AMOR

"Ensina só Amor, pois é isso que tu és"

terça-feira, 15 de agosto de 2017

"Porque As Mulheres Sofrem Com Os Homens"


Porque As Mulheres Sofrem Com Os Homens


"Os homens são todos a mesma coisa!", "Onde estão os homens a sério?". Estas suas duas expressões que é comum ouvir-se as mulheres dizer. Porque sofrem as mulheres com os homens? E o que podem elas fazer em relação a isso? Como podem reduzir esse sofrimento e aumentar as alegrias? No fim trata-se de saber a verdade, ter auto-respeito e estar consciente e racional no momento de fazer as escolhas importantes.



Subscreve o novo canal de Youtube do Cool Vibes em:



terça-feira, 8 de agosto de 2017

"Cool Vibes 10 Anos: Uma História de Evolução"



Cool Vibes 
*** 10 Anos ***
---------------
Uma História de Evolução


O Cool Vibes faz 10 anos. Este é um áudio leve (para mim lol) em que falo de mim antes e depois de iniciar o meu caminho de auto-conhecimento e transformação de consciência (o que fiz, o que me aconteceu), da criação do Cool Vibes e das fases e mudanças porque passou. É um projecto simples e discreto, e é suposto ser assim. É suposto apenas ser descoberto por quem realmente procura por respostas e quer a verdade que resulta.


Subscreve o novo canal de Youtube do Cool Vibes em:

terça-feira, 1 de agosto de 2017

"Princípios vs Emoções: Como Fazer Melhores Escolhas"


Princípios vs Emoções:
Como Fazer Melhores Escolhas

Princípios são baseados na Realidade de como as coisas são na Verdade e guiam positivamente as nossas escolhas. Emoções são consequência da nossa percepção equivocada da Realidade, e levam-nos a atitudes impulsivas que nos fazem ignorar o contexto e fazer más escolhas, o que leva a problemas e uma vida de sofrimento. Portanto se queremos evoluir e ser felizes temos de seguir princípios em vez de emoções. Estas não são para ser seguidas nem reprimidas, mas sim apenas sentidas e contempladas. No momento em que sentimos uma emoção negativa, temos de ser capazes de a ignorar e seguir em vez um princípio.


Subscreve o novo canal de Youtube do Cool Vibes em:



Perguntas de Leitores do Cool Vibes:

Bom dia Pedro :)

Mais uma vez gostava de agradecer por tudo o que partilhas, não tenho palavras do quanto grato estou, e do quanto me tens ajudado, espero que um dia possa retribuir :)

Hoje trago uma pergunta sobre os filmes no geral, eu gostava de saber como podemos destingir um filme positivo dum filme negativo, pois pelo que eu percebo todos os filmes têm cenas negativas e cenas positivas, mas eu percebo que alguns são mais positivos que outros

O Dr. David Hawkins consegue medir a energia de um filme com a técnica de cinesiologia, mas eu sinceramente (e infelizmente) não sei usá-la, de qualquer maneira, pelo que eu percebi, não recomendas ligar muito a essa técnica ... mas depois não sei como devo selecionar as coisas que entram na minha vida, mas eu percebo que é essencial haver seleção ...

Por outro lado Abraham Hicks recomenda seguirmos (ou fazermos) aquilo que nos faz sentir bem, mas como eu sei se um filme me vai fazer sentir bem se não o vir até ao fim? será que começo a ver, mas a partir do momento que há uma cena negativa devo parar de ver? ou depende do quão negativa seja a cena? ou será que devo vê-lo até ao fim, e se gostar ver várias vezes o mesmo filme? mas mesmo assim muitas vezes vejo um filme que não me faz sentir nem melhor nem pior, nesse caso o que faria?

Gostava de saber qual é o teu critério de seleção ou o que recomendas que eu faça.

Espero que a minha pergunta não estava demasiado confusa ou grande ou que tenha algum erro, revi várias vezes para facilitar a leitura, mas penso que é uma pergunta difícil de fazer, porque não queria deixar para trás nenhum pormenor.

Ps: quando eu falo em filmes aplica-se a series, livros, programas de TV, jogos, musicas e outras formas de entretenimento.”



