AMOR

"Ensina só Amor, pois é isso que tu és"

terça-feira, 9 de junho de 2009

“As 7 Virtudes de Vénus, Parte 1: Como Ser Uma Mulher Com Uma Vida Social Estimulante e Divertida”

Hey, bem-vinda à primeira parte do fantástico programa do Cool Vibes, só para mulheres, sobre atracção natural, AS 7 VIRTUDES DE VÉNUS!




Parabéns pela tua decisão de procurar soluções e respostas para poderes criar uma vida amorosa mais estimulante.

Se és uma mulher e estás farta dos problemas, desilusões, mentiras, inseguranças, dúvidas e stress do costume na tua vida amorosa, e desejas encontrar, conhecer e atrair o tipo de homem que te pode de facto trazer a intimidade, o divertimento, as conversas e a ligação que realmente desejas, então este programa é para ti!

Como funciona? É muito simples:

Este programa é composto por 7 partes. Em cada parte irei partilhar contigo uma das 7 virtudes de Vénus, ou seja, uma qualidade que não só te vai tornar mais atraente para o tipo certo de homem (aquele que te pode fazer realmente feliz, ao contrário do homem comum de que já estás mais que farta), como também capaz de ter mais satisfazção na vida em geral e sentir mais emoções positivas no teu dia-a-dia.

Este programa não se trata de truques ou esquemas, mas sim de uma compreensão Verdadeira, realista e prática de como as coisas realmente são e funcionam, e é um processo de transformação pessoal. Portanto ler estes 7 posts com atenção várias vezes é essencial, mas não chega. Há que fazer os exercícios e tomar as decisões necessárias, para que as mudanças e os resultados surjam de vez e de forma consistente.

Obviamente que este programa é apenas para mulheres que desejam realmente mudar a sua realidade amorosa, e que estão dispostas a aprender e a fazer tudo o que for preciso. Mas lembra-te de que tudo o que vou partilhar contigo neste programa é apenas a minha sugestão pessoal, tu és livre de usar ou não os conceitos e de os integrar na tua vida. Se não te identificares com o que falo e explico neste programa, então este não é o programa certo para ti nem aquilo que realmente buscas, e por isso deves continuar a tua pesquisa. Seja como for és sempre bem-vinda ao Cool Vibes, a deixar a tua opinião consciente e a fazer-me as tuas perguntas.

Uma última coisa antes de começar a partilhar contigo qual é a 1ª Virtude:

Caso tenhas alguma dúvida em relação a algo deste programa, podes falar comigo pessoalmente por MSN. Para isso basta enviares-me um email para
CoolVibesClub@hotmail.com com o assunto “7VV – MSN” e irás receber o MSN que deves adicionar para falar comigo.

Todos os cursos online do Cool Vibes têm sessões de online coaching, e por isso este também vai ter.

E chega de introduções e explicações, penso que tudo isto é bastante simples e já sabes tudo o que precisas para poderes desfrutar e tirar todos os benefícios possíveis deste curso online...

Por isso, vamos lá passar à acção!


AS 7 VIRTUDES DE VÉNUS
1 – VIDA SOCIAL ESTIMULANTE

A mulher naturalmente atraente é socialmente activa.

O que isto significa?

Significa que ela tem uma vida social estimulante. Que sai regularmente de casa para se divertir e estar com quem mais gosta. Que vai onde mais gosta, quando mais gosta, com quem mais gosta, fazer o que mais gosta.

Atenção que ser uma mulher socialmente activa não significa ser fútil ou sair todos os dias e noites da semana. Tu é que sabes o que é uma vida social estimulante e rica para ti... não tens de sair todos os dias da semana. Longe disso. Se para ti ter uma saída semanal brutal é o que te preenche e estimula socialmente, então é isso que deves fazer.

Qualquer coisa que faças fora de casa por puro prazer, descontracção e divertimento é o que considero aqui vida social. Não tem de ser noitadas em discotecas. Se tens aulas de yoga, ou costumas ir a um determinado centro comercial ou jardim passear, ou a um café conversar, ou ir ao cinema, teatro, à praia, etc, então isso faz parte daquilo que, no contexto desta virtude, falo de vida social.

