AMOR

"Ensina só Amor, pois é isso que tu és"

segunda-feira, 22 de setembro de 2008

"Ser Rico Não Chega Para Atrair Mulheres"

Aqui está um dos meus desportos favoritos:

Pegar nos mitos sobre atracção da sociedade contemporânea que andam a magoar e a prejudicar as pessoas, e dar cabo deles... ;)

Hoje vou falar sobre dinheiro e atracção.

Já não é a primeira vez que falo sobre isto aqui no Cool Vibes, mas este tema é demasiado importante para só falar sobre ele uma vez.

Repetição cria assimilação.

Muitos homens pensam que porque não são ricos jamais poderão ter uma relação íntima com uma mulher atraente.

Eles pensam que porque não são ricos jamais terão hipóteses com uma mulher de qualidade que os atraia.

Eles pensam que serão rejeitados e que jamais serão aceites por uma mulher desse nível... porque não são ricos.

Ou seja, para eles, sem dinheiro não há interesse da parte das mulheres atraentes.

Bem, para começar, é importante deixar claro que isso é uma grande treta e mentira.

Sim... porque ser rico não chega para atrair mulheres. Muito menos mulheres de qualidade.

Atracção não tem nada a ver com dinheiro.

Sempre houve atracção... mas nem sempre houve dinheiro.

O sexo masculino e o sexo feminino sempre se atraíram um ao outro, sempre tiveram sexo e relações, sempre se reproduziram... e durante muito mas muuuito mais tempo sem existir dinheiro do que depois de existir dinheiro.

Logo ter dinheiro não é o factor chave que cria atracção nas mulheres.

É a personalidade do homem... é a sua energia. Se houver polaridade masculino/feminino há atracção natural e desejo sexual das duas partes, e assim dá-se intimidade entre o homem e a mulher.

Se não houver essa polaridade... o homem e a mulher são apenas amigos. Nada mais. Por muito que o homem se sinta atraído pela mulher e queira ter sexo ou uma relação íntima com ela, se ele não for masculino... nada feito.

Portanto, um homem pode ser rico ou mesmo milionário... mas se não for masculino, se não houver polaridade, não há atracção. Porque não é o dinheiro que causa o desejo sexual... é a polaridade masculino/feminino.

É a energia do homem e a sua forma de funcionar na vida.

Infelizmente não é com esta informação e crença que somos bombardeados desde que nascemos neste habitat artificial chamado sociedade.

E por isso há homens de bom coração, bem intencionados, e cheios de qualidades, que se bloqueiam a eles próprios no que toca às mulheres, e sofrem com isso, simplesmente porque não são ricos.

Porque pensam e acham que elas jamais irão querer ter algo com eles, uma vez que eles não têm uma conta bancária astronómica, uma mansão e um grande carro.

Nenhum homem precisa disso para atrair naturalmente uma mulher... porque todos temos o mesmo valor. Tu tens o mesmo valor que qualquer outro ser humano, que qualquer homem, que qualquer mulher. Não é a tua conta bancária que define isso... é a Natureza.

Ninguém é superior a ti só porque tem mais dinheiro do que tu, da mesma forma que ninguém é inferior a ti porque tem menos dinheiro que tu.

Nenhum homem rico é melhor que um homem que não é rico, ou superior a ele, só porque tem mais dinheiro que ele.

Todos têm o mesmo valor. Logo tu mereces qualquer mulher que vejas, pois tens sempre o mesmo valor que ela, seja ela quem for, como for ou tenha ela o que tiver. Estás sempre no mesmo nível de qualquer mulher que vejas ou conheças. Sempre.

Com ou sem dinheiro. Porque o que interessa são as emoções que a fazes sentir. É isso que vai definir se ela se sente atraída por ti, te quer conhecer, sair contigo e ter intimidade contigo (ah, e também apresentar-te às suas amigas). Não é o dinheiro. Nunca foi, e nunca será.

E agora podes pensar:

“Ok Pedro, isso da atracção e do valor fazem todo o sentido, e já percebi que não é o dinheiro que define se há interesse ou não da parte da mulher. Mas não é preciso procurar muito para encontrar provas no mundo real de que os homens ricos têm sempre mais facilidade com as mulheres atraentes, e que as mulheres no geral interessam-se mais por eles, etc. Então o que é que se passa aí??”

Prepara-te pois agora vem a parte fixe do post...

