação na tua vida amorosa que tanto desejas, mas infelizmente com essa atitude não o permites acontecer.

O Masculino Consciente segue o seu caminho na vida, ele tem opções e não é dependente nem carente... logo é apenas uma questão de tempo até aparecer alguém na sua vida com quem ele possa ter os momentos e a intimidade que mais o satisfazem. E se não o reconheceres como Masculino Consciente, se não tiveres a atitude de abertura (Amor) que o atrai e estimula, esse alguém muito provavelmente não serás tu.

E o pior de tudo é que para além de não reconheceres o Masculino Consciente e de teres a relação íntima e ligação profunda que realmente desejas, irás a seguir ter algo com mais um ego masculino que te vai desiludir e magoar.

Nota: Se eu repito um conceito é porque é mesmo muito importante...

Este é um novo nível de consciência e dinâmica, mais elevados, e eu sei que ao início pode ser assustador pois não estás habituada a eles.

Sê bem-vinda ao desenvolvimento humano ;)

Mas se queres mesmo garantir a ti própria que nunca mais te magoas numa relação com um homem, que nunca mais te partilhas físicamente e/ou emocionalmente com um homem que te manipula, usa e faz sofrer, então tens mesmo de começar a usar esta nova atitude e forma de ser.

Eu sei que não é fácil, mas também sei que é possível.

Ao início irás atravessar o deserto. A nova atitude irá afastar alguns homens que já conheces e durante algum tempo não irás conhecer nenhum homem. É a chamada fase de transição. Mas não há outra volta a dar, o deserto faz parte da caminhada e direcção certas.

Depois algo extraordinário vai começar a acontecer...

Agora já sabes, tens uma escolha a fazer. A decisão é tua:

Podes continuar a partilhar-te ao calhas com os homens que quiseres da forma que quiseres – e isso não tem mal nenhum – tenhas com eles apenas uma ligação física/sexual ou uma relação íntima... e saíres mais uma vez magoada/desiludida, não experienciando a intimidade e ligação que realmente desejas...

Ou podes começar a adoptar esta nova atitude, ver-te livre das dores de cabeça (e de coração) que costumas ter com os homens, tornar-te automaticamente mais atraente, e experienciar algo magnífico na tua vida amorosa com um homem que não só te estimula, mas em quem também podes confiar.

Deves ler e reler este post até te lembrares de todos os conceitos e assimilares tudo o que aqui partilhei contigo. Isto tem de fazer parte de ti... senão nada muda. Tira apontamentos, escreve afirmações... faz o que te costuma ajudar mais a integrar algo novo na tua vida.

E se neste momento há um homem de quem gostas, mas ao qual ainda não te abriste a sério e tens feito os joguinhos do costume... então já sabes o que fazer: expressa o que sentes, contacta-o, convida-o para algo... e sente a diferença.

Perguntas:
CoolVibesClub@hotmail.com

Há um homem que por ti mergulharia no inferno, mas para o descobrires primeiro tens de Acordar... pois ele já o está a fazer por ti.
~ Pedro Constantino
:: Cool Vibes ::

Junta-te à comunidade online do Cool Vibes em
http://coolvibes.ning.com/ conhece pessoas interessadas em desenvolvimento humano, e recebe todos os segredos e dicas em 1ª mão!

17 comentários:

Hugo Roque disse...

Bom dia grande Pedro!

Tenho lido os teus textos para mulheres e tenho gostado imenso.É incrível o que se pode aprender enquanto homem lendo esse tipo de textos. É, no fundo, observar o outro lado da moeda.

Estes textos têm vindo a esclarecer-me algumas dúvidas em relação ao processo do Cool Vibes porque sempre te referiste ao Homem como tendo a função de celebrar a mulher, fazê-la feliz, ao mesmo tempo que esse mesmo Homem tem por função fazer-se feliz a si próprio. E surgia-me sempre a questão: "Então mas por que raio a Mulher não tem essa mesma função de se fazer feliz a si própria? Por que razão tem de ser o "coitado" do Homem a fazer a menina feliz?" E este último texto é muito importante porque vem precisamente alertar as mulheres que querem subir de nível de consciência a tratarem da sua própria felicidade, do seu próprio preenchimento interior e adquirirem também a mentalidade da contribuição e partilha. Não meramente a esperar passivamente que sejam os homens a tomar sempre as iniciativas, a fazer os convites, a propôr programas. Acho que tal como homens de consciência evoluída, também as mulheres de consciência evoluída são quem está a criar a sua a vida e, para isso, é preciso tomarem iniciativas, fazerem as coisas acontecerem.