É na sua essência sair de casa, frequentar um local, e fazer algo com alguém ou sozinha. Se bem que com alguém é sempre mais divertido e estimulante.

Porque é esta virtude importante e o que acontece se não a desenvolveres?

Porque, primeiro de tudo, o homem naturalmente atraente também é socialmente activo. Ou seja, ele terá sempre a sua vida social para além da relação que tem contigo. Ele irá sempre sair com os seus amigos, as pessoas que são especiais para ele, fazer aquilo que mais adora, onde mais adora. E enquanto ele estiver a viver a sua vida, terás de ter os teus programas sociais também. Saídas com as amigas, por exemplo.

Ele nunca estará contigo todos os segundos, muito menos será uma fonte de validação para aliviar carências, vazios interiores ou baixas auto-estimas. Terás sempre os teus momentos íntimos, intensos, divertidos e especiais só com ele, a dois, mas ele continuará a seguir o seu caminho, continuará a ter os seus amigos, actividades, vida social, etc. E tu também tens de ter. Para que quando ele te volte a ver, tu te sintas bem disposta porque no dia anterior te divertiste. E por te sentires bem disposta e teres coisas para contar, estarás a ser muito mais atraente e uma companhia muito mais estimulante, do que a mulher mal disposta e sem nada para contar, que manda vir com o homem porque ele não lhe deu atenção durante 24 horas, durante as quais esteve a fazer aquilo que o torna atraente: seguir o seu caminho e ter uma vida social.

Portanto, neste contexto, não ter vida social vai afastar o homem naturalmente atraente. Tens sempre de ter as tuas próprias coisas na vida que te enchem de energia.
Vénus não é a deusa do Amor porque todos a enchem de Amor. Ela é a deusa do Amor porque ela cria em si esse Amor, e depois tem o que partilhar com os outros. É ela quem se preenche e enche de energia... não é um homem que faz isso por ela.
A relação é uma dinâmica de partilha, não é um negócio de validação para encher vazios interiores. Já temos de nos sentir cheios, alegres e bem dispostos antes de termos uma relação seja com quem for.

E um dos caminhos para esse preenchimento pessoal independente é ter-se uma vida social estimulante, que nos faça sentir bem. Que seja uma fonte de emoções positivas. O homem não é uma ferramenta que serve para aliviar ou preencher a mulher de alguma forma... ele é uma oportunidade de contribuição para a mulher. Não é um algo onde se vai retirar algo... é alguém a quem se vai dar algo. Partilhar momentos e experiências.

E depois, sem vida social, sem se estar no meio social, é praticamente impossível se conhecer seja quem for. Não tem mal nenhum estar sempre em casa... mas o tipo de homem certo nunca irá aparecer do nada como por magia a tocar à campaínha. Para o conheceres tens de estar fora de casa, a divertir-te. Pois é no meio social, onde mais gostas de ir, que ele lá estará. E só lá estar não chega, tens mesmo de te sentir bem disposta lá. Porque o homem naturalmente atraente procura mulheres com quem pode passar bons momentos. Divertidos, estimulantes. Ele quer uma mulher que já se sinta bem, não uma mulher que ande à procura de alguém que a faça sentir-se bem.

Tudo o que fazemos na vida, e tudo o que fazemos os outros sentir, vem do que estamos a sentir no momento. E as pessoas gostam de nós pelas emoções positivas que criamos nelas... logo temos de estar em estados emocionais positivos para sermos atraentes quando estamos a interagir com alguém, ou a ser casualmente observados por alguém. Isto não como truque para usar na altura, mas sim como forma de caminhar pela vida.

Então e como é que se desenvolve uma vida social estimulante?

Para isso vais precisar de planear conscientemente o que vais fazer inicialmente.

Por isso pega numa folha e papel e numa caneta, pensa um pouco, reflecte e imagina como gostarias que a tua vida social fosse.

