AMOR

"Ensina só Amor, pois é isso que tu és"

quinta-feira, 31 de janeiro de 2008

"Palestra da We Create sobre O Segredo"

Palestra da We Create sobre O Segredo na prática...

Se leste ou viste O Segredo, este post vai-te de certeza interessar.

Cheguei há 1 hora atrás da última palestra da We Create sobre O Segredo na prática. Foi na FNAC do Cascais Shopping e, como sempre, foi excelente e inspirador.

É este tipo de coisas que me faz vibrar. Mas vibrar a sério. Saio destas palestras da We Create sempre cheio de ideias e motivado. Saio sempre cheio de energia positiva dentro de mim. E depois, através dela, começo a criar.

Seja na minha vida pessoal, íntima, no Cool Vibes ou na minha pintura. E é assim que funciona a Lei da Atracção.

E é também por isso que estou a escrever este post a esta hora (1h10 da manhã...).

Mas afinal o que é a We Create? E que palestras são estas?

A We Create é uma companhia portuguesa recente, mas já de estatuto internacional, que faz formação profissional de desenvolvimento pessoal por toda a Europa.

Foi criada por Daniel Sá Nogueira, o guru do desenvolvimento pessoal em Portugal. Há 10 anos que se dedica ao desenvolvimento pessoal e que este é a sua grande paixão na vida. Já fez todo o tipo de cursos e leu todo o tipo de livros... tal como ele próprio diz, é um "freak" da cena.

Daniel Sá Nogueira presta um serviço de qualidade, não só pela sua grande experiência e conhecimento de desenvolvimento pessoal, mas também, e principalmente, pelos seus valores e maturidade. E claro, pela sua grande criatividade e sentido de humor também. Ele inspira e motiva ao mesmo tempo que entretem, e neste tipo de actividade isso é extremamente precioso.

Estas palestras, de quase 3 horas de duração, são apresentações grátis ao público de como se aplica a Lei da Atracção, ou seja O Segredo, na prática e no dia-a-dia.

Nestas palestras Daniel Sá Nogueira apresenta os 10 segredos d’O Segredo e explica-os um a um de forma a que qualquer pessoa, esteja ela fora do assunto, seja um céptico ou um aficcionado, os compreenda e consiga aplicar na sua vida. Para a mudar e criar o que deseja ter.

Não vou revelar aqui quais são os 10 segredos d’O Segredo nem revelar o que se passa de fantástico durante estas palestras de 3 horas de Daniel Sá Nogueira e da We Create. Quero que descubras por ti próprio. Pois a seguir a assistires a uma delas, algo irá mudar. De certeza. Sempre.

Até descobrir O Segredo e ter visto o filme, andei mais de 2 anos na escuridão às apalpadelas em busca de algo que realmente resultasse. Em busca de respostas e soluções verdadeiras. Mas 90% daquilo que encontrei simplesmente ou não resultava, ou de uma forma ou de outra acabou por me prejudicar.

Mas O Segredo resultou e continua a resultar. A Lei da Atracção mudou a minha vida e continua a mudá-la pois eu uso-a todos os dias.

Eu sei o que resulta e tem qualidade, e o que não resulta e é medíocre. Pesquisei, estudei e apliquei tanta coisa diariamente durante os últimos 4 anos, que hoje consigo perceber à distância se realmente vale a pena ou não. E a We Create, e o Daniel Sá Nogueira, valem sem dúvida a pena.

A We Create tem vários projectos em mente para o público em geral. Daniel Sá Nogueira irá realizar uma workshop de 3 dias sobre O Segredo. Será nos dias 28, 29 e 30 de Março.

Para mais informações sobre a We Create vai ao seu site:

www.WeCreate.pt

Explora-o. Lá encontrarás todas as informações e contactos necessários para perguntares sobre os próximos eventos abertos ao público.

Agora são 1h44 da manhã, está na hora de acabar isto...

Evolução pessoal é uma escolha. É a escolha de quereres mais e melhor para ti, e a decisão de fazeres tudo o que é necessário para que esse mais e melhor surja. Trata-se de procura por soluções e de criação intencional. Por vezes certas coisas positivas acontecerão sem a tua intervenção directa... mas todas elas partem sempre de ti. De quem tu és, da tua personalidade, das tuas qualidades.

Sê, Faz e Tem.

Se queres algo, seja o que for, tens de primeiro ser o tipo de pessoa que já tem o que desejas. Tens de te sentir como se já o tivesses.

Depois tens de viver a vida e fazer tudo o que a pessoa que já tem essa coisa costuma fazer.

E quando deres por ti... já terás aquilo que tanto desejas.


Perguntas / MSN – mailing list (adiciona)
CoolVibesClub@hotmail.com


http://www.wecreate.pt/


Divulga o Cool Vibes.

Tudo é possível, tudo tem uma solução.
- Pedro Constantino

segunda-feira, 28 de janeiro de 2008

"Como Ser Naturalmente Atraente"

Como ser naturalmente atraente...

Quais são os segredos?

O que é que está por detrás de se ser naturalmente atraente?

O que é preciso fazer?

O que é preciso ter?

O que é preciso dizer?

Como é que isso funciona?

É possível ser-se naturalmente atraente?

Oh yeah... é possível ser-se naturalmente atraente.

Sejas tu quem fores, homem ou mulher, solteiro ou comprometido (ou outra coisa qualquer), novo ou velho, virgem ou não...

A questão aqui não é ser-se... mas sim tornar-se naturalmente atraente. E é aqui que entra o conceito de evolução pessoal.

As pessoas gostam de nós pelas emoções que nós criamos nelas. Lembra-te desta frase para o resto da tua vida...

Um ser humano gosta de outro ser humano pelas emoções que este cria nele. Se alguém te fizer sentir mal, como por exemplo traíndo-te, irás sentir-te motivado a afastares-te dessa pessoa. Irás detestá-la, odiá-la, e em casos mais extremos querer prejudicá-la (ripostar) ou até mesmo destruí-la (violência).

Isto é porque essa pessoa criou em ti emoções negativas com a sua decisão, e acto, de te trair.

Mas se por exemplo alguém te fizer rir, essa pessoa irá fazer-te sentir uma emoção positiva, e irás sentir-te motivado a estar mais com essa pessoa.

Agora imagina que a pessoa que te fez rir inicialmente é a mesma pessoa que depois te traiu...

Oh não, e agora?! Aproximas-te ou afastas-te?? Que confusão!! Ele/ela parecia gostar de mim!! Que caos!! É o fim do universo...

=)

O que se passa é que essa pessoa, apesar de ter uma qualidade através da qual te fez sentir bem, falta-lhe outra e por isso fez-te sentir mal. Seja como for essa pessoa não te interessa. Muito provavelmente porque também te manipulou... sim, é assim que funciona.

Emoção inicial positiva à Obter o que se deseja (validação, companhia, sexo, etc) à regresso à Verdade + acção Medíocre.

É por isso que estou sempre a falar em Selecção. Perceber com quem realmente se está, não através dos factos superficiais da sua vida, mas sim da sua Personalidade. E sair com quem se está a conhecer pelo menos durante uns 6 meses... pois a máscara desfaz-se sempre. Basta vir algo mais inesperado e essa pessoa “fixe” com quem andavas a sair terá uma reacção que te informará da Verdade sobre si. É por isso que as aparências nunca iludem... a longo prazo ;)

Mas continuando o tópico deste post.

Um ser humano cria emoções noutro ser humano através da sua personalidade. Mais específicamente através das suas qualidades.

Qualidade = emoção positiva.

Defeito = emoção negativa.

Nunca irás ter prazer em estar com uma pessoa da 2ª categoria... a não ser que sejas compatível com ela, ou seja, como ela.
Se te faltar o mesmo tipo de qualidades, irás estar toda a tua vida com pessoas que te influenciam negativamente e te prejudicam, e nem irás dar por isso.

Pois a falta de uma qualidade expressa-se de várias formas...

As pessoas não cometem erros. A Realidade da situação é que falta nelas uma ou mais qualidades. Não tem a ver apenas com o que ela sabe, com o que faz sentido ou com lógica. Tem a ver com a sua forma de funcionar na vida. A pessoa que trai voltará a trair ou voltará a expressar a falta dessa qualidade de outra forma qualquer.