Vamos então analisar essa situação CONSCIENTEMENTE. Repara bem nisto:

Homens de qualidade atraem mulheres de qualidade.

Homens ricos “atraem” mulheres que querem dinheiro.

O interesse desse tipo de mulher (porque não são todas, apenas um tipo de mulher) não está no homem em si, está no dinheiro que ele tem, e no que esse dinheiro pode trazer. Como por exemplo: conforto financeiro, luxos, validação, poder, muitas compras, todo o tipo de serviços, etc.

Obviamente que não tem mal nenhum ser-se rico. Mas deve-se perceber que isso é bom para nós e para a nossa vida... não para atrair mulheres.

Porque tentar atrair mulheres através do dinheiro que se tem, fazendo publicidade à riqueza que se tem, vai apenas atrair mulheres que querem dinheiro e obter coisas através dele.

Nessa situação o homem é invisível, e apenas um pretexto, um mal necessário para chegar ao dinheiro. Ele pensa que está a ter o melhor momento da sua vida porque a mulher é atraente e está a demonstrar interesse nele e a sair com ele, mas o que se passa na Verdade é que ela o está a usar para ter acesso ao seu dinheiro.

É o dinheiro que a motiva a estar com o homem... não é o homem. E ele infelizmente nem sequer se apercebe disso, porque está a ser completamente manipulado por ela.

Ela sabe que se o manipular e seduzir o tem na mão. Porque ela sabe que ele não tem poder algum sobre ela ou sobre a emoção de atracção que sente por ela... e que a publicidade que fez à sua riqueza foi um puro acto de carência e desespero para conseguir obter o que queria (e quer) dela...

...Validação!

Começa então o jogo de validação do costume... e a mulher ganha. Enquanto anda a sair com o riquinho, a usar o seu dinheiro e a demonstrar um falso interesse nele para o manter hipnotizado e controlado...

...anda a sair e a ter relações sexuais com homens masculinos imaturos, com quem ela não tem o mínimo de interesse em ter uma relação íntima porque eles não têm qualidades para isso, mas por quem sente desejo sexual porque há polaridade masculino/feminino.

Nesta situação o dinheiro já não parece ter o mesmo “valor” pois não...?

Claro que um homem pode ser rico e criar desejo sexual na mulher.

Um homem pode ser naturalmente atraente e ser rico, a questão não é essa.

A questão aqui é que só a riqueza, só o dinheiro não chegam. Não garantem nada em termos de atracção e relacionamento com o sexo feminino.

Cuidado, porque ao usares o dinheiro como isco para “atrair” mulheres, não é uma mulher que vais estar a “atrair”...

...é um ego humano. Um “vampiro de energia” sedento por obter validação e luxos a qualquer custo.

Este isco “atrai” um tipo de mulher... a mulher de baixa auto-estima sem valores (ego) que procura preencher um vazio dentro de si usando os outros (validação).

Repara bem nesta situação que acontece bastante nas cidades, pelo menos em Lisboa:

Homens ricos, uns mais novos outros mais velhos, a passear o seu grande carro pelas ruas mais movimentadas... para dar nas vistas e obter validação.

Claro que nem todos fazem isto, mas se observares por ti próprio, conscientemente, vais conseguir ver isto.

E alguns deles não fazem isso apenas para dar nas vistas... fazem para engatar mulheres. Sim, eles “precisam” de um carro caro para iniciar conversas e conseguir “conhecer” mulheres...

Eles pegam no descapotável, metem os óculos escuros e o relógio especial, fazem cara de mau e lá vão eles pelas ruas em busca de um corpo feminino que possam usar para ter um orgasmo.

Brutal não é?

E depois sempre que encontram uma mulher pela qual se sentem atraídos, páram o carro perto delas, tentam meter conversa com elas lançando a super arma secreta chamada... elogios, e depois fazem figas para que a dupla “imbatível” dinheiro + elogios dê resultado e aconteça um milagre ou uma espécie de magia qualquer, que tenha como resultado a mulher aceitar a sua oferta e meter-se no carro... rumo a belos momentos de validação para aliviar a baixa auto-estima.

=)

Sim, porque o que eles fazem resulta... com um certo tipo de mulher. Mas que tipo de mulher é esse...?

Isso eles não sabem nem fazem a mínima ideia, porque a partir do momento que o seu corpo se quer reproduzir com o delas, eles tomam logo a decisão de se partilhar com elas... tal é o seu auto-respeito.

