AMOR

"Ensina só Amor, pois é isso que tu és"

sexta-feira, 29 de agosto de 2008

"Como Conhecer Pessoas e Criar Opções Na Tua Vida Amorosa"

Se és solteiro/a então tens mesmo de ler este post... sim, porque este post é para homens e mulheres.

Como é que se conhece pessoas?

Como é que se cria opções na vida amorosa, e se conhece vários potenciais parceiros íntimos?

Conhecer pessoas e criar opções tem tudo a ver com desenvolver uma vida social activa.

Tem tudo a ver com falar com todas as pessoas... e não apenas com membros do sexo oposto.

Ter uma vida social activa nada tem a ver com estar fora de casa todos os dias ou sair todos os dias... trata-se de criar um equilíbrio saudável entre o tempo que estás sozinho em casa, e o tempo que passas fora de casa a conviver com pessoas e a frequentar locais.

Seja como for não há volta a dar: tens mesmo de sair de casa. Tens mesmo de mexer-te e ir a um lado qualquer. Tal como eu o tive de fazer.

Eu costumava-me sentir extremamente desconfortável em situações sociais e locais públicos e por isso evita-os constantemente e sempre que podia.

Mas quando descobri ou me apercebi que esso era uma das coisas que mais me prejudicava e contribuía para a minha insatisfação geral, comecei aos poucos a sair cada vez mais de casa.

Comecei a deixar de fazer todas as actividades que me prendiam em casa e que eram desnecessárias, e comecei a aproveitar todas as oportunidades que surgiam para estar com amigos e colegas.

Jantares de anos, jantares de turma, festas de faculdade, festas em casa de amigos, idas ao café, passeios em grupo, saídas à noite... tudo.

Mas mesmo nessa fase de mutas saídas e convívio, eu ainda sentia que me faltava algo... porque as coisas não estavam a acontecer. Já me tinha tornado mais extrovertido e conversador, mas não o suficiente. Falar com estranhos era ainda ficção científica para mim...

E então decidi aventurar-me a sério, e comecei a sair sozinho.

Deixei-me de tretas, de desculpas e justificações/opiniões inteligentes, e pus-me a mexer.

Comecei por passear sozinho pela rua, depois comecei a ir sozinho a cafés e centros comerciais... e finalmente comecei a sair sozinho à noite para festas, bares e discotecas.

Decidi desafiar-me a sério, pois percebi que só assim é que iria mudar a sério e alcançar exactamente o que desejava como desejava.

E durante essas saídas cheguei a ser empurrado por mulheres e ameaçado por homens... mas na semana seguinte estava lá outra vez.

E outra vez, e outra vez...

E isto não foi durante 2 ou 3 meses... foi durante quase 2 anos. Muito regularmente.

E foi uma das melhores decisões que alguma vez tomei na vida.

Algo que prejudica imenso as pessoas é dependerem da companhia dos amigos para tudo. A maioria das pessoas não conseguem ir a lado nenhum sozinhas.

A sociedade, como é hoje em dia, cria zombies. Cria pessoas que têm valor, mas que são convencidas desde que nascem de que não o têm, e depois são ensinadas a seguir certas regras para obter e manter esse valor que “não têm”.

É tudo uma grande lavagem cerebral completamente disfuncional... é o nível de consciência da mente humana, o nível do ego humano.

Mas não penses que isto se trata de uma conspiração. Não há ninguém a culpar nem combater. Não há um vilão nem um inimigo... simplesmente a sociedade e a cultura precisam de evoluir e passar a um novo nível de consciência.

E essa evolução começa em cada um de nós. Tens de começar por ti. Quantas mais pessoas souberem este tipo de coisas, mais rapidamente a sociedade vai mudar para o novo nível de consciência em que se acabaram todos os grandes problemas e injustiças que conheces hoje em dia.

Porque acredites ou não, tudo isso é criado pelo ego humano... e uma vez que a Humanidade aprenda a libertar-se dele, todas as consequências negativas de se viver através dele desaparecem. As pessoas ainda não estão prontas para isto, mas é esta a Verdade. Porque por todo o mundo já há milhares de pessoas a viver assim, nada mais é do que uma escolha e uma dedicação a sério.