A personalidade é algo fixo. O erro de hoje é o erro de amanhã. Pois não é uma correcção lógica, meramente de pensamento, mas sim da forma como se vive a vida. E as qualidades ou são desenvolvidas intencionalmente, ou essa pessoa jamais deixará de ser assim. É por isso que dar mais uma oportunidade é irrelevante. A outra pessoa não tem forma alguma de se corrigir... a não ser através da sua evolução pessoal.

É por isso que ser-se inteligente e saber-se muita coisa, ou ter-se 40 anos e ter-se muita experiência na vida não chega. É insuficiente, ou mesmo irrelevante, em termos de evolução pessoal.

Pensa bem nisto: quantas pessoas de 40 ou 50 anos não existem no mundo? E quantas dessas pessoas alcançaram a sua realização pessoal? Quantas delas têm uma relação íntima de qualidade? Quantas delas se sentem realmente satisfeitas com a sua vida, parceiro e se libertaram do ego? 1%? 0,5%?? Se calhar menos. Só tempo de vida não chega, muito menos prova ou garante algo.

Quantas mulheres de 40 anos não têm baixa auto-estima? De que lhes vale a experiência que têm na vida? De que lhes vale a sua idade? Nada.

Quantos homens de 40 anos não se conseguem aproximar de uma mulher que não conhecem, iniciar uma conversa agradável e cativante, e depois obter o seu contacto? Quantos homens de 40 anos não continuam desesperados a andar atrás de mulheres, sexualmente frustrados, com uma vida que não os satisfaz, e sem conseguir fazer uma mulher feliz? De que lhes vale a experiência que têm na vida? De que lhes vale a sua idade? Nada.

E quantos homens e mulheres inteligentes e cultos não têm relações disfuncionais e vivem uma vida insatisfatória, refugiados na sua zona de conforto com medo do mundo? De que lhes vale saber muita coisa? Nada.

Um miúdo de 19 anos pode ser muito mais evoluído que um homem de 43 anos... mas muito mais. Pois evolução pessoal não tem a ver com inteligência ou experiência, mas sim com consciência. O ego do homem de 43 anos é que nunca conseguirá aceitar ou compreender isso... pois a única coisa que ele tem a que se agarrar para sentir que tem valor é a sua idade. Mas não é para a sua idade que ele deve olhar, é para a sua vida.

E quando eu falo em ter-se qualidades não estou apenas a falar de se ser boa pessoa e ter bom coração... isso é apenas uma parte muuuito pequena daquilo que é necessário para se ser naturalmente atraente.

O ser humano não existe apenas em 1 dimensão. Logo só ter bom coração é extremamente insuficiente. Faz parte, e é importante, mas não é tudo.

E há algo muito curioso no meio disto tudo... é que através de uma qualidade não se cria apenas emoções positivas nos outros. Isso é apenas a 2ª fase, pois a 1ª fase, e a mais importante e que realmente define tudo, é as que crias em ti próprio.

É a relação que tens contigo próprio que irá definir tudo o resto na tua vida.

Mais uma frase de que te deves lembrar todos os dias...

Por muito que te digam, façam e dêem, se a relação que tens contigo próprio não for boa, nunca te sentirás bem. O que vem do exterior só alimenta o ego, não cria nada dentro de ti a longo prazo. Assim que recebes um elogio, uma prenda, ou o carinho de alguém, logo a seguir a isso acabar irás sentir-te na mesma.

Há qualquer coisa que falta lá dentro... falta algo constante que não depende do exterior.

Essa pessoa que tem essa má relação consigo própria, quando obtém algo do exterior, sente aquela satisfação momentânea e de repente já tudo é um paraíso (quando antes era um inferno). Mas assim que esse momento acaba, ela volta a sentir-se na mesma e pensa “Isto não chega para eu me sentir bem, preciso de mais. Tenho de obter mais desta pessoa! Ela tem de me dar mais! Não lhe custa nada e faz-me sentir tão bem... eu não quero (coisa material), eu só quero blá blá blá...”

Enfim, infelizmente é isto que a sociedade contemporânea disfuncional em que vivemos cria nas pessoas.

Estas pessoas irão em busca de mais e mais e mais... sugando toda a energia de todas as pessoas que, com boa intenção, as tentam ajudar e fazer sentir melhor. Mas o que acontece é que isso nunca resulta.

O vazio que essas pessoas sentem só pode ser preenchido por elas próprias, e a Realidade é que nem sequer existe um vazio. Esse vazio é uma ilusão e fantasia criada pelo ego, e nessa ilusão ele vê que a única solução é obter validação do exterior para encher esse vazio... mas por muita que obtenha jamais esse vazio ficará cheio, um único milímetro que seja.

É por isso que tantas pessoas sonham em ser famosas, ou se sacrificam e investem tanto para o serem. Só que depois de lá chegarem, depois de obterem a validação do mundo, percebem que estão na mesma... que continua a faltar algo. E como não conhecem outra forma mais “grandiosa” de obter tanta validação constante do exterior, metem-se em vícios em busca de um alívio da insatisfação constante que sentem.

Seja fumar, beber, drogas, crimes, compras exageradas, comida, sexo, relações disfuncionais atrás de relações disfuncionais, etc. Como é óbvio há uma pequena percentagem de famosos que não são assim, mas não é desses que eu estou a falar. Provavelmente já ouviste falar das histórias de Jim Morrison, Michael Huchence, Kurt Cobain, Jackson Pollock, Elvis Presley, e mais recentemente de Heath Ledger.

Tinham umas qualidades... mas faltavam-lhes outras. Eram apenas seres humanos como todos os outros, perdidos dentro da sua cabeça... escravos do seu ego.

Só ter algumas qualidades não chega, é necessário ter-se todas. Isso não significa ser-se perfeito... significa ser-se naturalmente atraente. E significa também conseguir-se criar a vida que se deseja ter. Pois essas qualidades não só te tornam naturalmente atraente para o sexo oposto, mas também te permitem criar e alcançar o que desejas. Não no dia a seguir... não na semana seguinte... mas permite-te ver o caminho que mais ninguém vê, e porque passarás a vê-lo, irás caminhar através dele e alcançar a tua realização pessoal, mais cedo ou mais tarde. Não é fácil nem rápido, mas é possível. E porque é possível é apenas uma decisão. Mas é uma decisão que exige interesse, coragem e determinação. E isso não existe na zona de conforto na qual 99% dos seres humanos vive.

Isto das qualidades parece ser uma grande confusão não é?

Como é que se sabe quais são? E como as desenvolver? E quantas são ao todo?

É aqui que o Cool Vibes entra a sério.

Foi graças a ter começado a desenvolver conscientemente, intencionalmente e constantemente essas qualidades que eu vi-me livre da minha baixa auto-estima, negatividade, insegurança, solidão, e mais importante ainda, ego.

Foi graças a essas qualidades que eu comecei a mudar a minha vida, e é por isso que ela é hoje completamente diferente. Eu adormeço e acordo satisfeito. Os problemas fazem-me visitas de médico pois agora eu não só vejo a solução como a consigo pôr em prática sem perder tempo.

Eu já comecei a ensinar essas qualidades a um grupo muito pequeno de pessoas, e em apenas alguns meses elas já estão diferentes e obtêm resultados que antes pareciam impossíveis.

Estas qualidades são 20 e estão divididas em 3 grupos.

Um dos grupos faz com que qualquer ser humano crie naturalmente desejo sexual no sexo oposto.

Outro grupo faz com que qualquer ser humano resolva a relação que tem consigo próprio, e consiga viver uma vida na qual ele sai sempre a ganhar e os outros também. Nem se prejudica a si nem aos outros. É este grupo de qualidades que faz alguém confiar noutra pessoa e ter prazer em ser seu amigo.

O último grupo faz com que qualquer ser humano seja sempre uma companhia estimulante e desejada. Este grupo torna qualquer pessoa interessante.

Desenvolvendo todas as qualidades de todos os grupos, qualquer pessoa se torna naturalmente atraente e capaz de criar a sua vida como deseja. Não de um dia para o outro, mas a sua dedicação diária ao desenvolvimento de todas estas qualidades fará com que as coisas comecem a mudar aos poucos, e em meses uma nova e poderosa pessoa “nascerá”.

