sexta-feira, 29 de agosto de 2008

“Compaixão, Homossexualidade, Sexo e Evolução”

Hoje vou partilhar contigo várias perguntas que uma pessoa me enviou, e as minhas respectivas respostas. Não vou revelar a identidade da pessoa, mas é alguém que estou a ajudar através de um dos meus cursos online e que me fez, antes de estar a participar, várias perguntas importantes cujas respostas acredito serem de interesse geral.

Por isso lê este post com atenção.



Mensagem das perguntas:

“Olha, tenho algo para te dizer, mas por favor interpreta o que estou prestes a dizer como uma crítica construtiva, e uma opinião minha, ou má interpretação minha.


São dúvidas que me assaltam quando estou a ler os teus posts, que por vezes contrariam algo que eu já tenha lido anteriormente.

E nota: eu admiro muito o teu trabalho, sinceramente.

Através do teu trabalho, já entendo o que é o Ego, afinal é mau, não está de forma nenhuma associada à auto-estima, já entendo muita coisa que se passa à minha volta, asneiras que fiz com as mulheres (tantas), etc, etc...

Tens revolucionado a minha forma de pensar...

Bom, vamos ao trabalho?

Aqui estão excertos de posts publicados por ti:

"Como detectar um homem de qualidade"

".....Ele respeita e tem compaixão por todas as mulheres. Ele compreende que todas as mulheres têm as suas inseguranças e problemas. O seu objectivo é fazê-las sentirem-se bonitas, sensuais e femininas. É criar nelas a emoção de serem a personificação da beleza."


Agora lê estes excertos....

"O Badboy e a Bitch"

"Ela fica com ele até obter a sua validação, e vai fazer tudo para o conseguir. Nem que seja uma oral na casa-de-banho da discoteca. Hey, por alguma razão é a Bitch..."

e excerto de um post que não me lembro de onde li...

"És é a maior estupidez à face da Terra e só serves como material de reciclagem para ver se sai uma mulher de qualidade com auto-estima."

Com toda a certeza percebeste que existe uma diferença descomunalmente grande entre o primeiro excerto comparado com os restantes. Referir-se a uma mulher que não tem auto-estima, e/ou que funciona atravéz do sistema operativo do Ego como Bitch é... digamos, lixado.
Imagina que uma mulher que age desta forma para com os homens, pois inconscientemente busca algo fora de si, que só alcançará dentro de si, só que ela não sabe disso, encontra este post.


Penso que essa frase não demontra compaixão. E ela sentir-se-á desvalorizada.

Ser bitch, na defenição que se usa na sociedade actual não é nada bom, e o pior disso é que poucas pessoas nem imaginam que este é um exemplo ESTÚPIDO de palavras que se usam para rotular as mulheres, ou outras com que se rotulam homens.

Essas pessoas precisam de evolução pessoal - acabou!!

Ninguém é lixo... somos ou mais ou menos desenvolvidos.

Isso é algo que já estava na minha forma de pensar, e o Cool Vibes veio fortalecer isso.
(...) acho que usaste vocabulário associado a algo que existe na sociedade, tal como Bitch, ou referir-se a alguém como lixo...Como tu próprio dizes, TODOS nós temos valor.E sinceramente custa-me que se fale assim das mulheresPenso que há mais que uma forma de dizer as coisas.Chamar-lhe Badgirl teria sido mais apropriado - isto é apenas a minha opinião.


Pedro, agora gostaria de tocar noutro ponto...

"Ele respeita e tem compaixão por todas as mulheres. Ele compreende que todas as mulheres têm as suas inseguranças e problemas. O seu objectivo é fazê-las sentirem-se bonitas, sensuais e femininas. É criar nelas a emoção de serem a personificação da beleza."

Este excerto não contraria o que tanto dizes acerca de Ego? Que o lugar do Ego é o lixo?
Se eu fizer uma mulher sentir-se bonita, sensual, feminina, será através de elogios, ou de alguma outra forma lhe dê validação. Mas ela precisa de elogios? Se sim, é porque ela tem o ego esfomeado, e se lhe der essa validação, ela sentir-se-á momentaneamente bem para depois precisar de mais doutra dose desta "droga". E se dás droga a um tóxico-dependente que está a sofrer de necessidade - estás a ajudá-lo?


Não... só o farás se o ajudares a sair da dependência que tem.

