sexta-feira, 26 de junho de 2009

“As 7 Virtudes de Vénus, parte 5: Como Ser Uma Mulher Que Se Sente Confortável Com A Sua Sexualidade, Corpo e Desejos de Intimidade Física”





Hey, bem-vinda à quinta parte do fantástico programa do Cool Vibes só para mulheres, sobre atracção natural, AS 7 VIRTUDES DE VÉNUS!





Se és uma mulher e estás farta dos problemas, desilusões, mentiras, inseguranças, dúvidas, secas e sofrimento do costume na tua vida amorosa, e desejas encontrar, conhecer e atrair naturalmente o tipo de homem que te pode de facto trazer a intimidade física, o divertimento entusiasmante, as conversas estimulantes e a ligação profunda que realmente desejas, e criar assim uma vida amorosa extraordinária, então este programa é para ti!

Antes de partilhar contigo qual é a 5ª virtude da mulher naturalmente atraente, certifica-te de que já sabes qual é e como desenvolver a quarta virtude aqui:

http://coolvibesblog.blogspot.com/2009/06/as-7-virtudes-de-venus-parte-4-como-ser.html

E se desejas saber de todas as novidades relativamente a este programa e ainda não fazes parte da mailing list do Cool Vibes, então envia-me agora um email para
CoolVibesClub@hotmail.com com o assunto “Lista Cool Vibes” e recebe todas as notícias *grátis* por email.

Nota: a tua informação não será partilhada com ninguém.

E agora sem mais demoras, vamos passar ao que realmente interessa!



AS 7 VIRTUDES DE VÉNUS
5 – Sexualmente Confortável...


A mulher naturalmente atraente sente-se confortável com a sua sexualidade, corpo, desejos de intimidade física e a sua satisfação.



O que isto significa?

Vamos lá falar sobre sexo... ;)

Isto significa que a mulher não tem inseguranças, medos e preconceitos relativamente à sua sexualidade, corpo e ao sexo em geral. Ela não foge do acto sexual como o diabo foge da cruz... ela não critica nem julga as opções sexuais e vida sexual dos outros... não vê o sexo como algo errado, ou um pecado, e satisfaz-se sexualmente de uma forma consciente, sentindo imenso prazer durante todo o processo. É algo natural para si, e não tem vergonha dos seus desejos de intimidade física, nem de os satisfazer.

Agora, isto não significa que seja uma mulher promíscua. Uma mulher que se partilha físicamente e sexualmente com qualquer homem que crie esse desejo nela. Não significa que a sua vida gire à volta do sexo e de ter orgasmos com estranhos. Não quer dizer que queira apenas relações sexuais, encontros sexuais, ligações físicas sexuais e nada mais.

Tudo isto é um processo consciente e equilibrado.

Significa também que a mulher se sente confortável com o seu corpo e aparência física, que se aceita como é físicamente (ao mesmo tempo que procura evoluir físicamente, tratando da sua aparência e higiene, procurando ser saudável, estar em forma, alimentar-se bem e de forma equilibrada, vestir-se de uma forma que lhe fique bem, ter um estilo próprio, arranjar-se de uma forma que lhe fique bem, etc). Há sempre alguém que se sente atraído pela nossa aparência, e o nosso corpo ou dimensão física não é a única solução que um ser humano tem para criar desejo sexual em alguém do sexo oposto.