Esta compilação de qualidades e este processo não existem em mais lado nenhum. São uma criação original minha, e são o grande contributo do Cool Vibes.

Este processo foi criado, compilado e seleccionado através de tudo aquilo que pesquisei, estudei, apliquei, descobri durante as minhas experiências pessoais ao longo da minha evolução pessoal e que realmente me ajudou. E resulta com qualquer pessoa, pois as suas bases são o que é comum a todos os seres humanos: Realidade e Natureza.

Não se trata de teorias estranhas abstractas, de magia, ou outra coisa qualquer que pareça vir de uma cultura alienígena que não se compreende nem se sabe como aplicar.

É simples, prático e eficaz. Ou seja, elegante.

Qualquer pessoa o consegue compreender e aplicar, e obter resultados, pois este processo resulta independentemente de como estamos ou do nosso estado de evolução. Ele foi criado para quem não tem uma única das 20 qualidades, ou seja, qualquer pessoa pode começar do zero e sair beneficiada.

Estes 3 grupos de qualidades estavam explicados no meu 1º livro, mas decidi retirá-las. Iriam perder todo o valor pois este processo necessita de alguma orientação. É o seu único senão. Percebe-se, aplica-se, mas como é natural há sempre dúvidas e obstáculos específicos.

Eu escrevi esse livro em Julho de 2007, já lá vão uns bons meses. E entretanto já aprendi muita coisa nova, e principalmente melhores formas de transmitir este tipo de conhecimento e de ajudar quem estiver interessado. Este processo já foi revisto por mim, melhorado e testado. E é por isso que o decidi retirar do livro.

Ele estará acessível ao público de outra forma. Mas inicialmente só a 10 pessoas, pois só assim terei tempo para as poder orientar e ajudar uma a uma com qualidade.

O Cool Vibes está a crescer. Aos poucos mas a crescer. Estou a criar isto tudo sozinho, todos os dias, e leva tempo. Nunca imaginei que um projecto de evolução pessoal exigisse tantos pormenores... mas hey, é a minha grande paixão na vida e chegou para ficar. E enquanto eu viver jamais deixará de existir ou crescer. Este é o meu caminho na vida.

Este processo das qualidades irá consistir num curso online (online coaching), através do qual as pessoas terão pelo menos um workbook (pois posso vir a descobrir ser necessário mais do que um) e acesso à minha orientação pessoal online durante um mês.

Está em fase de criação, mas haverá um para homens, e outro para mulheres, pois há algumas qualidades diferentes para os dois.

Para os homens serão as 20 qualidades. Quais são e como as desenvolver.

Para as mulheres, além das 20 qualidades, irá ter também vários pontos extra ligados ao desenvolvimento de auto-estima e ao processo de detectar um homem de qualidade (selecção).

Quando tudo estiver 100% criado saberás todos os pormenores e só então decides se participas. Para já é só uma lista de interessados. E porque eu gosto de recompensar a Coragem, os primeiros terão sempre bónus e promoções especiais.

Como já disse este serviço só estará inicialmente acessível a 10 pessoas. Se queres aprender passo a passo, ao pormenor, como desenvolver em ti tudo o que precisas para ter a vida e relação íntima que tanto desejas e mereces, é este o momento.

Eu também achava estas coisas uma grande treta... até me ter começado a dedicar a elas e a ver as coisas a mudar na minha vida com os meus próprios olhos.

Tudo começa em ti, tudo parte de ti. A culpa não é tua, se a tua vida ou relação não te satisfazem. Mas tens o poder de decidir mudar isso. É só dar o 1º passo de Coragem.
Interessado numa educação mais avançada e detalhada sobre como ser atraente, iniciar conversas, conhecer mulheres, experienciar intimidade, namorar, tornar-se Amor e espiritualizar a vida para alcançar Alegria e felicidade? Dá uma vista de olhos aos cursos do Cool Vibes:

COMO ATRAIR E CONHECER MULHERES
CURSO ONLINE NÍVEL 1


«Como Ser Naturalmente Atraente, Iniciar Conversas e Conhecer Mulheres»

14 ebooks + 6 meses de email coaching personalizado )

Mais informações em http://coolvibesblog.blogspot.com/2011/04/curso-online-como-atrair-e-conhecer.html

* * * * *

COMO TER UMA VIDA AMOROSA ALEGRE
CURSO ONLINE NÍVEL 2


«Espiritualidade / Aumento de Consciência / Como Atrair, Conhecer e Amar a Mulher dos teus Sonhos / Intimidade e Relação Amorosa / Vida Social / Afirmações, Visualizações, Meditação, Contemplação e Exercícios»

( 8 áudios / 9 horas de mp3 + 6 meses de email coaching personalizado )

Mais informações em http://coolvibesblog.blogspot.com/2011/06/como-ter-uma-vida-amorosa-alegre-curso.html

 

segunda-feira, 21 de janeiro de 2008

"7 Coisas Que Nunca Deves Fazer Num 1º Encontro"

O primeiro encontro pode ser o princípio do fim e é por isso que é importante saberes, sejas um homem ou uma mulher, o que nunca deves fazer num deles.

Esta pequena lista irá dar-te uma ideia geral e alguma orientação, mas não é tudo.

Deves ter em mente que um primeiro encontro é apenas isso: um primeiro encontro. Não significa nada nem define nada. É apenas um espaço de tempo durante o qual duas pessoas estão sozinhas a conhecer-se pela primeira vez.

Mas vamos à lista:


1 – IR JANTAR FORA

“Então mas isso não é romântico? Não me vai dar uns pontos extra como homem?”

Sim, é romântico. E sim, irá dar-te uns pontos extra. Assim como também te irá colocar na categoria do “amigo que me leva a jantar fora”. Jantar fora é uma ocasião especial, para pessoas especiais. Não para pessoas que ainda nem sequer conheces.

E há mais. Nenhum dos dois ainda sabe se são compatíveis e se gostam da companhia de um do outro. Por isso um jantar não é lá grande ideia uma vez que são obrigados a estar juntos várias horas, o que pode vir a ser uma tortura.

E por muito espectacular que seja o jantar, a comida e o restaurante, o que irá definir se haverá um segundo encontro é apenas a tua personalidade. Ir a um restaurante de luxo não garante nada.

Ah espera, enganei-me! Garante uma coisa...

Vai garantir que da próxima vez que a mulher quiser ir jantar fora e não tiver companhia, irá escolher-te pois tu és o “desgraçado” que a leva a jantar fora para sítios fixes...

Nem todas as mulheres fazem isto, como é óbvio, e se calhar tu também não és esse tipo de homem, mas fica o conselho. Cuidado com o investimento que fazes em pessoas que nem sequer conheces, sê sempre selectivo.


2 – PAGAR TUDO

“Então mas pagar não é uma atitude de cavalheirismo de que as mulheres gostam? Não me vai dar uns pontos extra como homem?”

É. E vai-te dar uns pontos extra como homem. E também colocar-te na categoria do “amigo que me paga coisas”.

Eu tenho um post inteiro sobre este tema chamado “Quem Deve Pagar, o Homem ou a Mulher?”, e aconselho-te a que o leias.

Como dois seres humanos independentes que são, devem ambos pagar a sua parte da conta. Pois podes pagar a conta toda, e ela vai-te agradecer, e depois não acontece nada.

Pagar não garante nada. É só a personalidade. E se não queres gastar uma fortuna em primeiros, segundos, terceiros, e centésimos encontros que depois não dão em nada, limita-te a pagar a tua parte da conta.


3 – ELOGIAR

“É pá não dá... também não posso elogiar?? Então como é que eu ganho pontos?!”

Tenho uma confissão a fazer-te...

É impossível ganhar pontos. Pois conhecer-se outro ser humano não tem nada a ver com “ganhar-se pontos”.

Pronto, já sei que com isto dei cabo da estratégia de 90% dos homens... mas hey, saber a Verdade é sempre mais poderoso e eficaz ;)

Elogiar alguém, seja um homem ou uma mulher, sem se conhecer a pessoa é um acto subtil de manipulação. É uma “arma” usada por quem quer obter algo da outra pessoa. É como dizer “Hmmm... este bolo de chocolate está tão bom!” quando ainda nem sequer se provou o bolo, na verdade ele até está estragado e nem sequer é de chocolate.