Pelo que aprendi contigo, cada pessoa tem de se achar bonita a si própria, não precisa de validação de ninguém, para que assim possa ser autónoma, e não depender do exterior. Agora outro ponto...

Mais uma frase tua:"Todos se sentem atraídos pelo sexo oposto ao longo da sua vida."

Então e a homossexualidade?


Desde que leio os teus posts, sempre te referiste à relação Homem/Mulher como se fosse a única que existe no mundo... mas todos nós sabemos que existe. Esclarece-me por favor...
Mais um ponto... este é o último :)


No post relação masculino/feminino...

"...e a reprodução é a única verdadeira utilidade do sexo."

Mas segundo um outro post por ti escrito, que não me lembro qual, referes-te ao sexo como algo extremamente importante para a manutenção da intimidade a 2.

Desde que não seja promíscuo, é errado ter-se sexo como rotina só pelo prazer? O sexo é importante para a intimidade ou indispensável? Será possível uma relação a 2 sobreviver à ausência de sexo?

Confesso que sou lixado... analiso tudo o que me dizem, e por vezes sou tido como chato. Como homem naturalmente atraente, evoluído que és... diz-me: depois de teres feito esta caminhada, ainda tens inseguranças, medos?

Tens emoções negativas? Elas desaparecem depois da evolução pessoal? Mudam? Como passa a ser a vida de alguém depois que tudo acontece?”


Mensagem das minhas respostas:



As tuas dúvidas são perfeitamente naturais, e percebe-se que o teu objectivo é clarificar conceitos para conseguires aprender e evoluir.


Tens apenas de perceber que uma coisa é a minha forma de funcionar na vida, e outra é eu escrever posts no blog.

Há muita coisa que é apenas o meu sentido de humor... e outras expressões fortes que uso apenas para chamar as pessoas à atenção.

Em certos posts ensino autenticidade e compaixão, e uso uma linguagem específica para isso.

Noutros posts ensino selecção e refiro erros, e uso outro tipo de linguagem específica para isso.

Todo o tipo de linguagem que uso é para abrir os olhos às pessoas e fazê-las sentir algo quando lêem os posts. Se ficarem indiferentes ao que leram a informação não terá qualquer utilidade porque não vão reagir, nem lembrar-se dela.

Eu falo das coisas tal como elas são. Há pessoas que sabem lidar com a Verdade e há pessoas que não sabem lidar com a Verdade. Só o primeiro grupo é que me interessa, porque esse é o que busca pela Verdade e é o que quer de facto evoluir e melhorar a sua vida.

No meu dia-a-dia eu não chamo bitch a ninguém nem vejo nenhuma mulher como uma bitch.

Eu tenho compaixão por todas as mulheres, sejam elas quem forem, façam elas o que fizerem. Mas sei reconhecer o que é um comportamento destrutivo, imaturo e uma influência e companhia negativa. Mas compreendo de onde isso vem, e tenho compaixão.

Mas para as pessoas perceberem as coisas eu tenho de falar de forma a que elas percebam. Tenho de ser mais básico... e falar sobre as coisas com uma linguagem que elas percebam. Porque não dá para falar destas coisas no contexto da selecção dizendo apenas para ter compaixão e dar uma ideia de que está tudo bem. As pessoas já são demasiado passivas e aceitam tudo e mais alguma coisa na sua vida porque andam sempre desesperadas por obter algo que preencha o vazio interior que sentem (baixa auto-estima).

Estes termos e expressões mais agressivas são para pôr as pessoas a pensar nas coisas seriamente e começar a tomar decisões conscientes em relação a elas. Vais reparar que nos meus primeiros posts eu usava muitas expressões agressivas e que depois deixei de as usar. Eu entretanto também evoluí na minha forma de escrever sobre estes temas e de preparar os temas.

No início falava mais de como as coisas estavam mal e soava um pouco a "crítica", mas nunca foi crítica. Era desenvolver consciência nas pessoas. Depois passei a partilhar mais soluções e a usar uma linguagem mais suave e agradável, de compaixão.


Mas a primeira fase do Cool Vibes foi importante, e apesar de não validar lá muito os "badboys" e as "bitches", vai abrir os olhos a quem quiser sair do seu ciclo vicioso de energia negativa e comportamentos repelentes ou desonestos.

