AMOR

"Ensina só Amor, pois é isso que tu és"

segunda-feira, 26 de janeiro de 2009

"O Momento Certo Para Se Beijar Uma Mulher"


Aqui está uma das maiores dores de cabeças que muitos homens têm em relação às mulheres:

Mas quando é que eu a devo beijar?

Como é que eu sei que é o momento certo para beijar a mulher?

Como é que eu sei que ela me quer beijar?

A situação é esta:

O homem conhece a mulher, cria uma boa ligação com ela, começam a sair juntos, é espectacular, o homem sente-se atraído pela mulher e gosta dela, quer mais que uma amizade, quer uma ligação física, intimidade física...

...mas não sabe se a deve beijar ou não, ou quando a deve beijar.

Então, qual é o momento certo para se beijar uma mulher?

Como é que se sabe que ela quer que a beijemos?

Como é que se faz a coisa de forma a que ambos se sintam bem e estimulados?

Isto vai ser muito rápido...

...porque não existe um momento certo para se beijar uma mulher.

Repara bem: o desejo de perceber quando se deve beijar uma mulher vem da preocupação e medo do ego de ser rejeitado.

O ego borra-se todo só de pensar que ao tentar beijar a mulher ela não quer e rejeita-o.

Essa dúvida vem de medo. Logo não te é útil.

A Verdade é que se te sentes atraído por uma mulher, se andas a sair com ela e ela já “passou” no teu processo de selecção, e a queres beijar... então beija-a.

Não fiques à espera de sinais dela, sejam eles verbais ou corporais, óbvios ou subtis. A única coisa que te está a bloquear é o medo da rejeição provocado pelo ego. É a sua dúvida constante de “vou obter validação ou não?”

Porque há uma coisa que tens de compreender em relação ao ego, é que ele só se mete em jogos que sabe que vai ganhar. Se há uma potencial derrota então esquece lá isso.

É por isso que muitos homens estão sempre em busca de sinais de interesse da mulher, para saberem se é seguro irem lá falar com ela, para assim poderem evitar potenciais “derrotas” e a rejeições.

Um homem a sério, o tipo de homem que as mulheres realmente desejam, não faz destas coisas. Ele age com Coragem e arrisca. Ele desafia-se. Porque ele sabe e sente que o seu valor como homem nada tem a ver com como as mulheres lhe reagem.

Logo ele não precisa de truques para obter o que deseja das mulheres nem de perceber se o “jogo” está “ganho” ou seria uma potencial rejeição.

E ao tentares beijar uma mulher, aí vais logo perceber se ela o quer ou não. Aprende a ouvir um não, pois isso é uma das coisas que mais te vai ajudar a evoluir como homem e ser humano.

Queres beijá-la, beija-a. Se no momento em que a estás a tentar beijar ela disser que não, afastar-te ou afastar-se, respeita a sua decisão e não insistas (até porque isso também é altamente repelente – a atitude do “vá lá, por favor”).

Continua a fazer com ela o que estavam a fazer, e prova-lhe nesse momento que não és mais um daqueles trolhós para quem as mulheres só servem para o sexo. Prova-lhe que sabes apreciar uma mulher pelo Ser que ela é, pela companhia e interacção, pelo divertimento e pela ligação, e que não és dependente de, ou estás desesperado por, beijos, curtes ou sexo.

Não estás ali só para usar o corpo dela para obteres validação e prazer físico. Estás ali porque de facto tens um verdadeiro fascínio e consideração por ela. Logo o não haver beijo não te incomoda nem afecta.

E o não dela pode muito bem ter significado um ainda não. Naquele momento ela não se sentia estimulada ou motivada a fazê-lo... mas no futuro pode vir a querer. Desde que a vossa ligação se mantenha viva, tudo é possível. Mas a ligação só se manterá viva se em ti houver um forte desejo genuíno de ter algo mais com ela do que apenas uma ligação física e sexual, do que apenas curtes porque ela é gira ou físicamente atraente.

Até porque a ligação física nunca pode ser grande coisa quando não há uma ligação emocional forte, confiança entre ambos, Compaixão, Integridade e Autenticidade. Pois há coisas altamente estimulantes a nível físico que só podem ser realizadas quando esses “ingredientes” estão presentes na relação.

Outra coisa super importante:

Há um caminho natural de conforto físico para se chegar ao beijo. Se conheces uma mulher e andas a sair com ela, tens de lhe tocar.

Seja colocar a mão nas costas, tocar-lhe no ombro, puxar-lhe o cabelo na brincadeira, fazer-lhe cócegas, pegar-lhe na mão, abraçá-la, etc, tens de lhe ir tocando.