O que é uma pena... pois eu adoro bolo de chocolate.

A táctica dos elogios geralmente é esta:

“Vou elogiá-la e assim demonstrar e provar que sou simpático e que gosto dela, para ela assim depois ter de me recompensar e dar-me aquilo que eu quero. Sim, não pode falhar! Eu já fiz isto nos meus últimos 265 primeiros encontros e continuo solteiro. Este plano é perfeito!”.

=)

Os elogios são para pessoas especiais com quem já se tem uma relação íntima, e não para alguém que ainda nem sequer conhecemos. Atracção não tem nada a ver com lógica, mas sim com emoções. Não podemos convencer ninguém a gostar de nós, muito menos pode um homem convencer uma mulher a sentir-se atraída por ele (hey, isto dava um bom filme de ficção científica!).

Elogios, a quem não se conhece, são apenas mentiras. É apenas texto agradável de se ouvir, nada mais. E não garante nem cria nada.


4 – TER A ATITUDE DA ENTREVISTA DE EMPREGO

Um 1º encontro não é nem uma entrevista de emprego, nem os jogos sem fronteiras nem o desafio total do guerreiro solitário. É apenas um 1º encontro.

Não serve para se impressionar a outra pessoa, apenas para se a conhecer. Não tens de provar nada nem conseguir um “sim” no final. Estás apenas a descobrir se realmente gostas daquela pessoa, se ela realmente merece estar contigo e se realmente vale a pena continuares a sair com ela.

Por isso relaxa e diverte-te. Pois é esse o objectivo.


5 – TER A MENTALIDADE DA ESCASSEZ

Eu tenho um segredo para te contar... é que a pessoa que está à nossa frente num 1º encontro... não é a única.

Lamento, mas há milhares como ela por aí fora. Ou mais. Sim, há muitas mais.

Não há a mínima necessidade do pensamento de “é agora ou nunca!”.

“Ou é com esta pessoa ou estou tramado e fico sozinho para o resto da vida!”. Infelizmente é precisamente esse tipo de pensamento e atitude de carência que fará com que alguém fique sozinho para o resto da vida. Escassez é uma ilusão, e só tem poder quando não se sabe conhecer pessoas e não se é naturalmente atraente. Coisas que não são nenhum super poder e que qualquer pessoa pode aprender e desenvolver. É uma escolha.

O 1º encontro não tem, nem precisa, de dar em algo. A pessoa com quem estás a sair num 1º encontro é apenas mais uma pessoa das muitas que podes conhecer ao longo da tua vida. Não há pressa nem escassez real. Haverão sempre mais pessoas. Sempre mais opções. Tens é de as criar intencionalmente.


6 – GERAR UMA CONVERSA ABORRECIDA

Nada de “Onde trabalhas?”, “Onde vives?”, “Como é que se chamam os teus animais de estimação?”, “Como é que vão os estudos?”, “Quais são os nomes de todas as doenças terminais que existem?”, etc.

Há que ser mais interessante e estimulante que isso, senão a outra pessoa apanha uma grande seca e nunca mais a vês.

A conversa nunca pode ser muito lógica, acerca de informação pessoal e superficial (casa, carro, idade, trabalho, estudos, nº de contribuinte) ou sobre temas negativos.

Até porque saber os pormenores superficiais da vida de alguém nunca te irá revelar nada sobre como ela realmente é. É irrelevante saber o que ela faz na vida, onde trabalha, onde vive, se tem carro, que estudos tem, etc. Isso é tudo independente da sua personalidade, que é o que irá definir a qualidade dos momentos em que vocês estiverem juntos. E a qualidade da vossa relação.

Lembra-te da palavra chave: diverte-te.


7 – PENSAR QUE ISTO TEM DE DAR EM...

...sexo ou relação. Este tipo de pensamento é uma clara expressão de baixa auto-estima. Esperar que o 1º encontro dê numa dessas duas situações vem de um desespero por validação.

Como se pode querer ter uma relação com alguém que nem sequer se conhece?

A maioria dos homens tem este problema. Como não tem opções, todas as escassas oportunidades contam. Seja para alimentar o ego, para ter prazer físico (pois andam constantemente a sentir-se atraídos mas não atraem naturalmente nenhuma mulher...), ou para ter uma companhia feminina.

É por isto que existem tantos divórcios. É por isto que a maioria das relações são insatisfatórias. É por isto que a maioria das pessoas vê uma relação íntima como uma dor de dentes, quando na verdade é precisamente o oposto.

Começar uma relação às cegas, só porque o 1º encontro “correu bem”, e porque “ele é simpático” ou “ela é gira”, é o que depois traz separações dolorosas, abandonos, traições ou relações medíocres que se arrastam durante anos e anos nas quais não há estimulação, fascínio ou alegria.

Uma relação íntima é das coisas mais importantes na vida de um ser humano. É através dela que se experiencia os prazeres da intimidade e que se gera um novo ser humano. É através dela que se partilha o que de melhor temos em nós e na nossa vida com quem nos é especial. É nela que apreciamos os prazeres que só o sexo oposto nos podem fazer sentir.

Sem uma relação íntima de qualidade nenhuma vida está completa, nem nunca existe realização pessoal. É impossível. Pois todos os seres humanos nascem com a motivação inconsciente de se reproduzirem. Todos nós ao longo da nossa vida nos sentimos atraídos pelo sexo oposto. E se essa parte importante da nossa vida não estiver resolvida, haverá sempre um fantasma de insatisfação a assombrar todas as outras áreas.

O sexo oposto adiciona Intimidade à nossa vida, e é isso que uma relação nos traz. Sem isso, e sempre que alguém se sentir atraído por alguém do sexo oposto, esse sentimento de atracção irá fazer essa pessoa lembrar-se de que não tem um parceiro, não está numa relação, ou que está numa relação mas não se sente satisfeito, ou tem vários parceiros sexuais mas nenhum o faz sentir-se realizado, pois entram e saem da sua vida como correntes de ar. E ele é obrigado a estar numa busca constante que acaba sempre com o mesmo resultado: continuar sozinho.

O primeiro encontro é apenas o início. Para se conhecer mesmo bem alguém tem de se sair com essa pessoa durante pelo menos 6 meses. Eu já disse isto aqui no blog. Durante 6 meses, pelo menos 1 vez por semana. Se cada saída for de 2 horas, ao fim de 6 meses esteve-se com a pessoa 48 horas, ou seja, 2 dias. O que até nem é muito, mas já é bastante bom pois muitas pessoas iniciam relações e partilham-se passado apenas meia dúzia de horas.

O ideal será 2 saídas por semana. Estes números não são científicos, são apenas valores aproximados de orientação.

Mas o importante a reteres deste post é que se queres ter uma relação íntima de qualidade tens de a criar intencionalmente. Tens de ser selectivo e activo. Tens de andar a conhecer e a sair com várias pessoas ao mesmo tempo, para depois escolheres uma com quem realmente possas ter a relação que desejas e mereces.

Imagina que tens fome e que te apetece comer uma maçã. Não tens maçãs em casa e por isso decides sair e ir até à mercearia da tua zona. Se lá chegares e se só houver uma maçã, é essa maçã que irás comer. Independentemente de ela estar boa ou não. Pois a situação é esta: ou comes essa maçã ou continuas com fome. Mas se na mercearia houver um cesto cheio de maçãs, irás sempre escolher a melhor para comeres. E obterás sempre mais satisfação na 2ª situação do que na 1ª. A curto e a longo prazo.

O 1º encontro é como que o 1º olhar que dás à maçã. Não define nada, nem tem que dar em nada. Não é levares a maçã a jantar fora, pagares-lhe tudo, elogiá-la ou tentar impressioná-la que irá definir se ela está estragada ou não.

Isso não é algo que se define, é algo que se descobre. E se aquela maçã estiver estragada, deves sempre pensar a longo prazo e procurar outra.

Pois ao contrário da situação da mercearia, na vida amorosa a fome é uma escolha. Essa fome é uma ilusão criada pela baixa auto-estima e pelo ego.