Por isso, e se for o caso, é importante que resolvas de uma vez por todas a relação que tens com a tua aparência. Serás sempre bonita para alguém, e criarás sempre desejo sexual em alguém. Mas primeiro tens de te aceitar como és, e deixar para trás as desnecessárias dúvidas de “sou bonita ou não?”. Serás bonita quando te achares bonita, pois aí irás projectar uma energia, uma luz radiante, que é a verdadeira beleza de um ser humano. A beleza física é fixe... mas há muitas mulheres que são consideradas bonitas, tanto por homens como por mulheres, mas que não têm essa luz interior. Vivem na dúvida, mergulhadas num oceano de insegurança e baixa auto-estima relativamente à sua aparência. Pois isso é algo que nenhum elogio exterior pode resolver, apenas pode aliviar durante uns segundos, minutos ou horas. Só tu te podes tornar na mulher bonita que desejas ser e projectar ser, através da tua mudança de mentalidade e energia. Isso tem muito a ver com o desenvolvimento de auto-estima, que é a 7ª virtude de Vénus. Mas para já, decide aceitar-te como és sem procurares provas lógicas disso na tua mente, ou provas reais disso no mundo exterior. Apenas porque queres, e porque te aceitas e amas. Sem mais dúvidas ou preocupações, tu és bonita e ponto final. A mulher, a energia feminina, é a luz da vida. É a beleza da vida em si... e é esta a mentalidade que deves desenvolver e instalar em ti.

Pois não é quando os homens virem e apreciarem a beleza em ti que a irás sentir... mas é sim quando primeiro sentires a beleza em ti que depois os homens a irão ver e apreciar.

Quando falar sobre a auto-estima, a 7ª virtude e última parte deste curso online, tudo isto fará mais sentido e saberás melhor como desenvolver esta virtude. Seja como for, tens de te sentir confortável com o teu corpo e aparência, aceitá-la, amá-la, deixar de a julgar e criticar ou mandar abaixo, tratar dela, desenvolvê-la, etc. Porque senão jamais conseguirás de uma forma descontraída e natural mostrá-la a quem desejares, para que assim seja possível o especial acto sexual, a expressão física de amor e a explosão de prazer, que não é meramente corporal, mas também emocional e espiritual.

Portanto ser uma mulher sexualmente confortável não significa que agora andes para aí a fazer sexo com qualquer homem que crie desejo em ti. Não significa que te partilhes físicamente e sexualmente com qualquer homem. Significa que ao descobrires um homem que realmente te merece, estimula e cria desejo sexual em ti, sentes-te confortável para avançar numa ligação física, ou pelo menos permitir que isso aconteça naturalmente. Não vais fugir, evitar, sentir-te altamente nervosa e preocupada, ou mesmo com medo, não vais dar um significado errado à situação do género “ele só me quer pelo meu corpo” ou “ele só quer sexo e depois vai desaparecer”, etc.

Isso acontece com o tipo errado de homem, não com todos os homens. E só acontece a quem deixar, por não ter o auto-respeito suficiente para dizer “Não”, ou porque não sabe como detectar a tempo o tipo errado de homem. Não há apenas homens “esfomeados” por sexo, sem consideração pelas mulheres, que só sabem apreciar e desejar o seu corpo e aparência (dimensão) física, e que querem usar o seu corpo para ter um orgasmo e depois porem-se a andar.

Há vários tipos de homens, há homens de diferentes níveis de consciência. Todos eles sentem desejo sexual pelas mulheres, o problema não é esse. O problema é como lidam com esse desejo, com essa atracção, e como satisfazem esse desejo. Há uma forma íntegra e autêntica de o fazer na qual há 100% de consideração e compaixão pela mulher, e há uma forma manipuladora, desonesta e egocêntrica de o fazer, na qual não há qualquer consideração pela mulher. E o que tens de aprender a fazer é a detectar a tempo esses dois tipos de homens. Pois o primeiro é o tipo de homem que te pode de facto fazer feliz e dar prazer... o segundo tipo só te vai fazer sentir mal, contribuir para uma baixa auto-estima, e vai-te enganar e usar. E depois por-se a andar.

Um homem nunca deve entrar na tua vida e fazer parte dela através de uma ligação física. Ou seja, algo semelhante a: primeiro sexo ou curtes e depois é que começam a sair juntos e a se conhecer. Se o tipo errado de homem só quer sexo, e se tu permites que isso aconteça logo ao início, então estás a deixar a porta completamente aberta para que esse tipo de homem apareça quando bem lhe apetecer. Dessa forma não poderás seleccionar...