Porque senão o beijo depois torna-se num enorme desafio desconfortável para os dois. A mulher tem de se sentir confortável com o teu toque. Só assim poderá sentir-se mais à vontade para te beijar. Porque ela até te pode querer beijar, mas se não se sentir confortável com isso, se não sentir que pode confiar em ti, isso jamais irá acontecer. Ela irá evitá-lo e afastar-se. Cabe-te a ti criar esse conforto físico indo-lhe tocando durante os momentos em que estão juntos.

Agora vem a parte difícil de acreditar:

Quando tens a energia certa, muitas vezes são as mulheres que te vão beijar a ti. Quase que serás violado ;)

Tal como aconteceu a um dos homens que participou na última Noite do Guerreiro Social – Como Iniciar Conversas E Conhecer Mulheres Em Discotecas De Uma Forma Natural e Autêntica.

Este é um dos meus programas ao vivo do Cool Vibes que irei brevemente abrir ao público, pois tem estado acessível apenas a um número muito restrito de pessoas.

Não vou revelar muito aqui hoje, pois irei escrever um post só sobre isso. Mas esse homem, apenas sendo Autêntico e tendo a energia certa, não só conheceu facilmente uma rapariga atraente muito fixe e divertida - que ficou viciada nele a noite toda - como também sem esforço nenhum obteve o seu contacto, e no final ela ainda o beijou.

Isto é o que acontece quando há evolução a sério, e se tem Compaixão pelas mulheres. Um novo Universo de possibilidades surge, e onde antes existiam muralhas, agora existem portas abertas com um néon por cima que diz: “Entra, estava a ver que nunca mais aparecias!”.

Este é o nível de consciência da atracção natural. Experimenta pelo menos uma vez, e começarás depois a ver todas as tuas dúvidas e problemas com as mulheres desaparecer... para sempre.

Segue as tuas paixões e faz as mulheres felizes!
Pedro Constantino

-


Interessado numa educação mais avançada e detalhada sobre como ser atraente, iniciar conversas, conhecer mulheres, experienciar intimidade, namorar, tornar-se Amor e espiritualizar a vida para alcançar Alegria e felicidade? Dá uma vista de olhos aos cursos do Cool Vibes:

COMO ATRAIR E CONHECER MULHERES
CURSO ONLINE NÍVEL 1


«Como Ser Naturalmente Atraente, Iniciar Conversas e Conhecer Mulheres»

14 ebooks + 6 meses de email coaching personalizado )

Mais informações em http://coolvibesblog.blogspot.com/2011/04/curso-online-como-atrair-e-conhecer.html

* * * * *

COMO TER UMA VIDA AMOROSA ALEGRE
CURSO ONLINE NÍVEL 2


«Espiritualidade / Aumento de Consciência / Como Atrair, Conhecer e Amar a Mulher dos teus Sonhos / Intimidade e Relação Amorosa / Vida Social / Afirmações, Visualizações, Meditação, Contemplação e Exercícios»

( 8 áudios / 9 horas de mp3 + 6 meses de email coaching personalizado )

Mais informações em http://coolvibesblog.blogspot.com/2011/06/como-ter-uma-vida-amorosa-alegre-curso.html


16 comentários:

Anónimo disse...

ó pedro tdo bem, mas essa mulher nao devia ser la mt de qualidade pra o beijar logo na 1º noite...nem ela nem ele pa retribuir.

João Vitor Campos dos Reis disse...

Teve um caso assim comigo:

Tenho certeza que, com relação a beijo, tudo deu certo pra mim, só que "o ego a pregar peças" não deixou eu ver que era tudo questão de tempo. fiquei ansioso, pensando se faria certo ou errado, se daria certo ou não. daí que ela sumiu, nuca mais me apareceu. por conta disso poderia ter mudado rumos na história... pior que nunca mais tornei a vê-la, perdi todos os contatos... talvez o ego dela também lhe pregava peças, e não a "salvei" da depressão sentida. tinha certeza de que minha personalidade não foi reprovável em momento algum, garanto. a falha estava pura e completamente na ansiedade.

João Vitor Campos dos Reis disse...

Teve um caso assim comigo:

Tenho certeza que, com relação a beijo, tudo deu certo pra mim, só que "o ego a pregar peças" não deixou eu ver que era tudo questão de tempo. fiquei ansioso, pensando se faria certo ou errado, se daria certo ou não. daí que ela sumiu, nuca mais me apareceu. por conta disso poderia ter mudado rumos na história... pior que nunca mais tornei a vê-la, perdi todos os contatos... talvez o ego dela também lhe pregava peças, e não a "salvei" da depressão sentida. tinha certeza de que minha personalidade não foi reprovável em momento algum, garanto. a falha estava pura e completamente na ansiedade.