Tu não precisas de alguém, tu queres sim ter intimidade na tua vida com alguém que tenha qualidade para partilhar. Tu só precisas de ti, pois és tu quem cria a tua vida. O resto ou são prazeres que adicionam qualidade e satisfação à tua vida, ou então são irrelevantes.

Tu tens valor, poder e qualidade dentro de ti, e isso irá sempre existir dentro de ti independentemente daquilo que te digam ou demonstrem. Tens é de decidir conscientemente ver isso e viver através disso.


Mailing list (adiciona no MSN)
CoolVibesClub@hotmail.com



Segue as tuas paixões.
- Pedro Constantino

domingo, 13 de janeiro de 2008

"Como Funciona a Lei da Atracção"

Este post é longo e não é apenas sobre a Lei da Atracção. No final tenho uma grande surpresa para ti, por isso lê tudo até ao fim... pois vou anunciar algo importante.

Hey, se estás a ler este post é porque certamente já leste ou viste “O Segredo” de Rhonda Byrne.

No entanto, se ainda não o fizeste, eu aconselho-te a fazê-lo o mais brevemente possível. São apenas 12€ de investimento pessoal que te trarão benefícios a longo prazo com os quais nem sonhas...

Este post é sobre a Lei da Atracção. Provavelmente leste o livro, ou viste o filme, e queres aplicar este conceito na tua vida, para finalmente obteres a satisfação que desejas. Mas ou ainda não percebes lá muito bem como o fazer, ou tens aplicado o conceito mas não tem acontecido nem mudado lá grande coisa.

Como funciona então a Lei da Atracção?

Como é que se aplica a Lei da Atracção?

Qual é a Verdade que está por detrás da Lei da Atracção?

Eu vi o filme “O Segredo” a meio de 2006 e a minha vida nunca mais foi a mesma. Esse filme foi o que deu origem ao meu 1º grande salto na minha evolução pessoal e na criação da minha vida. Já andava à 2 anos e meio a fazer pesquisas, a estudar e a aplicar muita coisa, e até já andava a obter bastantes resultados práticos, mas o que realmente começou a fazer a diferença foi a Lei da Atracção.

E é assim que ela funciona:

Tudo é feito de energia. O teu corpo, as pedras, o teu computador, as árvores, todos os animais, a água que bebes, a roupa que vestes, etc. Nós não conseguimos ver esta energia a olho nu, mas conseguimos vê-la através de um poderoso microscópio.

Lembras-te das aulas de física? Existem moléculas, átomos e... energia! Se colocares o teu braço debaixo de um microscópio, irás ver células. Se fizeres um zoom irás ver moléculas. Mais um zoom e vês átomos. E mais um zoom e vês... energia. Tudo o que existe chega a este nível final de energia.

E a energia vibra. Mas existem também diferentes tipos de vibração. Num ser humano, a vibração de energia é chamada de EMOÇÕES.

As emoções são criadas através de pensamentos. Pensamentos positivos criam vibrações positivas, ou seja, EMOÇÕES POSITIVAS. Aquelas emoções boas que são a causa de te sentires bem.

Pensamentos negativos causam vibrações negativas, ou seja, emoções negativas. Aquelas emoções más que são a causa de te sentires chateado, irritado, revoltado, frustrado, preocupado, triste, etc. Ou seja, sentes-te mal.

Um ser humano só atrai para a sua vida aquilo cuja vibração é semelhante à sua. Ou seja, uma pessoa insegura só atrai pessoas inseguras. Uma pessoa negativa só atrai pessoas negativas. Uma pessoa confiante e bem disposta só atrai pessoas confiantes e bem dispostas. É por isso que nós atraímos aquilo que projectamos. Nós atraímos o tipo de pessoas que correspondem ao tipo de pessoa que nós somos. Não em termos superficiais, mas sim emocionais.

Então e como é que se aplica esta teoria?

São vários os passos. O primeiro é simplesmente pensares apenas naquilo que queres ter ou que queres que aconteça. Pois esses pensamentos vão-te fazer sentir bem e vão criar em ti uma vibração de energia que é semelhante à daquilo que queres atrair. E outra coisa importante: A nossa mente é uma caçadora de soluções. Quanto mais pensares em algo, mais irás reparar em coisas relacionadas com esse algo, e assim a tua mente irá chegar a soluções para o obteres.

E há uma coisa muito importante que deves ter em conta, é que isto não se trata de magia. As coisas, as pessoas, a relação, o dinheiro e os momentos que queres ter na vida não vão surgir a flutuar na tua direcção. Sem acção não há mudança.

A Lei da Atracção não é mais do que um processo de CRIAÇÃO. Para teres algo na vida tens de o criar. E para criares seja o que for, tens de primeiro pensar naquilo que queres criar, pois criação exige acção.

É assim que os artistas funcionam. É assim que o processo criativo funciona: busca-se por soluções. Soluções para se criar algo, seja o que for. Seja uma pintura, um desenho, um filme, uma música, um livro, etc. E esta busca por soluções exige uma dedicação INTENCIONAL e CONSTANTE. Não uma obsessão, mas uma dedicação e paixão equilibradas.

Faz esta experiência:

Da próxima vez que estiveres sozinho em casa, e assim que te dê a fome, senta-te no sofá e imagina apenas a refeição a ser cozinhada e a ser colocada em cima da mesa pronta para comeres. Imagina todos os detalhes, o sabor, o cheiro, o vapor a subir no ar, as cores, os talheres, o prato, etc.

E sabes o que vai acontecer a seguir?

Nada.

Não vai acontecer nada pois seja lá o que for que queiramos ter na vida temos de nos levantar e de ir criá-lo. Temos de nos mexer. As coisas não acontecem porque apenas se pensa nelas, mas sim porque através desse pensamento se chega a SOLUÇÕES para as criar.

E se queremos criar algo temos de o DECIDIR criar. É um acto intencional. O problema da maioria das pessoas é que vivem a vida em piloto-automático, apenas a reagir e a pensar naquilo que lhes acontece. Elas não pensam e agem intencionalmente para irem de encontro a algo novo e diferente que melhore a sua vida.

Há uma mentira, um vírus doentio, a circular por todas as sociedades contemporâneas, que é o conceito de que o poder para controlar e criar a nossa vida está fora de nós.

O poder para criar e controlar a tua vida está dentro de ti. Quando no livro leste que se pedem as coisas ao Universo, isso é apenas uma metáfora. Pois o que realmente está a acontecer é que as estás a pedir a ti próprio.

Nós criamos a nossa vida através das nossas decisões. As nossas decisões gerem acções, e as acções gerem criações. Para podermos tomar as decisões certas é necessário sabermos como é que as coisas realmente são, funcionam e resultam naturalmente. E para podermos depois agir temos de ter as qualidades necessárias.


Pois uma pessoa insegura pode ser inteligente e saber exactamente o que fazer, mas nunca o fará pois será impedida pelo medo, pelo desconforto e pela preocupação. O que vai acontecer é que essa pessoa insegura irá afastar-se da situação e criar uma lógica qualquer para justificar a sua não-acção. Mas se for uma pessoa confiante, simplesmente irá em frente e fazer o que é necessário. E claro, obter a recompensa desse acto de coragem.

Só compreender e saber não chega. Pensar e consumir informação é fácil. Pode levar tempo e exigir energia, mas não exige coragem ou confiança, e não há qualquer tipo de desafio ou de decisão difícil.

Este conhecimento e qualidades ou se têm ou não se têm. Mas todos podem adquirir esse conhecimento e desenvolver essas qualidades. O ser humano não é um animal indefeso, super-sensível e frágil, é sim um animal poderoso capaz de alcançar grandes feitos. E o que um ser humano faz, outro ser humano também consegue fazer. Pode ser que não o consiga fazer na mesma altura, mas pode aprender e aplicar o que for preciso, evoluir, e assim depois passar a conseguir fazê-lo também.

“O Segredo” é um excelente primeiro passo, mas não é tudo. Há muita coisa importante que não aparece lá. Não porque as esconderam de ti intencionalmente, mas porque seria impossível colocar todo este tipo de conhecimento num só produto.