“Olá Pedro, Obrigado por sua dedicação em ajudar a todos com seu conhecimento e visão de mundo. Gostaria de compartilhar um momento que estou vivendo. Namoro uma garota incrível há dois anos. Compartilhamos de muitos momentos de alegria, gosto muito dela e de nossa relação. Mas tenho um vício em ganzas, e ela não aceita isso é está cogitando terminarmos. Eu não me considero uma pessoa negativa, sigo princípios que compartilha aqui no blog mas admito que o vicio me traz muitos problemas em minha vida, portanto já há quase um ano vem procurando terapias para largar esse vício é também pelo relacionamento mas não tenho conseguido bons resultados afinal ainda não larguei. Essa semana ela me viu após ter consumido e então não quer me ver e está querendo terminar. Estamos sofrendo muito por isso é me sinto culpado, mas em nenhum momento menti ou tentei esconder pelo contrário estou buscando ajuda e pedido a ela paciência e apoio mas talvez ela já não possa dar mais. Se achares por bem gostaria de uma opinião sobre o tema. Obrigado novamente pelo espaço para desabafar.”


“Pedro, existem algumas mulheres por quem não me sinto, mínimamente, atraído, mas que estão interessadas em mim. Pronto, será que devo, ainda assim, partir para a curtição com elas? É que não quero decepcioná-las.”


“Pedro, na minha modesta opinião, acho que existem dois tipos de mulheres. Ou seja, existem umas que estão mais interessadas naquilo a que se pode chamar de uma espécie de "relacionamento relâmpago" e/ou (curtição) e nem querem ouvir falar da palavra "compromisso". E, por outro lado, existem outras que dão a vida para estarem num relacionamento sério e duradouro. Agora, a questão que se põe é o seguinte: É que o primeiro tipo de mulher, havendo interesse, ela não se importa de se envolver, sexualmente, com o homem, mesmo sem nunca estar comprometida com ele, o que já não acontece com o segundo tipo de mulher que, mesmo estando interessada, prefere estar comprometida com o homem e (jogar pelo seguro) para só, posteriormente, poder se envolver com ele, a nível sexual, falando. Gostaria de ouvir a tua opinião.“


“Mais uma vez, um muito obrigado pelas respostas às minhas questões. Pedro, já ouvi dizer que, um homem ao casar-se com uma mulher, ele, também, estará a casar-se com toda a família dela. Ou seja, isto significa que, uma vez casado com uma determinada mulher, ele, simultaneamente, acabou de casar-se com os pais, irmãos, avós, primos e filhos dela, se houver, etc, etc. Pedro, acreditas nisso? E, como gerir toda essa situação? P.S.: Pedro, posso até dizer que estou a falar com conhecimento de causa uma vez que já vivi, maritalmente, com uma mulher, durante cerca de dois anos e meio.”


“Pedro, não sei se é pura coincidência, mas tenho constatado que os namorados e/ou os casais, na sua maioria, possuem algum tipo de semelhança, quer na sua forma de falar, de caminhar e até mesmo na sua aparência física. Por isso, na minha modesta opinião, dizer que os opostos se atraem, não faz qualquer sentido.”


“Olá Pedro =) Antes de mais obrigado por este blog que já a conheço há uns anos e pelo teu trabalho e ajuda. O verão já começou e com isto vem a época de sair à noite e as discotecas. Eu estou na seguinte situação: Eu quero ir a uma discoteca nova que vai abrir, só que não vou ter ninguém com quem ir. Mas como quero muito ir conhecer o espaço, estou a pensar ir sozinho. Eu sei que passaste por uma fase semelhante e que já foste sozinho a discotecas. Gostaria de saber um pouco mais da tua experiência em ir sozinho. Obrigado.”


Obrigado pelas perguntas.

Segue o que Amas,
- Pedro C.

sexta-feira, 7 de julho de 2017

"A Arte de Oferecer Uma Bebida a Uma Mulher: Intenção e Selecção"

A Arte de Oferecer Uma Bebida a Uma Mulher:
Intenção e Selecção


Há os que acham que se tem de pagar *sempre* algo às mulheres, senão elas não vão gostar de nós, e há os que acham que *nunca* se deve pagar algo às mulheres pois elas vão ver-nos como fracos e não se vão sentir atraídas por nós. Ambos estão errados, descobre porquê e como tratar as mulheres, no geral, respeitando-as mas sem perderes a tua dignidade.


