quinta-feira, 26 de março de 2009

"O Futuro Do Cool Vibes"

Programa Áudio ENTREVISTA II: O REGRESSO À BASE SECRETA DO COOL VIBES

O FUTURO DO COOL VIBES



Perguntas:
CoolVibesClub@hotmail.com

Segue as tuas paixões,
Pedro Constantino

2 comentários:

Anónimo disse...

Ja la vao uns aninhos em que perdi a minha... Sou mulher e sempre fui selectiva e queria que acontecesse com alguem especial com quem queria algo especial, talvez devido à educação que me deram e que me ensinou a valorizar a virgindade... A oportunidade especial surgiu e eis que o meu homem especial me disse que ainda não queria assumir um compromisso com toda a pompa e circunstância e que também nao sabia ser so amigo de mulheres... Deixei-o ir à vida dele e fui à minha mas o que é que eu ganhei com isso? Sofrimento!! Mais tarde aconteceu.. tinha de acontecer porque ele era o meu homem especial e eu acabei por perceber isso a mal, quando sofri por nao o ter ao pe de mim! Um conselho para as mulheres virgens: O importante num namoro é namorar!! Essa coisa de querer impingir regras para se entregar enquanto se pensa que se quer ter um "namorado" só faz é perder tempo e é unicamente causa de sofrimento e às vezes sofre-se mais com as consequências do medo de sofrer do que com o próprio sofrimento ... A virgindade nem valoriza nem desvaloriza uma pessoa mas o apego à virgindade bloqueia relacionamentos... e é causa de sofrimentos inuteis e de perdas de tempo irrecuperáveis! A vida é uma preciosidade e a perda de virgindade no amor é tão necessária quanto o primeiro choro na vida de um ser humano que acontece logo quando o primeiro ar entra nos pulmões do recém-nascido! É necessária e é o rumo natural dos acontecimentos... Querer manter a virgindade quando se está com alguém pode comparar-se a resistir respirar quando se chega ao mundo!!! Ser selectivo(a) sim, é importante mas ser dependente desse marco não é nada abonatório nem satisfatório para ninguém! Por isso, ha que ser espontâneo e natural... É impossivel nao saber quando alguem é especial! E sexo é mais do que um acto fisico banal... Sexo é bom e faz bem à saude, faz bem ao corpo e ao espirito! E é a forma de estar mais próximo de quem realmente se ama, tão próximo que dois ficam um! Por isso, não se prendam a detalhes, deixem-se voar nas asas do amor e sejam felizes sem receios!!!

Pedro Constantino disse...

Viver ao calhas é bom para o ser humano de nível de consciência baixo que não quer tomar a decisão difícil de assumir a responsabilidade pela sua vida. Uma coisa é impôr regras e condições à outra pessoa e dar um significado à virgindade que ela não tem... outra coisa é perder a virgindade ao calhas, com qualquer pessoa, sem se saber se ela nos merece ou não, e ser dependente de alguém não sabendo largar a pessoa, afastar-se dela, e seguir o seu caminho. Ainda por cima alguém que não consegue assumir uma relação íntima e que não consegue ser apenas amigo de uma mulher. Tradução: predador sexual e escravo dos desejos do corpo. Para ele as mulheres só servem para ter orgasmos, não para ter uma boa ligação e amizade.

Aquilo a que as pessoas costumam chamar de ser selectivo não tem nada a ver com ser-se conscientemente selectivo. Ou seja, SELECÇÃO CONSCIENTE. A "selecção" que as pessoas costumam fazer tem apenas a ver com se dá para obterem do outro o que desejam/precisam, ou se conseguem evitar algo que lhes mede MEDO.

Selecção Consciente tem a ver com perceber qual é o nível de consciência da pessoa que está à nossa frente, como ela funciona e vive, que qualidades tem e não tem, para se poder tomar uma DECISÃO CONSCIENTE relativamente a ela, e não cair numa relação-inferno.

Se precisamos de algo, a solução não é descobrirmos uma forma de o obter... mas sim de deixar de precisar disso. Selecção Consciente vem de desidentificação com o mundo material, independência de tudo e todos, pois só assim conseguimos naturalmente largar o que é preciso e apenas deixar entrar o que nos pode ajudar a evoluir e contribuir.

Ser espontâneo e natural é uma coisa... viver ao calhas, inconscientemente, sendo-se escravo dos desejos do corpo, é outra. E muitas vezes pinta-se de cor de rosa o ser-se "espontâneo e natural" (inconscientes a seguir cegamenta os desejos/necessidades do corpo e ego, não olhando a como afectamos os outros ou a nossa vida a curto e longo prazo).

Sem dúvida que temos de ser Autênticos, nesse sentido são uma espontaneidade e naturalidade Conscientes.

Tem tudo a ver com desenvolver ConsciÊncia relativamente às coisas, pois só assim podemos tomar as decisões certas e detectar as pessoas certas, que vão adicionar qualidade e felicidade à nossa vida e não mais sofrimento e problemas. A maior parte dos seres humanos vive infelizmente uma vida amorosa caótica e problemática, pois toma decisão errada em cima de decisão errada e partilha-se com o tipo errado de pessoa, uma atrás da outra. Não consegue parar e viver com intenção e consciência... pois não tem qualquer evolução espiritual séria, logo é controlado pelo corpo e mente, (ego) que só quer a satisfação e prazer imediatos (alívio), e não consegue ver as consequências a longo prazo (auto-respeito) nem ter consideração pelos outros (compaixão).