Há um poder dentro de ti que não andas a usar, pois ninguém fala dele. Esse poder está dentro de todos nós, mas ninguém fala sobre ele na televisão, nas revistas, nas escolas, nas faculdades, nos jornais, na rádio, nas artes, ou em qualquer outra fonte de informação normal.

Tens de ir à procura deste tipo de conhecimento se o quiseres encontrar. Pois ele não vem ao nosso encontro através das fontes de informação que todos nós conhecemos.

A maioria das pessoas vivem vidas cheias de problemas e sacrifícios desnecessários. Elas não têm a culpa, simplesmente nasceram e cresceram numa sociedade que as influenciou erradamente e lhes meteu na cabeça conceitos inúteis que só as têm prejudicado. Eu também nasci nessa sociedade, e quando olho para trás, para antes de ter iniciado a minha evolução pessoal, parece que voltei a nascer. Parece que foi tudo um pesadelo de 22 anos e que finalmente acordei dele. Não porque alguém se chegou ao pé de mim e me acordou, mas porque decidi sozinho intencionalmente acordar.

E tu podes fazer o mesmo. Basta quereres. Basta começares a procurar a informação, o conhecimento e a influência que te permitam finalmente obter a satisfação na vida que tanto desejas e mereces.

Eu também não acreditava nestas coisas, achava-as ridículas. Mas a verdade é que EU é que era ridículo com a minha baixa auto-estima, e a MINHA VIDA é que era ridícula por ser como era devido a essa minha baixa auto-estima. Estas coisas não têm a ver com acreditar, mas sim com a Verdade. E só se podem fazer 3 coisas com a Verdade: descobri-la, aceitá-la e viver através dela. E é só depois disso que vem a grande evolução, a grande mudança, a grande relação íntima, as grandes amizades, a realização pessoal, a felicidade, a satisfação, a paz interior, etc.

Durante mais de 2 anos andei às apalpadelas no escuro. Aventurei-me em busca de soluções, mas nem se elas realmente existiam. Simplesmente deixei-me de tretas e pus-me a mexer. À minha volta só tinha provas e lógicas de que as soluções não existiam, mas continuei à sua procura. Caminhei sozinho pelo território desconhecido, e sabes uma coisa? Durante mais de 2 anos só encontrei coisas que não resultavam. 90% daquilo que encontrei durante essa altura simplesmente ou não resultava ou me prejudicou de alguma forma. Eu estudava e aplicava tudo o que encontrava, pois não sabia se era a solução ou não, e se nunca experimentasse nunca saberia se resultava ou não.


Não tinha qualquer tipo de orientação, nem ninguém com quem falar sobre o que andava a fazer, pois não conhecia ninguém interessado nestes temas. Se tinha uma dúvida só tinha uma pessoa a quem recorrer: a mim próprio. Era experimentar o que encontrava ou ficar na mesma, e ficar na mesma seria continuar a viver com a insatisfação do costume. Andei durante esse tempo todo às apalpadelas no escuro à procura de uma saída, até que finalmente encontrei o 1º raio de luz a sério: foi “O Segredo”.

E depois a minha vida nunca mais foi a mesma. O caminho não se tornou mais fácil, simplesmente as coisas começaram a mudar um pouco mais rápido.

Seja como for, hoje sou feliz. Resolvi a minha vida amorosa e estou numa relação íntima que me faz sentir realizado como homem. O ego está no caixote do lixo... sou eu quem controla as minhas emoções pois desenvolvi Auto-Estima. Encontrei o meu caminho na vida e sigo as minhas paixões. Nunca mais tive um mau dia na vida... Os problemas irão sempre surgir, a diferença é que agora são cada vez menos e resolvo-os cada vez mais rápido. Tenho um pequeno e novo grupo de bons amigos com quem tenho o maior prazer estar e sinto o maior orgulho por fazerem parte da minha vida. Olho para a minha vida e futuro com optimismo e acredito que tudo é possível e que tudo tem uma solução.

Nada do que disse acima foi dito para me gabar (até porque o meu ego está neste preciso momento debaixo das cascas de banana e dos pacotes de leite vazios e dobrados), mas sim porque quero que tu saibas o que também é possível para ti e o que também podes alcançar.

O que um ser humano faz, outro ser humano também consegue fazer.

Este post é uma prova de como funciona a Lei da Atracção. Por alguma razão estás a ler este texto agora e não a fazer outra coisa qualquer. Por alguma razão encontraste este blog e estás a ler este post. Algo te atraiu aqui... algo te fez ler tudo até aqui. E esse algo foi a Lei da Atracção. Este post só te atraiu pois o seu tema e conteúdos criaram em ti emoções que te fizeram querer lê-lo e continuar a lê-lo. Eu não sei quem és... mas sei que foi isso que aconteceu, pois é assim que as coisas acontecem na vida. Tenha sido por curiosidade, por prazer, por satisfação, por surpresa ou por interesse, sentiste algo que te motivou a leres este post. Mas para o leres eu tive de o escrever, e para o escrever eu tive de passar por 4 anos de evolução pessoal, cujo objectivo não era depois escrever um texto para que tu o lesses, mas sim para eu me sentir bem todos os dias com a vida que tenho.

E é isso que tens de compreender. Para alguém se sentir atraído por ti, ou gostar de ti, tens de primeiro gostar de ti próprio. Não por razões exteriores, pois isso é impossível, uma vez que o que vem do exterior está sempre a mudar, e tanto é positivo e prova o teu valor como é negativo e “prova” a tua falta de valor. Mas sim por razões interiores criadas por ti. É uma decisão que podes tomar agora mesmo. Não há grandiosidade nem fogo-de-artifício nenhum em se ter Auto-Estima, pois não é algo que existe para os outros verem. É algo que existe para TU sentires todos os segundos da tua vida. E é algo que tu controlas a 100%, sempre. A relação que tens contigo próprio define a qualidade de tudo o resto na tua vida, pois tudo parte de ti. Tu és o elemento que é comum a tudo o que existe na tua vida.

Agora vem a grande surpresa deste post... espero que estejas preparado.

Desta minha aventura chamada evolução pessoal surgiu um projecto, que se chama Cool Vibes.

Este meu projecto fui criado por mim para transmitir, a ti e a todos aqueles que estejam interessados, tudo aquilo que me fez evoluir e mudar a minha vida, e especialmente que me permitiu resolver a minha vida amorosa. Sejas homem ou mulher, solteiro ou estejas numa relação, novo ou velho, o Cool Vibes é para ti. Pois podes ser tudo o que quiseres, mas serás sempre um ser humano. E foi aquilo que é comum a todos os seres humanos que me fez mudar a minha vida e ter todos os prazeres que tenho hoje. As bases do Cool Vibes são a Natureza e a Realidade. Não se trata de uma mera opinião ou do que eu acho, mas sim do que eu descobri, do que me ajudou e do que resulta naturalmente, ou seja, trata-se da Verdade.

Evolução pessoal não é uma coisa estranha que só serve para os coitadinhos. Não se trata de precisar, mas sim de se beneficiar. É um caminho e não um destino, há sempre mais espaço para evoluir e dá sempre para melhorar mais a nossa vida.

O Cool Vibes é uma forma de arte criada por mim, para te ajudar, através de dezenas e dezenas de inspirações diferentes, tal como o Jeet Kune Do do Bruce Lee. O Bruce Lee criou esta arte-marcial e filosofia indo buscar aquilo que melhor resultava de várias artes-marciais diferentes. Um bocado de karate, um bocado de kung-fu, um bocado de kickboxing, um bocado de wrestling, um bocado de boxe, etc, e criou algo novo e verdadeiramente seu. Foi o que eu fiz com o Cool Vibes. Pois eu não só vim do buraco mais fundo, que era nem sequer gostar de mim próprio e mal conseguir falar com raparigas, até andar a sair com várias raparigas ao mesmo tempo, ter uma vida social activa e andar a alimentar o ego, até desenvolver Auto-Estima, encontrar o meu caminho na vida, estar numa relação íntima que me faz sentir realizado, e ajudar os outros com o que aprendi. Pelo caminho encontrei muita coisa diferente e fui apanhando bocados de cada uma e formando um processo. Com as experiências pessoais vieram as conclusões pessoais e claro, coisas originais que só poderás aprender através do Cool Vibes.