Eu também não gosto nada de ouvir alguém criticar uma mulher e chamar-lhe nomes, porque sei que isso vem do ego da pessoa e de energia negativa, e não tem como objectivo ajudar alguém ou fazer alguém perceber algo importante e desenvolver a sua consciência em relação ao tema ou situação. Aquilo que digo e explico vem de outro lado... apesar das palavras usadas vem de querer ajudar, vem de compaixão.

Porque há muitas pessoas de bom coração que caiem sempre no erro de se partilhar e ter relações com pessoas desonestas sem integridade, e eu quero que elas percebam o que se passa com elas, e qual é a realidade da situação.

Fazer uma mulher sentir-se bonita, sensual e feminina não tem nada a ver com elogios, validação e alimentar o ego. Tem a ver com compaixão, ser-se masculino e com intimidade. O meu programa das Qualidades trata deste assunto.

Quando digo que "Todos se sentem atraídos pelo sexo oposto ao longo da sua vida" estou claro apenas a falar de homens e mulheres heterossexuais. O Cool Vibes é só e apenas sobre heterossexualidade. Eu não sou homossexual nem tenho nada contra homossexuais, mas apenas falo sobre aquilo que vem da minha experiência e evolução pessoal como homem heterossexual.

Atracção tem a ver com polaridade masculino/feminino, ou seja, se um homossexual for masculino e outro feminino, vai haver atracção. O sexo oposto não tem apenas a ver com o corpo, mas com a forma como se funciona na vida, com energia. Mas nessa frase estava-me apenas a referir a heterossexuais.

Atracção é uma ferramenta da Natureza para que os animais se reproduzam e gerem mais seres vivos. É por isso que eu digo que a reprodução é a única Verdadeira utilidade do sexo. O desenvolvimento da mente humana é que trouxe outras utilidades... A questão é que se não há atracção, não há desejo sexual nem sexo. Logo nunca vai haver intimidade... só amizade. Ou seja, um homem e uma mulher podem gostar muito um do outro, mas como não há polaridade masculino/feminino, não há atracção, não há sexo... nunca vai haver relação íntima ou amorosa... apenas amizade.

Não tem mal nenhum fazer-se sexo com uma pessoa diferente todas as noites apenas por prazer físico. A questão é: porque é que se tem esse estilo de vida? Porque é que se precisa disso? E a Verdade é que isso é apenas uma forma de validação = ego. Não tem mal nenhum, simplesmente prejudica a própria pessoa porque anda sempre numa busca e perda constante. Partilha-se e depois está só novamente e tem de ir à procura. E é um ciclo que nunca acaba.

Essas pessoas nunca têm uma ligação emocional verdadeira com ninguém, nem sabem o que é sexo de qualidade (porque só têm quantidade) nem têm intimidade a sério. Não são selectivas e partilham-se com todo o tipo de pessoas... projectando ao mundo que são fáceis e baratas, e que não têm auto-respeito = baixa auto-estima.

As inseguranças, os medos e as emoções negativas nunca desaparecem a 100%. Evolução pessoal é um caminho, não um destino. Há sempre mais a aprender, desenvolver, evoluir e melhorar. O que acontece é que passam a ser muuuuito menos :)

O que eu costumo dizer às pessoas é que passam a ter 90% de satisfação e 10% de insatisfação. Os problemas são cada vez menos e vão-se embora cada vez mais rápido. As inseguranças e os medos praticamente não te afectam. Deixam de te paralizar ou bloquear e ultrapassas-os facilmente.

As emoções negativas rapidamente são transformadas por ti em emoções positivas. Passas a ter mais paz interior, a viver mais descontraído e relaxado, a sentir-te mais satisfeito, motivado e bem disposto, a ter mais prazeres na vida, a divertires-te mais, e tudo à tua volta vai-se transformando naquilo que desejas ter, fazer, sentir e experienciar.

Começas a viver a vida que queres mesmo viver, a sentir-te poderoso e capaz de tudo e praticamente nada exterior te afecta pois aprendeste a funcionar através do interior, libertaste-te do ego e desenvolveste consciência. Não a 100% pois não há perfeição, mas garanto-te que 90% já é bom como o caraças! :)

Obrigado pela tua mensagem e por teres lido os posts,

Pedro Constantino

Perguntas e informações:

CoolVibesClub@hotmail.com

Sem comentários: