terça-feira, 3 de fevereiro de 2009

"Porque Há Homens Que Dizem Que Gostam Da Mulher Mas Depois Não Querem Assumir Uma Relação Com Ela"


Conheceste um homem, vocês andam a sair. Gostam um do outro, tudo corre bem, sentes-te bem com ele, ele demonstra gostar de ti. Vocês avançam físicamente e sexualmente, já não são apenas amigos.

Ele verbaliza, ele diz-te que gosta de ti. Mas ao quereres ter uma relação com ele, ao trazeres esse assunto, ele responde-te que não quer assumir uma relação contigo, ou que não está pronto. Seja qual for a sua resposta o significado é o mesmo: ele não quer uma relação contigo.

Então, o que se passa aqui?

Se ele gosta de ti, porque raio é que não quer ter uma relação contigo?

Pode ser por uma de várias razões:

Ele associa dor à ideia de ter uma relação íntima.

As relações que ele teve no passado não foram lá grande coisa, e agora para ele a ideia de ter uma relação íntima com alguém é mais uma tortura do que outra coisa qualquer.

As relações (ou relação) que teve não o satisfizeram, foram uma dor de cabeça, uma tortura, só lhe trouxeram dor, stress, problemas e sofrimento, e ele agora foge delas como o diabo da cruz. Evita-as a qualquer custo.

Claro que a qualidade de uma relação depende de nós. Depende do nosso nível de consciência, se temos capacidade para criar os momentos e experiências que desejamos, se temos capacidades para lidar com as surpresas da vida e da ligação que temos com a outra pessoa.

E ele não tinha. E continua a não ter.

Muitas pessoas infelizmente vivem assim, a associar o conceito de chato a uma relação íntima, porque todas as que tiveram antes assim o foram: uma grande dor de cabeça e chatice.

Mas não tem de ser assim. Com o nível de consciência certo uma relação íntima pode ser algo fabuloso na vida de uma pessoa, que a enche de energia, vida e motivação, e que a ajuda em todas as outras áreas da sua vida.

Ele tem medo de se magoar.

Ao ter uma relação só contigo, e abrindo-se a ti, ele tem medo que depois aconteça algo que o magoe. Ele tem medo de sentir sofrimento por ti, por algo que aconteça. Seja ciúmes, seja dúvida, seja preocupação, seja medo de ser abandonado, traído ou rejeitado.

Ou simplesmente medo do desconhecido, porque no fundo ele sabe que não sabe lidar com uma mulher e a sua energia feminina, e que não a consegue estimular a todos os níveis. Logo tem medo de te perder para alguém que o saiba.

É o ego a controlá-lo, completamente.

Ele não gosta de ti, mas sim do que obtém de ti.

Ele está contigo porque está a ganhar algo com isso. E esse algo é geralmente físico. Seja curtes ou sexo. E porque isso é também uma forma de se validar como homem, e é um vício para os egos masculinos, ele não se quer “encravar” com ninguém para poder estar com todas as mulheres que deseja.

Ele quer estar numa posição de controlo em que não deve nada a ninguém, não tem de partilhar nada com ninguém, não tem de dar atenção a ninguém... e obtém tudo aquilo que deseja, para aliviar o seu vazio interior.

É por isso que investir físicamente num homem demasiado cedo é um grande erro. Partilhares-te físicamente com um homem demasiado cedo é um erro, e estás a abrir as portas para o sofrimento entrar à vontade... sem ter de limpar os pés sequer.

Porque grande parte dos homens aproximam-se de ti para obterem algo de ti. Eles não querem saber de ti, não têm qualquer fascínio ou consideração por ti. Eles vão em busca de algo, à caça de algo, por interesse próprio.

Muitos deles são predadores sexuais. Eles querem de ti sexo ou algo físico, e acabou-se. O Ser que és não lhes interessa para nada. Vão-te manipular, mentir, trair, usar, trocar e abandonar. Eles apenas querem o teu corpo para terem um orgasmo.