Já tenho 2 livros escritos, e estou a escrever o 3º. Ainda não estão ao alcance do público mas irão estar no futuro. Mas o que interessa agora é que entretanto criei outra coisa...

O seu nome é Evolution Workshops. E existem 7 diferentes...

-- O Homem Naturalmente Atraente -
Como Desenvolver e Projectar Uma Personalidade Naturalmente Atraente para as Mulheres e Que Te Permite Criar Uma Vida de Qualidade;
Torna-te naturalmente atraente para as mulheres.

-- A Arte de Vénus - Como Atrair e Detectar Um Homem de Qualidade;


Vê-te livre das secas e desilusões do costume com os homens.


-- Ying/Yang, a Arte da Polaridade - Como Criar Naturalmente Desejo Sexual e Compreender o Sexo Oposto;
Eleva a tua sexualidade a um nível superior.

-- A Arte da Selecção -
Como Descobrir a Verdade Por Detrás das Aparências e Evitar Ser Manipulada/o ou Acabar Numa Relação Com a Pessoa Errada;
Evita traições, influências negativas e separações dolorosas.

-- A Arte da Intimidade - Como Criar e Gerir Uma Relação Íntima de Qualidade;
Cria uma relação íntima da qual te orgulhes.

-- A Arte Social -
Como Conhecer Mulheres em Qualquer Lado a Qualquer Altura, de Uma Forma Natural e Autêntica, Sem Falsidades ou Manipulação;
As tuas saídas à noite, e de dia, nunca mais serão as mesmas...


-- Atracção Online - Como Conhecer Mulheres Através da Internet, de Uma Forma Natural e Autêntica, Sem Falsidades ou Manipulação;

Conhece mulheres quase sem sair de casa...


Se pretendes evoluir, mudar e melhorar a tua vida pessoal e amorosa, não precisas de andar às apalpadelas pelo escuro como eu andei. Pois através destas workshops terás acesso à informação que resulta, organizada e estruturada de uma forma a optimizar a sua assimilação e aplicação. Sim, pois nas minhas workshops também farás exercícios.

Eu criei estas workshops com o objectivo de serem elegantes, ou seja, simples e eficazes. Todas juntas dão mais de 20 horas de conteúdos e cada uma dura em média 3 a 4h, no mínimo.

Tenho-as feito a um grupo muito pequeno e selecto de pessoas, e têm resultado. O que eu quero dizer com isto é que quem participou mudou, sempre. Em pouco tempo já começaram a obter resultados na sua vida e a mudá-la. Uma das pessoas obteve logo resultados no dia a seguir a uma das workshops, e houve outra que alcançou algo apenas horas a seguir à workshop. Tudo isto pois começaram a aplicar os conceitos que ensino nas workshops. Têm acontecido coisas incríveis com estas workshops que até a mim me têm impressionado...


Podes pensar que estou a mentir, mas e se eu estiver a dizer a verdade? E se realmente já houver pessoas a alcançar grandes mudanças na sua vida com aquilo que eu lhes tenho ensinado pessoalmente? Os interessados e corajosos irão sempre obter os benefícios que desejam, pois irão arriscar. Os outros vão-se afastar e ficar na mesma.


Criei um blog provisório para divulgar as workshops, uma vez que brevemente o Cool Vibes terá um site oficial. Elas estão agora abertas ao público: A qualquer pessoa que esteja interessada em participar e começar a obter soluções a sério que lhe tragam benefícios reais e satisfação na sua vida pessoal a amorosa.

Mas atenção, pois as minhas workshops podem não ser para ti. Elas exigem uma enorme vontade e desejo por mudança, e exigem também ter-se de saber e fazer coisas que não são fáceis... mas que são possíveis e que mudarão a tua vida assim como mudaram a minha.

Seja como for são algo único e se te inscreveres agora serás uma das primeiras pessoas a passar por este tipo de experiência em Portugal, e terás assim histórias para contar aos teus amigos que eles nem vão acreditar.

Podes-te inscrever já, sem compromissos, e recebes de graça por email um eBook meu.

Para saberes mais sobre as workshops, o que podes aprender em cada uma delas, e para saberes quais são os bónus, promoções, e como te podes inscrever, clica na imagem abaixo e explora esse blog.

Cool Vibes Evolution Workshops

Lê como são as diferentes workshops e escolhe as que criarem em ti maior interesse. Será uma das decisões mais importantes da tua vida. É algo completamente diferente daquilo a que estás habituado e que te irá mudar a vida para sempre.

Se isto não fosse verdade este blog não existiria, pois eu ainda teria baixa auto-estima e andaria a fugir do mundo e das pessoas com vergonha de mim próprio. Foi graças ao que eu ensino nas workshops que isso tudo mudou e que eu finalmente alcancei a minha realização pessoal.

A questão agora é esta: queres mesmo mudar? queres mesmo tornar-te naturalmente atraente? queres mesmo ter uma relação íntima de qualidade com uma pessoa espectacular? queres mesmo ter auto-estima? queres mesmo controlar a tua vida e ter paz interior?

Se a resposta for sim então clica na imagem e começa a grande mudança!

Muda a tua vida


Adiciona no MSN - CoolVibesClub@hotmail.com


Segue as tuas paixões.
Pedro Constantino




quarta-feira, 2 de janeiro de 2008

"Como Esquecer Alguém e Ultrapassar Uma Separação"

Hey, então essa passagem de ano foi fixe? Espero que sim. Ano novo, vida melhor, oh yeah! Os benefícios da Evolução Pessoal nunca páram... e espero também que a tua vida já esteja a melhorar.

Brevemente o Cool Vibes terá uma grande novidade para ti... mas para já é surpresa, e por isso vou passar ao tema deste post.

Então mas como é que se esquece alguém e se ultrapassa uma separação? Isso é possível?

Oh yeah... sim, é possível. Nem sempre é fácil, nem sempre é rápido, mas é de certeza SEMPRE possível.

Então porque parece tão difícil? Porque há tanta dor numa separação?

Por duas razões...

A primeira é que já havia dor antes da relação ter começado. O que eu quero dizer com isto é que não existia conforto e satisfação na vida de solteiro. Não havia independência e auto-estima. A relação começou devido a carência, ou a uma estranha expressão do ego, e os parceiros viviam dependentes um do outro.

Quando se é independente não existe qualquer dor em relação a ter-se uma vida de solteiro. Não há desespero por uma relação íntima... simplesmente deseja-se uma pois ela de facto adiciona qualidade à nossa vida. Mas não se precisa desesperadamente dela como alguém precisa de água para apagar uma chama que a está a queimar e a torturar sem parar há anos.

A dor da separação está directamente ligada à falta de independência. É sempre triste claro, mas uma coisa é ter-se pena mas seguir-se em frente com a vida. Outra coisa é entrar-se num desespero como se se ficasse de repente sem oxigénio, e entrar-se em depressões, vícios, etc.

A outra razão é porque a pessoa de quem nos estamos a separar criou em nós emoções positivas, fez-nos sentir bem, e encheu-nos a cabeça de boas memórias... o que é óptimo, mas uma separação nunca acontece por acaso, e se há separação é porque a relação não tinha qualidade, e se a relação não tinha qualidade é porque não houve selecção. No meu post “Como Evitar Traições” eu falo mais sobre esse tema, por isso aconselho-te a dar-lhe uma vista de olhos.

Esta segunda razão é também a causa para a extrema dificuldade que é esquecer-se alguém... pois uma vez que essa pessoa criou em nós emoções positivas, o nosso cérebro irá sempre estar a aceder às boas memórias que estão associadas a essa pessoa. E então não a conseguimos esquecer.

Mas não faz mal... pois é IMPOSSÍVEL esquecer algo. O que é possível fazer é pensar NOUTRAS coisas. A não ser que se fique com amnésia...

“Na Natureza nada se cria, nada se perde, tudo se transforma”

E fazendo nós parte da Natureza, essa lei também se aplica à nossa vida amorosa. “Tudo se transforma”, ou seja, tudo muda, pois transformação é mudança para algo diferente. Logo nunca perderás as memórias que tens da pessoa que queres esquecer, apenas as podes SUBSTITUIR.