Subscreve o novo canal de Youtube do Cool Vibes em:




Pergunta de Leitor do Cool Vibes:

Pedro, costumas dizer que devemos fazer as mulheres felizes. Também, estou de acordo. Mas, acho que devemos ser prudentes quando estamos perante aquelas que são, manifestamente, oportunistas. Por exemplo, já me aconteceu, numa discoteca, convidar uma rapariga para dançar tendo ela me dito, (de imediato), que só iria dançar comigo se e só se lhe tivesse pago uma bebida. Ou seja, com esta atitude, ela deixou transparecer, claramente, que foi para a discoteca com o único propósito de beber à custa da boa vontade dos homens que ali se encontravam e, depois, sair zombando deles. Infelizmente, a maioria das mulheres que vai para a discoteca, quando é convidada para dançar, pensa assim: "Vou dançar contigo, mas, primeiro, tens de me pagar uma bebida".

P.S.: Eu não tenho problemas em pagar a mulher seja o que for. Agora, não admito falta de respeito. Algumas semanas atrás, uma rapariga pediu-me para lhe pagar uma bebida e, logo, depois já estava a dançar com um outro sujeito. E, eu fiquei a ver navios, como se costuma dizer. Pedro, eu acho que isto não é justo.”

Obrigado pela tua pergunta.

Segue o Que Amas,
- Pedro C.

quarta-feira, 5 de julho de 2017

"Estou em uma relação muito satisfatória com uma bela garota"


Recebi recentemente este comentário de um leitor do Cool Vibes que pode vir a ser inspirador para quem tenha as mesmas intenções:


"Olá Pedro, tudo bem?


Conheci o Cool Vibes em 2013 procurando no Google por formas de conquistar uma mulher pela qual estava apaixonado ser nunca ter tido alguma intimidade, mas ouvindo seus podcasts percebi que estava no caminho errado, entendi o que realmente precisava fazer era evitá-la completamente. O resultado foi espetacular, não esperava uma superação tão rápida daquela paixão vinda do meu elevado nível de carência. Foi a primeira vez que fiz algo por mim mesmo nesse sentido, nunca mais entrei em contato, nem sequer procurei o perfil dela no Facebook.



Tive uma outra situação de apego, que é a primeira pergunta do seu podcast "Escolhas Certas Com As Mulheres" que me incomodou por muito tempo. Segui o seu conselho e me afastei o máximo que podia, hoje é uma questão superada. Mesmo dando minhas tropeçadas no caminho, conseguia pelo menos ter consciência de que sentimentos e comportamentos que tinha eram íntegros ou não, isso era minha bússola. Fora esta situação, saí com outras mulheres nesse meio tempo, mesmo estando muito poderoso, como você mesmo disse.

Quando lembro de como eu era percebo que evolui, me tornando mais masculino, decidido e consciente do que quero, hoje sou mais feliz comigo mesmo e o que sou.



Em janeiro deste ano comecei a sair com uma garota que tem demonstrado ter as 10 qualidades que procuro em uma mulher. Essas qualidades vem de uma lista que fiz seguindo uma orientação de um podcast seu. Em resumo, estou em uma relação muito satisfatória com uma bela garota em quem vejo muitas qualidades, quando lembro das outras pelas quais me interessei, as que cheguei a sair e as que não, percebo que nenhuma reunia em si as qualidades nesta que agora é minha namorada.



Estou passando pra lhe agradecer neste tópico porque acho que é o que mais tem a ver com o que eu queria te contar, assim como aconteceu na parábola dos dez leprosos, creio que poucos são os que voltam para pelo menos dizer muito obrigado. Seus textos e podcasts me ajudaram a me interessar e a trilhar um caminho de evolução pessoal.



Sempre que tenho a oportunidade indico seus textos e podcasts a amigos e conhecidos, a vontade de partilhar dos princípios que me tem feito tão bem é muito grande. Sou brasileiro e nunca saí do meu país, mas se um dia eu for a Lisboa, espero poder te agradecer pessoalmente e tomarmos um café.

Muito obrigado pelo belo trabalho que realiza através do blog do Cool Vibes.



Um abraço,
Renato."


Resposta, comentários:

Obrigado pelas tuas palavras. A dedicação foi tua, portanto o mérito é teu e mereces estar a desfrutar a relação que agora tens com essa bela garota de quem gostas :) os princípios resultam, uma vez correctamente e consistentemente aplicados no nosso dia-a-dia, mesmo que a sua explicação não faça sentido. É o lado não linear e invisível da vida, e da nossa essência, que determina o tipo de experiências que vamos ter enquanto humanos. Mas quem se dedica a este caminho beneficia, seja directamente ou indirectamente, seja a médio ou longo prazo. É uma chatice do caraças, por vezes é aborrecido e até doloroso, juntando a isso não fazer sentido e parecer uma colecção de paranóias cósmicas falsas... mas é Verdade, resulta e vale sempre o esforço.

