quarta-feira, 6 de maio de 2009

"Como Conhecer Mulheres em Jantares de Anos e Festas de Aniversário"


Hey mais um espectacular post sobre o processo natural e autêntico de conhecer mulheres! E desta vez nos loucos e divertidos jantares de anos (sim, aqueles onde geralmente há sangria à descrição).

Jantares de anos são uma excelente oportunidade para se interagir, divertir e conhecer mulheres, por várias razões. Seja qual for o aniversário a que vás, há sempre pessoas sentadas à mesma mesa que, apesar de serem amigos e amigas da pessoa que faz anos e que te convidou, tu não as conheces.

Pode não acontecer sempre, mas é comum acontecer em jantares de anos. A pessoa que faz anos muitas vezes tem amigas que tu não conheces, e que podes conhecer facilmente durante ou depois do jantar.

E outra coisa, onde há um jantar de anos costuma geralmente haver mais um ou dois à volta. Isto nem sempre acontece, mas muitas vezes no restaurante onde está a ser o jantar de anos do teu amigo ou amiga, estão a haver outros jantares de anos nos quais há vários grupos de raparigas com quem podes ir interagir e que podes conhecer.

Mais duas coisas importantes:

Depois do jantar costuma haver uma saída, à qual vão todos ou alguns, e o tempo que tens para voltar a interagir e solidificar a ligação é maior.

E aquele que é talvez o melhor aspecto de todos:

Num jantar de anos, apesar de seres um desconhecido para várias mulheres amigas do/da aniversariante, há logo um conforto da parte delas em relação a ti pois se estás lá sentado ao jantar é porque és amigo de quem faz anos, e se és amigo de quem faz anos é porque algo de bom tens em ti para o ser.

Haverá uma abertura e simpatia maior para falar contigo e conhecer-te. E isto pode ser naturalmente aumentado (juntamente com desejo) como te vou explicar mais à frente.

Portanto o contexto do jantar de anos é brutal para se conhecer mulheres, e deves aproveitar ao máximo. Vai a todos os jantares de anos que puderes (e a que fores convidado, nada de “furas” ok? lol) e torna-te mais socialmente activo.

O guerreiro social aproveita todas as oportunidades para se desafiar e evoluir socialmente. Todos os contextos são uma oportunidade para ele conhecer pessoas, alargar a sua rede social e claro, conhecer mulheres. Foi o que eu fiz, e continuo a fazer.

Então como é que se conhece mulheres em jantares de anos?

O que se faz? O que se diz?

Obviamente que nada disto tem meramente a ver com o que se faz ou diz, não se trata de truques e técnicas. Há todo um trabalho interior de personalidade e nível de consciência a fazer, e saber como as coisas se criam de uma forma autêntica e natural.

Há um outro post no qual explico como conhecer mulheres no qual podes saber todos os aspectos “interiores” de mentalidade, energia, atitude, etc, que te vão ajudar em relação a conhecer mulheres em jantares de anos. Clica aqui
http://coolvibesblog.blogspot.com/2008/12/como-conhecer-mulheres-atraentes-na.html para o leres agora, e depois volta a este post.

Indo directamente ao tema deste post:

Quando estiveres no jantar, assim que chegas (e se já lá está alguém), deves começar logo a falar com alguém. Seja quem faz anos, seja pessoal que já lá conheces. Ao fazeres isto, não só te estás a colocar num estado de interacção, numa energia de interacção que depois te vai permitir saber o que dizer e ter facilidade em desenvolver diálogos, como também irás ser visto pelas mulheres à tua volta a ter interacções estimulantes e divertidas. Isto irá logo criar naturalmente nelas uma ideia muito positiva de ti, que irás desenvolver nelas não só um conforto relativamente a ti – pois vêem que és um tipo simpático com quem as pessoas gostam de falar – como também um desejo e curiosidade em falar contigo, pois as interacções que estás a ter estão a ser altamente divertidas e estimulantes.

Agora, não te ponhas a falar com as pessoas só porque as mulheres à volta vão ver e podes ganhar algo com isso. Fala apenas com as pessoas porque de facto tens prazer em falar com elas, independentemente de quem está à volta e pode estar a observar. Sê autêntico. Esquemas são não só uma falta de consideração pelos outros, como também só atraem pessoas que se metem com esquemas. E essas são as que menos te interessa conhecer, acredita.

Depois ao longo do jantar e da noite, apenas precisas de estar animado e bem disposto, em constantes conversas, piadas e brincadeiras. Evita beber e ficar marado com o alcóol pois isso pode-te descontrair mas dá-te logo cabo do que tens de mais poderoso e valioso para viver e conhecer mulheres: Consciência.