E como é que se substitui memórias?

Simples, procuras outras fontes de emoções positivas na tua vida.

O ser humano apenas se lembra daquilo que cria nele emoções fortes, ou simplesmente emoções. Se a tua única fonte de emoções positivas é a pessoa de quem te queres separar, é óbvio que ela é super importante na tua vida. Mas a importância que lhe estás a dar é idealizada, pois na verdade, e tu sabes disso, ela não é a única pessoa que existe no mundo. Muito menos é a única pessoa que existe no mundo para ti.

O que eu quero dizer com isto é que não existe nenhuma “alma gémea”. Lamento, mas onde vivemos, na Realidade e na Natureza, esse conceito não existe. O que existe são muitas pessoas, muitas pessoas mesmo, que são compatíveis contigo e que te irão fazer sentir bem. Amor não é uma cara ou um nome, é Intimidade com alguém do sexo oposto que nos atraiu, que é compatível connosco e que tem qualidades através das quais cria em nós emoções positivas que nos fazem querer estar com ela.

Logo a pessoa de quem te queres separar é apenas uma de BUÉS =)
com a qual podes ter uma relação íntima que te faça sentir feliz.

Depois da separação há mais seres humanos por aí... tens é de os conhecer. O grande problema das separações é a mentalidade da escassez que infelizmente atormenta a vida da maioria das pessoas. E a razão disso é a maioria das pessoas crescer com um certo e determinado conceito na cabeça que diz o seguinte: “Não fales com estranhos!”

O que é uma grande treta inútil que só traz insatisfação.

O mundo seria um lugar muito melhor se todas as pessoas crescessem com prazer em conversar com estranhos e sorrir-lhes. Nunca se sabe o que pode acontecer a seguir, pois esse estranho pode ser o amor da nossa vida ou o nosso melhor amigo para o resto da nossa vida. Não se deve evitar falar com estranhos, deve-se sim aprender a seleccionar as pessoas que deixamos entrar na nossa vida.

Quando se sabe conhecer pessoas facilmente cria-se opções. Quando se cria opções dá-se às pessoas o valor real que têm e tratamo-las como seres humanos, pois não as vemos como a única que existe, nem como uma fonte de validação divina que é a solução para todos os nossos problemas, como se ela também não tivesse uma vida e não tivesse direito a vivê-la.

Em Dezembro acabei de escrever o meu segundo livro, “Como Conhecer Mulheres - em qualquer lado, a qualquer altura, e de uma forma natural e autêntica”. Este livro é especificamente para homens que queiram criar opções na sua vida amorosa e conhecer mulheres sem truques e manipulação, mas sim naturalmente e autenticamente. Para mim conhecer mulheres não é um processo de manipulação, mas sim um processo de selecção. “Será que vou gostar dela? Será que ela é fixe? Como será ela?” são as perguntas correctas a fazer-se e não “Será que ela gosta de mim? Como é que eu consigo fazer com que ela se sinta atraída por mim?”. Um homem a sério não se aproxima de uma mulher com truques de manipulação para evitar ser rejeitado. Um homem a sério aproxima-se de uma mulher com a Verdade e para descobrir como ela realmente é. Medo de rejeição é simplesmente uma expressão do ego, que é uma causa de baixa auto-estima. Um homem a sério tem auto-estima, e ele compreende que tudo é um processo de selecção, e que a verdade é que se uma mulher o “rejeitar” até o está a ajudar... Este meu livro ainda não está acessível ao público, mas quando estiver eu aviso.

Mas voltado ao tema do post, se todas as pessoas estivessem habituadas a tratar intencionalmente da sua vida amorosa e se desenvolvessem qualidades que lhes permitissem conhecer pessoas do sexo oposto, a mentalidade de escassez desapareceria e “esquecer alguém e ultrapassar uma separação” deixaria de ser um problema.

Saber criar opções não tem nada a ver com não se dar valor a ninguém pois conhece-se muitas pessoas. Bem pelo contrário. É dar-se o valor que as pessoas realmente têm pelo que realmente são, e não dar-lhes valor porque só conhecemos uma ou duas e não temos mais ninguém, mesmo que essas duas pessoas nos prejudiquem e influenciem negativamente. “Mais vale isto que nada” é simplesmente um conceito criado através da mentalidade de escassez. Se queremos mais e melhor temos de criar mais e melhor, contentarmo-nos com o pouco que temos, e com o que não nos satisfaz verdadeiramente, é apenas garantirmos que a nossa insatisfação continue.

Não há truque de magia, é preciso tomar-se decisões difíceis. Continuar numa relação que não nos satisfaz será ter sempre uma fonte de emoções negativas que nos irá pôr em baixo constantemente e ao longo de toda a nossa vida. Separarmo-nos é abrirmo-nos à imensidão de oportunidades que existem! A abundância é real, temos é de viver em harmonia com ela, de mergulhar nela e de a explorar.

Mas ok, o que interessa agora é resolver a questão da separação em si. Estas são as duas soluções que eu tenho para ti:

Como eu já disse, cria opções. Lembra-te que a pessoa de quem te queres separar é uma entre milhares e milhares. Demonstra-te disponível ao mundo para conhecer pessoas. Quando começares a conhecer e a sair com outras pessoas a tua cabeça irá estar a pensar nessas pessoas novas e irá deixar de pensar na pessoa de quem te queres separar... pois começas a vê-la com o valor que ela realmente tem. E tens sempre os teus amigos e amigas. Combina algo com eles e sai com eles, diverte-te com eles. Mete bons momentos novos na tua cabeça. Mete-te numa posição em que te apercebes de que existem mais pessoas para ti lá fora, e que uma nova relação íntima está mesmo ao virar da esquina, pois essa é a verdade.

A vida não é só pessoas e relações... é também paixões. E se tiveres paixões na vida vais-te aperceber de que são uma fonte constante de emoções positivas, completamente sob o teu controlo, e que te dão força e energia. Mas para teres paixões na vida tens de te sentir confortável estando solteiro, senão irás estar sempre desesperadamente a andar atrás do sexo oposto e nunca irás dedicar tempo seja ao que for. E para te sentires confortável estando solteiro tens de criar uma vida de solteiro que te satisfaça, e para criares essa vida precisas de uma qualidade chamada Independência. E essa qualidade está ligada a uma outra qualidade chamada Auto-Estima.

A solução não está em resolveres a relação que tens com os outros, mas sim em resolveres a relação que tens contigo próprio. Quando se tem Auto-Estima nunca se sofre por causa de uma separação, pois continua-se com a pessoa mais importante na nossa vida: nós.

E quando conseguires sentir isso, e não apenas compreender isso, é quando estarás em sintonia com o poder que todos nós temos para mudar e melhorar a nossa vida. É quando estarás em sintonia com a Verdade, pois será o momento em que o teu ego morreu, e em que o que vem de negativo do exterior, como uma separação, te deixa de magoar ou fazer sofrer e passa apenas a dar-te ainda mais força.

As outras pessoas também são importantes, mas tu és a mais importante na tua vida. Tu não dependes de ninguém para nada, tu tens o poder para mudar e melhorar a tua vida. Mas só a conseguirás mudar e melhorar se sentires o valor que tens dentro de ti e se te meteres em 1º lugar. Pois se não te meteres em 1º lugar, ninguém te meterá. Tens de te tratar como queres que os outros te tratem. Tens de te respeitar e de aceitar apenas o melhor para ti. Tens de te aceitar exactamente como és, pois como és tens valor como todos os outros. Tens de gostar de ti, pois só quando gostares de ti é que conseguirás tomar as decisões difíceis que são necessárias para poderes criar em ti as emoções positivas, a descontração, o relaxamento e a paz interior que tanto desejas sentir.

Esquecer alguém e ultrapassar uma separação são 2 problemas que têm como causas a escassez (exterior) e a baixa auto-estima (interior). Se viveres com uma mentalidade de abundância e tiveres prazer em conhecer pessoas, e se decidires gostar de ti e aceitar-te como és, terás resolvida a questão, pois são essas as soluções.


Perguntas/ajuda – MSN/mailing list (adiciona)
CoolVibesClub@hotmail.com


Segue as tuas paixões.
Pedro Constantino