Mas voltando ao tema do post...

Tens de criar uma vida social activa e falar com todo o tipo de pessoas. Não apenas porque é alguém do sexo oposto por quem te sentes atraído e queres obter algo dessa pessoa, mas porque tens prazer em falar com as pessoas e ter pequenas e agradáveis conversas.

Porque tens prazer em fazer as pessoas sorrir e brincar com elas. Sejam homens, mulheres, velhotes ou crianças... ou até cães. Já alguma vez fizeste uma festa a um cão desconhecido? É a mesma coisa com seres humanos, só que com eles trata-se de fazer uma “festa” verbal =)

Começa por escolher 2 ou 3 sítios de que gostas, ou descobre 2 ou 3 sítios de que gostes, e começa a lá ir pelo menos 1 vez por semana, todas as semanas. Desenvolve um gosto por descobrir sítios novos e frequentá-los para saberes como é o ambiente, o que se passa lá e que tipo de pessoas lá vão.

E não tem mal nenhum frequentares locais sozinho, sejas homem ou mulher. Isso é na Verdade uma prova e demonstração de Coragem e Confiança. A maioria das pessoas têm MEDO de fazer isso, porque receiam o que vão pensar delas.

((( Alarme: Ego a pregar rasteiras! Ego a pregar rasteiras! )))

Esse medo nada mais é do que o ego a tentar proteger-se de não obter validação. Hey, tu não precisas de validação... TU JÁ TENS VALOR!

Está dentro de ti independentemente do que o exterior te possa demonstrar. Vê a situação de FORA da cabeça: é um acto de Coragem.

E passa-se a mesma coisa com iniciar conversas com estranhos: não tem mal nenhum. Se vais com uma energia positiva, com boas intenções e és simpático e divertido, não estás a incomodar ninguém nem a prejudicar ninguém.

As pessoas que dizem que há algo de errado nisso são pessoas inseguras e negativas que não sabem criar opções, e que como não conseguem falar com quem quiserem, o seu ego sente-se inferiorizado pelas pessoas que o coneguem fazer. Especialmente se forem falar com membros do sexo oposto... aí é que o ego de algumas pessoas dispara o alarme de inferioridade ;)

Mas hey, não tem mal nenhum. Estás apenas a criar momentos positivos na tua vida e na vida dos outros. E se todas as pessoas tivessem prazer em ter uma pequena conversa com estranhos, o mundo estaria muito melhor.

Se em vez de as pessoas andarem todas mal encaradas, fechadas e na defensiva falassem umas com as outras, ao alguém vir chateado do emprego no metro, teria uma pequena conversa engraçada e isso animava-lhe o dia. A ela e à pessoa com quem tinha falado.

Seria divertimento em qualquer lado a qualquer momento.

Ao frequentares esses locais favoritos regularmente, ou os novos que estás a descobrir, fala com as pessoas que lá trabalham.

Fala com os porteiros, com as pessoas que te servem à mesa e com as pessoas que trabalham atrás do balcão. Fala com quem trabalha nos locais. Ninguém fala com elas... dizem “Bom dia”, dizem o que querem, dizem obrigado e vão-se embora.

Essas pessoas não são robôs... são seres humanos. Fala com elas. Faz-lhes perguntas, comenta qualquer coisa, faz uma pequena brincadeira. Porque assim tens sempre alguém com quem falar nos locais onde vais, mesmo que vás sozinho. E vais aumentar o teu círculo social de amigos e conhecidos. E quando deres por ti vais estar a conhecer pessoas em piloto automático, e vais conhecer pessoas sem fazer nada porque elas são-te apresentadas.

E porquê? Porque tu és a pessoa simpática e divertida que fala com toda a gente. Mesmo sem nunca saber o seu nome ou obter o seu contacto. Tu falas pelo prazer de falar e criar ligações com as pessoas.

E sempre que sais de casa, sai com um sorriso na cara e com uma energia positiva. Isso é uma clara porta aberta para que as pessoas se aproximem de ti, fiquem curiosas em relação a ti e metam conversa contigo.