Esse é o tipo de mulher que corresponde ao tipo de homem que eles são.

Mas antes de prosseguir há algo que quero deixar bem claro: não tem absolutamente mal nenhum fazer isto. Apenas falo disto para ilustrar como dinheiro nada tem a ver com atracção... e muito menos com auto-estima.

Que tipo de mulher achas que iria sentir-se interessada num tipo desconhecido de óculos escuros, com cara de mau e com um grande carro, e aceitar a sua proposta?

O que é que achas que uma mulher destas pensa de si, ou sente em relação a si própria?

Achas que há aqui algum pingo de selecção? Auto-respeito? Auto-estima?

Claro que não.

Este é o tipo de mulher de baixa auto-estima, sem valores e sem consideração por si própria, que anda numa busca desesperada por preencher o vazio que sente dentro de si. E que para o preencher tenta obter o máximo de validação exterior, a todo o custo. E claro, dinheiro traz validação, logo se o tipo está interessado nela e tem dinheiro, brutal! Não só ela obtém validação como ainda é paga para a obter... ;)

E ele? Ele vai todo contente como se lhe tivesse acontecido a melhor coisa do mundo. Tem mais um corpo para ter um orgasmo, ou uma companhia para impressionar os “amigos riquinhos frustrados com as mulheres”.

Mal sabe ele que ao seu lado está uma manipuladora desonesta de baixa auto-estima que o vai usar, trair... e sair a ganhar com isso.

E ele nunca irá conseguir ver isso, porque na sua cegueira de obter prazer físico e validação nunca há selecção consciente.

Este “truque” do carro e elogios não resulta com mulheres de qualidade. Porque elas não precisam daquilo que ele tem. Elas não buscam nem por dinheiro (desta forma. Pois uma vez que têm auto-respeito e valores não se vendem) nem buscam por validação. Elas buscam por outra coisa muito mais poderosa...

É curioso chamar-se aos escravos do ego “vampiros de energia”. Porque a figura do vampiro tem uma característica muito interessante que encaixa aqui perfeitamente: a sua imagem nunca aparece reflectida no espelho... ou seja, ele nunca se consegue ver ao espelho.

E um ego nunca consegue ver que está diante de outro ego.

Curioso... e uma pena.

Porque esse homem superficialmente parece estar na boa. Tem dinheiro, um grande carro e corpos femininos atraentes para ter orgasmos... mas interiormente não é a mesma coisa.

Ele vive a vida a tentar preencher um vazio. É por isso que ele anda atrás de todas essas coisas. A baixa auto-estima corrói-o por dentro... suga-o por dentro como um buraco negro. E o ego tenta agarrar-se e obter o que conseguir do exterior para contrariar isso... para aliviar-se da baixa auto-estima que ele próprio cria.

Como se sente este homem rico quando ninguém lhe está a dar atenção e validação?

Como se sente este homem rico quando não tem nenhuma mulher ao seu lado a tocar-lhe?

Como se sente este homem rico quando está sozinho em casa e pensa em si próprio...?

Um homem pode ser rico e naturalmente atraente para as mulheres. Mas essa atracção não vem do dinheiro que tem... vem da sua personalidade, da sua energia.

Se não és rico fica a saber que não precisas de ser rico para atrair naturalmente mulheres de qualidade. Tu mereces qualquer mulher que vejas, porque tens exactamente o mesmo valor que qualquer uma delas. Dinheiro não é um obstáculo nem um factor chave para atrair mulheres, é completamente irrelevante.

E se és rico e tens as melhores das intenções em relação às mulheres, mas vives insatisfeito porque ou nada acontece ou apenas andas a “atrair” mulheres que não te satisfazem porque só querem o teu dinheiro, usam-te e mentem-se (o tipo errado de mulher)... há uma solução para ti. Há coisas que tens de saber e desenvolver em ti.

E eu posso-te demonstrar quais e como.

Perguntas:

CoolVibesClub@hotmail.com

1 comentário:

JCordas disse...

Ok, aqui esta uma verdade dura e crua. Estou admirado como conseguiste exprimir uma emoção que eu próprio também acredito. Acho que este tipo de mulher não tem qualquer tipo de credibilidade a nível sentimental. torna-se muito difícil de serem feliz quando praticam este tipo de atitudes. Penso que através deste teu post poderás abrir alguns olhos, porque o pior cego é aquele que não quer ver.
Bom trabalho!