quinta-feira, 30 de outubro de 2008

“Como Abordar e Conhecer Mulheres No Halloween”

Como Abordar e Conhecer Mulheres No Halloween”

Os princípios e dicas que vou partilhar contigo sobre abordar e conhecer mulheres no Halloween também servem para eventos de cosplay, tal como por exemplo o Iberanime. São contextos que considero semelhantes, pois em ambos os casos geralmente as roupas e máscaras são sofisticadas, elaboradas e de produção cara, ao contrário do Carnaval em que, regra geral, costumam ser mais simples e apenas para a brincadeira. Vem aí uma noite brutal para abordares e conheceres mulheres:

A noite de Halloween!

Uma noite de festas e celebração, com muitas pessoas divertidas e mascaradas com vontade de brincar e de comunicar. Uma noite “temática” e específica, da qual podes tirar partido naturalmente e passar momentos inesquecíveis.

E quem sabe... conhecer a mulher da tua vida, vestida de diabinha sexy ;)

Esta noite tem condições excelentes para iniciares conversas, teres interacções divertidas e conheceres pessoas. Deves sempre falar com todo o tipo de pessoas, mas vamos-nos concentrar no que te interessa como homem solteiro:

As mulheres pelas quais te sentes atraído. Vamos então começar pelo início...

Podes nem sequer gostar lá muito da noite de Halloween. Podes nem sequer gostar de te mascarar de vampiro ou de fantasma, e nem precisas. Mas se és solteiro e queres dar a volta à tua vida amorosa, tens nesta noite uma oportunidade que sugiro que não desperdiçes. Experimenta pelo menos uma vez na vida.

Mas tens de, claro, sair nesta noite com a mentalidade e energia certas.

Lembra-te que conhecer mulheres é um processo de selecção. Tu vais sair para descobrires mulheres de quem gostas, que te mereçam, que sejam compatíveis contigo... e não para as manipular ou obter algo delas. Logo vais sair com uma mentalidade de selecção e partilha. Proporcionar momentos e conversas positivas e animadas, que contribuam para a noite das mulheres com quem falares.

O “objectivo” são as conversas em si, os momentos divertidos. Não é obter contactos, curtes ou sexo. É apenas falar, divertir-te e contribuir para a noite das pessoas com quem falares. A intenção é fazeres a mulher sentir-se bem no momento.

Tu não vais sair numa de necessitado que vai à mercearia desesperado comprar fruta. Tu vais sair com sacos de fruta para oferecer! =)

Lembra-te que tu não vais para uma festa em busca de divertimento ou de algo que te alivie do stress da vida. Tu ÉS a festa... e vais fornecer divertimento. Vais expressar entusiasmo e partilhar boa energia!

E essa é uma atitude e tipo de energia que quase nenhum homem tem quando sai à noite. Mas tu não, tu tens algo para partilhar. E é por isso que vais ser uma presença atraente e fazer a diferença.

Há várias festas de Halloween em muitos locais, como discotecas por exemplo. Primeiro escolhe o teu local favorito, ou aquele que te deixe mais curioso.

Não estás a conseguir companhia para sair?

Óptimo.

Sai sozinho! :D

O desafio de saires sozinho é o que mais te vai ajudar a evoluir e a desenvolver as qualidades necessárias para te tornares naturalmente atraente. Não é o puzzle completo, mas é uma peça super importante. E lembra-te disto: não és um falhado por sair sozinho. Os falhados são aqueles que têm MEDO de sair sozinhos, e de se irem divertir sozinhos e falar com estranhos. Sair sozinho à noite é um desafio que exige coragem, e por isso tem mérito.

É algo que se fizeres de vez em quando só te vai ajudar. Foi o que eu fiz e os benefícios a longo prazo são incríveis. A magia depois começa a acontecer...

Então uma vez no local da festa, rodeado de música e pessoas, como é que inicias a conversa?

Primeiro de tudo, certifica-te de que estás presente no momento. Certifica-te de que não estás a pensar em nada que não tenha a ver com o que se está a passar à tua volta.

Observa as pessoas e as situações com atenção. Pois é daí que virá a matéria-prima para os teus temas de conversa e inícios de interacção.

Podes iniciar as conversas com uma pergunta ou um pequeno comentário...

Mas como é que sabes o que dizer?

Ao veres uma mulher pela qual te sentes atraído, observa-a com atenção. Observa todos os detalhes em relação a ela:

O que ela está a fazer, no que está a segurar, roupa, cores, adereços, linguagem corporal, energia, postura, expressão facial, etc.

A tua missão aqui é descobrir algo em relação a ela que te deixe genuinamente curioso ou impressionado. Depois de descobrires algo nela que te deixa curioso ou impressionado, vai ter com ela e pergunta-lhe, ou comenta-lhe, algo em relação a isso. É assim que vais iniciar uma pequena e simples conversa animada.

“Então e se ela não quiser falar comigo e reagir negativamente?”