Parabéns pelo texto, grande abraço,
Hugo Roque

Anónimo disse...

Fantastico, que bom seria se vivessemos em um mundo onde pelo menos 50% das pessoas já estivessem evoluídas a este nível de consciência.

Força, que um dia chegaremos lá.

Anónimo disse...

Belo post. Gostei e muito. Pedro, o que acontece, na prática, é que a sociedade reprova, critica, condena e fala mal das mulheres que são muito abertas e muito simpáticas. Ou seja, quanto mais reservada e tímida a mulher for maior será a sua aceitação na sociedade, isto falando a nível sexual. Mas, se a mulher for muito extrovertida, aquela que conversa e rí com todo o homem, ela corre o risco de ser julgada na praça pública. Pedro, infelizmente, é esta a realidade dura a que estamos condenados.

Anónimo disse...

Provavelmente um dos melhores posts do Cool Vibes :)

♥Rose♥ disse...

Hey Pedro, este foi o post que mais gostei de ler até hoje, simplesmente ESPECTACULAR...só fiquei com uma duvida, a mulher que toma a iniciativa não está a ser masculina?
uma das qualidades da mulher feminina é ela ser passiva e agora dizes que ter iniciativa é sexy???lol fiquei baralhada :S

DON CONEJO disse...

Que estimulante esse post Pedro...
o bom é que assimilei como se fosse para homens falando de mulheres, e também me pus no lugar do Masculino Consciente.. fico feliz de estar no caminho certo.
Parabéns pelas sábias palavras ;)

Fabio disse...

Vi num filme uma vez que um cachorro lambe o dono porque lambeu o saco e quer tirar o gosto ruim,rsrsrsrsrs acho que isso não quer dizer que ele goste mais do dono né...

Muito bom o post continua assim ...

Pedro Constantino disse...

Obrigado Hugo!

Há conceitos para os quais faltam as palavras certas... o vocabulário que existe nesta era só alcança o normal desta era em termos de consciência. Ainda não me apeteceu inventar palavras mas no futuro terá mesmo de ser.

Digo isto por causa do conceito de "fazer a mulher feliz". Nunca foi com o significado de trabalhar pela mulher pelo seu bem estar interior... mas sim para descrever a oferta de algo positivo sem querer algo em troca. Gerar energia positiva e emoções positivas nas interacções e saídas é trazer algo especial à vida de uma mulher e "fazê-la feliz". É tornares-te no tipo de homem que já vive assim, e que em vez de querer obter algo dela, de lhe mentir, magoar e trazer as dores de cabeça do costume, traz estímulo, desejo, paixão, romance, diversão e intimidade à vida dela. Ele cria algo, não porque tem de ser ele a criar tudo (o que não faz sentido pois a relação mais elevada é uma dinâmica de partilha e criação a dois), mas porque é a sua forma natural de Ser.

Esteja à sua frente uma mulher, um homem, uma criança, um velhote, um cão, um dinossauro, 250.000 guerreiros persas ou o Michael Jackson a dançar com o Elvis Presley.

Dieguinho Gonçalves disse...

Eaw portuga, Pedro, suas dicas me ajudaram demais, cara aquele lance de compaixão e amizade com as mulheres cara, tô fazendo um monte de amigas, fico com algumas é simplesmente fantastico e ontem por acaso acabei conhecendo uma que gostei muito, vamos ver onde vai dar neh kkkkkk !! Brother abraço e continue fazendo esse trabalho, vc ta ajudando muito, são coisinhas simples como essa que muda nossas vidas !! dig_love@hotmail.com

Pedro Constantino disse...

