sexta-feira, 31 de julho de 2009

“Como Atrair As Mulheres Que Desejas e Não Apenas Aquelas Que Não Desejas”


Há um fenómeno muito curioso na vida amorosa de certos homens:

Por alguma “misteriosa” razão, eles atraiem mulheres em quem não estão interessados, mulheres por quem não se sentem atraídos mas que demonstram interesse amoroso neles... e depois aquelas mulheres por quem eles de facto se sentem atraídos não querem nada com eles e rejeitam-nos.

Mas porque é que isto acontece?! Não parece fazer sentido nenhum...

E o que um homem nesta situação pode fazer para passar a atrair também as mulheres por quem se sente atraído, e não apenas aquelas por quem não se sente atraído?

O tema do post de hoje não surgiu por acaso... quer dizer, por acaso até surgiu por acaso. A inspiração é que não foi comum...

Comprei a revista Playboy portuguesa nº1... e sim, foi só mesmo para ver as imagens, e não para ler os artigos ;)

Li-a de uma ponta à outra, pois estava curioso por descobrir se tinha algo que pudesse ajudar os seus leitores masculinos a melhorar a sua vida amorosa...

Conclusão?

Não tem.

E acho que já estavas à espera desta resposta.

Tal como Hugh M. Hefner diz na Carta de Editor:

“O nosso objectivo é o mesmo de sempre. Entretenimento para uma nova geração de homens sofisticados, empenhados e bem sucedidos – e para as mulheres das suas vidas.”

Para homens íntegros é que está quieto...

É mais do mesmo, tal como as outras revistas masculinas (GQ, Maxmen, FHM, Men’s Health, etc)... só que talvez mais erótica e atrevida.

A intenção é entreter, não é ajudar os homens na sua vida amorosa e, quem sabe, a conhecer (e a ser atraentes para) as mulheres como as que aparecem na revista.

Como entretenimento é fixe, tem alguns artigos informativos, interessantes e divertidos... mas pouco mais oferece. Mantém o nível de consciência do materialismo superficial, da mulher-objecto, e das relações fast-food, das curtes anónimas, etc.

Agora, houve uma secção chamada “Conselheiro” que me chamou à atenção.

Esta secção tem como objectivo responder a dúvidas e perguntas dos homens sobre as mulheres e a vida amorosa... e eu pensei “isto vai ser divertido...”.

E foi. É pena é que não tenha sido mais do que isso...

É puro entretenimento e uma visão muito básica e superficial do que é a atracção. Envia-se a pergunta e fica-se praticamente na mesma...

E foi logo a primeira pergunta que me inspirou para o post de hoje.

Repara bem no título: “A Mulher Feia”

E agora lê a pergunta:

«Porque tenho queda para as feias? Não sei o que acontece, mas a mulher com quem sonho nunca me aparece. Já as que não fazem o meu género vêm aos montes. Os meus amigos dizem que elas acham que vou ser cirurgião plástico. Como é que faço para me livrar das feias e atrair as beldades?»

“Como é que faço para me livrar das feias e atrair as beldades?”

Muito bem campeão... ora aí está uma bela atitude de compaixão ;)

Seja como for, a pergunta é legítima. Muitos homens passam por isto e têm esta dúvida.

Agora repara bem na resposta. Não há nada de errado nela, pois o seu objectivo é apenas entreter. De qualquer forma segura-te...

“Porque será que o Brad Pitt não teve problemas em atrair a Angelina Jolie? O senhor não nos enviou um retrato. Nem precisa. É óbvio que não deve ter grandes atractivos físicos. Se fosse boa pinta, certamente não teria esse problema. Ora, como para isso não há remédio, sugiro que invista em qualidades que podem ser aprimoradas, como a inteligência, o sentido de humor e – claro – o saldo da conta bancária.”

Portanto meu caro amigo do Cool Vibes, a grande solução é ter boa pinta. Nem é preciso aprender mais nada. Este foi oficialmente o último post do Cool Vibes, vou acabar com o projecto.

