sexta-feira, 26 de outubro de 2007

"O Badboy e a Bitch"

Algo me diz que estes nomes não te são lá muito estranhos...

É normal... são duas espécies de ser humano que têm muito “sucesso” com o sexo oposto, mas com quem tu NÃO queres ter nada a ver. São MEDÍOCRES mas extremamente ATRAENTES.

“Hã?! Mas como...?”

Nota: Lê os meus posts sobre a Relação Masculino/Feminino.

Já alguma vez comeste algo muito saboroso mas que depois só te fez foi sentir mal?
E pior, não o consegues deixar de comer a não ser que chegues a um estado dramático de saúde?

Benvindo/a ao mundo do Badboy e da Bitch. Eles são o tipo ERRADO de homem e mulher para ENVOLVERES. Eles desligam a tua lógica e põe-te num estado de piloto-automático emocional que, por muito que saias prejudicado/a, não os consegues largar.

“Hey, se calhar dava jeito saber como detectar estas pessoas medíocres...”

Boa observação. Continua a ler...



O BADBOY

À uns bons anos atrás, um amigo meu disse-me: “As raparigas só querem é gajos que tenham mota, que fumem, tenham rabo de cavalo e que sejam estúpidos”. Na brincadeira ele quase que fez uma definição perfeita do que é um Badboy. Eu conheço homens que curtem motas e não são Badboys... assim como homens que fumam e têm rabo de cavalo e não são Badboys. Mas o “estúpido” já encaixa na perfeição.

Então afinal como é um Badboy?
Um Badboy é um homem masculino e infantil. É um homem que cresceu sendo muito activo, a lidar e conviver com muitas pessoas diferentes e a dedicar-se a actividades muito físicas e perigosas. Ele é confiante e agressivo. As suas actividades favoritas são sempre muito físicas e perigosas (geralmente ele faz musculação e alguma arte-marcial para mais facilmente conseguir “destruir o universo”. Simplesmente espectacular). Ele não é necessáriamente burro, até pode ser inteligente e esperto, mas é sem dúvida infantil. Para ele ser confiante e um homem é estar-se a cagar para os outros e desafiar a lei cometendo crimes e delitos. Ele é infantil pois faz as coisas sem querer saber se PREJUDICA os outros. E ele sabe que os prejudica, por isso é que faz essas coisas: para sentir que tem poder. Ele tem sempre vícios: seja alcóol, tabaco ou até drogas. É um escravo do ego: é o primeiro a dizer que “não quer saber o que os outros pensam”. Mas na verdade o que está a demonstrar é que se preocupa se os outros pensam que ele se preocupa com o que os outros pensam... senão não diria nada.

Ele acha-se superior aos outros homens só porque é confiante e geralmente físicamente forte e agressivo. E também porque “come” muitas “gajas”. Isso acontece porque ele é MASCULINO, e qualquer mulher FEMININA vai-se sentir atraída por ele. Se acontece ou não alguma coisa depende do nível de qualidade da mulher, pois nós atraímos sempre aquilo que projectamos. Para o Badboy as mulheres são uma fonte de validação e um prazer físico rápido. Ele é medíocre e isto é o melhor que ele consegue com a sua personalidade disfuncional. Ele conta sempre aos amigos quando “come” mais uma, e explica-lhes os pormenores todos do seu “domínio” e “superioridade” perante ela, e o quanto ela o curte e quer, mesmo andando ele a traí-la e a “comer” outras “gajas”. Muito fixe não é?

O Badboy é o tipo de gajo sobre o qual há comentários do género “Não percebo porque é que aquela miúda anda com aquele palhaço, ele trata-a mal...”. A miúda anda com ele porque se sente atraída por ele, e na sociedade contemporânea, na qual cada vez há mais homens femininos, inseguros, carentes, dependentes e presos dentro das suas cabeças, o Badboy surge como a melhor opção pois cria ATRACÇÃO nas mulheres FEMININAS.

Como é que se evita esta espécie de ser vivo?
Eu já disse aqui no blog... pensando a LONGO PRAZO. Eles só querem gratificação a curto prazo (curtir, sexo) e por isso sabem como obtê-lo: demonstram a sua masculinidade e manipulam a mulher com promessas de amor e intimidade a longo prazo. Se tiveres AUTO-ESTIMA nunca vais “cair” numa estupidez dessas, pois só vais aceitar o melhor para ti. E só sabes se algo é o melhor para ti passado uns tempos de explorares essa mesma coisa. Cria esta regra e segue-a para sempre: “PRIMEIRO CONHEÇO A PERSONALIDADE E VIDA DA PESSOA EM QUESTÃO. SE FOR MEDÍOCRE AFASTO-ME, SE FOR DE QUALIDADE APROXIMO-ME”.