Como já deves saber eu estou numa relação, e já não ando para aí a iniciar conversas com mulheres atraentes que não conheço de lado nenhum. E para ser sincero, para mim essa fase é uma grande chatice. Tem os seus momentos divertidos, mas o que eu gosto mesmo é de ligações emocionais profundas que de facto me estimulem... não de conversas superficiais em série, com mulheres que têm valor e pelas quais tenho a maior compaixão, mas que depois não passam pelo processo de selecção consciente.

Sim, porque não te esqueças que eu sou o man da selecção consciente.

Por isso hoje em dia eu já não tenho necessidade de andar a falar com mulheres atraentes desconhecidas... mas falo com pessoas. E conheço pessoas. E cada vez conheço mais pessoas espectaculares... e cada vez me sinto mais grato pelos amigos e amigas espectaculares que tenho.

Eu falo com quem trabalha nos locais que frequento e conheço as pessoas. Sejam elas quem forem... homens, mulheres, velhotes... extraterrestres... seguranças e porteiros... barmens, barmaids e modelos... empregadas atraentes ou não atraentes (para mim, claro. Porque tenho a certeza que o serão para alguém), empregadas e empregados simpáticos, empregadas e empregados divertidos, DJs, RPs, empresários, etc.

Todo o tipo de pessoas. Não para obter algo delas, não com esquemas, mentiras ou truques, mas apenas porque gosto de conversar e especialmente brincar com as pessoas, e gosto de criar ligações emocionais com elas. Saber o nome ou obter o contacto não são prioridade nenhuma, eu quero é dizer a piada e conversar.

E posso não o fazer sempre que saio... mas faço-o. E tu também o podes começar a fazer, e desenvolver assim uma vida social muito mais divertida e estimulante, e desenvolver qualidades importantes que depois te vão permitir iniciar conversas cada vez mais facilmente com quem quiseres, onde quiseres, quando quiseres.

E claro, conversa com qualquer pessoa que te motive a fazê-lo. Vai falar com aquela mulher que te atrai ou com aquele homem que te deixa curiosa. Sejas homem ou mulher isso não tem mal nenhum... nós nascemos para interagirmos uns com os outros e vivermos em harmonia uns com os outros.

Todos nós somos a mesma coisa: energia. Só que distribuída por corpos diferentes.

Sejas homem ou mulher, vai falar com quem te apetecer. Toma a iniciativa e vai falar. Não fiques à espera de sinais de interesse nem que a outra pessoa faça algo acontecer. És tu quem está a viver a tua vida e és tu quem a está a criar. E se queres algo tens de o criar, e para o criares tens de te mexer. Por isso vai lá falar com ela ou com ele. Diz qualquer coisa, não interessa.

Porque ser rejeitado é uma ilusão do ego. É mais uma bela rasteira. “Rejeição” apenas significa que és diferente da outra pessoa, que são incompatíveis. Isso apenas revela como a outra pessoa é, não como tu és. Não é uma prova nem demonstração da tua falta de valor... é uma demonstração de como é a personalidade da outra pessoa.

E não tem mal nenhum, porque nós nem somos compatíveis com todos os outros seres humanos nem somos atraentes para todos os outros seres humanos. A tua missão é encontrar e descobrir pessoas que sejam compatíveis contigo e que de facto tenham as qualidades e valores que procuras.

Porque há muitas pessoas por aí fora que infelizmente foram mal influenciadas e informadas, e que por isso são controladas pelo seu ego. Logo são negativas, têm medo de estranhos, vêem os outros como uma espécie de perigo, não têm compaixão por ninguém, são antipáticas, muito inseguras, não sabem conversar, têm medo do que os outros pensam delas, sentem-se bloqueadas e presas, estão mal dispostas, funcionam a energia negativa, são manipuladores e gostam de inferiorizar os outros. E por isso podem não reagir positivamente à tua aproximação.

Mas há pessoas por todo o lado com quem podes falar. Milhares! Opções em graaande quantidade!