Escreve quantas vezes mais adorarias sair por semana. 1? 3? Todos os dias?

O que mais gostarias de fazer?

Onde mais gostarias de ir? Que locais mais desejas frequentar, visitar ou conhecer?

A que tipo de eventos e festas gostarias de ir?

Irias sair mais de noite ou de dia? Ou os dois, variando?

Com quem? Ou por vezes sozinha?

É importante que visualizes tudo isto a acontecer. Coloca a tua música favorita e imagina-te a sair de casa, a ir onde mais gostas, fazer o que mais gostas, com quem mais gostas. E hey... a conhecer o tipo de homem que mais desejas conhecer.

Imagina as emoções estimulantes a percorrerem-te o corpo... a enriquecerem a tua vida... a trazerem-te mais alegria e boa disposição... mais força para lidar com as coisas... mais ideias para saídas e divertimentos... mais histórias e coisas engraçadas para contar... mais memórias que te façam rir e sorrir de satisfação... mais pessoas especiais com quem podes partilhar bons momentos...

Há uma outra coisa que podes fazer... escrever afirmações. Afirmações são frases poderosas que te direccionam o pensamento e ajudam-te a sentir-te melhor e a tomar as decisões certas, que te vão levar à tua mudança interior e resultados exteriores.

Vou-te dar 3 exemplos de afirmações que podes já começar a usar:

“Eu tenho uma vida social estimulante e divertida!”

“Eu sou uma mulher sociável que sai para onde mais gosta e conhece pessoas fantásticas!”

“Sair é muito divertido e nunca se sabe as coisas maravilhosas que podem acontecer, ou quem se pode conhecer!”

Ok, lembrei-me de mais uma:

“Eu vou onde mais gosto, quando mais gosto, fazer o que mais gosto com quem mais gosto!”

É óbvio que estas frases não vão mudar magicamente como te sentes ou mudar a tua vida. Elas resultam se as escreveres todos os dias, e se imaginares bem o que elas descrevem e afirmam. Usa estas 4 e escreve mais algumas de que te lembres e que aches úteis para o teu caso pessoal e forma pessoal de pensar.

Aliás tanto a visualização que fizeste como as afirmações apenas te podem ajudar se forem realizadas todos os dias, ou sempre que possível.

E depois, claro, há que entrar em acção. Não dá para ficar apenas a ler este texto, a fazer visualizações e a escreves afirmações. Tens de sair de casa. Tens mesmo de andar por aí a sair com as tuas amigas. E quando te convidarem para algo aceita! Aproveita as oportunidades que surgirem, ou elas desaparecem.

Por isso, e para acabar esta 1ª parte do curso, tenho uma pequena missão para ti:

Hoje ou amanhã (no máximo depois de amanhã, mas é no máximo, ok? Não sejas malandra... lol) vais pegar no telemóvel e convidar uma amiga (ou mais!) para sair. Descobre algo que esteja a acontecer perto de onde vives, seja uma exposição, um festival, uma festa, uma feira, saldos, um filme novo que está no cinema, uma peça de teatro, uma sessão de autógrafos do Mickael Carreira (lol) qualquer coisa de que gostes, e vais lá com a tua amiga, ou amigas. E vais lá passear, descobrir coisas novas, conversar, rir-te, e divertir-te à grande! É um pequeno passo que tens mesmo de dar.

Ter uma vida social estimulante, conviver com os amigos e conhecer pessoas é essencial para se desenvolver certas qualidades importantes, se ser uma companhia mais atraente e estimulante e se poder criar uma vida amorosa extraordinária.

Requer algum tempo claro, e por vezes algum dinheiro. Mas tem de existir, tem de ser feito, mesmo que ao início sejam menos vezes e menos tempo. É a decisão que nos limita, e por isso ela deve ser a de sair, e não a de ficar sempre em casa. Tudo isto é feito com equilíbrio, não se trata de agora nunca estares em casa. Mas pelo menos uma vez por semana tens a tua saída fantástica que tanto adoras e que te enche de energia e força. Que te deixa bem disposta e alegre.