Não há desculpas para não se ser aquilo que é preciso para se alcançar mais satisfação e felicidade na vida amorosa... neste caso com os homens. A sociedade critica e condena, mas só o medo pode parar alguém. Eu garanto-te que se hoje fores a um café e meteres conversa com um homem, falares com ele 5 minutos, trocarem o contacto e depois amanhã ou noutro dia sairem juntos para se conhecerem melhor, NINGUÉM vai saber ou reparar ou querer saber disso. Eu não estou a falar de uma maratona sexual escandalosa... estou a falar de criar ligações com novas pessoas. E se já conheces o homem então muito mais natural e normal é de vez em quando o convidares para sair, telefonares-lhe, enviares-lhe sms e demonstrares o teu interesse.

Se alguém critica e condena algo tão normal e natural, então tenho uma surpresa para ti: é precisamente do tipo de pessoa que NÃO TE INTERESSA. Que não deves manter na tua vida.

O inferno é feito de desculpas para não se ter de fazer o que é preciso (actos de coragem) que criam o paraíso.

Ou somos mais um que contribui para o sofrimento no mundo, ou somos mais um que contribui para a felicidade no mundo. O primeiro é fácil: basta ter medo, seguir esse medo e o que a sociedade e os outros dizem. O segundo é um caminho de coragem e desafio constantes, de criação de momentos extraordinários que inspiram e ajudam os outros.

Se todos formos como a sociedade actual diz para sermos vai ficar tudo na mesma. Para ela mudar e evoluir nós temos de trazer novos comportamentos, atitudes, energias e estados/níveis de consciência.

A escolha é simples: medo ou Amor? Fugir ou Criar? Esconder ou Ser?

Pedro Constantino disse...

Rose:

Não é suposto a mulher ter apenas nela desenvolvida energia feminina mas também masculina. Ambas as energias são importantes.

Enviar um sms a um homem a dizer "Hey hoje saio mais cedo bora beber um café ao "X". Vem ter comigo lá à entrada às XXh" não é uma atitude masculina catastrófica que destrói toda a atracção que existia.

É uma energia diferente, de atenção e de apreciação, que na verdade até é feminina. Demonstra ao homem que se quer estar com ele, que se gosta dele. Isso é energia feminina. Tem um pouco de masculina também... mas é irrelevante.

Temos de ter e usar as duas. E o problema surge quando vemos as energias mentalmente... porque a mente funciona através de dualidade e ou vê uma coisa ou só vê o seu oposto. Um está certo e o outro está errado... por isso a questão das energias Yin/Yang não pode ser vista através de lógica e meros comportamentos.

Tu podes convidar um homem para sair de uma forma feminina. Ou feminina e masculina ao mesmo tempo.

No momento de tomar a iniciativa ou de fazer um convite, até pode nem haver polaridade. Esses são momentos muito curtos, e se logo a seguir regressar a polaridade há atracção novamente. É a energia do momento presente que define o que acontece.

Logo se há 3 segundos a mulher foi mais masculina pois foi meter-se com o homem no café, agora se for feminina durante a interacção há polaridade novamente e há atracção.

Isto não é o robô/software do feminino que só é feminino em todos os contextos e situações porque em todos os contextos e situações tem de haver polaridade. Isso não faz sentido nenhum.

Há momentos em que não há polaridade, há outras energias. A energia do Amor nada tem a ver com polaridade e atrai. Um convite com a energia do Amor atrai. E não gera polaridade nenhuma.

Uma mulher não é apenas energia feminina. A energia feminina é uma das suas energias. Ser feminina é apenas uma das qualidades que a mulher deve ter. Ela também deve ser divertida, interessante e íntegra, entre outras coisas. E nada disso tem a ver com polaridade.

É sexy porque confiança e energia positiva, abertura, demonstração de interesse, ser sociável, etc, independentemente de ser feminino ou masculino, é estimulante, agradável e atraente. Dá vontade de estar mais próximo da pessoa, de descobrir mais sobre ela e de passar mais tempo com ela.

O grande problema é ver isto mentalmente - "agora no momento X tenho de ser feminina". Isso não é ser feminina, é pensar feminina. É suposto sair naturalmente depois de estar desenvolvido. Não tem a ver com decorar comportamentos e encaixá-los na altura certa...

Se só fores feminina e não fores masculina de vez em quando também não serás tão atraente quanto poderias ser. Sem as qualidades do masculino não podes ser uma companhia/parceira tão estimulante e atraente como poderias ser.