Se uma não queria falar... fala com outra. Tem compaixão por todas e respeita a sua decisão de não querer falar e de reagir negativamente. Mas vai falar com outra, ou melhor, outras.

Porque há milhares de pessoas por aí fora que são bem dispostas, que gostam de conversar, que são simpáticas e divertidas, positivas, que gostam de conhecer pessoas, e que muito provavelmente andam a fazer o mesmo que tu porque têm lido os posts do Cool Vibes ;)

Eu sei que para muitas pessoas é difícil ter uma vida social activa porque passam a maior parte do tempo no emprego e chegam cansadas a casa. Mas hey, há o fim de semana. Há a noite de sexta e a noite de sábado. Não tem de ser todos os dias... pode ser só uma noite ou um dia por semana. O que interessa é que estás a fazer algo.

E para além da vida social activa há outras alternativas...

A pior coisa que podes fazer na vida é depender apenas dos amigos e amigas que tens agora para conhecer pessoas, ou limitar-te a conhecer apenas as pessoas do emprego ou da turma da faculdade.

Isso é muuuito limitado, e faz-se sentir carente desenvolvendo em ti uma mentalidade de carência. E tanto uma coisa como a outra depois vão repelir as pessoas que queres conhecer, porque são emoções negativas.

Mas hey, podes conhecer pessoas pela internet. É grátis. Crias um profile com umas fotos e começas a enviar convites de amizade e mensagens. Podes usar o clássico Hi5, o muito fixe Netlog ou então o em crescimento em Portugal MySpace. Convém é saberes como o fazer da forma certa e conhecer as suas dinãmicas especiais para não andares a perder tempo a enviar centenas de convites e mensagens sem obter resposta, e de facto conseguires conhecer pessoas pessoalmente em vez de teres meras relações virtuais pelo MSN. E para isso, e se és um homem, tens o meu curso online Atracção Online.

Nota: se fores ao YouTube do Cool Vibes tens lá um audio chamado “6 Dicas Para Conhecer Mulheres Pela Internet” que certamente te vai interessar (muito) ouvir.

E tirando a internet tens ainda o speed dating.

Para quem ainda não tem tempo para ter uma vida social activa, esta é uma opção muito boa. Estes eventos vão-te permitir conhecer várias pessoas numa só noite, com quem depois podes vir a sair regularmente e ter grandes amizades ou de facto ter uma relação íntima espectacular.

Porque speed dating não é para falhados ou frustrados. Esses são aqueles que não fazem nada acontecer, não se desafiam, não sabem criar opções, e sentam-se no sofá em casa ou num café com os amigos a criticar e a julgar os outros.

Quem vai ao speed dating são pessoas que estão a fazer algo acontecer. Pessoas que se estão a desafiar e a fazer algo pela sua vida social e amorosa. E que por isso vão obter resultados e mudar

E há uma empresa brutal que realiza eventos de speed dating em Portugal que deves conhecer.

Este é o site, visita-o e lê-o hoje:

http://www.speedparty.net/

Não se trata apenas de eventos nos quais todos os homens falam com todas as mulheres, e vice-versa, durante 4 minutos. Há festas, jantares, passeios, eventos em barcos, etc. Muita coisa divertida vais de certo encontrar, e muitas surpresas agradáveis podem surgir...

Speed Party tem sem dúvida o selo de qualidade do Cool Vibes. Mas lembra-te: eles fornecem os locais, as actividades e as pessoas, e têm um serviço excelente... mas quem tem de fazer as coisas acontecer és tu.

Uma pessoa que eu tenho ajudado através do Cool Vibes foi a um dos eventos, conheceu lá 5 pessoas e foram todos juntos, logo a seguir nessa mesma noite, sair para uma discoteca, e tiveram todos uma noite brutal super divertida.

Quanto a ti não sei, mas para mim este é o tipo de noite à qual eu chamo de espectacular.

E agora deves-te estar a questionar...

“Ok, isto é tudo muito giro. Mas como raio é que eu começo uma conversa com um estranho? O que é que eu digo??”

O que interessa não é o que dizes, é como o dizes. É a energia por detrás das palavras. As emoções que estás a sentir no momento.