O Badboy tem sempre ar de quem acabou de fazer uma asneira. Tem um ar agressivo ou ameaçador. Por vezes é a personagem “Pintas” que tu como mulher tanto adoras. Nem todos se vestem mal ou como se tivessem acabado de sair de um filme de acção sobre a guerra do Vietnam. Não há um estilo de roupa próprio do Badboy. Mas ao longe um Badboy distingue-se dos outros homens por vestir sempre algo que dá nas vistas (a típica camisa de colarinho levantado e aberta até quase ao umbigo). Ele NÃO TEM AMIGAS. Para ele as mulheres só servem para sexo. Por isso ele ou sai sozinho ou com os amigos, que são todos medíocres e muito provavelmente Badboys também. Por isso há sempre uma tribo de mediocridade à sua volta. A vida de um Badboy é sempre um caos de problemas, pois ele está constantemente a prejudicar os outros e a cometer crimes, e por isso não tem a ajuda de ninguém (que realmente seja seu amigo e o possa ajudar). Se entrares na vida de um Badboy vais mergulhar num mar de lixo tóxico radioactivo que vai corroer todas as boas emoções que tens na vida. Espectacular não é?

Ele pode ser fisicamente atraente, rico e até famoso, mas a Realidade nunca mente. A sua personalidade define-o como homem medíocre, perdido na vida, criminoso, manipulador, infantil, mentiroso, falso, escravo do ego, viciado... ou seja, ele é LIXO HUMANO na sua essência. Se vives a vida à procura de “curtes”, se tens o hábito de ir para a cama com homens que conheceste apenas à uns dias atrás, ou se começas uma relação com um homem dias depois de o conheceres, vais de certeza levar com Badboys a destruirem-te a vida. Lembra-te: GRATIFICAÇÃO A CURTO PRAZO ATRAI MEDIOCRIDADE.



A BITCH

Este tipo de mulher é extremamente feminina e SEXUAL (atenção: A questão aqui não é ser sexual, isso é normal e bom, a questão é o “porquê” e o “como”). Mas tem BAIXA AUTO-ESTIMA. A verdade é que ela anda SEMPRE atrás da validação dos homens. Ela mente e manipula apenas para ter mais um palerma interessado nela. Ela não quer saber de relações nem de homens para nada, ela só quer VALIDAÇÃO. O seu ego é pior que um buraco negro. Ao longe na discoteca ela parece muito confiante e consciente da sua beleza. É mini-saia, é decote, é cores berrantes, é maquilhagem, é penteado elaborado, é o ar sério, é a pose, são os sapatos que a fazem mais alta e sensual mas que lhe fazem doer os pés, etc. Mas no fundo tudo isso são apenas iscos para atrair a atenção dos homens. O seu objectivo é obter validação, logo ela faz tudo o que consegue para dar nas vistas e chamar à atenção. E claro, todas as noite há sempre meia dúzia de palermas que caem na armadilha. Estes desgraçados quase que vão em fila indiana e acabam sempre por lhe pagar qualquer coisa e lhe fazerem elogios, e no fim são sempre rejeitados (óbvio). E com eles ela sente que já ganhou o dia: “Mais um a demonstrar interesse em mim. Eu sou tão espectacular e superior a todos estes homens estúpidos. Eu sou a maior e niguém me merece!”.

És é a maior estupidez à face da Terra e só serves como material de reciclagem para ver se sai uma mulher de qualidade com auto-estima.

Oh yeah... =)

Elas só se interessam por homens que elas vejam que obtêm muita validação. Tipo o gajo atraente, famoso ou rico. Ou simplesmente um que projecte ser masculino ou que ela veja que há várias raparigas à sua volta (a bela técnica dos ciúmes – usada pelos Badboys). Na sua cabeça ela pensa: “Este gajo é validado, logo se eu obter a sua validação vou ser SUPER-VALIDADA e vai ser a melhor emoção do universo! Vou ser dona do mundo!”

E então ela aproxima-se e mete-se com ele. Ele no fundo também é um escravo do ego de baixa auto-estima, por isso a interacção vai ser sempre medíocre. Ela fica com ele até obter a sua validação, e vai fazer tudo para o conseguir. Nem que seja uma oral na casa-de-banho da discoteca. Hey, por alguma razão é a Bitch...

Estes gajos, para conseguirem a validação das Bitches, aprenderam uns truques e não lhes dão validação até as conseguirem levar para a cama. Uma relação entre estas duas espécies de ser vivo está sempre cheia de discussões, problemas e traições. São dois caçadores de validação que não se interessam por nada que não seja uma potencial fonte de validação. A sua atitude padrão é OBTER algo dos outros. É por isso que as Bitches se metem com muitos homens, fazem sexo com muitos homens, traem, mentem, manipulam, vestem-se como se fossem popstars no concerto mais importante da sua vida, etc.