Deves deixar entrar na tua vida através de uma ligação emocional. Algo que do lado de fora se assemelha a uma amizade. Pois se o homem estiver contigo, a sair contigo, a divertirem-se juntos e a conhecerem-se, sem nunca ter havido nada físico, então aí podes ter a certeza que é impossível ele apenas estar interessado em algo físico. Pois se estivesse já teria desaparecido, uma vez que não estava a obter nada de sexual. Através da ligação emocional tu percebes se um homem de facto gosta de ti e de estar contigo, e tem consideração por ti, sabe apreciar-te como uma mulher em todas as dimensões... ou se apenas se sente atraído pelo teu corpo e aparência, quer sexo e depois por-se a andar. Garanto-te que um homem que apenas quer sexo jamais vai andar a sair contigo só pelas conversas e pelo Ser que és. Ele é muito primitivo e básico, não tem capacidades para apreciar isso. Logo, ao ver que não está a obter nada de sexual, não há curtes nem sexo, vai-se desmotivas e desaparecer... ou então tentar forçar isso a acontecer, o que é óptimo pois assim percebes logo claramente o que ele realmente quer, e o tipo de homem que é.

Lá porque ao início só há uma ligação emocional, uma espécie de amizade, isso não quer dizer que não haja o desejo de uma ligação física também, e que isso não seja possível. A ligação emocional é apenas a primeira fase. Depois, quando percebes que o homem realmente te merece, estimula e pode fazer feliz, a ligação emocional continua, mas começa também a ligação física.

Mas para isto ser possível não podemos ser controlados pelos nossos desejos. Temos de os aceitar, perceber o que realmente são, senti-los pelo que são, mas conseguir ver para além deles, e tomar uma decisão que é independente deles. Pois lá porque uma pessoa sente o desejo de fazer sexo com alguém, isso não significa que esse alguém depois a vá respeitar ou que de facto goste dela pelo Ser que é, e não pelo prazer físico que pode sacar dela. É apenas um estímulo, um desejo, criado pela dimensão física, e o ser humano é composto por 4 dimensões.

E uma coisa que nunca deves fazer é usar o sexo para chegar ao amor. É que isso nem sequer faz qualquer sentido. Deixar um homem fazer sexo contigo na esperança de que ele depois te ame, é quase o mesmo que acreditar no Pai Natal. Isso não existe nem funciona assim.

Sexo é uma ligação física. É o prazer físico, o orgasmo. Oferecer isso não cria amor na outra pessoa. Dá-lhe um orgasmo e pouco mais.

Amor não é algo que se obtém do exterior, não é algo que se obtém de alguém, nem é algo que se possa criar dentro de alguém oferecendo-lhe um orgasmo. É algo que cada um desenvolve dentro de si, evoluindo espiritualmente e desenvolvendo a sua consciência. Não tem nada a ver com o mundo material e físico. Tem uma expressão no mundo material e físico, mas a sua origem é espiritual.

Um homem nunca te irá amar porque lhe fizeste o favor de fazer sexo com ele. Ele só te irá amar se antes já for evoluído para isso. O que geralmente acontece é que o homem gosta do sexo, e como não tem mais opções (ou tem mas aquela é novidade) fica dependente e viciado nela. Parece que gosta da mulher e que a ama a seguir ao acto sexual e durante uns dias ou semanas, mas na verdade o que se passa é que gosta do que está a obter da mulher: prazer sexual, orgasmos. E quando se fartar ou conhecer alguém “melhor” (mais físicamente atraente ou excitante para ele, ou simplesmente alguém que é novidade), vai desaparecer e a mulher nunca mais o vê. Ou pior, para o voltar a ver consegue um belo negócio de sexo em troca de companhia breve e atenção. Tradução: será usada e enganada.