Podes ficar mais descontraído mas perdes Consciência, vais dizer e fazer disparates que não são atraentes nem divertidos, há muita coisa subtil e não subtil que te vai escapar, vais perder oportunidades, vais ficar com a criatividade social bloqueada (as interacções não vão ser nada de especial), e entre outras coisas esquece lá a ligação emocional pois ou não vais ouvir o que a mulher te está a dizer, ou mesmo que oiças não vais ser capaz de perceber bem o significado.

Apanhar bebedeira não tem mal nenhum, é giro, mas é completamente inútil em termos de conhecer mulheres. Agora, é impossível conhecer mulheres estando mais alcoolizado? Claro que não. Mas nunca terá a mesma consistência, não haverá qualquer tipo de Selecção Consciente, e como já disse, apesar de descontrair e desinibir, a nossa Consciência e capacidades mentais ficam bloqueadas, logo nunca se poderá desenvolver uma interacção verdadeiramente estimulante, perceber que tipo de mulher está à nossa frente e criar uma ligação emocional autêntica com ela.

Dois exemplos para iniciares conversas com mulheres em jantares de anos:

Primeiro de tudo, se já percebeste que ela tem namorado, pois nos jantares de anos isso é fácil de perceber, não faz sentido nenhum, não há honra nenhuma em ires meter conversa com ela. Se acontecer naturalmente pois o casal está sentado perto de ti, ou de facto um deles vem falar contigo, tudo bem. Agora, intencionalmente ir falar com ela sabendo que ela tem namorado, numa perspectiva de potencial parceira íntima... isso não tem qualquer valor. E para o tipo certo de mulher que pode estar a observar, vais logo projectar ser do tipo errado de homem que vive tão desesperado e escravo da atracção que sente, que tem a necessidade de ir meter-se com mulheres comprometidas mesmo sabendo que elas o são.

Sê paciente e deixa o jantar se desenvolver. Observa as pessoas e tenta perceber, se as mulheres que desejas conhecer estão comprometidas ou não. Observando dá para perceber uma vez que muitas vezes o casal vai ao jantar. É claro que esta observação não é perfeita pois ela pode estar comprometida e ter ido sozinha, ou o namorado chegar mais tarde depois do jantar. Cumpres a tua parte que é dos que lá estão e como estão, observá-los para perceber quem tem namorado e quem não tem.

Para iniciares uma conversa podes perguntar algo do género:

“E tu, como conheceste o/a (nome do/a aniversariante)?”

Ou então:

“Ele/a também te conseguiu convencer a vir? Quanto é que te pagou a ti para vires?”

São duas formas muito simples de iniciar conversas com mulheres em jantares de anos, que ditas de uma forma animada e bem disposta geram uma pequena ou grande conversa, conforme depois a desenvolveres.

Um aviso: estes dois exemplos não são truques. Não vão fazer a mulher ficar perdidamente apaixonada ou atraída pelo homem. São formas simples e eficazes de iniciar uma conversa, que depois podem ser desenvolvidas. Não garantem nada no entanto... se disseres os exemplos de forma aborrecida ou desonesta a mulher não terá lá grande vontade em falar. O que dizes tem a sua importância, pois tem de ter a ver com o contexto em que ambos se encontram, e não pode ser nem imaturo (tipo piropo) nem ofensivo... mas o que mais importa não é o que dizes, mas sim COMO o dizes. Usa estes exemplos à vontade, mas não fiques escravo e dependente deles. Cria os teus, que venham de ti, da pessoa que és, daquilo que de facto te deixa curioso em relação à mulher que desejas conhecer, da forma como gostas de brincar com as pessoas e do teu tipo de piadas.

Tem sempre de vir tudo de ti, da pessoa que és, pois é a pessoa que és que está em frente à mulher com quem estás a falar, e é a pessoa que és que ela quer conhecer. Todo o processo de atrair e conhecer mulheres naturalmente tem a ver com contribuição e partilha. E não é com falsidade que vais contribuir para a vida de uma mulher, isso eu garanto-te.

Uma coisa que deves ter em mente é que ao iniciares uma conversa ela não tem de ser longa nem de dar em algo. Procura ter pequenas interacções estimulantes, ir-te embora simpaticamente e ir falar com outras pessoas com quem terás outras pequenas interacções estimulantes. Depois quando voltares a ver as pessoas com quem já falaste, vai falar com elas novamente e tem com elas mais uma pequena interacção estimulante. Quando sentires que faz mais sentido para ti, apresenta-te, diz o teu nome à mulher. Isso pode ser depois da primeira troca de palavras, ou no final da pequena interacçao quando te estiveres a despedir, como por exemplo:

“Vou dar aí uma volta. Foi fixe ter falado contigo, eu sou o (diz o teu nome)”.