Ah! Mas não te esqueças de aprimorar o saldo da conta bancária... que é para atraires mulheres que querem estar contigo pelo dinheiro e não por ti. Sim, aquelas mulheres espectaculares que te gastam o dinheiro em compras para compensar a sua baixa auto-estima, enquanto depois se satisfazem sexualmente com um bad boy motoqueiro qualquer, que já foi preso 4 vezes, fuma ganza, bebe demasiado e ainda lhe bate. E ela depois diz que o ama e que ele *gulp!* a ama também.

Eu nem sei por onde começar... por vezes há nós que mais vale cortar. Mas enfim... vou começar por explicar que é óbvio que quem enviou esta pergunta ficou na mesma (ou pior) na sua vida amorosa.

Como se os atractivos físicos fossem o único factor que atrai uma mulher sexualmente ou intimamente. Ajuda, é verdade. Mas não é tudo. Quase ninguém sabe isto, mas até o Brad Pitt, com a sua aparência, tinha dificuldades em conhecer e atrair mulheres quando chegou a Hollywood. Aparência não é tudo... nem é o factor que mais define o que acontece entre um homem e uma mulher.

Ter boa pinta é fixe... é a grande salvação amorosa e sexual dos níveis de consciência mais baixos, que não têm mais nada para atrair o sexo oposto sem ser o corpo e a cara com que nasceram.

Ou os que arranjaram com uma operação plástica... o que não tem mal nenhum.

A parte das qualidades está correcta... mas inteligência e sentido de humor não fazem uma mulher desejar físicamente um homem. Sim, ela vai gostar dele e da sua companhia, mas só ter essas qualidades leva a uma amizade, não a uma relação amorosa onde há intimidade física.

Polaridade Masculino/Feminino e Energia Erótica/Sensual são dois conceitos demasiado “futuristas” para a mente egocêntrica-materialista.

Mas ao pé disso, “boa pinta” é como que uma pedra ao lado de um planeta. A aparência pode atrair... mas e depois? Se o homem não tiver o seu lado masculino desenvolvido e não se der polaridade... se ele se sentir desconfortável com a sua sexualidade e pelo desejo sexual que sente pela mulher... se ele não compreender as dinâmicas da energia erótica e da sensualidade, e se isso não for uma parte natural de si... bem pode ter boa pinta que fica só amigo e será sempre rejeitado como parceiro íntimo.

Mas vamos lá dar uma resposta a sério à pergunta do homem...

Este nosso amigo tem um problema logo de início: a aparência da mulher é demasiado importante para ele. E cá para mim é a única coisa que ele consegue ver e apreciar numa mulher. Pois se não fosse ele jamais teria a dúvida que teve, não se sentiria tão incomodado pelo que lhe tem acontecido.

É óbvio que ele vai afastar ou repelir as mulheres a que chama de beldades... anda esfomeado por elas. Cada vez que vê uma deve logo ficar a babar-se, inundado de um desejo carente quase desesperado que lhe traz uma energia e atitude de caçador.

Nenhuma mulher gosta de ser vista como um objecto. Beldades incluídas. E é precisamente isso que ele faz. Avalia-as pelo corpo, pelo pacote, pela caixa, pela capa... pelo seu lado material apenas.

E as mulheres físicamente atraentes já estão mais que fartas disso. Porque não é uma verdadeira apreciação... é um querer obter algo dali. Um querer usar o seu corpo para ter um orgasmo... ou para se auto-validar pois tem-se uma namorada bonita. Ou pior ainda: para mostrar aos amigos e obter a sua validação. As típicas focas de circo a bater palmas...

Este tipo de homem vê uma mulher bonita e fica logo todo guloso... tipo macaco a olhar para a banana. Obviamente que as faz desejar fugir, e bem rápido, dele. São os homens que gritam uma patetice qualquer da janela do carro ou da mota quando vão a passar por uma mulher.

E sim: isso é mesmo o melhor que conseguem fazer diante de uma mulher atraente.

Outra coisa em que são profissionais é em ficar altamente nervosos e apatetados na sua presença.

Este homem tem 3 problemas:

1) A beleza física é o único factor de decisão, pois se não fosse ele não ficaria incomodado por atrair as “feias”...