O problema da maioria dos homens é que são completamente controlados pelo desejo sexual que sentem. E para o satisfazer vale tudo. São marionetas do seu corpo, mesmo que até gostem da mulher. Não têm capacidade nem consciência para não ser escravo do seu desejo sexual, e depois acabam por tomar decisões não íntegras. Uma delas bastante famosa, a chamada traição. Mas estes são homens de um nível de consciência baixo... não são homens naturalmente atraentes.



Porque é esta virtude importante e o que acontece se não a desenvolveres?

Se desejas ter uma relação íntima extraordinária, então também tem de fazer parte dessa relação uma ligação física estimulante. Uma relação íntima, para ser extraordinária, tem de ser estimulante em todas as 4 dimensões, e não apenas em 3, 2 ou *gulp!* 1.

Uma mulher que não é sexualmente confortável, pode estimular a outros níveis, pode ser uma pessoa fantástica, mas a ligação física ficará sempre prejudica, muito aquem do que poderia ser, e a relação íntima não será extraordinária (segundo a classificação integral do Cool Vibes).

Se não é uma relação completa o que desejas, então não precisas de dar atenção a esta virtude. Mas se desejas uma relação íntima extraordinária, que seja uma aventura romântica altamente estimulante, então esta virtude é essencial.
O homem naturalmente atraente não quer uma mulher apenas para fazer sexo. Ele quer uma mulher que o estimule a todos os níveis, e com quem possa partilhar bons momentos e experiências. Qualquer coisa que fique abaixo disso não o motiva a meter-se numa relação, e por vezes nem sequer a voltar a ver a mulher (quando ela ou é extremamente negativa ou tem falta de integridade).

Mas ele também quer uma ligação física... logo se a mulher não estiver à altura disso, se ela pela menos não estiver aberta a isso, e sentir-se confortável com isso, não é que ele desapareça da sua vida, mas uma relação íntima com ele será impossível.



Como é que se desenvolve conforto sexual?

É uma questão de mentalidade. E por isso há que dar à sexualidade, ao acto sexual e aos desejos sexuais o significado correcto e útil, e ter uma atitude positiva e descontraída relativamente a eles.

Ter crenças negativas ou limitadoras relativamente ao sexo é aqui o grande problema. Se para ti isto é algo perfeitamente natural e já sentes esse conforto sexual, então óptimo. Não precisas de fazer este trabalho. Mas se sentes que te retrais muito, que evitas ligações físicas quando não teria feito mal nenhum e até era seguro, se sentes que ficas demasiado preocupada e com medo em te partilhares físicamente e sexualmente com um homem, então há um trabalho de afirmações a fazer.

Podes começar por ver alguns filmes eróticos. Isso pode dar uma pequena ajuda em termos de desenvolver em ti um conforto com essa energia. Aceitar essa energia erótica como algo natural e humano, pois sem sexo não há reprodução e sem reprodução adios ser humano. O acto sexual, quando realizado num nível de consciência mais elevado e não meramente egocêntrico, é uma expressão do mais autêntico e genuíno Amor, ou da paixão que se sente pela outra pessoa.

Há uma artista à qual deves dar um pouco de atenção:

Madonna.

Mesmo que não gostes da sua música, e não tens de gostar, ela expressa muito o seu lado sexual e sensual no início da sua carreira. Procura ver alguns dos seus videoclips, principalmente do albúm Erotica, e se possível algumas entrevistas que lhe tenham feito no final dos anos 80 ou início da década de 90.

Tens aqui o exemplo de uma mulher real, que se sente muito confortável com a sua sexualidade. Não tens de exagerar como ela, ou de o expressar tanto como ela, mas pode-te servir de inspiração.

Seja o que for cujo tema ou energia seja o da sexualidade ou algo erótico, vai-te ajudar neste processo. E se for algo ou alguém de que de facto gostes, melhor ainda.

Agora as afirmações...