O que deves fazer é observar com atenção a pessoa, e descobrir algo que te deixe curioso em relação a ela ou em relação ao que ela está a fazer. E fala com ela sobre isso. Faz-lhe uma pergunta sobre isso.

Quanto mais um ser humano faz algo, melhor ele se torna nisso. Por isso quanto mais falares com pessoas, melhor ficarás nisso. Experimenta, arrisca, desafia-te... usa Coragem.

Vive uma vida de Coragem, ou vive uma vida da treta.

Mas se és um homem e queres uma ajuda preciosa nesta actividade de conhecer mulheres de uma forma autêntica (tradução: sem mentiras, truques, esquemas ou manipulação), tens o meu ebook grátis: “As 14 Coisas Que Nunca Deves Fazer Ao Conhecer Mulheres Em Locais Públicos”. Vais de certeza encontrar lá dicas muito úteis.

Para o adquirires basta enviares-me um email para
CoolVibesArteSocial@hotmail.com com o assunto: ebook arte social, e na mensagem o teu primeiro nome. Ao enviares este email vais depois fazer parte de uma lista especial que vai receber de vez em quando dicas preciosas sobre conhecer mulheres e iniciar interacções.

E para acabar o longo post de hoje, quero avisar-te de que para a semana não há Cool Vibes. Vou de férias para fora e não vou poder responder a perguntas nem criar posts.

Mas hey, o Cool Vibes não vai parar. E eu quero a tua opinião. Envia-me um email para
CoolVibesClub@hotmail.com a dizer-me sobre o que gostarias de aprender em termos de atracção natural e evolução pessoal.

Que temas gostarias de ver tratados em posts aqui no blog ou em audios no Youtube?

Sobre o que é que queres ler? Que tipo de informação sobre vida pessoal, amorosa e social é que gostarias de ler em posts ou ouvir em audios do Cool Vibes?

Não, eu não estou a ficar sem temas... aliás, tenho uma grande lista de temas para escrever aqui no blog e transformar em audio. Mas eu quero saber o que TU realmente queres saber. Porque tu conheces-te melhor a ti próprio do que eu... eu apenas partilho aquilo que me ajudou e que o meu nível de consciência actual me permite avaliar que vai ser mesmo útil para ti.

Mas sobre o que é que tu queres mesmo aprender? Envia-me um email com as tuas sugestões para posts e audios do Cool Vibes. Eu vou ler todos e ter todos em consideração. Se tens acompanhado fielmente o Cool Vibes e ele te tem mesmo ajudado, e se estas temas realmente te interessam, então senta-te durante 5 minutos e escreve esse email.

E outra coisa...

Se tens vindo aqui, ou ao Youtube, todas as semanas (ou dias) com entusiasmo ler e ouvir as cenas do Cool Vibes, e vives fascinado com isto, então passa a palavra. Se tens um profile online coloca lá um link para o blog. Se tens um blog coloca lá um link para o Cool Vibes. Escreve sobre o Cool Vibes, refere o Cool Vibes e coloca lá um link para as pessoas poderem vir aqui ao blog. Mas coloca o link completo para ser só preciso clicar:

http://CoolVibesblog.blogspot.com

Em Setembro vão haver várias surpresas, e o Cool Vibes vai passar para um novo nível.

Vou relançar o meu curso online Arte Social: Como Conhecer Mulheres Em Qualquer Lado, A Qualquer Momento, De Uma Forma Autêntica E Natural.

Vou criar um programa de atracção natural e evolução pessoal só para mulheres. Em princípio vai chamar-se Vénus e vai centrar-se nos temas de desenvolver auto-estima e femininidade, explicar como funcionam os homens e como é a energia masculina, como funciona a atracção natural, como conhecer homens, como evitar os que não interessam e reconhecer os que interessam (selecção consciente) e muitas outras coisas.

As outras surpresas são mesmo surpresas... não vou revelar já o que são.

Espero que passes uma boa semana, em Setembro estou de volta.

Sê feliz e faz os outros felizes. Vai falar com aquele homem que te deixa curiosa. Vai falar com aquela mulher pela qual te sentes atraído.