Com esta dinâmica deixas as pessoas à vontade (pois não estás a ser um “colas”), geras mais conforto nelas relativamente a ti, falas com mais pessoas, e crias mais variedade na tua noite.

Lembra-te que vais ao jantar de anos para te divertir e estar com os teus amigos, e não tipo caçador de validação feminina.

Se partilhares boas interacções e momentos com as mulheres com quem falares, e se fores falar com elas com genuína consideração por elas, pelo Ser que são, e para contribuir para a sua noite (ou vida) – e não para obter ou conseguir algo - elas estarão abertas a falar contigo. Serás algo que elas muito provavelmente nunca experienciaram ou sentiram antes, pois os outros homens ou aproximam-se delas altamente desconfortáveis e nervosos, ou com desonestidade e esquemas.

E se no final da noite tiveres conhecido alguma que tenhas de facto achado uma companhia estimulante, então pede-lhe o seu contacto. Nunca peças o contacto de alguém a outra pessoa, pede-o sempre directamente à pessoa.

E é assim que se conhecem mulheres em jantares de anos.


E se quiseres aprender de uma vez por todas como conhecer mulheres em qualquer lado a qualquer momento, de uma forma natural e autêntica, e desenvolver uma vida social extraordinária, então é importante que saibas que o meu curso online da ARTE SOCIAL está novamente disponível, com vários ebooks, áudios especiais, e várias sessões de online coaching comigo. Para saberes mais e receberes um PDF com todas as informações sobre o curso e como te podes inscrever e participar, envia-me agora um email para
CoolVibesClub@hotmail.com, com o assunto “Curso Online Arte Social”.

Nota: curso apenas disponível para residentes em Portugal.

Perguntas:
CoolVibesClub@hotmail.com

Obrigado por leres e segue as tuas paixões!
Pedro Constantino


PS: e hey, agora vai verificar quem do teu grupo de amigos é o próximo (ou próxima) a fazer anos.

7 comentários:

Danilo Macedo disse...

Poxa Pedro! Tá aí um curso que eu quero fazer, é esse Arte Social. Agora não entendi por que somente o pessoal de Portugal, justamente o on-line que podia atender toda a demanda brasileira que freqüenta assiduamente teu blog. Tem algo a ver com o pagamento? Já que a moeda daqui é diferente. Não deve existir algum serviço que faça esse meio campo? Não sei. Enquanto isso fico na torcida para que um dia eu possa fazer esse curso. Abração.

R.O disse...

então expliquem-me uma coisa:

eu conheço uma moça há 9 meses,
ja conheço a personalidade dela, até fiz o mapa-astral dela, portanto conheço aspectos muito profundos da personalidade dela.
no dia-a-dia ao conviver com ela no emprego, tenho conversas que ela gosta, sei os gostos dela, sei o tipo de atitudes que ela gosta.
estou sempre a ter conversas agradaveis com ela, elogiá-la, etc.
resultado :
ela diz que adora o meu jeito de ser e que sou um optimo rapaz, romantico, etc, o par ideal.
mas que nao se sente atraída, e que só me vê como amigo.

então, isto significa que não é suficiente a personalidade que elas adoram,
temos que ter também o visual que elas adoram, né?

como é que saio da "lista de amizade" dela?

ja a seduzi varias vezes, e a dizer que é bonita e que gostava de namorar com ela, puz a timidez de lado, até trocámos numero de telemovel, convido-a para sair, etc.
faço tudo certinho... mas..

ela so quer amizade.

Pedro Constantino disse...

R.O. :

Isso é porque não estás a gerar energia/desejo sexual. O que fazes quando estás com ela fá-la sentir coisas muito positivas como conforto, e calculo que a faças divertire-se e ter conversas interessantes contigo também. Mas sem energia sexual não há desejo sexual, não há desejo de ter intimidade física, ficas apenas amigo.

Não tem a ver com a tua aparência, ela pode ajudar mas não é tudo. É a tua forma de ser, personalidade, que tem de gerar polaridade masculino/feminino. Se ela é uma mulher feminina então quando estás com ela tens de ser masculino, senão não há desejo sexual.

O homem fica apenas amigo da mulher quando se comporta apenas como amigo, e isso significa não haver energia sexual. Simpatias, elogios, humor e boas conversas são coisas muito positivas mas apenas geram uma amizade. Dizer que se gosta da mulher de uma forma especial continua apenas a criar conforto nela, não a faz desejar o homem sexualmente. Ela gosta dele porque ele é bom para ela e fá-la sentir-se bem, e por isso gosta dele como amigo, mas só sentindo desejo sexual é que ela vai querer namorar com ele.