Segue o Que Amas,
- Pedro C.


sábado, 3 de junho de 2017

Wonder Woman - Filme Inspirador


WONDER WOMAN

-

Filme Inspirador








Este filme é espectacular! Não por ser perfeito, mas por ser inspirador na sua imperfeição. É um filme de super-heróis, logo não é para o gosto de todos, isso é normal. Mas para quem gosta minimamente deste tipo de filme, é uma experiência incrível!

É bem feito, tem humor, os actores foram bem escolhidos e desempenham bem o seu papel, tem momentos de grande heroísmo e algumas verdades espirituais pelo meio. A personagem de Diana (Wonder Woman) é quase como um anjo: linda, inocente, bondosa e poderosa.

Eu vi hoje o filme e saí da lá num estado extraordinário! É inexplicável, ou talvez muito difícil de verbalizar. Senti-me cheio de energia e numa paz imensa. A mente variava entre períodos de silêncio absoluto e de inspiração poderosa. O mundo parecia mais lento. O resto não sei como explicar mas adorei! 

Não foi a primeira vez que me senti assim, mas esta foi mais forte e trouxe algo diferente. Para quem conhece o Cool Vibes não é novidade que o Mad Max: Fury Road deixou-me todo maluco, mas nem sempre é um filme, por vezes é apenas "porque sim". Então o que houve de diferente desta vez...?

Bom, quando alcanças certos estados elevados, o mundo perde o seu... glamour. Pois repara, quando te apercebes de que não precisas de nada nem de ninguém para sentir os estados mais estimulantes e poderosos, que te transformam a ti e à tua vida, que é algo que está sempre dentro de ti e só depende da tua intenção para o "convidares" a surgir e energizar-te, surge automaticamente uma pergunta interessante:

O que tem o mundo para oferecer aquele que se sente extraordinariamente bem independentemente dele?

No passado a resposta era simples:

Nada.

Se está tudo dentro de nós, se o estado mais incrível não é consequência de algo deste mundo, e ao qual nada neste se compara, então este mundo não tem nada para oferecer na verdade.

Faz sentido, certo?

Certo.

Mas há aqui um erro cómico...

Repara, este estado tem como origem o que somos. Vem do nosso lado espiritual, não linear, invisível, não material/físico/emocional/mental. Logo, lógica não faz parte desse Reino maravilhoso.

Então desta vez parece que "fui" um bocado mais longe, mais à frente...

Desta vez a resposta não foi "nada".

O que tem o mundo para oferecer a quem se sente extraordinariamente alegre, poderoso e em paz independentemente dele?

Uma oportunidade para Amar.

Não falo em lamechices nem sentimentalismos parvos. Não falo em mero romance nem em fazer teatros de santidade e caridade. Não falo nas ilusões de carência, dependência, enfatuação e desejo/atracção. Falo em Amor real, o estado poderoso de incrível coragem e dedicação. E há muitas formas de Amar neste mundo, cada um terá a sua. Não importa se não temos super-força ou se não projectamos raios de energia pelas mãos. Não é o super-poder que faz o super-herói, mas sim o seu espírito, a sua intenção, a sua integridade e heroísmo. 

Amar pode ser visto como contribuir, ainda que em aparência pareça que a pessoa não está a contribuir. Amar não se limita a dar dinheiro ou comida aos pobres, isso é válido pois alivia-lhes temporariamente um tipo de sofrimento. Mas há outros tipos de sofrimento, e outros tipos de contribuição. E pessoas diferentes nasceram para fazer o seu tipo de contribuição, e aliviar o seu tipo de sofrimento.

E talvez uma das maiores formas de Amar e contribuir é sermos nós próprios. Sermos autênticos e seguir-mos o que amamos, pois quando seguimos o que amamos é só uma questão de tempo até haver Amor a sério na nossa vida. E a grande contribuição disso é que estamos a dar um exemplo com a nossa forma de ser. Seremos uma inspiração, pois não há Amor sem Coragem, e não é possível ser-se assim sem se ter estados e experiências extraordinárias.