Nesse caso desejas-lhe que se divirta e segues o teu caminho, rumo a outra interacção com outra mulher. Rejeição apenas significa incompatibilidade. Se ela não quer falar contigo, tens de perceber que isso não diz nada em relação ao teu valor como homem e ser humano. Seja o que for que ela diga ou faça, isso apenas te revela como ela estava naquele momento, e não como tu és ou o teu valor como homem e ser humano.

Ela pode estar a demonstrar-te que é incompatível contigo, que tem namorado, que não se sente atraída por ti, que está fechada a falar com estranhos, que é negativa, anti-social, aborrecida, mal educada, etc. Se estavas num estado positivo, se não fizeste nada de errado, se as tuas intenções eram boas, se a tua pergunta foi perfeitamente natural, se foste simpático e com uma atitude de partilha... então ela não tem qualquer razão real para ser mal educada. A sua decisão vem sempre da sua essência, ou seja, do seu nível de consciência. Se ela não quer falar contigo, então está provado que com ela nunca poderias ter uma ligação ou relação íntima.

Deixa-a em paz, afasta-te e passa para outra! :D

Vou dar-te agora alguns exemplos de coisas que podes dizer ou perguntar, para teres uma ideia do tipo de coisas que podes usar. Atenção que estes exemplos não são técnicas de engate que manipulam a mulher, e que te garantem que vais obter algo dela. Isto são perguntas honestas e naturais, que podem gerar uma simples conversa. Ao fazeres estas perguntas não quer dizer que a mulher fique logo perdidamente apaixonada ou atraída por ti, e que queira logo ali beijar-te, curtir contigo, fazer sexo contigo, ou começar logo uma relação e casar-se contigo, haha! Isto é apenas para conseguires por-te a mexer e iniciares uma conversa. Pois é assim que se conhece as pessoas: conversando-se e estando-se com elas.

Se não te costumas mascarar no Halloween e vires uma mulher que também não está mascarada, podes perguntar-lhe algo do género:

“Então, também não gostas de te mascarar no Halloween e brincar aos filmes de terror?”

Se te costumas mascarar e vires uma mulher que não está mascarada, podes dizer-lhe algo do género:

“Então mas tínhamos combinado vir os 2 mascarados, tu prometeste-me...”

Se vires uma mulher de quem gostas da máscara e achas que lhe fica muito bem, podes-lhe perguntar algo do género:

“Essa máscara é brutal! O que te fez escolhê-la?”

ou

“Essa máscara é muito fixe! Porque é que a escolheste, gostas desse tipo de personagem?” ou “Identificas-te com esse tipo de personagem?”

Outra pequena pergunta que podes fazer a alguém que esteja mascarado mas que não tenha a típica abóbora:

“Então, o que fizeste à abóbora...?”

Podes iniciar conversas de 1001 formas diferentes. Se observares com atenção o espaço, as pessoas e a mulher, e procurares por algo que te deixe curioso nela, vais sempre encontrar algo engraçado para dizer que vai gerar uma conversa. Lembra-te também de ter compaixão por todas as mulheres, pois é essa energia que te vai permitir aprofundar e prolongar a interacção e ligação. Pergunta e diz as coisas com um sorriso subtil na cara, boa disposição e a olhar a mulher nos olhos. De resto ouve com atenção a sua resposta e explora-a. Volta a perguntar ou a comentar algo em relação à resposta da mulher, e assim vais desenvolver naturalmente o diálogo e potenciar uma ligação emocional. Usa o teu sentido de humor e brinca com elas! É suposto a conversa ser animada e cómica.

E agora vai sair no Halloween, diverte-te e faz as mulheres felizes com a tua presença.


Segue o que Amas,

Pedro C.

4 comentários:

Anónimo disse...

Oi Pedro, tudo bem???
A minha pergunta é simples, mas que tem me deixado em grande dúvida.
Percebi que em vários posts tu coloca dados estátisticos como:

"90% das pessoas tem relações insatisfatórias" ou "99% das pessoas vivem através do Sistema Operativo do Medo."

Gostaria de saber como chegaste a estes dados? Isso foi pesquisado por ti? É feito através de estudos concretos? É um puro exemplo não concreto?

Abraço.
Ricardo do Brasil.

"§Fábio§" disse...

Aí cara beleza, adorei a metáfora das frutas, vou carregar comigo por onde eu for, ah e vou levar também muitas frutas pra oferecer valew!!!! Saúde e Paz!!!!

Pedro Constantino disse...

Ricardo:

Sim, há estudos concretos aos quais se chegaram a esses números. O número mais correcto é o de que 96% da população humana vive no nível de Consciência do ego.

Os outros números que dou são apenas valores aproximados para dar uma ideia da realidade.

Fábio disse...

Percebo que essas estatisticas são bem quentes, algumas operadoras de celular aqui no Brasil lançam promoções de dia dos namorados pra se falar mais barato ou de graça, se sabendo que as relações não vão durar lá muito tempo, os caras só jogam pra ganhar.