João Vitor Campos dos Reis disse...

Teve um caso assim comigo:

Tenho certeza que, com relação a beijo, tudo deu certo pra mim, só que "o ego a pregar peças" não deixou eu ver que era tudo questão de tempo. fiquei ansioso, pensando se faria certo ou errado, se daria certo ou não. daí que ela sumiu, nuca mais me apareceu. por conta disso poderia ter mudado rumos na história... pior que nunca mais tornei a vê-la, perdi todos os contatos... talvez o ego dela também lhe pregava peças, e não a "salvei" da depressão sentida. tinha certeza de que minha personalidade não foi reprovável em momento algum, garanto. a falha estava pura e completamente na ansiedade.

Pedro Constantino disse...

Anónimo:

A questão não é apenas se é logo na 1ª noite ou não... é com que tipo de homem ela faz isso.

Ser logo na 1ª noite só é um problema para a mulher quando ela o faz com homens que não têm qualquer consideração ou Compaixão por ela. Homens sem valores que apenas querem usar o corpo das mulheres para terem orgasmos. Os típicos predadores sexuais e sedutores desonestos.

E este homem não é de nenhum desses tipos. É um homem de coração aberto que quer fazer uma mulher feliz, e ela sentiu isso... e por isso aconteceu o que aconteceu.

Atracção Natural não é um conceito fácil de se compreender quando ainda não se está nesse nível de consciência. Há muitas subtilezas a ter em conta... tal como na Selecção Consciente.

O facto de ela o ter beijado logo na 1ª noite na Verdade não revela nada sobre o seu nível de consciência... porque ela de facto podia confiar e entregar-se ao homem que beijou. Se fosse outro homem ela provavelmente não o teria beijado, pois a energia da Compaixão não estaria presente.

Anónimo disse...

ei pedro mais um excelente post como de costume.
Eu tenho um blog, que lança crónicas sobre o mundo da fama, eu gostava de fugir um pouco ao tema e falar um pouco sobre a "auto-ajuda" no geral. Posso referir o blog do coolvibes, o teu nome e a maneira como me ajudou? (ta descansado que é so "publicidade" positiva) deixa um comentário de rxp.
se dps tiveres interessado o blog é este
http://aleixoman.blogs.sapo.pt/
abraço e continua com o excelente trabalho

Pedro Constantino disse...

Sim claro, podes lá falar do Cool Vibes. Mas o meu trabalho não é bem "auto-ajuda", é evolução pessoal e espiritual - neste caso direccionada para a vida amorosa e social.

Obrigado por acompanhares o Cool Vibes e ainda bem que te pude ser útil e ajudar.

Sucesso para o teu blog!

Anónimo disse...

Ei!Pedro,gosatria de saber que livros você lê para conseguir ter a evolução espiritual e mental.
Obrigado!

mikeb disse...

Pedro, para que serve o dinheiro se nada mais para viver qualidade, quando a verdadeira felicidade está cá dentro?

É possivel ser-se milionário (ou seja muita qualidade a volta), e ser-se verdadeiramente feliz? lol

Anónimo disse...

Hey ando a bater mal pedro: em que consiste a teoria da reencarnação??

Cláudia Nóbrega disse...

...acho que o facto da rapariga ter beijado esse rapaz no primeiro dia em que o conheceu tem tudo a ver com a energia que provinha dele.

Como se costuma dizer "cada caso é um caso" e ter este tipo de comportamento com qualquer pessoa que apareça à frente, não demonstra lá muito auto-respeito.

Mas acho que grande parte das mulheres, consegue perceber, rapidamente, que tipo de homem têm à frente, ou seja, se tem ou não compaixão por ela.

É inevitável falar da comunicação não verbal que é muito importante para perceber o tipo de pessoa que temos à frente e a energia da pessoa dar-nos uma de duas sensações: ou que ela é de confiança ou que não é. A partir daí cada um decide o que fazer de acordo com os seus valores.

E isto não tem nada a ver com comunicação verbal o que ainda é mais incrível... :)

Palavras para quê, não é? :)

Pedro Constantino disse...

Mikeb:

Sim é possível, se houver evolução espiritual e desidentificação com o mundo material.

Caso contrário todo o dinheiro que a pessoa tem só serve para a aliviar do sofrimento (vazio interior), comprar prazeres momentâneos/passageiros e gratificação a curto prazo.

Mas sem dúvida que é possível ser-se milionário (evolução/sucesso pessoal/material) e ser-se Feliz (evolução espiritual, transcender o ego e o corpo).