Nuns momentos és mais feminina e há polaridade/atracção e isso leva à intimidade física... noutros momentos és mais masculina e irás estimular o homem de outra forma, com outras energias, pois uma relação íntima não é apenas sexo.

henrique disse...

Ás vezes parece q muitas coisas q são ditas aqui são idealizadas..tenho essa impressão..como se só

funcionassem num ambiente idealizado...controlado..

Existe também uma supressão do chamado ego masculino como algo ruim sempre...mas se sabe q é quase impossível,

e acho até cruel consigo mesmo, destruir as sensações do tal ego masculino..fazem parte de nós também..assim

como a própria ignorância..

Penso q tudo tem sua importância em determinado momento..?sera impossível ter ao mesmo tempo uma consciência

masculina e o ego masculino?..afinal o ser humano é uma mistura de coisas..

Algumas afirmações do blog nesse tema "Como detectar e Evitar o Tipo Errado de Homem" podem ser uma visão

esteriotipada das coisas...e até maniqueista..

Ninguem é sempre uma coisa só...acredito q o ego masculino pode estar no homem numa fase da relação e depois

ele se tornar consciente e valorizar a mulher a seu lado..

Assim como o masculino consciente pode simplesmente se deixar envolver por uma situação de momento..e trair

sua mulher..mesmo ele consciente q é de momento...porém, mesmo assim, o quiser naquele momento..como se fosse

uma diversão apenas...sem culpa até..sem deixar de amar e valorizar sua mulher..

Em padrões morais isso é inaceitável...e ainda nesses padrões seria enganar a mulher...mas não SOMOS esses

padrões..nem isso faz de ninguém bom ou mal..são apenas padrões/regras..

Para onde vão os impulsos?..sempre controlados?...destruidos?...seria interessante mesmo uma vida tão certa?..

Acho q por isso não fiquei totalmente satisfeito com o q foi escrito nesse tema...apesar de sentir em mim

essas caracteristicas de masculino consciente...nunca tive sorte com mulheres..devo sentir pena delas?..

Sei que para vocês esse estado de consciência masculina deve ser puro e inabalável para funcionar...mas sera q

existe?

Porque as mulhers são tão atraidas pelo ego masculino?..se são tão imprestáveis..talvez deva existir as duas

coisas em um homem?

Só isso explica essa sensação de idealização q senti ao ler esse tema..uma idealização q tento mudar faz anos

em mim...pois ser humano não é puro..

Pedro Constantino disse...

Henrique, não percebeste o post.

O ego não se destrói ou desaparece, transcende-se e inclui-se. Continua a existir, mas deixa de nos controlar. Não se trata de reprimir, trata-se de ter a escolha consciente de seguir um impulso ou não. Porque seguir impulsos ao calhas, inconscientemente, é fácil... ser Íntegro é que já não.

Se queres sentir-te livre para trair uma mulher, essa é a tua opção. Podes ficar eternamente no nível do masculino egocêntrico.

O Ego Masculino e o Masculino Consciente são níveis diferentes da mesma energia. Um mais baixo, outro mais elevado... é como o cinema a preto-e-branco mudo, e o cinema a cores, 3D com dolby surround. Chama-se a isso evolução: mais e melhor para todos, homem e mulher.

O Masculino Consciente NUNCA trai. Tanto porque não é controlado pelos seus impulsos, e ele sente-os mais intensamente que o Ego Masculino (pois é mais evoluído e está mais Aberto à realidade), só que não é controlado por estes e nem os precisa de reprimir. Ele não precisa de satisfazer-se com algo que não tem valor... ele já vive num estado de Felicidade interior. Logo ele só segue os impulsos que fazem sentido seguir. E trair uma mulher é ridículo, patético e completamente imaturo. Logo ele não o faz. Não porque há uma regra imposta do exterior, mas porque ele sente algo interiormente que o leva a fazer outras coisas, como por exemplo, AMAR a mulher com quem está numa relação. Apreciá-la e celebrá-la, criar o melhor tipo possível de momentos e intimidade com ela. Ele sente o impulso à mesma, mas só o segue se quiser. E o seu nível de consciência faz com que ele siga a Integridade, o trazer algo de especial ao mundo, e não mais traição e energia negativa egocêntrica. Ele tem a mulher, com quem está numa relação, em consideração em todos os momentos. As escolhas que ele faz na vida têm em conta o bem-estar da mulher com quem está numa relação. Isto porque de facto ele a Ama - quando a maioria dos homens apenas estão com uma mulher para satisfazer impulsos, carências, obter prazer e validação, etc. Estão para obter, e não para DAR. E é por isso que depois traiem.