Outros são pedintes de esmola emocional. Querem a tua atenção e validação. Querem que sejas uma espécie de mãe que os faz sentirem-se bem consigo próprios. Que lhes alivie a baixa auto-estima e vazio interior. Esses também te vão manipular, fazendo-se de vítimas. E vão-te usar para obter atenção. E vão-te sufocar, não te vão dar espaço e tempo para viveres a tua vida. E também te vão fazer apanhar grandes secas.

E quando lhes dás um pouco daquilo que eles desejam, ou quando lhes demonstras de certa forma que é possível eles obterem aquilo que desejam, eles vão reagir positivamente à tua “oferta” e tu vais pensar que eles gostam de ti.

Talvez até gostem, quem sabe. Mas a triste Verdade é que eles estão meramente a reagir ao que lhes deste, à tua validação e aceitação, à tua demonstração de interesse, e não a ti.

Logo eles gostam do que lhes dás, não de ti. Porque assim que lhes deixas de dar, assim que eles se apercebem que é impossível obterem o que querem, eles vão reagir negativamente, odiar-te, afastar-se e ignorar-te.

Se tu és o mesmo Ser, como podem eles gostar e depois já não gostar? Porque o “gostar” deles nada tem a ver com o teu Ser, mas sim com o que conseguem obter de ti, com o que lhes dás.

Agora, a solução não é estar fechada a todos os homens que te querem conhecer. É de facto aprenderes a perceber quando ele está ali para obter algo, ou se está ali apenas para falar contigo e te conhecer.

Se fechas a porta a todos os homens catalogando todos de igual, o tipo certo de homem nunca irá aparecer na tua vida. Só o errado.

Isto é o que tens de fazer:

Tens de te imaginar, aqui e agora, exactamente como gostarias de estar com um homem.

Como gostarias que fosse a vossa ligação e relação?

Como gostarias que ele fosse? Imagina a sua cara, a sua maneira de Ser, a forma como fala contigo, como te trata, como contribui para a tua vida, como te faz verdadeiramente Feliz.

Imagina o tipo de momentos e experiências que queres passar com ele.

Imagina as emoções e sente-as, que queres sentir quando estás com ele.

Sobre o que queres falar com ele? Imagina-o a ouvir-te, a dar-te toda a atenção no momento presente enquanto te olha nos olhos.

Nunca fiques encalhada num homem que não desejas profundamente. Se tu desejas uma relação mas ele diz que não, tens de avançar. Não lhe podes continuar a dar o que ele quer, porque ele pode muito bem estar-te a manipular e a usar, enquanto faz o mesmo com outras mulheres nas tuas costas.

Se ele não quer o mesmo que tu queres, então por definição vocês são incompatíveis. A relação nunca poderá ser de qualidade pois cada um estará a puxar na sua direcção. Jamais haverá Harmonia entre ambos. E esquece lá o Amor.

Tens que seguir o teu caminho com o homem que desejas, e com o qual tudo flui naturalmente, e deixar para trás aqueles que seguem um caminho diferente do teu. Se gostas dele fica amiga dele, pois se ele realmente gostar de ti aceitará com todo o prazer essa amizade.

Se depois de teres dito que queres uma relação íntima a dois e ele te ter dito que não, lhe tiveres proposto uma amizade e ele ter resistido a essa ideia, então nesse momento terás a certeza que ele não gosta de ti, apenas gosta do que está a obter de ti e quer continuar a usar-te físicamente.

E nesse momento, é quando lhe deves dizer adeus... e dizer olá a outro homem.

Perguntas:
CoolVibesClub@hotmail.com

Segue as tuas paixões,
Pedro Constantino

2 comentários:

Carlos Alexandre disse...

Pedro, me perdoe a insistência, mas estou ancioso por uma resposta! Sou do Brasil e desejo saber se há uma forma de nós aqui aprender-mos sobre como desenvolver as qualidades! É possível a participação do curso on-line?

Pedro Constantino disse...

Carlos Alexandre:

Para já ainda não é possível a participação de pessoas que não sejam residentes em Portugal. Seja como for, tens uma quantidade imensa de coisas para ler aqui no blog e nos ebooks grátis, e para aprender através dos audios e vídeos grátis do Cool Vibes.

Muitas vezes não é o saber mais... é o começar a fazer algo.