A minha opinião é que é extremamente complicado, pois tanto uma coisa como a outra exigem uma dedicação e esforço muito grandes... levam anos e anos. E a busca cega por dinheiro e riqueza muitas vezes (nem sempre) está associada a aliviar o sofrimento. Logo a atitude não é a de acabar com ele, mas de viver com ele o melhor possível lol

Não se está a ir ao fundo e verdadeira origem da questão, mas sim a brincar na sua área superficial em que tudo, a um nível fundamental, fica na mesma.

A baixa auto-estima continua lá, o ego continua lá, a dependência da validação sexual das mulheres continua lá... só que se tem dinheiro para mais alívios. É como ter uma doença que nos faz sofrer todos os dias, e em vez de se fazer o que é preciso para ela desaparecer, vai-se tomar coisas para não se sentir tantas dores e atenuar os sintomas.

Assim vive-se dependente dos comprimidos porque só nos sentimos melhor quando os tomamos. Mas a doença continua lá a fazer estragos todos os segundos.

A metáfora não é perfeita, mas é suficientemente boa para se perceber a Verdade da questão.

Pedro Constantino disse...

Cláudia Nóbrega:

Sim a linguagem corporal é super importante. E vocês mulheres têm uma grande facilidade em perceber o que se passa do lado do homem através de comunicação não-verbal. Seja as suas emoções ou energia.

A questão é esta:

Se uma mulher sai de casa com a intenção de curtir com um homem, só para se sentir melhor consigo própria (porque há um homem qualquer meio-bêbado que a aceitou como mulher e quis ter algo com ela), aí não há absolutamente selecção consciente nenhuma.

Ela vai à caça de validação e mais nada. Está aberta a qualquer tipo de homem desde que ele seja bonito e a atraia sexualmente/físicamente (e que seja mínimamente simpático).

Agora, se a mulher sai de casa, solteira, e está aberta a conhecer homens porque quer adicionar algo especial à sua vida, isso não tem mal nenhum.

E se ao conhecer homens ela encontra um que a faz sentir segura e confortável como nenhum outro a fez antes... então ela sente-se à vontade para se partilhar com ele físicamente e sexualmente. E beija-o na 1ª noite em que o conhece.

O problema é que a maioria dos homens são tudo menos de confiança. Logo para uma mulher que ainda anda a aprender estas coisas, é super importante ela ter sempre o pé atrás relativamente à parte física. Pois muitos só a querem usar para isso, e assim ela pode-se proteger.

Agora, com um homem em quem de facto a mulher pode confiar, pode ter o que quiser com ele. Seja passados segundos ou minutos. O que interessa não é o tempo que passa desde o momento em que ela o conhece até haver algo físico... mas sim o nível de consciência do homem.

Na era em que vivemos, do ego, isto é necessário. Mas no futuro, em que todos os seres humanos já vivem acima do ego e do corpo, em que há Integridade e Compaixão, isto não faz sentido nenhum. Conhecer pessoas e ter intimidade física com elas vai ser natural, sem medos, sem jogos, sem ser necessário escudos de defesa... porque todos serão de confiança. Ninguém andará a tentar enganar e a usar ninguém, logo não temos de ter cuidado com ninguém.

Claro que a parte da compatibilidade, do entusiasmo e da atracção sexual vão sempre ser um factor, sem elas pode não haver motivação para fazer seja o que for com a outra pessoa e avançar para uma relação ou intimidade física. Mas ninguém terá de andar a detectar e evitar egos, desonestidade e manipulação, pois isso irá desaparecer.

Quando? Acho que nós iremos ter de ser conscientemente selectivos até morrer... duvido que seja nos próximos 50 anos.

Anónimo disse...

Pedro, a mim já me aconteceu de ser beijado por uma vizinha minha, mesmo sem eu nunca ter saido ou estado com ela. O quê que tem a dizer sobre isso?

Pedro Constantino disse...

Que ela se sente atraída por ti e que a deves convidar para sair para a conheceres melhor.

Emmanuel França disse...

Estou estudando todo material do cool Vibes, desde o Blog aos áudios que estão no Youtube. Observo que tem me ajudado bastante. No meu caso, o propósito é deixar de ser cafajeste. Até os 16 anos eu era muito tímido. A partir de então mudei radicalmente e hoje em dia não tenho qualquer medo ou insegurança de chegar numa mulher. O problema é que preciso ser mais seletivo, ter mais calma e não beijar a mulher no primeiro encontro e algumas vezes até levá-las para cama. Tenho 30 anos e só agora estou entendendo porque nunca estive com a mulher certa. Acredito que tive a chance, mas pela falta desse tipo de conhecimento deixer escapar. Abraço a todos!

Emmanuel França (Caruaru - Pernambuco - Brasil)