Para se trair é preciso primeiro estar-se com alguém do sexo oposto... e ele não sente a necessidade de estar com outras mulheres uma vez que está comprometido. Ele não precisa disso. Ele segue o seu caminho na vida, as suas paixões, e dedica-se à mulher com quem escolheu estar numa relação.

Nós somos livres de decidir o que quisermos, se tivermos as capacidades e a consciência para isso. Só que primeiro tem de haver evolução interior.

Eu nunca traí uma mulher. Neste momento estou numa relação e simplesmente deixei de sair com as mulheres com quem saía quando era solteiro, e não ando a conhecer mais mulheres. E isto é algo que qualquer ser humano, qualquer homem, pode fazer. É super fácil.

Para quem não se dedica a uma evolução espiritual que traz novas formas de pensar e funcionar, que traz novas prioridades, princípios, valores e preferências, é impossível de facto perceber o que digo no Cool Vibes. Sem meditação nada feito.

O Cool Vibes está aberto a todos, mas não é para todos.

Pedro Constantino disse...

Henrique, não percebeste o post.

O ego não se destrói ou desaparece, transcende-se e inclui-se. Continua a existir, mas deixa de nos controlar. Não se trata de reprimir, trata-se de ter a escolha consciente de seguir um impulso ou não. Porque seguir impulsos ao calhas, inconscientemente, é fácil... ser Íntegro é que já não.

Se queres sentir-te livre para trair uma mulher, essa é a tua opção. Podes ficar eternamente no nível do masculino egocêntrico.

O Ego Masculino e o Masculino Consciente são níveis diferentes da mesma energia. Um mais baixo, outro mais elevado... é como o cinema a preto-e-branco mudo, e o cinema a cores, 3D com dolby surround. Chama-se a isso evolução: mais e melhor para todos, homem e mulher.

O Masculino Consciente NUNCA trai. Tanto porque não é controlado pelos seus impulsos, e ele sente-os mais intensamente que o Ego Masculino (pois é mais evoluído e está mais Aberto à realidade), só que não é controlado por estes e nem os precisa de reprimir. Ele não precisa de satisfazer-se com algo que não tem valor... ele já vive num estado de Felicidade interior. Logo ele só segue os impulsos que fazem sentido seguir. E trair uma mulher é ridículo, patético e completamente imaturo. Logo ele não o faz. Não porque há uma regra imposta do exterior, mas porque ele sente algo interiormente que o leva a fazer outras coisas, como por exemplo, AMAR a mulher com quem está numa relação. Apreciá-la e celebrá-la, criar o melhor tipo possível de momentos e intimidade com ela. Ele sente o impulso à mesma, mas só o segue se quiser. E o seu nível de consciência faz com que ele siga a Integridade, o trazer algo de especial ao mundo, e não mais traição e energia negativa egocêntrica. Ele tem a mulher, com quem está numa relação, em consideração em todos os momentos. As escolhas que ele faz na vida têm em conta o bem-estar da mulher com quem está numa relação. Isto porque de facto ele a Ama - quando a maioria dos homens apenas estão com uma mulher para satisfazer impulsos, carências, obter prazer e validação, etc. Estão para obter, e não para DAR. E é por isso que depois traiem.

Para se trair é preciso primeiro estar-se com alguém do sexo oposto... e ele não sente a necessidade de estar com outras mulheres uma vez que está comprometido. Ele não precisa disso. Ele segue o seu caminho na vida, as suas paixões, e dedica-se à mulher com quem escolheu estar numa relação.

Nós somos livres de decidir o que quisermos, se tivermos as capacidades e a consciência para isso. Só que primeiro tem de haver evolução interior.