2) Uma vez que não quer as “feias” e quer ver-se livre delas, é fácil perceber que não tem qualquer compaixão pelas mulheres...


3) Este exige uma explicação maior...

Geralmente, este é o tipo de homem com quem tudo está bem até se sentir atraído pela mulher.

Ou seja, quando ele está diante de uma mulher por quem não se sente atraído, com quem não deseja nada físico ou ter um namoro, ele está descontraído, tem atitudes confiantes, é divertido, tem boas conversas, etc. Ou seja, ele está a ser estimulante e atraente.

Mas assim que se sente atraído por uma mulher, e deseja ter algo com ela (obter algo dela), uma vez diante dela ele fica nervoso. Fica nervoso porque fica preocupado. E fica preocupado porque tem medo de estragar a oportunidade... tem medo de dizer ou fazer algo que a faça afastar-se... tem medo de não chegar onde deseja com ela... e está preso dentro da cabeça a pensar no que há-de dizer e fazer para conseguir obter dela o que deseja.

Obviamente que esta atitude não é atraente. No momento em que ele está preocupado, dentro da cabeça a tentar controlar a situação e manipular a mulher... não está a ser estimulante. Não está a ser divertido. Não está a ter boas conversas. Não está a ter compaixão por ela.

O medo de não estragar é o que estraga tudo. É completamente desnecessário e bloqueia as qualidades do homem, que são o que de facto atrai a mulher.

Ele pode ter boa pinta, mas se tiver esta atitude vai continuar a não atrair as mulheres que deseja. Pelo menos a longo prazo, isso é de certeza.

Portanto, para além de ter de ser masculino e ter a energia erótica/sensual integrada em si, a solução é simples:

*Ser conscientemente selectivo (e não escolher a mulher apenas por causa da sua aparência);

*Ter compaixão (e ter prazer em falar e estar com uma mulher independentemente da sua aparência);


*Ter uma atitude de partilha de momentos, sem precisar de obter nada a seguir (e não uma atitude de obter, e de ter de ter algo com a mulher só porque ela é bonita e ele se sente atraído).

Se reparares as soluções são semelhantes. E é verdade, o princípio é o mesmo: espiritual, ou transpessoal.

Vai para além do nosso eu separado (ego), e do que ele deseja. E por isso tem em consideração a mulher, apreciando a sua beleza física, mas também tudo o resto do seu Ser.

Para se poder amar verdadeiramente uma mulher, tem-se de amar todas as mulheres. Independentemente da sua aparência.

Aí sim, um homem saberá o que é o amor de uma mulher.

Por detrás da beleza também há sempre tristeza e sofrimento... e se nunca viste isso, então nunca viste nada.


Perguntas:
CoolVibesClub@hotmail.com

Pedro Constantino


PS: Workshop Introdução à Atracção quase a chegar!! Descobre sobre o que é e como te inscrever, enviando-me um email para
CoolVibesClub@hotmail.com com o assunto “Workshop IA – informações” e recebe *grátis* o PDF com tudo o que precisas de saber. Eu só faço esta worskhop uma vez por ano... e já há pessoas inscritas. A última vez que fiz uma workshop para homens e mulheres vieram pessoas da Madeira, Algarve e Porto, e a sala ficou tão cheia que houve quem se tivesse de sentar no chão. Por isso sê rápido!


2 comentários:

AlFaS disse...

eu ainda nao acredito que a playboy deu um conselho daqueles :S uma vez li a menshealth e ate dava conselhos interessantes, mas aquele :o fiquem sem palavras :S é que nem é verdade :S começo a compreender porque a maioria dos homens é tao mediocre, podera quando querem aprender sobre mulheres, levam com conselhos destes... É que até aposto que o homem teria la os atraibutos fisicos

Anónimo disse...

Oi muito bom este post!!

Olha uma cena pedro, qual e a justificação tanto para as mulheres como para os homens terem AQUELE SONHO ENORME E GIGANTE de quererem ser modelos?? Tudo EGO?? Tudo para se sentirem "superiores" e para elevar a auto estima?
cumprimentos!!!