O namoro traz uma ligação física entre o homem e a mulher, é uma relação íntima. Sem a parte física não há namoro, apenas amizade. Agora, não é deixar de ser bom para ela e de a tratar bem que a vai fazer sentir desejo sexual... é adicionar a ser bom para ela e tratá-la bem aquilo que é necessário para ela sentir desejo sexual. E isso gera-se naturalmente através da polaridade masculino/feminino.

Obrigado pela tua pergunta.

R.O disse...

Como causar desejo sexual nela? :-)
eu ando lá trabalhando perto dela, em manga curta e camisa curtinha, carrego coisas pesadas perto dela ou por ela, mostrando força física.
Ja aparecia junto dela com a farda de vigilante,(do outro trabalho) e ela comentou que gostou.
por vezes toco nela, no braço, na mão, etc.

ja li uma vez que, abraçar a mulher com força é bom, porque ela se sente protegida nesse abraço e sente a nossa força física etc..

se por exemplo eu elogiar os olhos dela, ou os lábios dela, estarei somente a agradar o ego dela (sem causar desejo sexual).

isto é estranho,
pois com algumas mulheres ja causei desejo sexual e notei no comportamento delas.. isto é porque cada mulher tem gostos diferentes, personalidade diferente etc.

então para concluir .
tenho que descobrir o tipo de personalidade dela, ou o tipo de homem que ela tem no subsconsciente?

obrigado pela tua atenção, e pela resposta

abraço

Pedro Constantino disse...

R.O. :

Estás a fazer muita coisa certa que projecta e expressa masculinidade, mas tal como disseste e muito bem, as mulheres não são todas iguais e têm preferências diferentes.

Se as coisas não surgem e avançam naturalmente com uma mulher, então é porque ela muito provávelmente é incompatível connosco, ou o homem que somos não é do tipo dela. Nessa situação é ficarmos conscientes dessa diferença e saber deixá-la ir. Ficam amigos.

Nós nunca iremos agradar a todos, pois somos diferentes. Iremos apenas agradar aqueles que são semelhantes a nós, e com as mulheres em termos de atracção passa-se o mesmo. Por isso é que parte do processo da Atracção Natural é gerar desejo, e a outra é de Selecção Consciente. Ou seja, perceber que tipo de mulher está à nossa frente, e se é o que procuramos ou uma boa escolha.

A masculinidade também se projecta através de decisões. Sendo confiante, independente da mulher. Não andando sempre atrás dela com atenções especiais. Não como truque para obter dela uma reacção, mas como forma natural de ser, pois tem-se outras coisas na vida de que se gosta, e de facto não se é emocionalmente dependente da mulher.

Também se projecta masculinidade liderando a mulher. Não é dar ordens ou obrigar a fazer algo, é tomar a iniciativa, ser o primeiro a sugerir e a definir as coisas. "Hoje vamos jantar ao restaurante X" é uma forma de liderar, pois está-se a sugerir e definir onde se vai. Depois conforme a resposta da mulher faz-se planos melhores ou avança-se no que se definiu. Liderar é tomar decisões pelo bem dos dois.

R.O disse...

Pedro,
lembrei-me de uma coisa..

e que tal se eu elogiar outra moça qualquer, perto desta moça?
do género olhar para uma rapariga bonita que passa na rua, ou dizer "eh lá, grande brasa".
isso mostraria masculinidade da minha parte, ou quiçá sensação de ciúme nela?

olha uma dica:
que tal escreveres sobre:
recuperar um ex amor de volta?
há imensos ebooks americanos, sites e blogs que falam desse tema "get your ex back"
:-)

e podias colocar no blog um botãozinho paypal donate, para quem quisesse fazer uns donativos (seja de 2 ou 3 euros, etc).
ja te ajudava..
não é justo divulgares tudo de borla..


ja li num ebook que:
a mulher também escolhe homens pela genética boa que eles aparentam ter (fisicamente), pois elas querem ter filhos e querem um bom progenitor e um bom pai, um homem que as protega, que pareça deixar boa linhagem etc..

para terminar deixo uma frase que li num livro
«a mulher é como a sombra...
se a persegues ela vai-se afastando.
se vens embora, ela vem atrás»


abraços
Namasté

R.O disse...

agora vou ficar um tempo ignorando-a,
isso deixá-la-á intrigada, curiosa :-)

uma semana após,
chego perto dela e digo
«amanhã vamos tomar café os dois, e não há tempo para recusas»
:-)

ehehe
se ela recusar eu digo

«tens receio de algo? que mal tem dois amigos tomarem um café? não vejo mal nenhum»

(acho que ela irá aceitar, que achas?)

obrigado.