Fala com todas as pessoas.

Perguntas e informações:

CoolVibesClub@hotmail.com

4 comentários:

Ferreira (Brasil) disse...

Estou gostando muito de conhecer seu trabalho. Gostaria de saber como lidar com esta situação:
Sou separado à 8 anos, moro com meus 2 filhos maiores, reencontrei o 1º amor da minha vida, ela está separada com 3 filhos, 2 independentes e 1 mora com ela.(Ela é tipo mãezona) Ela me propõe um estilo relação namoro até ficar a situação mais resolvida dos nossos filhos e nos avaliarmos melhor, eu topei o que você acha? Obrigado.

Diana disse...

"O homem deve criar as oportunidades e não somente encontrá-las" - Francis Bacon é uma excelente frase que resume bem o teu post de hoje!! ;) as pessoas para conhecerem outras pessoas, também nao precisam de criar profiles, ou contas em h5 ou myspace's, etc.. também podem registar-se em fóruns relativos ás suas áreas de interesse onde vao encontrar muitas pessoas com os mesmos interesses!! depois é conversar, ser activo no fórum, marcar ou ir a convivios ou encontros desse fórum..dessa forma também está a ser socialmente activo e a conhecer pessoas interessantes e estimulantes com quem pode aprender e partilhar ideias, experiencias e opinioes ;) é o q eu faço!! e nao vou com o intuito de conhecer o homem da minha vida (LOL), mas sim numa de conversar e trocar ideias!! divirto-me e aprendo e isso, para mim, é que é mais importante!! o resto vem por acréscimo ;) :D

Pedro Constantino disse...

Ferreira:

A avaliação a sério deve ser feita logo de início, e nunca ser adiada. Porque é através dessa avaliação que vais tirar conclusões em relação à outra pessoa, e precisas de tirar conclusões certas para poderes tomar decisões certas.

Ter ou não ter filhos é irrelevante para a qualidade da relação íntima, porque ela é apenas entre vocês os dois e é apenas a vossa personalidade que a define. Não circunstâncias exteriores.

Se o que ela te propôs é de facto o que tu queres, óptimo. Que sejam os dois felizes e se divirtam à grande juntos :)

Mas se não for, e se tiveres aceite a proposta apenas por falta de opções e carência (ou mera atracção física)... então deves sentar-te e pensar claramente no que realmente queres numa mulher e numa relação íntima. Porque é isso que deves seguir.

Agora... se ela FOI o 1º amor da tua vida, isso significa que tiveram uma relação íntima e ela acabou. Não sei qual foi a razão específica, mas sei que as relações íntimas acabam quando os parceiros ou não são compatíveis ou não há atracção (desejo sexual) ou quando há a falta de determinadas qualidades essenciais.

Não sei quanto tempo passou, mas claro que é possível que ambos tenham mudado para melhor. Seja como for, se a vossa personalidade estiver na mesma, vão ter o mesmo tipo de relação outra vez, os mesmos resultados e mais uma vez vão acabar por se separar. Ou pior: continuam um com o outro, acomodam-se à insatisfação, e vão "apodrecendo", ficando cada vez mais desmotivados para a vida e revoltados um com o outro. O que não é lá grande coisa...

Tens que avaliar a situação no momento presente e fazer uma selecção consciente.

Será que ela te merece?

Como é que ela é agora?

Como é conviver agora com ela?

Ela tem auto-estima?

Ela é honesta?

Ela é positiva ou negativa?

Tem compaixão ou anda só à caça de validação exterior?

Tem uma atitude de partilha ou apenas de obter?

São essas perguntas que deves fazer a ti próprio. Obrigado pela tua questão.

Pedro Constantino disse...

Diana:

Excelente ideia essa dos fóruns. É de facto uma forma muito boa de conhecer pessoas com interesses semelhantes... e nunca se sabe, o homem ou a mulher da tua vida pode lá estar ;)

E a atitude certa é mesmo essa: divertires-te e fazeres algo que gostas de fazer.

Obrigado por partilhares!