Eu por exemplo nasci para desenhar e escrever este blogue. É o meu tipo de contribuição e é assim que aproveito a oportunidade de Amar que este mundo me dá. Não tenho ilusões em relação a este mundo e à natureza humana, mas isso é irrelevante pois só importa sermos nós próprios. O que faz a diferença é interior e espiritual, não é mundano. O que nos rodeia não é desculpa para se ter atitudes negativas, falsas, narcisistas e com falta de integridade. Há uma liberdade eterna para se seguir e ser aquilo que se quiser: as tentações do ego ou as lições do Espírito.

Então a lição de hoje é que o mundo tem para nos oferecer uma oportunidade para Amar, seja como for essa forma de Amar. Mesmo que a verdadeira felicidade não venha dele, nele podemos expressá-la e ser sempre aquilo que somos, aquilo que nos energiza. Aquilo que nos Ama todos os momentos.

Para acabar, quero deixar escrito algo que disse algures num áudio e a amigos. Há 1 ou 2 anos atrás, ao ver um dos filmes dos Avengers, e estando consciente do estado negativo, sério (baixa energia e demasiada violência gráfica) e negro (com pouca ou nenhuma integridade nas histórias e personagens) do cinema no geral, tive uma pequena visão. Eu vi que seriam os filmes de super-heróis que iriam salvar o cinema dessas trevas. Que trariam novamente mais filmes com histórias e personagens inspiradoras. Pois em essência é isso que os super-heróis são: seres heróicos que inspiram devido às suas acções íntegras, usando os seus poderes para o bem. São seres benignos, e as suas histórias têm sempre lições de moral ou ética, e princípios e verdades espirituais, para além de incluírem humor e imaginação (há excepções claro, mas a verdadeira história de super-herói tem todos esses elementos positivos).

E esta salvação está a começar a acontecer a sério. Tanto o Guardians of the Galaxy Vol. 2 como a Wonder Woman (mas muito mais na Wonder Woman) são filmes que entretêm mas que também inspiram aqueles que estiverem abertos a (e prontos para) serem inspirados, pois mostra integridade em acção e o que é ser energizado pelo Espírito. É incrível e eu estou a adorar!

Segue o que Amas,
- Pedro C.








segunda-feira, 1 de maio de 2017

"Encontros Com Mulheres: Como Ter Poder De Escolha"

Encontros Com Mulheres:
Como Ter Poder De Escolha


Sendo solteiro, está certo ou errado sair com várias mulheres tendo a intenção de encontrar a melhor namorada possível, enquanto se tem uma vida o mais estimulante possível? E como conseguir isso? E como gerir isso?



Subscreve o novo canal de Youtube do Cool Vibes em:




Perguntas de leitores do Cool Vibes:

“Boas Pedro! Tudo em paz? :) Primeiro quero agradecer-te pela resposta à minha última pergunta, que me tem feito sentir melhor no dia-a-dia. Neste comentário tenho duas perguntas.

Pergunta/comentário 1:
Recentemente falei com uma rapariga no Badoo, descobri que ela adora cantar, e ficámos de nos encontrar para nos conhecermos e ela cantar para mim (até falámos um pouco no whatsapp). Mas vim a descobrir que ela tem namorado, por isso não a contactei mais. Mas hoje ela enviou-me uns clips de áudio dela a cantar umas músicas, e disse que gostava de combinar algo comigo. Se ela tem namorado, não percebo porque ela quer encontrar-se comigo lool (só se a relação dela está uma merda xDD). O que consideras mais íntegro fazer: seguir com a minha vida sem lhe dar qualquer satisfação, ou simplesmente dizer-lhe que eu não saio com raparigas com namorado?

Pergunta/comentário 2:
Esta semana falei com uma rapariga no Twoo, e já trocámos nºs de telefone e temos andado a falar no whatsapp. Ainda não nos conhecemos pessoalmente, e ela já me está a dar qualidades de anjo. Já me chamou "querido", "lindo", "fofo" e até "príncipe" :D Se ainda não nos conhecemos, como pode ela dizer que sou isso tudo?? LOL Ela até é bonita e gostava muito de me encontrar com ela e conhecê-la, já andamos a agendar uma data para isto e tudo. Mas eu sei que muita simpatia junta não é bom sinal, pois normalmente isso traz água no bico. Estou entusiasmado por conversar com ela (claro que sim!!), mas por outro lado também um pouco assustado. Já encontrei mulheres que ao início eram muito boazinhas (em aparência), mas depois vim a descobrir que não era bem assim, e que ao início davam-me qualidades de anjo e no outro dia falavam de mim como se eu fosse o terror dos 7 mares =) Já por duas vezes uma mulher me deu qualidades assim, e aproximei-me dela cegamente, para depois sair magoado da história. Não quero voltar a cair na mesma asneira. Qual é a tua opinião sobre isto? Obrigado, e um grande abraço!”