E durante essa saída, nunca sabes quando pode surgir aquele momento mágico de surpresa, em que conheces o homem da tua vida. Ele anda por aí... só tens de caminhar na sua zona e sentir as emoções positivas que o vão fazer reparar em ti e desejar conhecer-te.

Até à próxima virtude, sai, convive, ri e sê FELIZ!
~ Pedro Constantino

Perguntas:
CoolVibesClub@hotmail.com


A seguir em “As 7 Virtudes de Vénus”: Paixões e Interesses!


6 comentários:

Etaín disse...

Esta virtude é fácil!!!
E divertida!! E vem aí o Verão!!


(",)

" Minha Vida" disse...

" Ola , gostei imenso do teu cantinho , muitos parabéns ,nunca pensei encontar um blog como este !! ( desculpa os elogios risos) , mas não me pude impedir .. Prometo que vou voltar e ler tudo é interessante ..!!!"

Até breve!!

Anónimo disse...

imagina uma mente habituada a planos, seja por controlo do ego ou por mero hábito de seguir uma paixão até ao fim, quer chova, quer faça sol simplesmente por ter imaginado que tudo seria perfeito e diferente e acreditar que tudo é ou será assim nem que seja um pouco mais à frente... imagina uma mulher socialmente activa que cativa mas com um coração cigano que apenas se satisfaz com a concretização do plano, seja ele profissional, material ou até amoroso e que atravessa qualquer tempestade na esperança de depois vir a bonança ignorando qualquer outra oportunidade de talvez alcançar a felicidade noutro qualquer caminho paralelo... imagina alguém habituado ao sucesso e que negligencia conselhos de quem lhe diz que jamais alcançará seus objectivos ... imagina este tipo de personalidade apaixonada mas já cansada das voltas e reviravoltas de uma relação que nem principia nem acaba e que não sabe avançar sem antes alcançar o que imaginou... será isto fruto do ego, pura incapacidade de aceitar o fracasso? será isto um erro crasso? será um quadro mental que resulta para a vida profissinoal e material mas que jamais resultará para a vida amorosa porque essa não depende de um só? como modificar este quadro mental, como deixar de planear e tentar reproduzir o plano amoroso e simplesmente aceitar o improviso? como lidar com as imprevisibilidades incontroláveis no caminho escolhido (porque o outro será sempre diferente de tudo o que se possa planear) ou como mudar de caminho se algo em mim não o permite mesmo que em algum momento eu pense que isso é preciso? terei em falta alguma das 7 virtudes de Vénus?

Pedro Constantino disse...

Pela descrição que fizeste da tua situação, o que se passa é que estása funcionar demasiado com a tua dimensão mental (planear, chegar a resultados, etc) na vida amorosa. E tem que se viver com todas as 4 dimensões de forma equilibrada... e no fundo é isso que indirectamente as 7 virtudes resolvem.

A vida amorosa, ao contrário da profissional, não tem nada a ver com obter resultados. Tem a ver com criar e partilhar momentos e experiências estimulantes... com intimidade física e ligação emocional... com dar e contribuir para a vida do parceiro... com viver o momento pelo momento, etc.

Portanto há sem dúvida aí um ego a controlar e a baralhar tudo, e há uma mentalidade profissional que neste contexto apenas prejudica.

O meu conselho é que vás aprendendo e desenvolvendo as 7 virtudes, pois isso garante que corriges automaticamente tudo o que há para corrigir.

Muttting disse...

ei, pedro, adorei esse curso, vou continuar a faze-lo. só que não vou poder colocar em prática o desafio até depois de amanhã porque estou em período de provas, estamos próximos das férias na minha universidade, então, já viu, não é? um abraço, e parabens novamente!

Pedro Constantino disse...

Mutting:

Não faz mal, não há pressa. Fazes as coisas quando puderes e quando fizer mais sentido para ti. Tens o Verão todo para mergulhar neste curso e dedicar-te, entrando em acção.

Obrigado pelo teu comentário!