Elas são femininas e INFANTIS. E completamente DESINTERESSANTES. Só aprendem e usam o que lhes possa trazer validação, o resto não interessa. Na discoteca elas têm duas atitudes: ou se põem num local de destaque em pé, paradas, com uma cara séria numa de “Olhem para mim e dêem-me validação” como se fossem umas rainhas, ou então vão para a pista de dança e mexem-se demasiado (parecem umas strippers com speeds) a dançar para darem nas vistas (e elas sabem que o fazem não apenas para se divertirem mas com o objectivo de chamar à atenção dos homens).

A Bitch evita-se como o Badboy: pensando a longo prazo. Nunca investir em algo que se conhece mal. O importante é conhecer bem a personalidade das pessoas, e saber o verdadeiro significado dos seus comportamentos e decisões, antes de se investir numa relação com elas. As relações medíocres e os problemas existem porque se vive a vida às cegas e se idealiza o que se passa. Sê selectiva, sê selectivo.


Perguntas:
CoolVibesClub@hotmail.com
Nota: Houve uma pessoa que mandou um comentário a dizer que se podia ter uma característica das que eu falei e não se ser um Badboy ou uma Bitch. É verdade e eu concordo. Eu dei apenas uma ideia geral do que é um Badboy e uma Bitch, eu generalizei. É importante que analises as pessoas sempre a pensar a LONGO PRAZO e conhecendo o CONJUNTO de características da sua personalidade e vida. Só uma não chega para definir a pessoa (se bem que há coisas que revelam logo como a pessoa realmente é). Assim como NUNCA deves aceitar uma pessoa na tua vida tendo apenas em conta uma característica, nunca a deves eliminar tendo em conta APENAS uma característica. É por isso que eu falo em conhecer bem a personalidade da pessoa, e isso leva tempo. Portanto se fazes musculação e praticas uma arte-marcial SÓ isso não quer dizer que sejas um Badboy, mas é algo que GERALMENTE um Badboy também faz ou pratica. Ele define-se como Badboy pelas DECISÕES que toma na vida e pela ATITUDE com que faz as coisas.


Segue as tuas paixões.
Pedro Constantino

7 comentários:

Anónimo disse...

finalmente alguem falou disso, eu bem me perguntava se existi-se uma explicação por extenso...o que tu disses-te é exactamente o que queria "ouvir"!O blog está exelente!

Izzi disse...

Achei a descrição interessante e perto daquilo que eu penso também...

Paulo Nupi disse...

Bem...Devo dizer que presencio quase todos os dias este tipo de actuação. Apenas o estereótipo que apresentas tanto para uns como para outros está um pouco demodèe: hoje em dia é mais cabelo rapado e as tatuagens nos moços e a barriguita à mostra nas moças.
Fico à espera da versão mistura dos dois. Os rapazes que se portam como bitches. São muitos hoje em dia...

Pedro disse...

Eu tenho a dizer-lhe que o senhor pensa e escreve brilhantemente. Não o digo para seu enaltecimento, mas porque a sua pesquisa e o seu trabalho têm qualidade e demonstram claramente uma visão do ser humano, das relações inter-pessoais e da vida em si, que não está nada longe daquilo que a realidade é.
É com muita satisfação que passarei a ler, detida e atentamente, as matérias que for publicando aqui no seu blog.
Meu caro Pedro, bem haja!

Anónimo disse...

Muito Obrigado pela partilha do teu trabalho interior. É Excelente a todos os níveis. Já li alguns livros sobre espiritualidade e evolução pessoal mas nunca tinha feito a associação com as relações que temos com o sexo oposto e que tão importantes são para o nosso crescimento!
Grande Abraço,
Pedro

Flavio disse...

Flávio Daniel fala:Essas informações são de excelente siguinificado para as pessoas que ainda não sabem o que siguinifica esses tipos de persanalidades.Como se comportam,se tem valores ou não,o qua as pessoas ao seu redor são para eles,e assim por diante.
Adorei seu trabalho apresentado e espero que haja + comentários desse tipo pois,é muito importante sempre para que a sociedade fique conciente de tudo que se passa no cotidiano,isso mesmo.Vc aí que estar a ler essa msn,pode ser que vc conviva com alguem assim e não sabe,ou até mesmo pode ter alguem dentro de sua casa que age dessa forma que só as pessoas de fora veem.
Só tenho a falar "fiquem de olho aberto"

celso disse...

Esse tipo badboy e bitch e muito variaveu mas tem em todo lugar aqui onde moo se ver muito isso
acho como se dis a relatar pessoas medicres mas como viver em un lugar que ten isso de sobra ! juntar-se a eles eu nao uque eu fiz cumsei a pergar no ponso fraco deles e acabei intendeo e mudando muitas pessoas aqui e sertamente lucrano e namorando muitas meninas nao sendo um badboy mas sim eu mesmo um verdade relacionista e adorador de prazer feminino ..