Eu nunca traí uma mulher. Neste momento estou numa relação e simplesmente deixei de sair com as mulheres com quem saía quando era solteiro, e não ando a conhecer mais mulheres. E isto é algo que qualquer ser humano, qualquer homem, pode fazer. É super fácil.

Para quem não se dedica a uma evolução espiritual que traz novas formas de pensar e funcionar, que traz novas prioridades, princípios, valores e preferências, é impossível de facto perceber o que digo no Cool Vibes. Sem meditação nada feito.

O Cool Vibes está aberto a todos, mas não é para todos.

henrique disse...

Me fiz de advogado do diabo..pois achei necessário..

também nunca trai uma mulher...e não vejo sentido em trair por impulsos vazios...além de me dar mal-estar..

mas quis ser mais realista e menos purista do que foi dito nesse tema...pessoas nao são constantes...como se trata de evolução acredito q um homem de ego masculino poderia torna-se um masculino consciente..por AMAR e vir a meditar nos reais valores de um relacionamento...evoluir...e não apenas tendo que ser primeiro consciente para depois amar..isso é muito frio...não é verdadeiramente humano..

sei q vai dizer q o ego masculino nunca amará...mas estará sendo purista..ninguem é só ego...nesse mesmo ser com ego tem alguém com sentimentos e isso pode o tocar..e transformar.

concordo enquanto ao julgamento do momento de uma pessoa..se ela esta sendo egocentrica ou consciente...mas dai a imediadamente condena-la é um tanto precipitado..

...

e sobre o conceito de trair.. ainda poderia ser melhor discutido..pois acho q esta sim muito ligado a regras do que propriamente ao que somos..enquanto seres humanos..

um exemplo menos egocêntrico seria:..um masculino consciente encontrar outra feminina consciente e querer passar momentos legais(ou fixe como voces falam, mas nao sei bem o q significa)..

esses momentos com outras mulheres são de acordo com sua atual mulher..sendo uma relação aberta..isso é impossível?

caso seja impossível...me parece q isso só se dá devido as tais regras morais...nao a pessoas de consciencia em si..mas se trataria de ego..ou é nesse momento q devemos seguir o ego?...para q bem maior?..

eu particulamente sou contra "traição" devido a meu ego..mas percebo como idiota é isso..

provavelmente o conceito do cool vibes irá dizer q isso não é necessário para um casal consciente..mas creio ser passível de acontecer..e totalmente aceitável..pois não é algo do ego..é vida..bem maior.

voce fala q parou de sair com as outras mulheres quando entrou em um relacionamento..porque?
elas não são mais suas amigas???...porque parar de ter momentos bons com suas amigas? nao falo de algo amoroso..apenas bons momentos..não as adora mais?
foram mulheres do ego?...

Pedro Constantino disse...

O Ego não tem capacidade de Amar pois é a sua condição natural. Mas todos os Egos podem evoluir para níveis mais conscientes se assim o desejarem, e adquirirem essa capacidade.

O Ego tem uma capacidade muito limitada de apreciação por alguém, pois o melhor que consegue apreciar é o que obtém das pessoas, e não as pessoas em si como Ser. Ele associa as emoções positivas do que obtém de alguém à pessoa em si, mas isso não é apreciar directamente a pessoa, o Ser.

Tens de ler mais posts e ouvir mais áudios do Cool Vibes, eu não vou estar a responder a algo que já foi explicado dezenas de vezes aqui, e que são horas de informação.

Mas para acabar:

Se ambos os parceiros directamente e honestamente acordaram ter uma relação em que se podem envolver com outras pessoas, então isso não é traição. Ambos sabem, e ambos concordaram.

O que tens de fazer é pensar em que sentido queres evoluir, e aprender e FAZER o que for preciso para isso. Como queres ser? O que queres experienciar na vida?. Isso é desenvolvimento humano. E se o Cool Vibes não te serve, agradeço a tua visita mas terás de seguir o teu caminho e procurar respostas e soluções noutro lado.

henrique disse...

obrigado pela ajuda..
obrigado pela boa fé..
obrigado pelas considerações.

mas não seja tão radical...sempre preto ou branco..

pois diversos conceitos do cool vibes me interessam e me servem, comecei a pouco a conhecer..e já estou com grande estima..

Obrigado!
Sucesso!