quinta-feira, 26 de julho de 2007

Cool Vibes: Como Atrair a Mulher dos Teus Sonhos e Criar a Vida Que Desejas (Excerto do eBook/Livro)

Cool Vibes:
Como Atrair a Mulher dos Teus Sonhos e Criar a Vida Que Desejas
(Excerto do eBook/Livro) 

Hey desde já os meus parabéns por teres tomado a iniciativa de aprender sobre este tema e quereres evoluir e tornar a tua vida melhor. Não é qualquer um que engole o seu orgulho e deixa o seu ego de lado e admite que precisa de ajuda nesta área de ser naturalmente atraente para as mulheres.

O que essa atitude realmente demonstra não é que és fraco ou inferior a alguém por precisares de aprender estas coisas (todos precisam, cada um ao seu nível), mas demonstra que és corajoso por decidires fazer algo em relação a isso. O que tu estás a fazer é um acto de coragem, pois a maioria prefere não ter de passar por desafios e situações desconfortáveis, por isso sente-te bem pela tua decisão, e lembra-te que vais iniciar uma aventura incrível que não tem fim. Isto é um caminho e não um destino, há sempre mais espaço para evoluir e a tua vida pode sempre melhorar mais.

Aqui está o primeiro capítulo do meu livro, "COOL VIBES - COMO ATRAIR A MULHER DOS TEUS SONHOS E CRIAR A VIDA QUE DESEJAS", lê-o e se ficares interessado no tema ou tiveres perguntas a fazer manda-as aqui no blogue por comentário.


Capítulo I
CONTEXTO SOCIAL

Porque é que a maioria dos homens não sabe atrair uma mulher? Porque é que a maioria dos homens não tem sucesso com as mulheres? Porque é que a maioria dos homens não tem uma relação de qualidade e sexo de qualidade com uma mulher de qualidade?

A resposta é simples.

A sociedade mudou muito e mudou rapidamente. E o papel do homem e da mulher também. Há milhares de anos atrás a sociedade era bem mais simples. O ser humano vivia em grutas, cavernas ou em pequenas povoações de 150 pessoas nas quais toda a gente se conhecia.

Hoje em dia a sociedade é bem mais complexa, cheia de actividades diversificadas, e o homem perdeu-se. O homem perdeu-se e deixou de saber qual é o seu papel na vida e logo, na sociedade e em relação à mulher, pois os níveis superiores e mais universais definem sempre o estado dos níveis inferiores. Nas sociedades primitivas ele ou caçava, ou era guerreiro, ou construía ferramentas, etc. Haviam muito poucas actividades por onde escolher e ele rapidamente escolhia a sua e vivia a sua vida. O papel da mulher sempre foi claro: criar os filhos e tomar conta da casa. Mas hoje em dia não. Os tempos mudaram. O movimento feminista trouxe grandes benefícios à mulher, ela conseguiu direitos que à muito merecia. Ela já não tem apenas como papel criar os filhos e tomar conta da casa... ela tornou-se independente. Ela ganhou igualdade em relação ao homem. É ela quem se sustenta. Ela trabalha e ganha o seu dinheiro. E mesmo com esta grande mudança a mulher continuou a saber ser feminina e atraente para os homens. E apesar de o movimento feminista ter trazido benefícios de grande valor para a mulher, trouxe também problemas para o homem. Este foi criticado por ser homem... pela negativa. A maioria nunca é de qualidade, nessa quantidade não existe maturidade ou integridade, e por isso a maioria dos homens sempre tratou mal as mulheres, abusando delas e sendo agressivos. Tomou-se como exemplo a maioria e “ser homem” tornou-se algo errado e mau. Isso fez com que o homem deixasse de saber o que significa ser masculino pois era criticado por ser homem e educado a ser mais feminino. Mas ser homem não é ser agressivo, controlador, abusador e estúpido... isso é ser infantil, inseguro, carente e negativo. A consequência dessa crítica e condenação foi então o homem começar a ser mais feminino, e a mulher deixar de se sentir atraída por ele sem perceber porquê.

E como eu já disse, ao contrário do homem a mulher sabe o seu papel e sabe ser atraente e feminina. E isso tem-lhe dado vantagem em relação à maioria dos homens, pois com isso ela cria opções e pode escolher o melhor para ter como parceiro. Mas o problema é que ela consegue quantidade de opções, muitos homens interessados nela, mas não consegue qualidade, e por isso também anda frustrada. De qualquer forma uma mulher de qualidade também é raro de encontrar, apesar de que a maioria das mulheres sabe atrair, mas não sabe manter ou não tem as qualidades/personalidade para manter um homem de qualidade. A maioria das mulheres atrai a um nível muito superficial, através do corpo, roupa sexy, etc., e assim desperta logo o interesse imediato na maioria dos homens que olha para elas e cria neles desejo de as conhecer e de ter sexo com elas, mas não desenvolve a sua personalidade e forma de estar na vida, pois a maioria das pessoas não tem um interesse pela sua evolução pessoal e por criar uma vida melhor para si e assim atrair qualidade.

A mulher deixou de precisar do homem para a proteger e sustentar. Já não vivemos em cavernas ou pequenas aldeias na selva e por isso já não temos animais selvagens a atacar-nos... a mulher já não precisa da força física do homem. Homens fortes, grandes e musculados podem causar atracção física na mulher pois o corpo dela está programado para isso, mas na sociedade actual essa atracção física é muito limitada, curta e irrelevante perante o que realmente faz uma mulher sentir-se atraída por um homem de uma forma duradoura. Hoje em dia, para a mulher evoluída e de qualidade, ser-se forte, grande ou musculado é muito primitivo, limitado e irrelevante em termos de atracção. Apenas causa interesse inicial. Ela já não precisa disso, já não há animais selvagens a atacar constantemente o ser humano.

A mulher contemporânea também já não precisa do homem para a sustentar. Ela arranja um emprego e ganha o seu dinheiro. Ela tornou-se independente.

Quando a sobrevivência era muito difícil, e era o homem quem fazia tudo, e a mulher era dependente do homem e só tinha como papéis criar os filhos e tomar conta da “casa”, ser-se forte, saber lutar e conseguir arranjar muita comida era extremamente útil para a mulher e precioso. Mas hoje em dia já não vale nada.

A mulher sente-se atraída por homens musculados, altos ou fortes pois no passado, na sociedade primitiva, a força era símbolo da capacidade do homem para a proteger e caçar (sustentar). Hoje em dia, apesar de ela ainda sentir essa atracção, não se adapta aos tempos de hoje e se ele não tiver o que interessa, que é uma personalidade naturalmente atraente, ela apesar de ter um interesse inicial nele por ele ser musculado ou alto, vai-se deixar de sentir atraída e acaba por se afastar dele.

Conclusão: o homem contemporâneo sente-se confuso e não compreende a mulher pois esta já não precisa dele para a proteger (de animais selvagens) ou sustentar (arranjar comida, dinheiro), pois não só vivemos em locais longe do ataque de animais selvagens como a mulher tornou-se independente e ganha o seu dinheiro, compra a sua comida, etc.

Então para que é que a mulher hoje em dia precisa do homem?

-
Fim do capítulo.

A resposta está no livro, por isso se me quiseres dizer alguma coisa, boa ou má, envia-me um comentário.

Se achas que o que eu te estou a contar é interessante e útil, mostra aos teus amigos o meu blog. Se achas que o que eu te estou a contar é uma palhaçada ridícula, mostra aos teus amigos o meu blog.

Segue o que Amas,
- Pedro C.