-

“Olá Pedro! Espero que te encontres bem! Tenho uma questão para ti... Á pouco tempo, meti conversa com uma rapariga que achei bonita pelo facebook. Falamos durante uns dias, até que eventualmente começamos a sair... Tudo muito à base de conversa, não houve nada físico, ou seja, não tínhamos nada. Eram apenas saídas casuais para conversarmos e conhecermos-nos melhor. Até aí tudo bem.

Posto isto de parte, ouvi em alguns áudios teus ou até mesmo posts, em que dizias que um homem solteiro tem o direito de andar a conhecer e a sair com mais que uma rapariga ao mesmo tempo, certo? É algo normal, certo? Até porque quantas mais opções existirem, mais temos por onde escolher! LOL Até que chegou um dia em que me cruzei com uma rapariga num comboio, e começamos a trocar olhares e enquanto os trocávamos sorriamos um para o outro. E eu como um bom e fiel seguidor do Cool Vibes (xD), fiz o mais óbvio! Fui ter com ela para lhe pedir o número ou o facebook, e a parte engraçada foi que ela me disse que era amiga da rapariga com quem estava a sair na altura. Podes-me chamar parvo, mas no momento não achei mal nenhum que elas fossem amigas. Simplesmente não me incomodou e continuei a pedir o contacto... No final da conversa, acabei por não conseguir nem o número nem o facebook.

E estava eu todo feliz da vida, quando abro o facebook e vejo uma mensagem da tal rapariga com quem andava a sair a dizer que estava em chamada com essa amiga (A rapariga do comboio)
e que ouviu a conversa toda e ouviu-me a pedir o número e o facebook! XD Já deves estar a imaginar a minha cara quando leio essa mensagem... Ahaha E agora? Totalmente BUSTED! E foi aí que percebi a razão da qual a tal rapariga não ter dado o contacto dela... LOL

Agora... Outra pergunta! Quando estamos a sair com uma rapariga, devemos-nos focar apenas nela e não falar com mais nenhuma... ou devemos tentar criar mais opções e andar por aí a meter conversa com outras raparigas? E se acontecer isto que me aconteceu? Hahaha É que agora dou por mim sozinho e sem opções neste momento. Ou seja, nem uma, nem outra! >=[ Pode ter sido burrice minha... Mas na altura não me apercebi que ela estava em chamada, porque estava com fones, e eu pensei que estivesse a ouvir música.

Esta minha dúvida vem também de uma recente conversa que tive com uma amiga, em que lhe expliquei a situação, e ela disse-me que se lhe tivesse acontecido o mesmo ela nunca mais me falava e dava-me umas chapadas! A parte que eu tentei explicar foi que apesar de estar a sair com ela na altura, nós não tínhamos nada! Zero, bola! Nem beijo houve sequer... Em relação a essa tal rapariga com quem estava a sair... eu mandei-lhe uma mensagem depois de falarmos sobre isto. "Queria pedir desculpa se te fiz sentir mal em qualquer altura, não era essa a minha intenção." Ela apenas deu vista e nunca mais me dirigiu a palavra até hoje... =/


Agora... O GRANDE DILEMA! Quando estamos a sair com uma rapariga, devemos dizer que estamos a sair e a falar com outras ao mesmo tempo? Ou devemos esconder isso dela? Se escondermos não será estar a ser falso/manipulador? Pedro... Ajuda-me a esclarecer isto! Muito Obrigado por existires! Acompanharei o Cool Vibes até deixar este corpo! Apesar de não comentar todos os áudios ou posts que faças, beneficio sempre algo com cada um deles! És o MAIOR! É grande parte graças a ti que tive a minha primeira namorada e que já não sou virgem! =P E olha que fixe... Foi com uma grega a primeira vez! Eheheh Um bem-haja a todos que seguem este blog. Grande Abraço!”

Obrigado pelas perguntas.

Segue o que Amas,
- Pedro C.

Grip - Tessa Thompson


GRIP

-

Tessa Thompson



HACKSAW RIDGE - Filme Inspirador


HACKSAW RIDGE

-

Filme Inspirador



Creed - Filme Inspirador


CREED

-

Filme Inspirador