Assim como em outras virtudes, uma ferramenta muito útil que te vai ajudar na tua transformação interior são afirmações. Vou dar-te aqui alguns exemplos. Usa-os, mas lembra-te também de escreveres as tuas próprias afirmações que sentes que têm mais a ver com a tua situação pessoal e o que pretendes alcançar.Como funcionam as afirmações? Repetição e visualização. Ou seja, tens de as escrever, ou pelo menos ler, todos os dias ou sempre que possível, e imaginar vividamente o que elas descrevem. As afirmações ajudam-te a direccionar os teus pensamentos e decisões, a mudar a tua atitude, e a fazer sentir-te da forma que mais rapidamente te fará mudar e chegar onde desejas.Um exemplo de afirmação para esta virtude é:

“Eu sinto-me extremamente confortável e descontraída com a minha sexualidade.”

Outros exemplos que podes usar:

“Para mim o sexo é um acto perfeitamente natural.”

“Eu posso sempre dizer não e parar quando quiser.”

“Sexo é uma forma positiva de expressar paixão e de alcançar prazer intenso.

“Eu apenas o faço com quem quero, e escolho sempre o tipo certo de homem para o fazer. E por isso sinto-me totalmente descontraída para o fazer.”

Não há um número ideal de afirmações para usar, por isso usa a quantidade que sentires mais útil para ti. Se estas não te agradarem, cria algumas novas e diferentes para ti. Cada pessoa é um caso e terá as suas preferências individuais. Eu apenas aqui dou sugestões que podes usar à vontade, ou então que podes usar como inspiração.

E é isto relativamente a esta virtude. Uma pequena coisa que também te pode ajudar é praticar algo que te meta em contacto com o teu corpo, como por exemplo dançar, fazer yoga ou praticar um determinado desporto.

Até à próxima virtude, explora a tua sexualidade e sente muito prazer...
~ Pedro Constantino

Perguntas:

CoolVibesClub@hotmail.com

A seguir em “As 7 Virtudes de Vénus”: Uma Mulher Feminina e Sensual...


5 comentários:

venus disse...

Devo confessar que já tive muito estes pensamentos:
“ele só me quer pelo meu corpo” ou “ele só quer sexo e depois vai desaparecer”, etc.
Nunca me senti confortável com homens que conhecia há pouco tempo, não confiava neles.
Há ainda uma conversa que me chamou a atenção no vídeo das 7 qualidades da mulher de qualidade em que dizes "se não for sexualmente confortável podem esquecer a intimidade... ela só está com vocês para obter validação", e vendo as coisas por esse lado realmente as mulheres, se calhar por serem mais românticas, sentem-se usadas, mas também se esquecem que o homem é mais sexual, logo ela deve pensar nos dois.

Vinicius disse...

Só faço a observação que quando falas que o sexo não é pecado, deve-se ter o conhecimenbto que no casamento não é pecado, mas antes e/ou fora do casamento é pecado sim, conforme podemos ver na bíblia em Apocalipse 21:8.

Observações a parte, agradeço por fazeres um grande trabalho, muitas das dicas para mulheres também valem para os homens e vice-versa, tenho aprendido muito.

PedroXeneta disse...

É óptimo ver que se pode falar simples e abertamente para algo que parece tão complexo! É como tudo: VIVE! momento a momento.

Pareceu-me que podias rever algumas partes do texto.


Parabéns por mais um! ;)

abraço

Kohinoor disse...

Ya a Madonna é grande exemplo!
"Express yourself, don't repress yourself".

Uma sugestão às mulheres (que não deve ser novidade para elas),
"toquem-se" mais vezes :P

Pedro Constantino disse...

Kohinoor:

Olha-me este maluco, "toquem-se mais vezes"... adivinhaste um aspecto importante da próxima virtude. É nas workshops e aqui, este homem está todo entusiasmado, muito bem! Obrigado por falares nisso, espero que esteja tudo fixe contigo. Grande abraço!